BrasileirasPeloMundo.com
Noruega Turismo Pelo Mundo

O que visitar na Noruega

O que visitar na Noruega.

Este texto é dedicado ao amantes de viagem e até mesmo aos brasileiros que já moram na Noruega e precisam de um empurrãozinho pra fazer um “tour” por aqui, mesmo, neste verão! Independentemente de vocês escolherem a Noruega como destino, aqui tem informações para aumentar a vontade de visitar e conhecer o país também em outras oportunidades.

Eu garanto que é uma experiência única e épica. Por isso, separei alguns pontos turísticos que, uma vez aqui, você não pode deixar de visitar. É como o Corcovado no Rio de Janeiro: parada obrigatória.

Se você desembarca na Noruega como turista, a primeira parada normalmente é em Oslo. Já no aeroporto há as seguintes opções de transporte público: o trem expresso (Flytoget) e o ônibus expresso. O Flytoget faz um trajeto direto do aeroporto, Gardemoen, para a Estação Central de Oslo. Ele sai de 10 em 10 minutos e o percurso dura apenas 18 minutos. O ônibus expresso sai de 15 em 15 minutos e leva cerca de 30 a 40 minutos até chegar em Oslo, parando em frente dos hotéis mais conhecidos da cidade ou pelo menos bem próximo deles. Particularmente, eu prefiro sempre o Flytoget. O valor é o mesmo, a viagem é curta e bastante confortável.

Em todas as principais cidades da Noruega, o preço da diária não varia muito entre os hotéis e todos têm padrões similares. Mas claro que a escolha do lugar onde você deseja se hospedar fica a seu critério. Há quem prefira albergues (hostels) e campings, que também são bem organizados por aqui e têm preços mais em conta. Eu já me hospedei em diversos hotéis e campings, porém quando eu viajo só (ou com minha família) o mais importante é ter um lugar para tomar banho, dormir e deixar as malas – afinal, aproveitamos mais o dia fora passeando do que dentro do hotel, por isso eu não me preocupo muito se o padrão é 3 ou 5 estrelas.

Uma vez em Oslo, eu recomendo os seguintes lugares para visita que considero importantes:

Palácio Real: A troca da Guarda Real é sempre uma atração para os turistas na frente do palácio. Atrás do palácio tem um jardim lindo, onde as pessoas costumam fazer uma pausa e se deitam na grama para depois, mais descansadas, seguirem.

Vigelandsparken: é localizado em Majorstue. Não tem como errar, tem um metrô direto pra lá. Aliás, todos os principais pontos turísticos estão na rota do metrô.

Viking Ship Museum: Maravilhoso! Endereço: Huk aveny 35, 0287 Oslo.

Nasjonalgalleriet: Se você curte museus e arte a Galeria Nacional precisa estar na sua lista; aqui se guarda a coleção de Munch e os noruegueses têm muito orgulho disso.

Aker Brygge: lá, vocês encontram vários restaurantes e uma vista linda do fiorde de Oslo (Oslo fjord).

O ótimo transporte público favorece aos turistas com a possibilidade de viajar de trem até as cidades menores nos arredores de Oslo e voltar para a capital no mesmo dia. Eu moro em Sandefjord, que fica cerca de 1 hora e 40 minutos de trem de Oslo. Todas as cidades costeiras da Noruega têm um cais (é raro uma cidade costeira não ter) que, além de agradáveis ao passeio, são lotados de restaurantes e cafés e muito movimentados, especialmente no verão.

Duas cidades que valem muito a pena conhecer são Bergen e Stavanger. Bergen é a menina dos olhos da costa oeste da Noruega. De lá saem os principais passeios para os mais conhecidos fiordes do país. Há passeios que duram algumas horas e outros que duram de 3 a 6 dias, dependendo do itinerário.

Preikestolen. Foto: Unsplash.com
Preikestolen. Foto: Unsplash.com

Alguns dos lugares magníficos onde eu estive foram o Geirangerfjord, Trollstigen e por último, porém tão impactante quanto, o Preikenstolen. Preikenstolen fica nas proximidades de Stavanger. Para chegar até lá é preciso caminhar cerca de 2-3 horas (dependendo do ritmo), mas o trajeto vale totalmente a pena. A vista é simplesmente tudo!

Quanto à época de visitar a Noruega e clima

Particularmente, depois de 10 anos vivendo aqui, eu definitivamente sou uma pessoa que tem paixão pela primavera e verão da Noruega (entre abril e agosto). Primeiro, porque amo luz e amo o sol. Segundo, porque a Noruega renasce todo ano com a chegada da primavera e do verão. Todos os pontos turísticos estão abertos e o clima ameno favorece os passeios fora. Isso não significa que não gostamos do inverno, mas o frio e a escuridão podem frustrar um pouco os passeios, especialmente se não usamos roupas adequadas para nos proteger do frio.

Mas não deixe que a minha opinião influencie você. É possível navegar nos fiordes durante o inverno também. Tenho muitos amigos que gostam do inverno e adoram esquiar, mas alguns pontos turísticos como Trollstigen e Preikenstolen não estão disponíveis para turismo durante este período.

Foto: Unsplash.com
Foto: Unsplash.com

Tanto no norte quanto no sul há estações de esqui. Uma delas fica na cidade que eu vivi, no norte, em Narvik. A temporada de esqui está em alta justamente em fevereiro (época em que o sol retorna no norte). Entretanto, se você pretende viajar mais de 12 horas pra chegar até aqui, recomendo que seja entre a primavera e verão para aproveitar ao máximo o que o país tem a oferecer. E caso goste, nada impede você de, futuramente, voltar no inverno para conhecer o outro lado da moeda, como a Aurora Boreal e o inverno acima do Círculo Polar Ártico, e ainda dar um pulo na Suécia e Dinamarca que ficam bem próximas.

Eu viajei a Noruega inteira do norte (Hammerfest) ao sul (Kristiansand). Não é fácil escolher apenas um lugar. O país inteiro é lindo de se ver! O meu conselho para férias inesquecíveis aqui é pesquisar bastante, olhar fotos dos lugares, ler blogs sobre o país e, acima de tudo, saber que, uma vez escolhendo a Noruega como destino de viagem, a experiência é única em todos os sentidos, com paisagens que parecem terem sido retiradas de uma cena de filme, e nada melhor do que voltar pra casa com uma memória especial para a vida inteira, com certeza.

Related posts

Campos de lavanda na Espanha

Camile Wyatt

Valparaíso: A Joia do Pacífico

Gislaine Morais

Roteiro de inverno pela Comunidade Valenciana

Thais Maciel Gomes

4 comentários

Ana Yara Julho 19, 2016 at 10:20 pm

Ola, Wendy
Adorei seu texto, leiturinha adoravel mesmo!
Estou organizando um passeio pra Noruega – estaremos desembarcando em Oslo dia 06/08 – e quero me inteirar de todos blogs recentes………o seu esta quentinho, saindo do forno!
Obrigada!

Resposta
Wendy Dantas Julho 22, 2016 at 10:05 pm

Olá Ana Yara! 😀 Que felicidade saber que o texto inspirou ainda mais a sua vontade de conhecer a Noruega! Vocês vão chegar exatamente nessa época gostosa que é o verão e já te antecipo que este ano não nos desapontou até agora! Me sinto muito feliz pelo seu comentário, muito obrigada! Um forte abraço!
PS: Quando estiverem em Oslo, se passarem pelo Aker Brygge, recomendo o restaurante Lofoten! Muito bom! 🙂

Resposta
Soraia Maio 9, 2017 at 10:54 pm

Olá Wendy,
estou indo para Ålesund em junho e gostaria de saber que tipo de roupa devo levar.
Um fleece dá conta do recado ou o é necessário levar algo mais “pesado”, como sobretudo e segunda pele?
Obrigada e parabéns pelo blog. Ele é de grande ajuda.

Resposta
Cristiane Leme Maio 10, 2017 at 2:55 pm

Oi Soraia. A Wendy se ausentou temporariamente do BPM mas eu já adianto que junho, julho e agosto é verão na Noruega e na Europa em geral.
O verão tem temperaturas que giram entre 18 e 25 graus, na média. Note que no texto, quando ela fala sobre o frio, está falando sobre o inverno.
Agradecemos a leitura e esperamos que volte sempre!
Equipe BPM

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação