BrasileirasPeloMundo.com
Portugal Turismo Pelo Mundo

Dicas de passeio pela Baixa em Lisboa

Dicas de passeio pela Baixa em Lisboa.

Se você está pensando nas próximas férias eu posso dar uma ótima sugestão: Lisboa!

Sem querer puxar a brasa para a minha sardinha (um ditado que cabe muito bem por aqui), Lisboa é uma cidade muito bonita, simpática, agradável, segura e tem uma luz incrível! É uma cidade das sete colinas e para fazer tudo a pé é preciso ter boas pernas e bons sapatos para caminhar mas é o melhor jeito de se conhecer mesmo cada cantinho da cidade. Se for mais longe pode usar transportes públicos que são bons e baratos.

Lisboa é a capital de Portugal mas é uma cidade pequena para quem vive nas grandes cidades brasileiras. A população total do município de Lisboa é de aproximadamente 550 mil pessoas de acordo com o último Censo de 2011. A área metropolitana tem quase 3 milhões de habitantes e inclui municípios como Cascais, Sintra e muitos outros onde existem muitos lugares para descobrir.

Mas hoje vou falar só de um pedacinho da capital, mais especialmente da Baixa lisboeta. A “Baixa” é como normalmente chamamos o centro das cidades portuguesas, normalmente o centro antigo, histórico, onde estão as lojas e os serviços públicos.

A cidade de Lisboa é muito antiga e a parte baixa da cidade foi muito destruída pelo terremoto, com consequente tsunami, que aconteceu aqui em 1755. Após o terremoto, o Marques de Pombal mandou reconstruir a cidade e, embora outros bairros da capital tenham ruelas estreitas e sinuosas, na Baixa os quarteirões são retangulares e as ruas retas e perpendiculares.

Leia também: tudo que você precisa saber para morar em Portugal

Há tanta coisa para ver e fazer na Baixa que, se for ver tudo, ficamos por ali muitas e muitas horas. Mas vamos lá! Venham comigo passear! Começamos pelo Rossio. Nesta praça temos uma estátua que é de Dom Pedro IV (que é Dom Pedro I do Brasil), ao fundo o teatro Dona Maria e muitas lojas e cafés.

lgo_são_domingosAli mesmo, junto ao Largo de São Domingos, fica a igreja de São Domingos. Em 13 de agosto de 1959 a igreja sofreu um incêndio e quando a restauraram, algumas partes foram mantidas com os resquícios do incêndio. Não sei se há outra igreja assim em outros países mas é a única que conheço em Portugal. Vale a pena ver.

Seguindo pela rua em frente da igreja chegará a praça da Figueira. No centro da praça está a estátua de Dom João I, 10º Rei de Portugal, com reinado de 1364 a 1387, primeiro rei da dinastia de Avis. Até os anos 1950 havia um mercado nesta praça, que foi demolido nessa altura. Aqui em Portugal, mercado também é chamado de “praça” e ficava aqui o mercado da Figueira.

praça_da_figueiraSaia da praça pela rua da Betesga ao fundo para o lado direito, volte ao Rossio e siga pela Rua Augusta, que é a rua sem trânsito automóvel e que tem o arco no fim da rua: o Arco da Rua Augusta. Durante muitos anos o relógio do arco ficou parado. Recentemente fizeram obras e, desde mais ou menos um ano, já se pode subir ao topo do arco, uma parte em elevador e uma parte numas escadinhas de sentido único. Lá de cima você terá essa vista da Praça do Comércio, também chamada de Terreiro do Paço.

Leia também: custo de vida em Lisboa

terreiro_paçoEsse espaço tem sofrido muitas transformações ao longo dos últimos anos. Antes não havia tantos restaurantes e esplanadas (locais ao ar livre com as mesas e cadeiras dos restaurantes). Junto ao rio Tejo, na imagem lá ao fundo, temos o Cais das Colunas. Este é um cais muito antigo onde, em 1957, a rainha Elizabeth da Inglaterra desembarcou em Portugal. Atualmente já não há barcos neste cais, somente do lado direito (Cais do Sodré), quanto esquerdo (Terreiro do Paço) que fazem ligação com outros municípios na margem sul do Tejo. No início de 1997 as colunas foram retiradas e só foram recolocadas em 2008 devido às obras de construção de parte da linha azul do metropolitano que passa aqui embaixo.

Estando no cais você pode até sentar um pouco e, olhando para o lado direito, ver a ponte 25 de Abril. Esta ponte está sobre o rio Tejo e liga o município de Lisboa ao de Almada e que foi inaugurada em 1966.

ponteTambém para o lado direito fica a Avenida Ribeira das Naus onde foram feitas muitas obras recentemente. Antigamente, era nesta região da avenida que ficava o porto e local de construção e recuperação de barcos. Posteriormente foi feito um aterro (que virou a avenida) e agora foi novamente recuperado deixando visível uma doca com água, a “doca da caldeirinha” e uma doca seca. Foi daqui que partiram as naus dos descobrimentos portugueses.

Leia também: como abrir conta bancária em Portugal

ribeira_nausA avenida Ribeira das Naus fica aberta ao trânsito somente de segunda a sexta feira. Durante os fins de semana costuma ficar fechada. Assim, as pessoas aproveitam para passear por ali e até deitam na grama e tomam um solzinho. O lugar está mesmo muito bonito para passear e aproveitar o dia.

Esse é apenas um pequeno passeio pela Baixa de Lisboa. São tantas coisas para ver e sentir em cada pedacinho desta cidade. Venham e aproveitem o passeio!

Related posts

6 lugares para passar o dia perto de Praga

Isadora Costa

Estilo de vida em Portugal

Sílvia Macedo

As 10 melhores praias em Sydney

Juliana Letra

10 comentários

Juraci Pike Setembro 20, 2014 at 4:45 pm

Lyria, depois de ler o seu roteiro, passei a ver Lisboa com outros olhos, talvez os seus? Gostei muito!

Resposta
Lyria Reis Setembro 20, 2014 at 11:14 pm

Olá Juraci!
Que bom que gostou do passeio! 🙂 Volte sempre!

Resposta
Emilia Hanashiro Setembro 23, 2014 at 6:09 am

Nossa! sempre que penso em ir para Europa penso em ir até Portugal foi bom viajar nessas imagens Lyria e também adorei o passeio .bjs. .

Resposta
Lyria Reis Setembro 23, 2014 at 7:45 am

Olá Emília!
Venha sim, vai gostar muito dos passeios por aqui. 🙂
Bjim

Resposta
Portugal – Passeando por Belém Abril 24, 2015 at 9:40 am

[…] já passeamos pela Baixa e hoje vamos passear por […]

Resposta
raudecygentildecy Gentil Maio 3, 2015 at 9:17 pm

Em minha próxima estada em Lisboa, farei este itinerário sugerido por vc!!

Resposta
Lyria Reis Maio 6, 2015 at 12:50 am

Que bom! 🙂
Espero que goste!
Bom passeio!

Resposta
Portugal – Férias em Lisboa: Parque das Nações Agosto 4, 2015 at 4:30 pm

[…] época do ano. Existem alguns pontos da cidade que toda pessoa que visita Lisboa deve conhecer: a Baixa, Belém e o Parque das Nações. Vocês conhecem o Parque das Nações? Ainda não? Então vamos […]

Resposta
Elisa Outubro 16, 2016 at 12:56 pm

Olá, gostaria de sugestões de restaurante e confeitarias em Lisboa, de preferência com custo benefício bom. Obrigada Elisa.

Resposta
Cristiane Leme Outubro 19, 2016 at 7:13 pm

Olá. A Lyria parou de colaborar conosco. Temos nova colunista em Portugal – caso seja de seu interesse, redirecione a pergunta para ela, comentando em um de seus textos. Para encontrá-la procure os textos mais recentes publicados sobre o país.

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação