BrasileirasPeloMundo.com
Croácia Turismo Pelo Mundo

Dicas de passeio saindo de Split

Dicas de passeio saindo de Split.

Split é uma das cidades mais belas e interessantes em toda a região do Adriático. Por isso, você raramente encontrará um roteiro na Croácia que não inclui esta cidade histórica.

Sendo um destino tão importante, Split é também o ponto de saída perfeito para vários passeios na costa croata e na região. Dependendo do tempo disponível, você pode fazer passeio de um dia ou um passeio mais curto, de apenas algumas horas. Também é possível combinar e visitar mais de um destino num só dia.

As possibilidades de passeios saindo de Split são inúmeras, mas listo, aqui, alguns dos meus destinos preferidos que estão localizados a até duas horas de distância da cidade.

Solin (Salona)

A cidade de Solin fica a aproximadamente 15 minutos de carro de Split, e abriga as ruínas da antiga cidade de Salona, construída há mais de 2.000 anos. Graças a sua posição estratégica, foi aqui que o famoso César fundou a sua colônia. Na época romana, Salona foi tão importante que tornou-se uma metrópole e a capital da província da Dalmácia. A figura histórica mais famosa nascida em Salona é o grande imperador Diocleciano, que logo construiu o Palácio de Diocleciano, um dos edifícios romanos mais importantes do mundo, em cujas fundações foi construída a cidade de Split.

Em Salona você pode ver os restos do Fórum Romano, anfiteatro, termas, cemitério, templos e teatro. A porta principal da cidade e as muralhas também estão conservadas. Uma pequena parte da cidade até foi reconstruída e os visitantes podem passear e aproveitar o tempo livre num parque com colunas romanas, imaginando como era a vida dos nobres Romanos naquela época.

Antiga cidade de Salona (Foto: arquivo pessoal)

Trogir

Outra cidade histórica na costa croata é Trogir, que fica a 30 quilômetros de Split. A cidade de Trogir foi fundada pelos gregos e logo se tornou uma colônia romana. Mas a aparência de hoje, que o centro histórico da cidade tem, se deve aos venezianos. A República de Veneza governou a cidade por mais de 300 anos. Graças a sua beleza e importância arquitetônica, o centro histórico de Trogir foi proclamado Patrimônio Mundial da UNESCO, em 1997.

O centro histórico de Trogir está localizado numa ilhota entre a costa e a ilha de Čiovo. As ruelas estreitas da cidade conectam várias igrejas românicas e góticas com palácios venezianos. Os locais mais importantes na cidade são a Fortaleza Camerlengo, com as muralhas e a Catedral de São Lourenço.

Leia também: Três dicas de passeio perto de Zagreb

Šibenik

A uma hora de Split fica a cidade de Šibenik. Diferentemente das outras cidades na costa croata, que foram fundadas por gregos e romanos, Šibenik foi fundada por Croatas. E é considerada a cidade croata mais antiga no Adriático. Apesar de ser a cidade mais velha, Šibenik é, também, a cidade com o maior número de degraus. O centro histórico da cidade tem mais ou menos 2.851 degraus de pedra!

O local mais atraente em Šibenik é a Catedral de São Tiago. O edifício é feito inteiro de pedra no estilo arquitetônico gótico e renascentista. O valor deste objeto arquitetônico foi reconhecido no ano 2000, quando a catedral entrou na lista dos Patrimônios Mundiais da UNESCO. O centro histórico também tem inúmeras igrejas pequenas e até três fortalezas.

Catedral de São Tiago em Šibenik (Foto: Pixabay)

Ilha de Hvar

Quem visita a Croácia nos meses de verão e quer fazer um passeio de barco, a ilha de Hvar é uma ótima opção! Os antigos gregos colonizaram a ilha e fundaram a colônia de Pharos, que significa farol, em grego. Hoje, 2.400 anos depois, a ilha de Hvar é um dos destinos turísticos mais procurados na Croácia. A ilha de Hvar é considerada a ilha mais ensolarada do mar Adriático, com até 2.800 horas de sol por ano!

Considerando a sua longa história, a ilha de Hvar é rica em cultura, arquitetura e patrimônios da UNESCO. Além de beleza arquitetônica, a ilha abriga inúmeras praias maravilhosas.

Os passeios de barco saindo de Split normalmente incluem, também, outras paradas, como as Ilhas Paklinski, a Gruta Azul, ou ilhas de Vis e Brač. Todos esses, claro, também valem a pena visitar!

Leia também: Dicas para viajar de transporte público na Croácia e para a Croácia

Mostar (Bósnia Herzegovina)

A região da Herzegovina, no sul da Bósnia Herzegovina, oferece vários destinos ideais para passeios de um dia. O local mais famoso na região é a cidade de Mostar. A fronteira da Bósnia Herzegovina fica a apenas 1h30 de carro de Split, e da fronteira você precisará mais ou menos uma hora para chegar a Mostar.

Mostar é uma cidade bem específica, que abriga vários exemplos da arquitetura islâmica, bem como da arquitetura austro-húngara. Esta diversidade de estilos e influências ocidentais e orientais resultam na rica história de Mostar. O símbolo da cidade é a icônica Ponte Velha. Com 24 metros de altura a Ponte Velha estende-se sobre o rio Neretva. A atração mais curiosa da cidade são os mergulhadores que, durante o verão, saltam corajosamente do topo da ponte para o rio Neretva.

Cidade de Mostar (Foto: Pixabay)

Medjugorje (Bósnia Herzegovina)

A duas horas de Split está localizada a pequena cidade de Medjugorje. Medjugorje é um local de peregrinação católica, que ficou famoso no ano 1981, devido à aparição da Virgem Maria. Acredita-se que a Virgem Maria, hoje conhecida como Nossa Senhora de Medjugorje, apareceu, naquele ano, para as seis crianças. Desde então, Nossa Senhora passa mensagens através dos visionários para a paróquia de Medjugorje e para o mundo.

Sendo um destino turístico religioso, Medjugorje recebe mais de um milhão de visitantes por ano. Além do Monte da Aparição, também é possível visitar a Igreja Paroquial de São Tiago e o Monte da Cruz, onde os fiéis rezam enquanto fazem a Via Crúcis. Na igreja, as Missas acontecem todos os dias, em vários idiomas.

Enfim, as opções de passeios saindo de Split são inúmeras e para todos os gostos. Para quem gosta de história, recomendo visitar as cidades de Mostar ou Solin; para quem se encanta com arquitetura, Trogir e Šibenik; para os peregrinos e fiéis, recomendo passar o dia em Medjugorje; e para aqueles que gostam de curtir a praia, recomendo subir a bordo e visitar a ilha de Hvar ou alguma outra das 1.200 ilhas croatas!

Related posts

Costa Sul de O’ahu no Havaí

Sheila Garofalo

Dicas de turismo em St. Augustine, na Flórida

Joana Miller

Ecoturismo nas Vias Verdes espanholas

Camile Wyatt

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação