BrasileirasPeloMundo.com
Finlândia

Como se cadastrar no Programa de Integração na Finlândia

Como se cadastrar no Programa de Integração na Finlândia.

Aprender um idioma diferente nem sempre é fácil. Ainda mais quando ele não tem ligação com o que você é fluente! O finlandês é um desses. Ele não tem nada a ver com o português, inglês ou qualquer outro que estamos acostumados.

A raiz dele vem do finno-úgrico. Hoje, existem três línguas irmãs: o finlandês, o estoniano e o húngaro. Ou seja, não há semelhança e no começo chega a ser desesperador ver o tamanho das palavras. Porém, com o passar do tempo, você vai aprendendo a lógica; que uma palavra vai se juntando a outra e você começa a compreender como funciona.

Existem pessoas que conseguem ter certa fluência em um ano. Outras, levam uma vida inteira! Portanto, se a sua vontade é aprender o idioma, não se apegue à experiência alheia. Cada um tem seu ritmo e facilidades distintas.

Importância do idioma

Saber o finlandês é um dos pontos mais importantes para se conseguir viver bem no país. Não digo essencial; pois, praticamente todos falam inglês e você consegue se comunicar facilmente. Entretanto, existem limitações de como conseguir uma boa vaga de emprego. Normalmente as empresas exigem que o candidato saiba, pelo menos, o mínimo do idioma. E é aqui que a situação aperta: sem emprego tudo se torna mais difícil.

Leia também: Moradias estudantis em Helsinki

Programa de Integração

A Finlândia disponibiliza um programa de integração para os residentes permanentes. Infelizmente ele não é oferecido aos residentes temporários que tenham o visto B. No entanto, se você receber a sua permanência dentro de 3 anos, você ainda pode se candidatar. O programa é bem completo. Ele não é apenas para aprender o idioma; mas também para aprender tudo que envolve o país, sua história e sua cultura. Além disso, tem, como objetivo, ajudar o imigrante a entrar no mercado de trabalho.

O legal é que o programa é bastante amplo. Existem outros cursos gratuitos que você pode fazer junto, como de culinária, primeiros socorros, entre outros. Sem contar que tendo passado por ele e compreendendo melhor como funciona a sociedade, você conseguirá se integrar e se adaptar com mais facilidade.

Leia também: Tudo que você precisa saber para morar na Finlândia

A carga horária das aulas é intensa e pode variar entre 2h a 6h por dia. Fora tudo que precisa ser estudado em casa para a aula do dia seguinte. Elas também podem ser em diferentes dias ou durante a semana toda.

O curso que o Governo oferece é considerado o melhor do país e tem em todas as cidades. Para usufruir dele, é necessário se cadastrar no Migri e obter o número de seguro social. Uma vez tendo isso em mãos, você pode ir até um escritório do TE-toimisto para se cadastrar. Lá, darão um formulário para você preencher e colocar seus interesses de estudo e trabalho. Após isso, o TE entrará em contato dentro de aproximadamente 14 dias para agendar a primeira entrevista. Nesta entrevista, explicam sobre o programa de integração e já agendam o teste de nivelamento da língua, mesmo que você ainda não consiga se comunicar.

O teste tem várias etapas. Você será avaliado em conversação, leitura e ditado. Após isso, haverá um teste de matemática e lógica. É através destes exames que eles avaliam qual o seu nível de cognição. E o resultado é que definirá qual o curso mais adequado para o seu perfil. Existem três tipos diferentes: para analfabetos na própria língua, normal intensivo e intensivo rápido.

A partir disso, você será colocado em uma lista de espera que pode demorar vários meses até surgir a vaga. No momento, a região de Helsinki é a mais disputada e pode demorar mais de 6 meses até que isso ocorra. Você receberá uma relação com todos os sites os quais pode encontrar um curso por conta própria.

Leia também: Eu falo finlandês. Qual o seu super-poder?

Aprenda sozinho

Como a espera pode ser grande, você pode estudar finlandês, sozinho, em casa. Os melhores livros para aprender são o Suomen Mestari, que tem diversos níveis; e o From Start To FINNISH – A Short Course in Finnish. É possível comprá-los pela Internet ou nas livrarias daqui. Porém, você pode pegar emprestado em qualquer biblioteca do país.

Outra opção é utilizar um aplicativo que ajuda bastante: o Finnish Pod. Ele pode ser usado tanto no computador como no celular. Com ele, você pode ouvir podcasts, aprender uma palavra por dia, ter aulas e explicações com uma professora. Tudo vai depender do pacote que escolher; e ainda ganha uma semana gratuita ao se inscrever.

Existe o Memrise que é outro site e aplicativo onde você treina vocabulário e escrita. Este aqui é gratuito e começa por um nível básico, aprendendo palavras simples. Aos poucos, vai evoluindo até formar frases completas.

Escolas de finlandês

A relação de escolas é extensa. Na região de Helsinki, algumas delas podem ser encontradas nos seguintes sites:

Para outras cidades, você pode consultar no finnishcourses.fi.

Os cursos dados pelo TE podem ser feitos de diferentes formas. Você pode escolher entre um curso mensal, semestral ou de até 2 anos. E ele é disponibilizado pelo Governo até você chegar no nível B2. Após isso, você terá que seguir sozinho.

Até mês que vem!

Lili

Related posts

Visto de residência por matrimônio na Finlândia

Maila-Kaarina Rantanen

Escuridão e SAD na Finlândia

Maila-Kaarina Rantanen

Como é o ensino infantil na Finlândia?

Beatriz Guedes

1 comentário

Programa de Integração na Finlândia - Hey I am Lili Agosto 3, 2018 at 11:11 pm

[…] Como se cadastrar no Programa de Integração na Finlândia […]

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação