BrasileirasPeloMundo.com
Chile Natal Pelo Mundo

Cinco curiosidades sobre Natal no Chile

Relembrando que sou uma brachilena (filha de chilenos, nascida e criada no Brasil), tem várias coisas que me deixam com dúvidas quase existenciais: são costumes daqui ou de lá? É coisa da minha família ou são todas iguais? E quando me pedem pra escrever posts deste tipo eu fico quebrando a cabeça e perguntando pra todos os chilenos que eu conheço para saber qual tradição vem de onde. Percebo assim, que somos mais parecidos que pensamos e que a riqueza está na diversidade…

Mas vamos deixar a introspecção de lado e vamos dar uma olhada em cinco curiosidades natalinas deste lado da cordilheira:

1) Nada de Simone cantando dezembro adentro

Em Santiago não se ouve o famigerado “Então é Natal”. O que se escuta são os villancicos, cânticos de Natal cantados em espanhol. Muitos são traduções de canções natalinas em outros idiomas. Eu, que já estava meio cansada do repeteco da coitada da Simone, acho o som dos villancicos uma delícia e me fazem entrar ainda mais no espírito de Natal.

2) Jesus no presépio o mês inteiro? Na-na-nina-não

No Chile, o presépio também fica no pé da árvore de Natal e geralmente estão todos ali presente: animais, reis magos, Maria, José, anjinhos e a estrela de Belém. Mas bebê Jesus só é colocado na manjedoura depois da meia noite do dia 24. Afinal, se o que se celebra é o seu nascimento, ele só pode estar ali depois disso, não? Tão óbvio!

Não está faltando alguém aí??
Não está faltando alguém aí??

3) A comilança do Papai Noel

Aqui no Chile, as crianças costumam deixar um pedaço de Pan de Pascoa (tipo panetone) com Cola de Mono (bebida alcóolica a base de aguardente, leite e café) pra que o Papai Noel renove as energias e consiga levar presente pra todas as crianças.  Os comes e bebes ficam ao pé da mesa e quando eles voltam do passeio com os pais, procurando pelo Bom Velhinho, se deparam com as pegadas brancas do Papai Noel (afinal, onde ele mora tem neve, né, gente!), as migalhas do Pan de Pascoa e um restinho de cola de mono e aquela avalanche de presentes para todos, com todas as cores e de todos os tamanhos.

Caseira ou industrializada, sempre presente no Natal!
Caseira ou industrializada, sempre presente no Natal!

4) Pascua ou Navidad?

É comum escutar o chileno se referindo à esta festa de fim de ano como Pascua. Mas aí, [email protected] leitor, você pergunta: mas e depois da quaresma, não é Páscoa também? Sim! Segundo a Real Academia Española (RAE) “cada uma das solenidades do nascimento de Cristo, do reconhecimento e adoração dos Reis Magos e da chegada do Espirito Santo sobre o Colégio Apostólico” são consideradas Páscoas. Até o Papai Noel tem nome com essa referência por aqui e se chama: Viejito Pascuero.

Para diferenciar uma da outra, eles se referem a outra como “Pascua de Resurección” e as crianças costumam chamá-la de “Pascua de conejitos”.

 

Pascua ou Navidad... o importante é o espírito de amor e paz
Pascua ou Navidad… o importante é o espírito de amor e paz

5) Mesa farta comunitária

Antes deste mundo individualista e temeroso em que infelizmente vivemos hoje, houve uma época em que ser vizinho ou ser parente era quase a mesma coisa. Hoje em dia o Natal é considerado uma festa quase que exclusivamente familiar, mas aqui no Chile houve uma época em que as coisas não eram bem assim. Na época da colônia, durante o Natal toda a comunidade próxima se juntava para assistir à missa do Galo e depois todos os integrantes da paróquia levavam pratos típicos e se sentavam todos em uma grande mesa cheia de fartura. Até hoje a tradição pede mesa cheia, mas já não se convidam os vizinhos para essa reunião.

Mas nem tudo são flores e sempre há coisas no caminho. Com o passar dos anos, aqui também foi se perdendo um pouco o significado principal do Natal e deve-se fazer um esforço enorme pra lembrar e ensinar que esta época é especial não pelo seu colorido, fartura, Papai Noel ou pelos presentes… Coisa que se percebe inclusive em campanhas de solidariedade! Todos os anos, o Correio do Chile promove o “adote uma carta” e é incrível (e terrível) ver como a cada ano os pedidos têm ficado mais caros e tecnológicos, deixando o infantil e divertido de lado.

Mas, apesar de ser um feriado católico, pelo pouco que sei de outras religiões, entendo (e acredito) que a base de tudo é o amor. Portanto, não importa em que país você se encontre, os costumes que você siga, a religião que você tenha. Neste e em todos os finais de ano, renove seus votos de amor, doe tempo a quem você ama, expresse suas emoções e nunca deixe de espalhar o amor.

E se quiser saber mais sobre as festas de final do ano no Chile, dê uma olhada no texto do ano passado AQUI.

Feliz Natal pra todos!

Leia mais sobre Natal Pelo Mundo

Related posts

Natal na Alemanha

Allane Milliane

Natal no Alasca

Dora Miller

Dia de Reis na Catalunha

Juliana Marra

7 comentários

Marchhhh Dezembro 23, 2014 at 2:06 am

Muito lindo gostei do texto e, natal é natal principalmente em nossos corações Bom Natal para todo mundo !!!!!!!!!!

Resposta
Joy Matta Dezembro 26, 2014 at 4:36 pm

Beijoooooooooooos!!!

Resposta
Nathalia Dezembro 24, 2014 at 2:04 am

Muito legal seu texto! Eu namoro um chileno e levei um susto quando ele disse que o Natal pra eles se chama Pascua, ou então que o Papai Noel é o Viejito Pascuero hahaha mas susto superado e td certo, afinal o nome não importa muito e sim o sentimento que se tem nessa época. Então Pascua Feliz para todos XD bjs!

Resposta
Joy Matta Dezembro 26, 2014 at 4:37 pm

O que realmente importa é o sentimento desta época. E que dure o ano todo!! Feliz Natal!

Resposta
Marcelo Agosto 20, 2015 at 12:47 am

PASSEI O NATAL EM BUENOS AYRES EM 2014 E ACHEI UMA TRISTEZA. A IMPRESSAO É QUE NAO EXISTE NATAL. SEM DECORAÇÃO , SEM MUSICAS ., SEM EMOÇOES. TUDO FECHADO. FIQUEI FRUSTADO. TENHO VONTADE DE PASSAR ESTE ANO NATAL EM SANTIAGO. MAS TENHO MEDO DE PASSAR PELA MESMA FRUSTAÇÃO

Resposta
Joy Matta Agosto 20, 2015 at 1:29 pm

Marcelo, realmente, aqui nao tem muito a ver com o Natal do Brasil…. e vai estar tudo fechado tb. Tenho outro texto sobre o Natal aqui também.
Boa leitura!

Resposta
Lilian Azevedo Dezembro 5, 2017 at 3:07 pm

Bom saber das diferenças. O importante é esse sentimento de agradecimento e confraternização familiar.

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação