BrasileirasPeloMundo.com
Carteiras de Motorista Pelo Mundo Suécia

Como tirar a carteira de motorista na Suécia

Como tirar a carteira de motorista na Suécia.

Sabe aqueles planos que a gente faz para o Ano Novo? Pois bem. O meu para o ano de 2019 é o de finalmente tirar a minha carteira de motorista. Comecei a auto-escola em 2018, mas a falta de tempo me fez parar. Infelizmente não consegui conciliar. E pra tirar a carteira de motorista aqui na Suécia você tem que começar o ano com muito dinheiro no bolso, já que os valores das aulas são com a gente diria no Brasil são “o olho da cara”.

A maioria das auto-escolas oferecem pacotes diferenciados, dependendo do nível do candidato. Um pacote com 12 aulas de direção mais 6 horas de aulas teóricas sai pelo preço de aproximadamente 11 600 coroas suecas, o que equivale a quase 5.000 reais *. Quanto mais aulas você necessita, mas o preço vai subindo. E para a decepção de muitos, 12 aulas de direção não são suficientes para ser aprovado no teste prático. Para quem nunca dirigiu antes, as auto-escolas recomendam, no mínimo, 50 aulas práticas. Mas isto não é uma regra, apenas uma recomendação A maioria dos candidatos, incluindo os suecos, repetem a prova prática algumas vezes antes de serem aprovados. O mais comum é ser aprovado na prova prática, mas a prova teórica também é o pesadelo de muitos.

Para quem não fala o sueco, é possível fazer as provas teórica e prática em inglês ou espanhol, mas em português ainda não é possível. As auto-escolas não recomendam que os candidatos façam a prova teórica em outro idioma que não seja o sueco, isto porque a prova é composta de várias “pegadinhas”, que são difíceis de identificar se você não domina o sueco. Então, a dica é focar em aprender o sueco, antes de fazer a prova teórica, mas lembre-se isto é uma dica. Recomendando que brasileiros que já tem habilitação brasileira podem dirigir aqui na Suécia, durante 1 ano. Depois disso a única saída é tirar a carteira de habilitação sueca.

É bem verdade também que você não é obrigada a se matricular em uma auto-escola para poder tirar aulas de direção. Caso seu marido, esposa, pai, amigo queira ser seu instrutor, isto é possível. A exigência é que a pessoa em questão de entrada junto ao Transportstyrelsen (órgão que equivale o Detran no Brasil) para conseguir autorização para ser seu instrutor. Esta opção é boa, já que você economiza bastante dinheiro. A notícia ruim, neste caso, é que os testes obrigatórios que o candidato deve fazer antes de marcar as provas escrita e prática devem ser feitos por meio de uma auto-escola.

Vamos dizer que, você como eu, já colocou a carteira de direção como prioridade número 1 nos seus planos para 2019, leia abaixo o passo-a-passo para poder dirigir aqui na Suécia.

Leia também: Morar ou não morar na Suécia? Decida você mesma!

7 passos para tirar a carteira de motorista:

1. Você precisa ter no mínimo 18 anos;

2. Você precisa ter autorização do Transportstyrelsen para poder começar a ter aulas de direção. O pedido de autorização é feito por meio do site deles e é gratuito. Demora cerca de 1-6 semanas para conseguir a autorização. Antes de solicitar a licença você deve fazer um exame de vista que custa mais ou menos 200 coroas suecas, o exame deve ser enviado para o Transportstyrelsen. Uma declaração de saúde também é obrigatória e deve ser preenchida no site dele. A autorização tem validade de 5 anos;

3. Caso você escolha aulas de direção com um instrutor privado (exemplo: seu pai, marido, esposa) o mesmo deve pedir autorização para ser seu instrutor. Com autorização em mãos vocês dois devem fazer um curso de introdução em uma auto-escola da preferência de vocês;

4. Começar a treinar, seja em uma auto-escola ou com um instrutor particular. As auto-escolas têm uma demanda grande de alunos, principalmente durante a primavera e verão. Então, não deixe pra planejar as suas aulas de última hora caso contrário você vai esperar bastante por uma vaga. A maioria das auto-escolas funcionam somente em horário comercial, de segunda à sexta-feira, então é importante se programar no trabalho, já que você vai ter que ter disponibilidade de tempo para as aulas;

5. Depois de já ter tido aulas um tempo você deve fazer os cursos de riscos no volante. Eles são feitos em duas fases: Risk 1 e Risk 2. O primeiro curso é dado para que o aluno aprenda os riscos de dirigir embriagado, com drogas no corpo, cansado ou doente. Já o Risk 2 tem foco na segurança e velocidade no volante, principalmente em situações de risco como temporais e pista escorregadia durante o inverno por causa do gelo no asfalto. O candidato deve ser aprovado nos dois cursos para poder se inscrever nas provas prática e teórica;

6. Antes de marcar as provas o aluno passa por um controle de conhecimento (Utbildningskontroll), onde um outro instrutor testa os conhecimentos do aluno para saber se o mesmo está apto a fazer as provas;

7. Completando as 6 etapas acima o candidato está apto a se inscrever para as provas de direção. O candidato deve se registrar para as duas etapas da prova (teórica e prática) ao mesmo tempo. Lembrando que as provas são feitas nos horários que estão disponíveis no site. Quando você for aprovada nas duas etapas você receberá sua carteira de motorista dentro de 5 dias úteis.

Lembrando que a prova teórica é totalmente digitalizada e composta de 70 perguntas. O candidato deve acertar 52 perguntas num intervalo de 50 min para ser aprovado. A prova teórica tem prazo de 2 meses de validade. Já a prova prática tem duração de 1 hora. O prazo de validade é o mesmo da teórica.

Como escrevi no começo deste texto: Prepare seu bolso, porque tirar carteira de motorista por aqui não vai sair barato. Veja alguns preços, excluindo a auto-escola:

Prova teórica: 400 coroas suecas/ 169 reais *
Prova prática: 800 coroas suecas /330 reais *
Confecção da carteira de motorista: 250 coroas suecas / 100 reais *

E por último, não se baseie no fato de que você já tinha carta de direção no Brasil. Isto vai te ajudar um pouco, mas não muito. No demais, boa sorte!

*câmbio aproximado.

Related posts

A família real que tem um toque de Brasil

Priscilla Furlanetto

Falsiane Vikiniana: Parte 2

Marcele Rask

O aborto na Suécia foi legalizado em 1975

Verônica Ferreira Iwarson

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação