BrasileirasPeloMundo.com
Vietnã

Como é morar no Vietnã

Como é morar no Vietnã.

Estou morando há seis meses em Ho Chi Minh city. Saí de outro país no sudeste asiático, o Myanmar, portanto o choque cultural não foi tão grande. Mas existe, é claro, diferenças, são culturas e países diferentes, mesmo tendo pontos em comum. Hora de fazer um balanço sobre como é viver no Vietnã.

O Vietnã se tornou cada vez mais popular entre expatriados nos últimos anos. Muitos mudam para o país porque recebem uma oferta de trabalho, mas muitos outros são ocidentais, em sua maioria de países europeus ou da América do Norte, em busca de algo novo, de aventura. São jovens profissionais, flexíveis, que trabalham online. Os chamados nômades digitais. Geralmente passam alguns meses em diferentes países, para ter a experiência de poder viver em lugares diferentes e também poder viajar na região. Muitos outros são professores de inglês, mesmo os que não são falantes nativos, e vêm à Asia para ensinar inglês. A demanda é grande e continua a crescer. Jovens estudantes, filhos de famílias de classe média, jovens profissionais vietnamitas. Eles querem aprender bem inglês, porque é importante estar apto para uma comunicação internacional, especialmente em um país onde vivem tantos estrangeiros. O número de visitantes todos os anos também é bastante significativo, então para aqueles que querem trabalhar com turismo, seja como guia turístico, em linhas aéreas ou trabalhando em centros de informação para turistas é necessário ter um bom nível de inglês. Essa demanda mantém a procura por professores.

Leia também: Estou pronto para morar no exterior?

O custo de vida no Vietnã é barato se comparado com países ocidentais ou com outros países asiáticos mais modernos como Hong Kong ou Coreia do Sul. A economia informal é parte de cultura e das cenas diárias de qualquer cidade no Vietnã. Por outro lado, cidades grandes como Saigon ou Hanoi oferecem um conforto e variedade para estrangeiros. Seja nas lojas e supermercados mais sofisticados que oferecem os melhores produtos importados (por preços de acordo), nas lojas de departamento ou na infinidade de bons restaurantes das mais variadas culinárias. Em Saigon, pode-se um dia comer comida de rua, no outro ir jantar em um fino restaurante francês, no dia seguinte almoçar no restaurante orgânico e vegano da esquina. O aluguel é barato, comparando com outros países. Obviamente em cada cidade sempre haverá a discrepância entre as diferentes áreas. Eu, por exemplo, moro bem no centro da cidade.

Ho Chi Minh City (eu prefiro chamar de Saigon) é dividida em 24 distritos no total, sendo 19 distritos centrais e 5 distritos suburbanos. Eu moro no Distrito 1. Por ser o centro turístico e comercial é também o mais caro para se viver. No entanto, ainda assim, comparando com outros países, o custo ainda é bem acessível. Eu não conseguiria bancar o apartamento que tenho aqui na Alemanha, onde morei antes, por exemplo. Não é grande ou luxuoso, mas espaçoso, moderno e bem central. A área é bastante turística, mas eu queria poder ir a pé ao meu escritório. Moro bem ao lado do famoso mercado Ben Thanh, que é um mercado que oferece souvenirs, produtos frescos, comida. Tem muitas quitandas ao redor de casa, padarias, supermercados. É bastante conveniente. Como há muita coisa nas proximidades eu raramente tenho que pegar táxi. Aqui existe a possibilidade de mototáxi, geralmente como Grab ou outros provedores deste serviço. Motos são uma história a parte no Vietnã. As ruas das cidades grande são inundadas de motos, as pessoas acabam dirigindo pelas calçadas para cortar caminho, um grande caos. Mas o caos parece funcionar.  Acredito que se viessem a proibir a circulação de motos nas grandes cidades do Vietnã isso causaria uma guerra civil. Táxis também são baratos. Outra comodidade que o país oferece é o fato de se poder viajar. Os bilhetes aéreos dentro do Vietnã são extremamente baratos. Mas também para visitar países vizinhos existem muitas ofertas.

Vista da cidade com a famosa rua Nguyễn Huệ, conhecida como “Walking street”. Fonte: arquivo pessoal.

Aqui em Saigon estamos bem perto do Camboja, existem até ônibus entre Saigon e Siem Reap. É um trecho bastante longo mas barato e para aqueles que tem o tempo e querem economizar é uma boa oportunidade. Para os viajantes incuráveis, como eu, essa é sem dúvida uma das grandes vantagens de se morar num país no sudeste asiático: poder viajar pela região. Eu ainda não viajei muito porque estava me concentrando mais no trabalho. Já tive a oportunidade de viajar no Vietnã a trabalho mas foi uma ótima oportunidade de conhecer os destinos clássicos de Hanoi, a capital vietnamita e a baía de Halong. Também pude visitar Bangkok e Chiang Mai, Bangkok já havia visitado várias vezes mas nunca Chiang Mai. Em breve irei à Malásia para um final de semana prolongado.

Trabalho para uma empresa multinacional de turismo, com sede na Inglaterra e escritórios em 22 países, incluindo Brasil. Mas nosso escritório no Vietnã é relativamente pequeno, com um time de cerca de 20 pessoas. Temos um colega francês, todos os outros são vietnamitas. São extremamente prestativos, simpáticos, assim como as minhas chefes. Outras pessoas têm experiências diferentes e encontraram certa dificuldade em trabalhar com locais.

Em geral para mim a experiência de morar aqui tem sido boa. Eu sinto falta de ter mais contato com vietnamitas, porque acho que é mais difícil fazer amizade com os habitantes locais, apesar de eles serem também simpáticos e dizem que os vietnamitas do sul, onde moro, são muito mais amigáveis e abertos do que os do norte. Mas estou bem no trabalho, tenho conhecido novos amigos, tenho a oportunidade de viajar na região.  Um bom negócio até agora.

Related posts

Vietnã – Sobre tigres, carneiros e outros bichos – Parte 1: Nada acontece antes do Tet

Fabi Mesquita

Vietnã – Chegar e Partir

Fabi Mesquita

Vietnã – O que eu aprendi sobre as mulheres do sul do país

Marina Lemos

12 comentários

Derick Rosa Julho 25, 2018 at 12:59 pm

Muito interessante. Adorei! E fiquei curiosíssimo sobre a empresa para a qual você trabalha. Adoraria se falasse mais sobre ela. Um abraço, Natalie 🙂

Resposta
Natalie Lima Julho 26, 2018 at 2:38 am

Olá Derick, muito obrigada pelo seu comentário e que bom que tenha gostado do artigo :)! Trabalho para uma empresa internacional de turismo, talvez em outra oportunidade poderia escrever mais sobre o trabalho. Um abraço!

Resposta
Carine Sayuri Goto Julho 27, 2018 at 1:01 pm

Muito bom, Natie! Adorei saber um pouco mais sobre o Vietnã e sobre suas andanças. Que o país continue te trazendo muito boa sorte! Beijos.

Resposta
Natalie Lima Julho 30, 2018 at 12:02 am

Muito obrigada Carine 🙂 Adoro morar no Sudeste Asiático, é uma ótima experiencia de vida. Espero que esteja tudo bem por aí! Beijos

Resposta
Roberta Jorge Julho 27, 2018 at 4:48 pm

Ai o Vietnã, que pais incrível! Eu morei no Camboja, Nathalie! Em Siem Reap. Não deixe de visitar! Também era colunista do PBM. Saudades!

Também trabalho com turismo, mas agora no Brasil 🙂

Bjs e boa jornada

Resposta
Natalie Lima Julho 30, 2018 at 12:01 am

Olá Roberta, muito obrigada pelo comentário 🙂 sim eu lembro de voce no Brasileiras pelo Mundo, deve ter sido uma experiencia maravilhosa morar no Camboja. Aqui em Saigon estamos bem pertinho do Camboja, uma hora eu preciso visitar sim! Muito obrigada, beijos!

Resposta
Paula Outubro 4, 2018 at 3:01 pm

Olá Natalie! Adorei a publicação! Voce sabe/pode falar um pouco sobre vistos? Para dar aula de ingles, por exemplo, precisa de um certo visto? Obrigada!

Resposta
Natalie Lima Outubro 10, 2018 at 4:55 am

Oi Paula, muito obrigada! Para trabalhar no Vietnã voce precisa de uma permissão de trabalho, ou work permit. O processo requere alguns documentos e leva um pouco de tempo, no caso as escolas ajudam a conseguir a permissão e te indicariam do que necessitam e qual visto voce presaria para primeiro chegar ao país para dar início ao processo. Geralmente seria um visto de negocios (Business Visa) que pode ser por 1, 3, 6 meses ou até um ano. Para o work permit é necessário o diploma, que tem que ser validado no ministério da Educação e na Embaixada Vietnamita no Brasil, antes de ser traduzido e usado no processo. Alem de outros documentos, como certidão de antecedentes criminais, check up medico etc. Mas como eu não dou aulas aqui se voce tem realmente interesse eu recomendaria voce entrar em grupos de expats no Facebook e fazer uma pesquisa, pois é um tema muito recorrente. Voce pode procurar por grupos da cidade ou cidades nas quais estaria interessada em viver (como “Expats in Ho Chi Minh, Expats in Hanoi” etc) e também nos grupos de Brasileiros. Boa sorte!

Resposta
Lucas Macedo Novembro 5, 2018 at 7:05 pm

Olá, Natalie. Bem legal o seu texto.

Aqui, uma dúvida. Eu estou participando de um processe seletivo pra uma oportunidade de emprego aí no Vietnã, pagando 800USD/mês . Sabe dizer se esse valor é suficiente para cobrir o custo de vida aí ou eu teria que adicionar uma renda extra a este valor?

Muito obrigado

Resposta
Natalie Lima Novembro 10, 2018 at 3:12 am

Oi Lucas, tudo bem? Legal que voce tem uma oportunidade de vir ao Vietnã. 800 USD por mes não me parecem suficiente para viver aqui, especialmente como estrangeiro. A comida em geral é barata mas depende muito do seu estilo de vida. Se voce vai frequentar locais típicos de expats, os preços serão mais caros. Alguel voce precisaria de pelo menos 250-300 USD caso alugue algum quarto (numa república por exemplo), se voce não tiver seguro saúde pela sua empresa qualquer gasto médico terá de sair do seu bolso. Geralmente estrangeiros tem um estilo de vida mais caro que os Vietnamitas, que na maioria das vezes não tem que pagar alguel porque moram com a familia, cozinham ou comem em lugares locais onde os preços são mais baratos. Voce tem que calcular custos de transporte – se alugaria uma moto ou tentaria se locomover de moto taxi . Uns 1500 USD pelo menos para ter uma vida mais comfortavel eu diria. Boa sorte e um abraço!

Resposta
Giovana B. Março 7, 2019 at 10:38 pm

Olá Natalie! Suas postagens no blog são ótimas, parabéns.

Sempre tive o sonho de morar em Hanói, porém sem conseguir um emprego antes mesmo de ir, fica um pouco difícil. Voce poderia me dar umas dicas sobre? Sites seguros ou grupos para busca de empregos ai, ou sua opinião caso ache mais fácil ir e depois procurar um emprego. Muito obrigada desde já 🙂

Resposta
Natalie Lima Março 12, 2019 at 9:31 am

Ola Giovana, muito obrigada pelo comentario 🙂 Que legal saber que voce sempre teve esse sonho de morar em Hanoi. Sobre encontrar emprego acho que depende da área em que voce atue ou esteja disposta a trabalhar. Muitos estrangeiros mesmo não sendo falantes nativos de Ingles acabam trabalhando como professores de Ingles em países do Sudeste Asiático incluindo o Vietnã. No entanto normalmente as escolas vão exigir um certificado de proficiencia. Eu recomendaria voce entrar em grupos de expatriados e de Brasileiros no Vietnã e pesquisar nos grupos sobre o tema de trabalho e também postar suas dúvidas. De Brasileiros tem o “Brasileiros no Vietnam”, “Brasileiros em Ho Chi Minh/Saigon”, “Brasileiros em Hanoi”. De expatriados voce pode procurar tambem por “Expats in Saigon/ Expats in Hanoi”. Esses grupos são uma primeira fonte para pesquisa. Eu não conheço nenhuma agencia ou site especifico para procura de emprego mas acho que pelas páginas de estrangeiros no Facebook já dá para ter uma idéia. Boa sorte! Um abraço

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação