BrasileirasPeloMundo.com
Arábia Saudita Transporte de animais pelo mundo

Como levar meu pet para a Arábia Saudita

Como levar meu pet para a Arábia Saudita.

Trazer seu animal de estimação para a Arábia Saudita pode ser uma tarefa trabalhosa e custosa, mas não impossível.

Os árabes têm uma certa predileção à gatos de estimação do que a cachorros. Os cachorros existem aqui no país, não são proibidos. As famílias árabes que os têm, geralmente tem os de grande porte, pois para a cultura árabe o cachorro é um animal de guarda ou de trabalho, não de estimação como para nós. Apesar disso é possível encontrar Pet Shops, rações e todos os produtos necessários para manter o seu amigo, e muitos expatriados trazem os seus bichinhos para morar aqui. 

Outro ponto importante é a necessidade de ter o documento de residente para poder importar seu bichinho. Por exemplo, não vai ser possível trazer na primeira vez que se entra no país, pois ainda não temos o “Iqama”. 

A menos trabalhosa das opções para trazer seu amigo para a Arábia Saudita é contratando uma empresa que faça esse serviço, As informações no Brasil não são muitos consistentes, então exige um bom tempo de pesquisa e coleção de dados. O processo pode levar por volta de 4 meses, por conta dos prazos dos exames e envio de documentação, traduções e assinaturas.  

Também esteja preparado para investir um dinheiro considerável no processo de exportação/importação do seu bichinho.

Porém, fazer o processo por conta própria não é impossível. A Nadynne de Riade, que me ajudou muito com algumas das informações desse artigo, trouxe o gatinho dela pra cá. Ela conta que a maior dificuldade em fazer o processo sozinha foram as informações desencontradas, o que acabou tornando tudo mais demorado.

Microchip

Seu pet precisa ter um microchip para entrar na Arábia. O modelo usado é o ISO 11784/11785, com código de 15 dígitos não encriptado. O país também aceita AVID 9 e AVID 10. O microchip deve ser implantado antes da administração da vacina de raiva.

Quando você for fazer as vacinas com seu veterinário no Brasil, ele poderá te orientar melhor sobre o chip.

Vacinas

Os cachorros e gatos precisam de vacina contra a raiva administrada entre o mínimo de 30 dias mas não mais que seis meses, antes de entrar no país. Vacinas com validade de 3 anos não são reconhecidas.

Vacinas adicionais

Cachorros: Distempert, Hepatite, Leptospirose, Parainfluenza e Parvovirus (DHLPP) e Bordetella

Gatos: Feline Viral Rhinotracheitis, Calicivirus e Panleukopenia (FVRCP).

Certificado de Saúde (Origem)

É necessário um certificado de saúde internacional para exportação (International Health Certification for Export). Deve ser feito no país de origem.

Para cachorros, o veterinário também precisa fazer uma carta atestando que o animal está saudável e tem o propósito de cão de guarda, esta carta deve ser endereçada ao diretor da Aduana na Arábia. Não importa o tamanho ou a raça do cachorro, ele deve ser listado como cão de guarda, cão de serviço ou cão guia para entrar no país.

Algumas raças banidas podem ser autorizadas a entrar se listadas como “mistas”. 

A partir de 14 dias antes da data da viagem, deve ser emitido o laudo que autoriza o pet a viajar. O laudo é emitido em um sistema do Centro de Zoonoses e sai na hora. O veterinário responsável deve assinar e deve ser feito o reconhecimento de firma da assinatura.

O próximo passo é fazer uma tradução juramentada (inglês) de todos os documentos e exames para entregar ao Ministério das Relações exteriores e pegar os carimbos necessários.

Depois disso paga-se as taxas da embaixada da Arábia Saudita em Brasíla e envia-se tudo para mais carimbos.

Permissão de Importação (Destino)

Do lado da Arábia, é preciso uma permissão de importação junto ao Ministério do Meio Ambiente e Agricultura na Arábia Saudita. 

Para cachorros e gatos, a permissão deve ser obtida pelo dono, 14 dias antes da importação. 

A permissão de importação emitida em uma cidade só é válida para entrada naquele aeroporto correspondente.

Leia também: Aplicativos úteis na Arábia Saudita

Raças proibidas

Para os cachorros, as seguintes raças são proibidas de importação: Spitz Japonês, Akita Japonês/ Akita Inu/ Akita, Affenpinscher, Griffon de Bruxelas/ Brabançon/ Griffon Belge, Hovawart, Boxer, Bull Dog/Bull Dog Inglês, Rottweiler, todos os Terriers incluindo Pitbull e Staffordshire Bull Terrier (Staffbull), Dandie Dinmont Terrier, Lancashire Heeler, Vallhund Sueco, Mastiff/ Old English Mastiff/ Bull Mastiff/ Mastiff Napolitano, Terra Nova, Great Dane, Dogue Alemão e Leonberger. 

Híbridos de lobo e animais pequenos como Yorkshires, Lulu da Pomerânia e Chihuahuas também são proibidos. Raças small/toy podem entrar no país por Riade, mas podem não ser aceitos em Jeddah ou Dammam.

Outros animais

Para outros animais existem algumas regulamentações mais específicas, e devem ser consultadas com as autoridades responsáveis. Também é preciso verificar se não estão protegidos sob a Convenção sobre o Comércio Internacional das Espécies da Fauna e da Flora Silvestres Ameaçadas de Extinção (CITES).

Retirada do Pet

Para a chegada do Pet, é necessário ter em mãos uma cópia da permissão de importação. O dono também precisa verificar com a companhia aérea se existem outros requerimentos adicionais.

Se está viajando junto com o Pet, a permissão de importação vai ser verificada na chegada no aeroporto.

Sugestões de empresas que fazem esse serviço

Move One Inc

AIRPETS

PETFriendly Turismo

ZOOMMPET

Estas são somente orientações gerais sobre o processo de importação do seu pet. É importante checar com os órgãos responsáveis pois as regras são sujeitas à alterações sem aviso prévio, como quase todas as regras na Arábia Saudita. 

Cada porto de destino pode ter suas próprias particularidades bem como as companhias aéreas quanto à forma de transportar seu pet. 

Leia também: Como abrir conta bancária na Arábia Saudita

Dicas para o transporte do animal de estimação

Uma viagem longa é bastante estressante para seu bichinho. A viagem do Brasil para a Arábia saudita leva em torno de 24 horas, dependendo a quantidade de escalas e espera. É muito válido tentar ambientar seu animalzinho para que ele sofra o menos possível durante a mudança.

Antes da viagem

Vá diminuindo a quantidade de alimentos um dia antes e 6 horas antes da viagem dê uma comida leve e o hidrate bem. Certifique-se com o veterinário de que o animal está em condições de fazer uma viagem longa.

Faça uma caminhada com ele antes de ir para o aeroporto e antes de fazer o check-in.

Deixe-o sem roupinhas, enfeites ou qualquer coisa que possa ser desconfortável durante a viagem.

Para viajar

Na gaiolinha deixe uma peça de roupa sua ou uma cobertinha que ele esteja acostumado para que ele sinta o odor do dono e fique mais confortável.

Um cuidado extra é deixar suas informações e contato também na gaiolinha por precaução.

Você já conseguiu trazer seu pet para a Arábia? Deixe sua experiência aqui nos comentários!

Related posts

A mistura de nacionalidades na Arábia Saudita

Diene Buffon

Turistas não serão obrigadas a usar abaya na Arábia Saudita

Gabriela Lirio Delfino

Licença maternidade pelo mundo

Ann Moeller

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação