BrasileirasPeloMundo.com
Bélgica Estudando Pelo Mundo

Dicas para estudar na Bélgica

No meu último texto eu expliquei um pouco como é a estrutura do ensino superior na Bélgica.  Agora eu vou explicar melhor o que é preciso para acessar à este ensino, os procedimentos existentes, exigências etc.

Primeiramente lembre-se que se a sua intenção é vir estudar aqui,  o ano letivo na Europa, diferentemente do brasileiro, começa em setembro. Ou seja, quando estiver fazendo planos para vir pra cá, providenciando documentos etc., tenha em mente que a maioria das inscrições irão começar no meio do ano, a partir de julho/agosto, então se preparar para ter tudo certinho nessa época é importante.

Segundo, é bom saber,  que a grande maioria das instituições de ensino aqui são privadas mas tem subsídios públicos. Isso faz com que as mensalidades para belgas e europeus sejam quantias normalmente bem baixas, pagas uma vez ao ano no início do ano letivo (setembro), mas que para não europeus o valor acaba aumentando consideravelmente, pois aí você estará pagando um valor equivalente ao custo total da formação, sem ser subvencionada.

As taxas ficam normalmente em torno de uns 5 mil euros, mas para valores exatos é necessário consultar o site da instituição visada. Caso o preço fique ‘salgado’ é sempre válido procurar saber se a instituição tem algum tipo de bolsa ou auxílio para estudantes, antes de desanimar de vez.

 

Terceiro, é saber direitinho tudo que é preciso pra encarar a bela burocracia belga! Eu só tenho experiência com os procedimentos da parte francófona, então tudo que eu estou falando é válido principalmente se você estiver vindo estudar em algum instituto da Valônia ou Bruxelas, que fale francês. Existe uma diferença se você estiver vindo pra uma graduação ou para pós-graduação. No primeiro caso quem se encarrega da equivalência é o órgão do governo, no segundo a própria instituição escolhida.

Para graduação, você primeiro vai precisar fazer a equivalência do seu diploma no serviço de equivalências da federação Wallonie-Bruxelles. Você pode enviar um arquivo com tudo que é exigido por correio, ou agendar um horário para ir entregá-lo pessoalmente. Os documentos exigidos são:

  • O seu diploma e seu histórico escolar e cópias de ambos autenticados no cartório local, Ministério de Relações Exteriores do Brasil e no consulado belga local
  • Uma certidão de nascimento original
  • Uma carta de motivação, escrita em francês, com seu nome, endereço e assinatura, explicando quais estudos vocês gostaria de seguir
  • Uma prova de acesso ao ensino superior no Brasil. Ou seja, uma aprovação em algum vestibular ou no Enem
  • A prova de pagamento da taxa administrativa, que é de 174 euros. (+-528 reais)

Para mais informações ou questões mais específicas sobre esse assunto é só consultar o site deles: Féderation Wallonie Bruxelles- Pour continuer mes études superieur en communauté Française (informações somente em francês).

Se você estiver querendo vir para Bélgica seguir estudos de pós-graduação, o melhor a fazer é entrar em contato com a instituição diretamente, pois eles que irão julgar e sua candidatura e serão os responsáveis pela equivalência. No entanto você precisará de dar a entrada no visto de estudante já no Brasil. Eu mesma não passei por isso, pois devido a minha nacionalidade portuguesa, não precisei requerir visto, mas  muitos amigos meus passaram pelo processo e devo confessar; as historias que eu ouço são tragicômicas, indo desde funcionários com simpatia tão inexistente que o remédio é rir, à aventura de enviar seu passaporte pelo correio, com dinheiro suficiente pro consulado te mandar de volta pelo mesmo meio.

Para conseguir o visto você precisará entrar em contato com um consulado Belga e enviá-los os seguintes documentos via correio:

  • Um comprovante de matrícula, ou carta de admissão da instituição belga escolhida
  • Duas fotos 3×4 coloridas
  • Dois formulários de pedido de visto corretamente preenchidos e assinados
  • O seu Passaporte, com validade de no minimo 12 meses
  • Um atestado médico entregue por algum médico credenciado pelo Consulado Geral da Bélgica
  • Seguro saúde para o tempo que residir na Bélgica
  • Um “Termo de Responsabilidade” (Prise en charge – annexe 32) feito por alguém que comprovaria renda para garantir o sustendo do estudante durante sua estadia. A pessoa teria que ter comprovante de renda de, no mínimo, €611.00 (+/- 1852 reais) para cada mês que o estudante residirá na Bélgica, mais meios de subsistência suficientes de  €930.00 (+- 2820 reais) no mínimo, para cobrir suas próprias despesas; mais €150.00 (+- 455 reais) para cada um de seus dependentes, membros de sua família, e da família do estudante
  • OU  uma Prova de obtenção de Bolsa de Estudos, garantida por por uma organização nacional ou internacional. A bolsa de estudos deverá incluir os mesmos valores do “Termo de Responsabilidade”
  • OU  um “Termo de Responsabilidade”, assinado pelo pai ou responsável do solicitante, cuja assinatura deverá ser legalizada no Consulado Geral da Bélgica. O “Termo de Responsabilidade”  deverá ser legalizado pelo Consulado

Para mais informações visite o site do Consulado Belga em São Paulo  ou no Rio de Janeiro.

Apesar de algumas universidades oferecem um ano preparatório de estudos de língua antes de se começar uma graduação ou pós, é preciso saber que a Bélgica, não dá visto para pessoas querendo somente estudar o idoma.

Se a sua idéia é vir por um período limitado, a melhor opção pode ser um intercâmbio. Procure a secretaria de mobilidade da sua universidade no Brasil e veja se ela já tem parceria com alguma instituição na Bélgica. Muitas vezes é também possível entrar em contato com a instituição desejada e ver se existe a possibilidade de criar a parceria entre a universidade brasileira e a belga.

Seja como for, se seu desejo é vir para a terra do Tintim, boa sorte e espero, boa viagem!

Leia Estudando na Bélgica, Parte 1

Related posts

Moda belga e seus belgicismos

Ana Laura Visentini

Bruxelas, a cidade que cheira a açúcar

Ana Laura Visentini

Casamento civil na Bélgica

Bruna Cely Silva

15 comentários

David Barcelos Março 30, 2015 at 2:33 pm

Oi Bia , preciso de ajudar ,sou Engenheiro Eletricista e pretendo complementar estudos e trabalhar em Bruxelas , como tenho que proceder ? tenho um irmão casado com uma belga que viva a mais de 10 anos que me ajudara , qualquer orientações que puder me passar serei muito grato.

Obrigado

Resposta
Bia Noronha Abril 5, 2015 at 2:41 am

Oi David,

Eu te aconselharia a já procurar uma instituição que lhe interessa para fazer seus estudos e poder tirar seu visto já no Brasil, porém vale lembrar que estudantes só podem trabalhar por um período limitado de horas.
Sendo engenheiro você pode até ter chances de conseguir um trabalho especializado, mas seria preciso já ter o trabalho antes de sair do Brasil pra poder conseguir um visto.

Eu sei que está cada vez mais difícil migrar pra Bélgica, cada vez eles colocam mais barreiras, por isso é importante ver primeiro: sua vontade é estudar ou trabalhar? Uma vez que souber qual dos dois é prioridade, é correr atrás de um trabalho, ou bolsa, ou aprovação na instituição preterida…

Preparar o visto como eu expliquei no texto, mas vale sempre checar com o consulado, pois a lei e exigências podem ter mudado desde então e eu não estou mais morando na Bélgica para acompanhar todos os detalhes e no mais boa sorte!

Resposta
Guanaeli Taquini Deolindo Abril 27, 2015 at 12:00 pm

Oi, Bia, tudo bom?

Ganhei uma bolsa de estudos para ir estudar na Bélgica, em Liège, e estou requerendo meu visto, as possibilidades de se ter um visto negado, são altas? Estou preocupada mais com isso…
Em que situações eu poderia ter o visto negado?
Obrigada!

Resposta
rayssa Maio 8, 2015 at 7:38 pm

Oi Bia, queria conversar com vc. Tem algum e-mail ou contato que possamos falar?

Resposta
Isadora Maio 20, 2015 at 2:27 pm

Oi Bia, vc saberia me dizer se posso requerer o visto de estudante após entrar na Bélgica com o visto de turismo? Isso evitaria esses riscos de enviar o passaporte por correio e etc. Obrigada!

Resposta
Alliny S Dezembro 27, 2015 at 7:20 pm

Oi Bia. Queria mt falar com vc! Teria como vc me mandar seu email!? Tenho algumas dúvidas e queria mtmtmtmtmt falar com vc ! Obrigada

Resposta
Cristiane Leme Dezembro 27, 2015 at 7:53 pm

A Bia deixou a colaboração do blog. Procure outras colunistas no país, temos mais duas, a Tábata e a Ana Laura.
Edição BPM

Resposta
Brunna Janeiro 6, 2016 at 1:17 pm

Olá, eu pretendo ir estudar na Bélgica, porém tenho medo de não conseguir uma bolsa com ajuda do governo. Sabem quanto custa um estudo para estrangeiro na rede particular?

Resposta
maria paula tavares de pina Maio 5, 2016 at 7:28 pm

ola boa noite sou eu a paula estou aprocura de uma vaga ou bolsa para minha filha fazer curso de medicina nao sei se e possivel conseguir na vossa instituiçao de ensino superior na belgica tambem nao sei se voçes recebe estudantes cabo verdianos era so isso bgd

Resposta
yashmin Agosto 22, 2016 at 4:05 pm

Oi bia, eu tenho um namorado belga – de Antwerpean (a parte falante de flamenco) – e as vezes pensamos em ir para aí… mas fico confusa, pq acho q meus diplomas nao serão validados… queria saber como funciona… se tem como validar, se tem graduações rápidas mas que garantam um emprego com mercado de trabalho estável e q pague mais ou menos… (as minhas graduações aqui no Ceará náo pagam muito)!! sou graduada em letras (portugues e espanhol) na federal do ceará (ufc) e em serviço social na estadual do ceará (uece). estou terminando o mestrado em serviço social também na uece…. agradeço demais se vc poder me ajudar com as suas informações e experiência.

Resposta
Cristiane Leme Agosto 27, 2016 at 9:03 pm

Yashmin, a Bia parou de colaborar conosco mas temos outras colaboradoras na Bélgica, a Marcela e a Tábata, que poderão talvez ajudar você.
Procure os textos dela entre os textos mais recentes publicados sobre o país e deixe um comentário.

Edição BPM

Resposta
ADRIANA SOUZA SILVA Janeiro 10, 2017 at 4:12 pm

Oiie Bia gostaria muito de entrar em contato com vse, tem jeito??? Tenho augumas duvidas sobre o visto estudante a longo prazo…
Si vse puder por favor me contactar no email; [email protected]

Resposta
Suellen C. DA SILVA Fevereiro 3, 2017 at 10:06 pm

Bia, boa noite! Ja vivo na Belgica e estou como au pair. Estou estudando o idioma e agora estou procurando universidade para estudar e dar continuidade em meus estudos. Sou formada em comunicacao e tranquei meu curso de letras -lingua portuguesa para vim a Belgica. Agradeco sua atencao. Nao sei por onde comecar. Gostaria de ajuda

Resposta
Fernanda Silva Julho 20, 2017 at 8:44 pm

Suellen, eu tambem estou aqui com Au Pair, mesma situacao que ti. Se dder, entra em contato comigo por email. seria otimo trocar informacoes. [email protected]

Resposta
Aline Lopes Junho 30, 2017 at 12:56 pm

ola Bia,
Obrigada pelo post é muito difícil achar informação sobre a Bélgica ?. fiquei com algumas dúvidas:
Posso trabalhar e estudar simultaneamente na Belgica?
Tem alguma quantia que devo levar comigo obrigatoriamente?
Vc conhece alguma agência que trabalha com intercâmbio na Bélgica (já entrei em contato com várias no Brasil, mas nenhuma trabalha)?
Vi que o post menciona sobre o procedimento para tirar o visto no Brasil, mas no momento sou intercambista e moro na Irlanda, sabe como funciona nesse caso?
Obrigada desde já e desculpe a quantidade de perguntas, mas encontrei poucas informações online, talvez vc possa me ajudar.
Obrigada

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação