BrasileirasPeloMundo.com
A Mulher na Sociedade Pelo Mundo Ásia Vietnã

Padrão de beleza no Vietnã

Falar sobre padrão de beleza é sempre um tema muito abrangente. O padrão considerado como ideal estético em cada país varia. A beleza em si é um conceito bastante subjetivo, mas na maioria das sociedades existe um modelo considerado como o ideal a ser seguido.

Đẹp quá!” ou “Muito bonito/-a!” em português. O padrão vietnamita não difere das características tidas como padrão de beleza no Sudeste Asiático. Para homens, pele clara, estatura alta, músculos definidos. Para mulheres, pele branca, corpo magro, nariz pequeno, lábios cheios.

A questão da pele clara é muito arraigada nas culturas asiáticas. Associa-se pele branca a status. Pessoas com pele clara são consideradas elegantes, pertencentes a uma classe mais alta, à realeza.

Por outro lado,  quem tem pele mais escura se associa ao trabalho no campo, portanto uma classe mais “baixa”, de acordo com a percepção social local. É um conceito elitista e, em alguns países, seria tido como discriminação, mas em muitos países do Sudeste Asiático é uma norma.

Leia também: O que eu aprendi sobre as mulheres do sul do país

São conhecidas as famosas “ninjas das ruas” das grandes cidades vietnamitas. Explico: o principal meio de transporte são as motos. A grande maioria das mulheres que dirigem suas motos estarão literalmente cobertas da cabeça aos pés, usando moletons para cobrir os braços e um tipo de avental para cobrir as pernas (no caso de mulheres vestindo vestidos mais curtos ou saias). Muitas ainda usam blusas com capuz, máscara e óculos escuros. E isso com um calor de 30 graus e sob um sol escaldante. Mas o sol justamente é o problema! Este aparato todo é para evitar que sejam queimadas pelo sol.

Existem inúmeros produtos clareadores de pele nas prateleiras das lojas: cremes para o corpo,  para o rosto e desodorantes. Já vi até creme para clarear os mamilos.

Tenho uma amiga vietnamita que é enfermeira e trabalha numa clínica que oferece cirurgias plásticas e procedimentos cosméticos. Como ela diz, apenas estes produtos não são suficientes para obter ou manter uma pele branca e que muitas mulheres procuram as clínicas para fazer um procedimento na pele.

É assustador ver como o tema do ideal da pele branca é tratado com normalidade, conferindo esta superioridade à pele clara, que é o ideal a ser almejado. Isso em um mundo onde o ideal seria celebrar a diversidade, entender e respeitar as características de cada indivíduo e entender que beleza é um conceito muito subjetivo.

Este ideal da pele branca nas culturas asiáticas não é algo do mundo moderno, isso vem desde alguns séculos e por isso continua tão fortemente presente.

Também muito procurado nas clínicas é o procedimento da pálpebra dupla. Asiáticos normalmente não têm um sulco mais definido na pálpebra e muitos acham que esta cirurgia lhes confere um olhar mais aberto e ocidental.

Leia também: 10 hábitos vietnamitas

Muitas mulheres também põem implantes nos seios já que, apesar da uma figura magra, com uma constituição delicada e fina ser o padrão, se consideram seios grandes também um ideal de beleza.

A pressão estética sobre o peso da mulher é algo constante. Claro que é uma tendência mundial, mas é algo ainda mais acentuado na Ásia e no Vietnã. Muitas vezes, meninas apenas com algumas curvas são consideradas gordas ou muito acima do peso, o que para a sociedade é considerado um problema.

Mesmo a pressão estética que cobra corpos magros ser algo que ocorre mundialmente, é discrepante comparar o conceito asiático com o brasileiro, por exemplo. Nas culturas do Sudeste Asiático é muito comum as pessoas fazerem observações sobre a aparência diretamente à pessoa em questão.

No Brasil, temos esse costume de forma muito similar, mas acredito que, no Sudeste Asiático, este costume seja mais direto. Particularmente, eu nunca consegui entender o ponto de alguém comentar a aparência de outra pessoa sem que sua opinião fosse requisitada.

O ideal de beleza, geralmente, destoa bastante das características naturais dos habitantes do país e se espelha muito em conceitos vindos da Coreia ou Japão.

Interessantemente, há uma crença no Vietnã de que as pessoas do norte seriam mais bonitas do que as do sul do país. Eu li uma explicação muito interessante sobre esta teoria de que esta percepção estaria ligada à localização da região norte – mais próxima à China – e com um clima mais ameno com um inverno rigoroso. Por estes motivos, haveria mais pessoas de origem chinesa.

Esta influência do Leste Asiático se refletiria também na aparência das pessoas. Como as características do Leste Asiático (China, Japão, Coreia) são o padrão de beleza vigente também no Sudeste Asiático, há esta impressão.

No sul, há uma mistura como o povo Khmer (do Camboja) e Cham (uma civilização antiga) e pessoas destes grupos geralmente têm peles mais escuras, rostos mais achatados etc. A partir daí teria surgido esta percepção de que as pessoas do norte seriam mais bonitas do que as do sul.

Gostaria de enfatizar que estou meramente relatando sobre a percepção local de beleza. Os conceitos citados não refletem a minha opinião pessoal.

O padrão de beleza no Vietnã reflete uma tendência do Sudeste Asiático e é fortemente influenciado por países do Leste Asiático. Hoje em dia, há uma pressão estética e cobrança social sobre a aparência em todo o mundo. Na Ásia não é diferente. Há alguns pontos em comum com o padrão ocidental e, em outros pontos, há diferenças.  Eu amo a diversidade de culturas e etnias na Ásia e aprecio a beleza de cada lugar, a seu modo.

Related posts

Turismo no Vietnã – 10 lugares para se visitar

Natalie Lima

Igualdade de gênero e direitos da mulher na Alemanha

Catia Pietro

Violência contra a mulher no Peru

Viviane Naves de Alencar

3 comentários

Bruno Backes da Silva Fevereiro 7, 2019 at 8:04 pm

Eu tenho uma curiosidade, o pessoal ai no Vietnã não te fala muito que voçê não se parece brasileira por causa da sua aparência?? Eu não sei porque mas tem alguns gringos que acham que no Brasil todo mundo é negro kkk

Resposta
Virginia T. Março 10, 2019 at 4:12 pm

Muito esclarecedores seus artigos sobre o Vienam, Natalie. Depois de 4 anos vivendo na França, decidi abandonar tudo e ir morar na Asia, a começar pelo Vietnam. Ajuda muito ter um ponto de vista brasileiro para ter saber o que me espera.
Uma pergunta ligada ao assunto do post: você sabe como vive a população negra no Vietnam? Existe uma comunidade de expatriados negros no país?
Já li vários relatos sobre o tema, mas é sempre bom ouvir a opinião de alguém que vem de um pais tão miscigenado como o nosso. Um abraço, continue o bom trabalho!

Resposta
Natalie Lima Março 13, 2019 at 7:35 am

Ola Virginia, muito obrigada pelo comentário, a Ásia é um continente tão rico e tem muito a oferecer, poder morar em um ou alguns dos países daqui será sem dúvida uma experiencia maravilhosa. Eu não conheço uma comunidade ou grupo de expatriados negros no país, no Facebook há grupos de expatriados e também há grupos de Brasileiros ( Brasileiros no Vietnã, Brasileiros em Hanoi e em Ho Chi Minh). Tenho uma amiga negra, Brasileira, que está morando num vilarejo pequeno perto aqui de Saigon. Ela diz que as pessoas a veem com certa curiosidade, mas ela tem tido boas experiencias. Há varios expatriados de varios países morando aqui, aconselharia voce começar a pesquisar temas nestes grupos de Facebook, até postar estas dúvidas, pode ajudar bastante no plajenamento. Boa sorte, abraços

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação