BrasileirasPeloMundo.com
A Mulher na Sociedade Pelo Mundo Noruega

Como é ser mulher na Noruega

Como é ser mulher na Noruega.

Sou fã de temas interessantes, e o tema «ser mulher na Noruega nos dias de hoje» renderia algumas sessões de conversas e debates saudáveis com as minhas amigas. O que eu colocarei aqui são palavras um tanto humildes em se tratando de um tema tão extenso como ser mulher e seu papel na sociedade norueguesa atual. Todavia, é um olhar de quem vive apenas 10 anos nesse país que possui cultura igualitária muito forte.

De acordo com uma série de estudos internacionais, a Noruega está entre os melhores países para ser uma mulher, também é um dos melhores países para a mulher no mercado de trabalho e o segundo melhor país para ser mãe.

Noruega já percorreu um longo caminho quando se trata de igualdade de gêneros. Com seu nível elevado de prosperidade e igualdade social bem desenvolvida a Noruega dá oportunidades tanto para homens como também para as mulheres: Alto nível de educação, bons empregos e a oportunidade de combinar trabalho e família.

Foto: Arquivo pessoal.
Foto: Arquivo pessoal.

O fato de que a maioria das mulheres trabalham é um dos principais fatores para do elevado poder aquisitivo na família. Várias vezes a Noruega foi retratada como um dos países mais progressistas do mundo. É bom ser mulher na Noruega, com certeza vocês estão pensando. A verdade é que nem tudo é cor de rosa. Há neste país uma lei silenciosa que diz: As mulheres tem que fazer tudo ou pelo menos quase tudo. Devemos equilibrar carreira, filhos, casa e ainda ter tempo para nós mesmas. Porém, essa utopia não existe na vida da mulher na Noruega.

Antes eu tinha a impressão de que existiam duas maneiras de ser uma mulher neste país – Ou você é uma mulher que tem o foco no trabalho e carreira, trabalha período integral, sempre atrás do emprego e cargo dos sonhos, ou você é aquela mulher que tem como a principal responsabilidade zelar pela casa e pelos filhos, que trabalha meio expediente e à seu critério e faz jantares deliciosos todos os dias além de bolos e tortas maravilhosas para qualquer ocasião.

Então, como é realmente ser uma mulher nos tempos atuais da Noruega? A verdade sobre nós, mulheres da Noruega, é que estamos exatamente no meio dessas duas definições que eu citei acima ou pelo menos buscando estar em equilíbrio entre elas.

As mulheres da Noruega, seja ela nativa ou estrangeira, são bonitas e fortes em todos os aspectos. São igualitárias em casa, dividem as despesas e responsabilidades com seus parceiros de vida. Elas são ou pelo menos tentam ser saudáveis e ativas. E sempre que tem a oportunidade elas aproveitam o tempo livre para a família e para si.

Assim como há muitas mulheres que focam na independência financeira, que não querem perder o seu poder aquisitivo e muito menos ter dificuldades econômicas (devido ao caro custo de vida) há as mulheres que optam por trabalhar meio expediente por uma rotina mais equilibrada e satisfatória na vida pessoal o que muitas vezes não é possível quando o trabalho é em período integral. Entretanto, essas mulheres, independente de suas escolhas profissionais, pagam o preço alto por uma autonomia financeira que ainda não é totalmente igual se comparada com a de um homem na Noruega. Por enquanto, fazer essa escolha implica em abrir mão de outras. Mas ainda temos uma escolha: Escolher como vamos dirigir nossa vida profissional e pessoal, dependendo do que cada uma de nós temos como foco e prioridade no momento. E isso já é uma vitória para nós.

E como a maioria das mulheres norueguesas, eu trabalho (atualmente em meio expediente), tento levar um a vida saudável (mas não abro mão de uma taça de vinho nas sextas), cozinho um monte de comida (depois que descobri o prazer de comer bem), mas também deixo meu marido cuidar dos meus filhos, da limpeza da casa e pilotar o fogão, o que ele faz com muito prazer – como o meu pai fazia antes dele. Com relação a ser mulher na Noruega, há pouco que se reclamar, mas não pense que elas se conformam e esquecem de observar o que não está funcionando por aqui. Elas lutam para criar uma sociedade melhor para todas nós. Nesse sentido, somos livres – seja tendo um bom emprego ou sendo mãe.

Mulheres de hoje e de amanhã. Foto: Wendy Dantas
Mulheres de hoje e de amanhã. Foto: Wendy Dantas

Eu não nasci na Noruega, mas aqui estou nessa casa que me acolheu. Não importa o quanto eu amo meu país, no entanto observando o mundo além das fronteiras escandinavas, eu posso seguramente dizer que eu não abriria mão das qualidades de ser uma mulher na Noruega por qualquer padrão de igualdade inferior ao que esse país nos oferece. O que quer que tenha ocorrido para esses Vikings se tornarem campeões de igualdade, onde mulheres tem direito de 8 à 12 meses de licença maternidade e os homens tiram sua licença paternidade de 3 meses para empurrar os carrinhos de seus bebês nas ruas, todos orgulhosos de estarem em casa com seus pequenos, enfim, para mim isso é fantástico.

Eu respeito todos aqueles, homens e mulheres, que lutaram e continuam a lutar pela igualdade de gênero na Noruega. E se você ainda tem dúvida de como isso é bom, eu te encorajo a entrar dentro de um avião e visitar este país do qual me orgulho muito de viver, para você ver que melhorar as condições das mulheres no mundo é possível. A igualdade é um luta de todos nós.

Related posts

Quem são elas, as panamenhas

Ana Rodrigues

Ser imigrante me fez feminista

Gabriela Albuquerque

Ainda matam meninas na China?

Ludmila Lima

15 comentários

myrelle Março 16, 2016 at 9:30 pm

Com o sempre belo texto, ser mulher é simplesmente maravilhoso uma dádiva de Deus! Parabéns!

Resposta
Wendy Dantas Março 17, 2016 at 8:10 pm

Muito obrigada, querida Myrelle! 🙂 Estou feliz por ter gostado! Um beijo grande!

Resposta
Bia Dantas Março 16, 2016 at 10:59 pm

Felicidades mil, sinto muito orgulho de uma filha tão sábia e competente, guerreira e corajosa. Saudades sem tamanho e certeza da sua escolha de morar em um país de muita paz e tranquilidade me faz feliz. Parabens, filha linda. Sabias palavras.

Resposta
Wendy Dantas Março 17, 2016 at 8:12 pm

Muito obrigada, mãezona linda! 🙂 Um dia você vai conhecer tudo que escrevo a respeito! Mil beijos!

Resposta
Sabrina Dantas Março 17, 2016 at 1:17 am

Pensar num país como a Noruega, dentre outros que se assemelham em qualidade de vida, é um sonho que pelo menos mulheres como eu gostariam de experienciar, principalmente para educar meus filhos e ter uma vida simples longe de tanta violência. Muito supimpa seu texto, irmã. Parabéns pelas idéias e experiência que divide conosco com mensagens positivas e motivadoras. Amo você!!! Sempre.

Resposta
Wendy Dantas Março 17, 2016 at 8:17 pm

Querida irmã, esse sonho é possível em qualquer lugar. Em alguns países, caminham em passos mais lentos do que outros devido a muitas razões: cultura, tamanho, governo, religião… O importante é fazer nosso trabalho, educando as gerações futuras os valores da igualdade e do respeito. Amo você! beijos!

Resposta
Elton Pereira de Souza Março 17, 2016 at 12:43 pm

Como sempre um belo texto, parabéns mais uma vez!!!

Resposta
Wendy Dantas Março 17, 2016 at 8:18 pm

Muito obrigada, paizinho! Um beijo grande!

Resposta
Maria José Março 17, 2016 at 9:43 pm

Texto perfeito! ????????????Adorei ???? A Noruega é realmente um pais encantador.

Resposta
Wendy Dantas Março 20, 2016 at 1:56 am

Muito obrigada Maria José! Fico muito feliz que tenha gostado! Um abraço! ^_^

Resposta
Samara Sousa Abril 26, 2016 at 6:47 am

Wendy eu sou estudante de arquitetura de fortaleza Ceará, é tomei conhecimento que noruega tem um bom mercado para arquitetos.
Só que ainda estou estudando arquitetura, em que você pode me ajudar a que eu possa fazer!?

Resposta
Wendy Dantas Abril 27, 2016 at 10:16 am

Olá Samara 🙂 Depende dos seus planos para quando você se formar. Se você pretende trabalhar fora do país, é necessário que você saia daí já com um contrato de trabalho com uma empresa norueguesa e o visto de trabalho em mãos. Essas informações e todos os documentos necessários você pode obter no site oficial da Noruega no Brasil: http://www.noruega.org.br/Servicos/Vistos/Noruega/Trabalho/Trabalho/#.VyCQ1mO1aV4

Como você ainda está estudando, você tem um bom tempo para planejar bem o caminho que você quer seguir no futuro. Boa sorte e um abração! 🙂

Resposta
Samara Sousa Abril 30, 2016 at 11:17 pm

Muito obrigado, qualquer dúvida entro em contato com você bjos

Resposta
melina Julho 1, 2016 at 6:48 pm

Olá wendy! adoro todos os seus posts! eles são muito bem feitos!
Meu namorado é norueguês e temos planos de morarmos juntos.
Para isso eu, que sou engenheira civil e empregada aqui em BH, tenho que procurar um emprego por aí…
Existe algum site de empregos ou, melhor, qual a ferramenta mais usual para procurar um emprego por aí?
Tenho medo de ir por 3 meses e não conseguir nada…

Abraços.

Resposta
Wendy Dantas Julho 2, 2016 at 12:45 am

Melina, medo você não precisa ter, linda. 🙂 O máximo que pode acontecer é você vir, colher o máximo de informações e a experiência que você precisa pra tentar de novo. Se vocês tem planos de morar juntos, trabalho é muito importante na vida de uma pessoa e por isso você não pode desanimar caso não consiga de primeira. 🙂 O NAV é um órgão público que oferece uma ferramenta de busca de empregos por área de interesse e formação. As informações estão em inglês e norueguês:

https://www.nav.no/en/Home/Work+and+stay+in+Norway/Work+in+Norway

https://tjenester.nav.no/stillinger/forside

Você pode enviar seu currículo para as empresas de seu interesse mesmo estando no Brasil ou enquanto você estiver de férias aqui. Eu sei que algumas empresas fazem entrevista pelo telefone e Skype no caso do candidato estar fora do país mas isso é exceção. Ainda é melhor estar na entrevista presente pra causar uma boa impressão.

O processo de conseguir trabalho leva um pouco de tempo. Mas com a sua graduação, é mais fácil conseguir um trabalho. Se você já preparou seus documentos (tradução, copias) já é um começo. Para trabalhar na sua área você precisa reconhecer seu documentos no Nokut que é um órgão responsável por analisar documentos escolares de origem estrangeira. o site é esse:

http://www.nokut.no/en/

Dê uma olhadinha também no site oficial da Noruega:

http://www.noruega.org.br/Servicos/Vistos/Noruega/Trabalho/Trabalho/#.V3cNNFe1aV4

Espero que essas informações ajudem e desejo toda sorte do mundo! Muito obrigada pelo comentário, por ler os meus textos e pela pergunta. Qualquer dúvida estamos aqui! Um abração! 🙂

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação