BrasileirasPeloMundo.com
Carteiras de Motorista Pelo Mundo Costa Rica

Como homologar carteira de motorista na Costa Rica

Como homologar carteira de motorista na Costa Rica?

Se você já tem licença para dirigir no Brasil (CNH) e quer dirigir (legalmente!) na Costa Rica, você precisa homologar esta licença, isto significa que você não necessita fazer o processo desde o início e, sim, que pode verificar qual é a licença equivalente à sua do Brasil aqui na Costa Rica.

O DETRAN da Costa Rica é o COSEVI – você pode verificar as informações sobre esse tema na página deles aqui. Neste post dou dicas e compartilho a minha experiência.

Para poder solicitar a homologação, é preciso ter a cédula de residente na Costa Rica. Você pode dirigir no país por 3 meses, que é o prazo de validade do visto de turista. Esse visto é renovável – a renovação se dá quando você sai da Costa Rica a cada 3 meses (ou menos) –, e seu visto de turista vale por mais 90 dias, sendo possível dirigir durante esse período com a CNH do Brasil. Não precisa ir ao Detran e tirar o PID (Permissão Internacional para Dirigir). É importante dizer que você deve manter o seu passaporte a mão para poder comprovar o visto de turista. Fora do Brasil, seu documento é o passaporte. Dirigir sem passaporte é o mesmo que dirigir sem licença e você pode ser multado. E, se ser multado no Brasil já não é legal, na Costa Rica é pior ainda. Para você ter uma ideia, se for multado por dirigir sem licença, as placas do seu carro são retiradas e você só vai tê-las de volta se pagar a multa, é um processo bem cansativo e se o carro for alugado seus problemas podem aumentar.

Ok, você é um residente, sua resolução já saiu, mas a cédula ainda não. Posso homologar? Não! Precisa necessariamente da cédula. Além da cédula, você deve comprovar que esteve morando na Costa Rica, em algum momento da vida, por mais de 3 meses e um dia, não precisa serem dias consecutivos, mas em caso positivo você consegue comprovar sua permanência aqui com o carimbo de entrada no passaporte. Se você tem mais de 3 meses e 1 dia morando na Costa Rica, mas são períodos “picados”, você precisará ir na Dirección General de Migración y Extranjería pedir um documento que se chama “Certificación de entradas y salidas del país”. Esse documento é emitido gratuitamente e contém todas as suas entradas e saídas do país.

Leia também: custo de vida na Costa Rica

A CNH deve estar em bom estado e válida. Se for morar fora do Brasil e nesse meio tempo sua CNH irá vencer, te aconselho a ir no DETRAN e pedir a renovação antecipada. Se você é brasileiro, mas tem licença de outro país, precisa comprovar seu tempo de residência nesse outro país (cédula, visto de trabalho, etc.).

Eu homologuei a CNH B, já para quem dirige caminhão, gruas e ônibus, tem que fazer uma prova prática, por agendamento no COSEVI. Se você tem CNH tipo D, por exemplo, e quer homologar para o que seria a CNH B da Costa Rica, vai ter que fazer o processo desde o início. Esse processo é mais longo e também mais caro.

Em todos os casos é preciso fazer o Dictamen médico.

O COSEVI fica em La Uruca (você encontra facilmente no aplicativo Waze). O horário de funcionamento é das 8 às 11 horas da manhã – chegue cedo pois, a partir das 7 horas já tem fila.

Agora vamos fazer um passo-a-passo:

Ao redor do COSEVI tem vários estacionamentos e muitos deles oferecem o Dictamen, sim é 2 em 1, estaciona e faz o exame no mesmo lugar. O Dictamen tem um custo de 20 mil colones, que devem ser pagos em dinheiro. O médico vai verificar a visão e alguns reflexos. Depois vão te entregar um papelzinho com um número, guarde-o para apresentar junto com a documentação requerida.

Ao chegar ao COSEVI, diga ao guarda que irá homologar a licença. Se ele disser que precisa ir ao banco primeiro, não vá porque não tem informação sua no sistema. Caminhe por uma calçada coberta até o último prédio à direita, onde às 8 horas os guardas fazem uma divisão entre aqueles que irão homologar e os que irão fazer outros procedimentos.

Quando te chamarem ao segundo piso, vão verificar a sua documentação que consiste em:

  • Passaporte (documento original)
  • CNH do Brasil (documento original)
  • Cédula de Residência (documento original)
  • 2 cópias da página com foto do passaporte
  • 2 cópias da página com o visto de entrada na Costa Rica (ou o Certificación de entradas y salidas del país)
  • 2 cópias frente e verso da sua licença (CNH)
  • 2 cópias frente e verso da cédula
  • papelzinho do Dictamen médico

Em seguida, uma segunda atendente que fica no primeiro piso, no guichê 1, também irá revisar a sua documentação e ingressar todas as informações no sistema – por isso não faz sentido ir ao banco antes de completar o procedimento.

Leia também: comidas típicas da Costa Rica

A atualização do sistema leva em torno de 5 a 10 minutos, passado esse tempo, você pode voltar até a entrada do COSEVI onde tem 2 caixas de banco e pagar o valor de 4 mil colones pela homologação. Esses caixas cobram o valor de mil colones a mais como se fosse uma “comissão”, portanto o valor total será 5 mil colones. Se você quiser economizar mil colones, pode atravessar a rua e ir ao Banco Nacional – isso é útil também se as filas nos caixas do COSEVI estiverem muito grandes.

Com o comprovante de pagamento em mãos, você volta no guichê 1, onde a atendente vai tirar uma foto sua e, após uns 5 minutos, te entregar a licença. Esta é a boa notícia, a licença fica pronta no mesmo dia e tem validade de 3 anos. Eu cheguei no COSEVI às 7h30 e saí de lá às 10h30. Dependendo de onde você mora e/ou trabalha, vai precisar da manhã toda, então pense nisso quando for falar com o seu chefe!

Ainda ficou com dúvidas? Escreva nos comentários e, no que eu puder ajudar, responderei con mucho gusto!

Licencia de Conducir Costa Rica. Fonte: Arquivo Pessoal

Related posts

5 motivos para não morar na Costa Rica

Lorena Schramm

Como trocar a carteira de motorista brasileira na Espanha

Carol Costa

Como transferir a carteira de motorista na Hungria

Mayra Di Domenico

4 comentários

Fernanda Outubro 18, 2017 at 1:24 pm

Jesuela,
Por favor, você precisou traduzir a CNH? É que no site do cosevi está escrito que precisa traduzir o que não estiver escrito em espanhol ou inglês, então fiquei em dúvida.
Obrigada
Pura vida!

Resposta
Jesuela Macedo Outubro 23, 2017 at 2:32 pm

Oi Fernanda, tudo certo?
Eu não traduzi a minha CNH, apresentei o documento original em português. Outros colegas brasileiros e de outras nacionalidades fizeram da mesma forma e também não foram solicitados a apresentar uma tradução.

Você pode tentar e se realmente precisar eles vão te informar isso.

Abraço!

Resposta
Felipe Maio 28, 2018 at 5:31 pm

Acrescento que é possível fazer o exame médico (dictamen de licencia) com qualquer médico habilitado para tal. Então é possível chegar ao COSEVI com esse exame já feito com um médico mais perto de você.

Resposta
Susy Outubro 23, 2018 at 6:42 pm

Estão exigindo a tradução da habilitação para poder homologar. No site do Ministério das Relações Exteriores (Casa Amarilla) tem a relação dos tradutores oficiais.

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação