BrasileirasPeloMundo.com
Arábia Saudita Transporte de animais pelo mundo

Como levar meu pet para a Arábia Saudita

Como levar meu pet para a Arábia Saudita.

Trazer seu animal de estimação para a Arábia Saudita pode ser uma tarefa trabalhosa e custosa, mas não impossível.

Os árabes têm uma certa predileção à gatos de estimação do que a cachorros. Os cachorros existem aqui no país, não são proibidos. As famílias árabes que os têm, geralmente tem os de grande porte, pois para a cultura árabe o cachorro é um animal de guarda ou de trabalho, não de estimação como para nós. Apesar disso é possível encontrar Pet Shops, rações e todos os produtos necessários para manter o seu amigo, e muitos expatriados trazem os seus bichinhos para morar aqui. 

Outro ponto importante é a necessidade de ter o documento de residente para poder importar seu bichinho. Por exemplo, não vai ser possível trazer na primeira vez que se entra no país, pois ainda não temos o “Iqama”. 

A menos trabalhosa das opções para trazer seu amigo para a Arábia Saudita é contratando uma empresa que faça esse serviço, As informações no Brasil não são muitos consistentes, então exige um bom tempo de pesquisa e coleção de dados. O processo pode levar por volta de 4 meses, por conta dos prazos dos exames e envio de documentação, traduções e assinaturas.  

Também esteja preparado para investir um dinheiro considerável no processo de exportação/importação do seu bichinho.

Porém, fazer o processo por conta própria não é impossível. A Nadynne de Riade, que me ajudou muito com algumas das informações desse artigo, trouxe o gatinho dela pra cá. Ela conta que a maior dificuldade em fazer o processo sozinha foram as informações desencontradas, o que acabou tornando tudo mais demorado.

Microchip

Seu pet precisa ter um microchip para entrar na Arábia. O modelo usado é o ISO 11784/11785, com código de 15 dígitos não encriptado. O país também aceita AVID 9 e AVID 10. O microchip deve ser implantado antes da administração da vacina de raiva.

Quando você for fazer as vacinas com seu veterinário no Brasil, ele poderá te orientar melhor sobre o chip.

Vacinas

Os cachorros e gatos precisam de vacina contra a raiva administrada entre o mínimo de 30 dias mas não mais que seis meses, antes de entrar no país. Vacinas com validade de 3 anos não são reconhecidas.

Vacinas adicionais

Cachorros: Distempert, Hepatite, Leptospirose, Parainfluenza e Parvovirus (DHLPP) e Bordetella

Gatos: Feline Viral Rhinotracheitis, Calicivirus e Panleukopenia (FVRCP).

Certificado de Saúde (Origem)

É necessário um certificado de saúde internacional para exportação (International Health Certification for Export). Deve ser feito no país de origem.

Para cachorros, o veterinário também precisa fazer uma carta atestando que o animal está saudável e tem o propósito de cão de guarda, esta carta deve ser endereçada ao diretor da Aduana na Arábia. Não importa o tamanho ou a raça do cachorro, ele deve ser listado como cão de guarda, cão de serviço ou cão guia para entrar no país.

Algumas raças banidas podem ser autorizadas a entrar se listadas como “mistas”. 

A partir de 14 dias antes da data da viagem, deve ser emitido o laudo que autoriza o pet a viajar. O laudo é emitido em um sistema do Centro de Zoonoses e sai na hora. O veterinário responsável deve assinar e deve ser feito o reconhecimento de firma da assinatura.

O próximo passo é fazer uma tradução juramentada (inglês) de todos os documentos e exames para entregar ao Ministério das Relações exteriores e pegar os carimbos necessários.

Depois disso paga-se as taxas da embaixada da Arábia Saudita em Brasíla e envia-se tudo para mais carimbos.

Permissão de Importação (Destino)

Do lado da Arábia, é preciso uma permissão de importação junto ao Ministério do Meio Ambiente e Agricultura na Arábia Saudita. 

Para cachorros e gatos, a permissão deve ser obtida pelo dono, 14 dias antes da importação. 

A permissão de importação emitida em uma cidade só é válida para entrada naquele aeroporto correspondente.

Leia também: Aplicativos úteis na Arábia Saudita

Raças proibidas

Para os cachorros, as seguintes raças são proibidas de importação: Spitz Japonês, Akita Japonês/ Akita Inu/ Akita, Affenpinscher, Griffon de Bruxelas/ Brabançon/ Griffon Belge, Hovawart, Boxer, Bull Dog/Bull Dog Inglês, Rottweiler, todos os Terriers incluindo Pitbull e Staffordshire Bull Terrier (Staffbull), Dandie Dinmont Terrier, Lancashire Heeler, Vallhund Sueco, Mastiff/ Old English Mastiff/ Bull Mastiff/ Mastiff Napolitano, Terra Nova, Great Dane, Dogue Alemão e Leonberger. 

Híbridos de lobo e animais pequenos como Yorkshires, Lulu da Pomerânia e Chihuahuas também são proibidos. Raças small/toy podem entrar no país por Riade, mas podem não ser aceitos em Jeddah ou Dammam.

Outros animais

Para outros animais existem algumas regulamentações mais específicas, e devem ser consultadas com as autoridades responsáveis. Também é preciso verificar se não estão protegidos sob a Convenção sobre o Comércio Internacional das Espécies da Fauna e da Flora Silvestres Ameaçadas de Extinção (CITES).

Retirada do Pet

Para a chegada do Pet, é necessário ter em mãos uma cópia da permissão de importação. O dono também precisa verificar com a companhia aérea se existem outros requerimentos adicionais.

Se está viajando junto com o Pet, a permissão de importação vai ser verificada na chegada no aeroporto.

Sugestões de empresas que fazem esse serviço

Move One Inc

AIRPETS

PETFriendly Turismo

ZOOMMPET

Estas são somente orientações gerais sobre o processo de importação do seu pet. É importante checar com os órgãos responsáveis pois as regras são sujeitas à alterações sem aviso prévio, como quase todas as regras na Arábia Saudita. 

Cada porto de destino pode ter suas próprias particularidades bem como as companhias aéreas quanto à forma de transportar seu pet. 

Leia também: Como abrir conta bancária na Arábia Saudita

Dicas para o transporte do animal de estimação

Uma viagem longa é bastante estressante para seu bichinho. A viagem do Brasil para a Arábia saudita leva em torno de 24 horas, dependendo a quantidade de escalas e espera. É muito válido tentar ambientar seu animalzinho para que ele sofra o menos possível durante a mudança.

Antes da viagem

Vá diminuindo a quantidade de alimentos um dia antes e 6 horas antes da viagem dê uma comida leve e o hidrate bem. Certifique-se com o veterinário de que o animal está em condições de fazer uma viagem longa.

Faça uma caminhada com ele antes de ir para o aeroporto e antes de fazer o check-in.

Deixe-o sem roupinhas, enfeites ou qualquer coisa que possa ser desconfortável durante a viagem.

Para viajar

Na gaiolinha deixe uma peça de roupa sua ou uma cobertinha que ele esteja acostumado para que ele sinta o odor do dono e fique mais confortável.

Um cuidado extra é deixar suas informações e contato também na gaiolinha por precaução.

Você já conseguiu trazer seu pet para a Arábia? Deixe sua experiência aqui nos comentários!

Related posts

Verão na Arábia Saudita

Carla Ferreira

Como me reinventei na Arábia Saudita

Gabriela Lirio Delfino

Agora as mulheres podem dirigir na Arábia Saudita

Gabriela Lirio Delfino

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação