Como lidar com a água calcária na Suíça

0
715
água calcária
Foto: Free Images
Advertisement

Como lidar com a água calcária na Suíça.

Uma das coisas que estranhei horrores na Suíça foi a água calcária. No quesito pureza, não há do que se reclamar. Toda a água encanada de Genebra é potável, limpa e boa para beber. O problema é que ela tem grande concentração de cálcio e magnésio.

Isso altera o seu sabor e pode trazer alguns desconfortos para atividades cotidianas, como lavar a roupa ou os cabelos, além de danificar torneiras, chuveiros, máquinas de lavar e outros eletrodomésticos, por causa do depósito de calcário que ocorre nesses dispositivos.

Para eliminar esse produto e evitar que danifique os aparelhos, é possível usar soluções prontas para esse fim, facilmente encontradas em supermercados. Outra saída é utilizar vinagre branco, que neutraliza os efeitos do calcário, evitando que se encrustem nos equipamentos. Alguns produtos locais, como detergentes e sabões para roupa, prometem possuir agentes anticalcários em sua composição.

Outra característica dessa água é que ela demora para interagir com detergentes, sabões e shampoos, produzindo menos espuma do que o habitual. Os produtos de limpeza não atuam com a mesma facilidade. O ideal é utilizar sempre um bocadinho a mais de produto e aguardar até que o mesmo faça espuma.

Leia também: A Suíça que eu não imaginava

A pele e os cabelos

Eu nem tinha ouvido falar ainda que a água daqui era diferente, mas eu já havia notado, na minha pele, que algo aqui não era como de costume. Ressecou de uma forma tão intensa que esturricou.

Foi necessário adotar imediatamente hidratantes e cremes nutritivos para solucionar o problema. Outra solução foi utilizar sabonetes oleaginosos que trouxe do Brasil e que tinham em sua formação óleo de amêndoas e de queratina. Usar óleos desse tipo no pós banho também ajudam bastante a minimizar o problema, principalmente nas partes mais secas, como joelhos e cotovelos.

Para o rosto, recomendo cremes para pele seca e normal e ampolas de vitaminas com óleo suave em sua composição. Utilizar diariamente, de preferência de manhã e antes de dormir. Produtos para o dia e para a noite são fáceis de encontrar em qualquer farmácia e, dependendo da idade, para evitar a piora das marcas de expressão, é bom usar um bom produto para o contorno dos olhos.

Hidratações caseiras semanais também valem super a pena. Uso bastante abacate com mel. Além de umectante, alivia os desconfortos da pele sensível, já que possui também ação calmante.

Meus cabelos, mesmo lisos, ficaram ásperos, armados e cheios de frizz.

Enxaguar bem os fios é fundamental. Caso contrário, sempre sobrarão resíduos no couro cabeludo, dando aos cabelos um aspecto pesado e sujo, mesmo quando estão recém lavados.

Outro problema referente aos cabelos é que, além da questão estética – seja pelos resíduos calcários ou mesmo pela dificuldade de limpar o cabelo profundamente -, o resto de produtos acaba provocando caspa e seborreia.

Para os cabelos não ficarem tão esturricados, use e abuse de hidratantes e óleos, principalmente à base de argan e queratina e, periodicamente, lave os cabelos com shampoo antirresíduos.

Se possível, lance mão de um bom produto antifrizz, pomada finalizadora ou reparador de pontas. Isso costuma ajudar no aspecto armado e minimiza o frizz dos cabelos.

Para enxaguar, recomendo que a última lavada seja feita com água mineral ou com uma solução de água com vinagre branco ou de maçã. O vinagre costuma cortar o efeito excessivamente alcalino da água. E lembre-se: lave os cabelos e tome banho sempre com água de morna para fria. Sei que no frio isso parece quase uma proposta indecente, mas vale a pena pelos resultados.

Assim como para o rosto, máscaras caseiras para o cabelo também costumam oferecer bons resultados. Você pode tentar a de maionese ou a de leite com mel. Essa última, além de hidratar muito, tem um cheirinho delicioso.

Há pessoas que apresentam excessiva queda de cabelo. Nesse caso, lance mão do shampoo antiqueda e de tônicos e loções com a mesma função. Só não vale se descuidar e depois ficar se lamentando. A vida de expatriada já mexe muito com a nossa autoestima, então, investir no autocuidado é mais do que vaidade, é amor próprio.

Tem gente que tenta resolver o problema logo na fonte, instalando filtros anticalcários nos chuveiros e torneiras da casa. Sem dúvida resolve mesmo. Se você não tem paciência para a manutenção de seus equipamentos, além dos cuidados extras com a própria aparência, essa pode ser uma excelente solução. Afinal, não é todo mundo que tem resignação para ficar desentupindo chuveiros e descalcificando canos de torneira o tempo todo.

Aqui em casa não tenho filtros e ainda não tive muitos problemas com o encanamento. Ao usar a máquina de lavar, coloco uma porção de vinagre branco junto ao sabão e ao amaciante. Ajuda a não incrustar a máquina, neutraliza odores e ainda deixa as cores das roupas mais vívidas.

água calcária
Foto: Free Images

Não tive, portanto, muitos problemas com a água e os equipamentos até agora. Em compensação, minha pele e cabelo requerem manutenção permanente desde que chegamos. Foi um choque de realidade quando cheguei, perceber o quanto essa água estava me afetando. Tive alergias, seborreia e meu cabelo ficou horrível.

Leia também: Cinco motivos para morar na Suíça

Água de beber

Não existe nenhuma comprovação científica de que a água calcária provoque cálculos renais. No entanto, muitas pessoas “juram de pé junto” que passaram a ter diversos problemas desde que começaram a ingeri-la.

Para mim, o maior desconforto é o sabor. O gosto não é totalmente neutro, é um pouco salgado. Só consigo tomar gelada para disfarçar essa característica. Com relação aos problemas renais, eu, que já tenho uma propensão a cálculos e inflamações, prefiro não arriscar. Tomo apenas água mineral ou água da torneira filtrada.

A filtragem não é para remover impurezas da água, já que a água calcária é limpa. Extremamente purificada! O objetivo do filtro é diminuir a quantidade de calcário residual na água. Eu me sinto mais segura tomando essa precaução, mas é algo bem pessoal e, por isso, só você pode fazer uma avaliação de como lidar com a questão da ingestão dessa água.

Com exceção da questão renal, há muitos estudos que afirmam que há diversos benefícios da água calcária para a saúde dos ossos, por exemplo, já que esse tipo de água ajuda a repor cálcio e magnésio no nosso organismo.

Ou seja, como tudo na vida, a água calcária possui desvantagens e vantagens. Conhecendo seus prós e contras e utilizando várias das dicas que passamos aqui, com certeza você vai descobrir a melhor forma de lidar com o seu uso.

Texto anteriorLugares para morar perto do Porto em Portugal
Próximo textoO que significa ser e-residente da Estônia?
Fabi é uma mulher de fibra, que carrega no coração o mundo inteiro. Jornalista e bailarina, tem mestrado em Educação, Arte e História da Cultura e é doutoranda em Antropologia, mas nem liga para esses títulos porque o que ela gosta mesmo é de estar no meio da moçada, promovendo Direitos Humanos e empoderamento popular. Atua com educomunicação e juventude desde que se entende por gente, e ganhou em 2015 o título de mulher inspiradora pelo coletivo feminista "Think Olga" que nomeia os destaques femininos em suas áreas de atuação. Fabi é consultora em comunicação e mobilização social e ja trabalhou para diversas agências das Nações Unidas, além do CDC de Atlanta, além de diversas ONGs e Fundos. Escreve para esse blog desde 2013. Ela tem rodinhas nos pés e asas nas costas. Talvez por isso alguns a chamem de fada. Não tentem descobrir de onde ela é, porque ela pertence a muitos lugares e ao mesmo tempo a nenhum. Essa aquariana de riso farto, tira leite de pedra por onde quer que vá. Saiu do Brasil para morar na Indonésia em pleno pós Tsunami sem falar nenhuma palavra de inglês, se virou bem e daí pras Filipinas e Vietnã. Fez uma pausa no Brasil e agora está na Suíça. Por quanto tempo? Não se sabe. Ela segue à risca o conselho de Frida Kahlo que diz: Onde não puderes amar, não te demores...

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.