BrasileirasPeloMundo.com
Chile

Chile -Cinco Motivos para Amar Santiago

Apesar de ser filha de chilenos, confesso que penei muito quando vim morar em Santiago. Mesmo sendo um país latino, o Chile tem uma certa frieza que deixa os brasileiros meio desconfortáveis, principalmente no período de aceitação da mudança. Mesmo com vários pesares e depois de muita auto análise, decidi ver o lado positivo das coisas para parar de sofrer à toa.

Assim, listei algumas das coisas que eu AMO de Santiago e que fazem meu dia a dia muito mais agradáveis por aqui.

1- A cidade é praticamente plana. Aqui ir a pé de um lado pro outro não é um suplício. Muito chileno me acha meio maluca porque eu ando demais por aqui, mas pra mim é muito prazeroso caminhar sem pensar em subir ou descer ladeiras. Confesso que perdi uma boa parte do meu glamour, já que desci do salto desde que cheguei aqui, mas em compensação ganhei um pouco de atividade física nesta minha vida tão sedentária.

2- O outono e seus tons de dourado e marrom. Eu amo o calor, não se engane. O inverno me mata com seus dias de frio, chuva e nada de sol. No entanto essa estação inexistente no Brasil me conquistou. É um clima mais frio sim, mas ainda com dias de solzinho e cores maravilhosas. Andar pelos parques de Santiago, pisando as folhas secas pra mim é a cara da riqueza. Amo.

3- Torta três leches. Gente se tem uma coisa que eu amo é doce. E esse é meu favorito aqui do Chile. Costumo levar todas minhas amigas turistas pra comer e agora até aprendi a fazer e sempre que tenho um tempinho, eu
como. É um pão de ló embebido em leite condensado, leite evaporado e creme de leite com cobertura de merengue. Nham! Me deu até vontade. É uma explosão de doce, e ainda tem lugar que colocar um recheio de doce de
leite que é pra se deleitar!

tresleches1

tresleches2

4- Frutos do mar gigantes. Esqueça aqueles mexilhões merreca que você vê no Brasil. Aqui é cada concha que chega a dar medo. Eu confesso que o negócioé meio feio de se ver, mas que é uma delicia, não vou negar. Ir ao Mercado Central pra mim é um passeio no parque de diversões! Choritos, locos, machas, cholgas…. e claro, a famosa centolla que aparece no Pesca Mortal do Discovery Channel. Pra quem ama mariscos, o Chile em geral é ótimo, porque as águas frias do Pacifico são ideais para o seu cultivo. Mas fica a dica para quem for ao sul: Angelmó é o lugar mais delicioso e barato que eu provei aqui no Chile.

centolla

5- A Cordilheira dos Andes, lógico. Pra mim não tem coisa mais linda do que essa montanha que fica seguindo a gente por toda Santiago. Além de ser um tremendo ponto de referência, no inverno é de uma majestade que até tira um pouco a depressão causada pela falta de sol. E se é pra fazer frio, que pelo menos seja lindo, não é mesmo?

cordillera con nieve

cordillera sin nieve

Related posts

Dicas de turismo cultural em Santiago, no Chile

Gislaine Morais

Criminalidade no Chile

Joy Matta

Onze mulheres chilenas inspiradoras

Isabela Vargas

22 comentários

Tati Sato Março 10, 2014 at 11:45 am

Oi Georgina! Eu também amo as cores do outono! Ainda me lembro a primeira vez que os dourados e vermelhos queimados tiraram meu fôlego, no primeiro outono que estive na Irlanda!
Nunca estive na cordilheira (envergonho-me de dizer que pouco conheço da América do Sul), mas amo montanhas nevadas. No verão, elas continuam com os picos brancos? Amo esse contraste do calor e da visão de neve!
Menina, mas que tamanho de caranguejo é esse? Ainda bem que o bicho é servido morto, senão teria sérias dúvidas sobre quem serviria de almoço para quem!
E que bolo é esse? Torta tres leches e todas a calorias do mundo, verdade? Salivei!
Um beijo

Resposta
Georgina Março 12, 2014 at 10:21 am

Tati,

Obrigada por passar pelo blog e por ler meu texto. No verao somente alguns pontos, mais altos e/ou ocultos do sol ficam com neve. Geralmente sao lugares de acesso mais difícil. Pra ver neve no verao mesmo, só indo ao sul, subir o vulcao Villarica em Pucón ou ir para Torres del Paine.
O caranguejo é enorme mesmo. Assim como o preço dele. Tem que comer em bando pra aguentar o tranco no estômago e no bolso.
E a torta é terrível. Devo assumir que nao conto as calorias pra nao pirar. Mas de vez em quando o estômago também merece um carinho 🙂

Resposta
Ana Cristina Kolb Março 10, 2014 at 5:53 pm

Nossa Georgina, adorei e todos os 5 pontos são com certeza me fraco também, amei a torta de luche e com certeza vou procurar receita! rsrsrsrsrsr andar que delicia, eu adoro andar até em montanha imagina no plano, eu seria outra maluca andando pra todo lado, adoro! Montanha é outra paixão minha! As quatro estações também e outono é realmente a cara da riqueza! rsrsrrsrsr Adorei!!!! Namasté Linda! 🙂 Uma pergunta, no Chile os ambientes fechados teem aquecedor no inverno e nos carros? so isto me faria falta caso não tenha! rsrsrrrs

Resposta
Georgina Março 12, 2014 at 10:25 am

Ana,
Obrigada por passar pelo blog e por ler meu texto. Eu te passo a receita. Nao é muito rápida de fazer mas é uma delíciaaaaaa!!!! Hoje em dia, a maioria dos ambientes fechados (comerciais) tem aquecedor. Tem uns inclusive para ambientes abertos, assim eles naoa precisam tirar as mesas que ficam na rua, no caso de bares e restaurantes. Fora que é frio, mas nao como no Canadá ou alguns países da Europa. Mas ainda está pouco acessível pra aquecer as casas particulares. Os carros têm aquecedor como opcional, mas conheço muito poucos que ficam sem.

Resposta
Fernanda Março 10, 2014 at 10:06 pm

Georgina, seja bem-vinda ao grupo e parabens pelo texto! Fiquei babando na torta. Ja os frutos do mar, esses eu sou meio sismada, nao posso ver as patinhas ou crostas que me arrepio, nao consigo comer. Nunca pense em me oferecer uma lagosta, vou sair correndo! Rs Bjs

Resposta
Georgina Março 12, 2014 at 10:27 am

Fernanda, Obrigada pela acolhida. Tem muita gente que nao gosta, mas todo mundo quer tirar foto da centolla. É, no mínimo, interessante ver um crustáceo tao grande, né??? Bjs.

Resposta
Lara Março 11, 2014 at 11:21 am

Coincido em tudo e agregaria as hallullas com pebre à lista, se quentinhas melhor ainda, além da delícia de percorrer os cerros da pré-cordilheira num lindo passeio de domingo.

Resposta
Georgina Março 12, 2014 at 10:36 am

Lara, tem mais coisas para amar em Santiago, claro. E tem os gostos pessoais também. Eu, que nao gostava de nada muito apimentado, hoje nao vivo sem um pebre! E até me arrisco a comer uns ají cacho de cabra de vez em quando. Pao pra mim é uma perdiçao! E aqui tem muita variedade… adoro todos!!! E o melhor é que vc pode comer e depois sair pra dar uma voltinha à pé ou de bicicleta pra queimar um pouco das calorias. Bjs.

Resposta
Thelbe Abril 9, 2014 at 11:47 am

Georgina, minha amiga, ex-colega de trabalho e anfitriã honorária em Santiago! Que belo post. Escrita inteligente e mensagem clara. Eu não tenho motivos para amar Santiago como morador, mas como visitante certamente tenho bem mais do que 5. E na visita de 2013, certamente o ponto alto foi revê-la e conhecer sua bela família – a neve também, vai. Quando voltarmos conheceremos sua nova casa, combinado?

Resposta
Joy Matta Abril 28, 2014 at 1:45 pm

Thelbe, foi um prazer ser sua anfitria e tenha certeza de que assim que a casa nova estiver apresentável vocês receberao o convite formal para uma nova visita com toda a família!!! Beijos!

Resposta
Larissa Abril 10, 2014 at 5:17 pm

Olá, foi muito bom poder ler todos os seus textos sobre o Chile! Sou estudante, moro no Rio Grande do Sul e estou pensando em fazer intercâmbio ano que vem para Santiago. Ainda tenho muitas dúvidas sobre a cidade, bairros, e etc. Além do medo de chegar em um país desconhecido, hehe mas acredito que tudo vai dar certo! Vou continuar acompanhando seu blog! Beijos

Resposta
Joy Matta Abril 28, 2014 at 1:51 pm

Larissa, Pesquise muito. O Chile é ótimo pra se morar mas a adaptaçao para os brasileiros (principalmente para nós, mulheres) costuma ser um pouco difícil. Se vc tem espírito de superaçao, nao vai querer ir embora depois. Continue acompanhando o blog. E caso desista do Chile, aqui mesmo no blog vc vai achar mulheres em vários países com ótimas dicas pra você!

Resposta
Chile – Páscoa Abril 14, 2014 at 10:16 am

[…] Leia mais sobre o Chile! […]

Resposta
Thais Oliveira Abril 15, 2014 at 5:23 pm

Georgina entrei no blog para ler sobre a Pascoa e acabei lendo todos seus depoimentos. Sou do interior do estado de Rio de Janeiro e meu pai esta me incentivando muito a ir fazer Medicina no Chile( já sou graduada em enfermagem ), pois nós enxergamos como a melhor opção fora do Brasil na América do Sul, no qual ando lendo bastante sobre a cultura chilena, só não me decidir ainda pois tenho uma filha de 3 anos e tenho medo dela não se adaptar além de inúmeras duvidas que tenho básica do Chile. Se manter no Chile é aproximadamente o mesmo valor de que se manter no Brasil? Você passou por alguma experiência de ver crianças de três anos se adaptando ai No Chile? É um processo muito difícil? Agradeço desde já pela sua atenção

Resposta
Joy Matta Abril 28, 2014 at 1:58 pm

O Chile é caro, mas vale a pena pela qualidade de vida. Nao há faculdade grátis mas a atual presidente está tentando modificar isso. Até tem bolsas de estudo para estrangeiros, mas somente para quem tem visto definitivo. Nao tema pelas crianças, tenho amigas que vieram acompanhando maridos transferidos pela empresa com filhas e filhos de todas as idades e, acredite, eles sao o menor dos problemas. Tenho uma amiga muito amada com a filhota de 7 e a outra de 2 e até agora tudo tem sido muito tranquilo. Eu diria pra vir aqui e se dedicar a pesquisar a fundo o assunto. Conheça as faculdades, veja o bairros mais próximos, fale com outras mamaes…. Há várias comunidades de brasileiros morando no Chile e geralmente sao muito solícitos na hora de responder dúvidas de compatriotas. Eu mesma sou participante ativa da maioria dessas comunidades. Pesquise muito, mas nao tenha dúvidas de que este é um país muito bom para criar nossos filhos. 😉

Resposta
Bruno Abril 29, 2014 at 12:03 am

Georgina, li algumas coisas bem legais no blog. Parabéns pelos textos!!! Estivemos em Santiago 2 vezes em 2013… Eu e minha esposa estamos APAIXONADOS pelo Chile. Estamos interessados em mudar de país… Mas a dúvida que fica… Será que agente consegue validar nosso diploma de faculdade? Será que agente consegue atuar na área? (Arquiteto e Farmacêutica) Não queremos luxo… quermos mais Segurança, viver com tranquilidade… temos medo de ter filhos no Brasil. Moramos em São Paulo. Valew pelas dicas!

Resposta
Joy Matta Maio 6, 2014 at 7:56 pm

Validar diploma começa no Brasil. Os passos sao bem claros: Certificado de estudos➡reconhecimento de firma da pessoa que assinou o diploma➡Itamaraty (ministério de relações exteriores no Brasil)➡Consulado do Chile no Brasil➡Relações exteriores no Chile e…➡Mineduc. Se nao me engano para os profissionais de Farmácia tem mais um passo, mas nao saberia te dizer exatamente qual seria, teria que me informar. Tem que pensar que o Chile é, em muitos aspectos, como o Brasil, um país subdesenvolvido cheio de pós e contras, tem muito profissional trabalhando em outras áreas porque o mercado de trabalho é bem menor (por ser um país bem menor, tb). E que tem muito “quem indica” por estes lados tb. Fiquem de olho nos próximos posts porque vou falar mais sobre o assunto. Obrigada por passar por aqui, Bruno. E boa sorte!!!

Resposta
Driéli Sonaglio Fevereiro 15, 2016 at 9:40 am

Oie Joy!!!
Adorei um post. Sempre fui louca pra conhecer o Chile, e claro, Santiago.
Ah! Se estiveres precisando de escritores ou algo assim me dá um grito! 😉
[email protected]

Beijokas e continue com o ótimo trabalho!

Dri

Resposta
Joy Matta Fevereiro 23, 2016 at 2:25 pm

Drieli, há um link aqui mesmo no blog para colaboradoras.
Abraços

Resposta
Chile – Casando Com um Chileno Maio 19, 2014 at 11:20 am

[…] Leia mais sobre o Chile! […]

Resposta
choe Karl Fevereiro 16, 2016 at 9:27 pm

En serio? Colores, talla del marisco, cordillera y una torta? Cidade plana? Donde? La bornechea? Eso son motivos para amar una metrópolis? No la puedo creer que leí eso …

Resposta
Joy Matta Fevereiro 23, 2016 at 2:19 pm

Olá, Choe. Essa é minha opiniao pessoal. A cidade na verdade é plana no centro, muito mais do que em Lo Barnechea ou outras comunas da précordillera. Recoleta, El Salto, Independencia, Estación Central, San Miguel, Puente Alto…. Essas comunas sao ótimos exemplos de comunas com pouquíssimas subidas e descidas. Se você quer motivos para gostar de Santiago mais objetivos e menos pessoais, veja o texto sobre “dez razoes para morar no Chile“. E fique à vontade para colocar os seus motivos para amar Santiago aqui também.
Abraços

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação