BrasileirasPeloMundo.com
Relacionamentos Multiculturais Relacionamentos online

Dicas para evitar golpes nos relacionamentos online

Vivemos numa época em que relacionamentos online se tornaram comuns. Entretanto, mais do que nunca continuamos a ver casos e mais casos de pessoas sendo enganadas nesses relacionamentos, principalmente mulheres. Nesse texto vamos dar dicas de como evitar os golpes nos relacionamentos online e como se prevenir para passar longe das ciladas de aproveitadores.

Confie sempre desconfiando

Muitas das mulheres que nos procuram começam seus relatos dizendo: ‘ele parece de confiança’. Cuidado. Confie sempre desconfiando. Peça referências, faça contatos com a família, com amigos próximos, pergunte onde ele trabalha e o que faz. E mesmo que ele dê as referências, só vá visitá-lo se tiver condições econômicas para se manter com alimentação, passagens aéreas, hotel e transporte no país estrangeiro.

Nunca viaje para outro país sem dinheiro ou dependendo economicamente do homem; avise aos familiares e amigos próximos sobre a viagem e fale com eles sobre a pessoa com quem está tendo contato. Sempre deixe com alguém de sua confiança no Brasil o nome completo, endereço e telefone de quem você irá visitar, informando a duração da sua estadia e os aeroportos de entrada e saída.

Tenha à mão os telefones de emergência do país que irá visitar. Procure ter contato com brasileiros no país para saber onde gritar por socorro se algo ruim acontecer e consulte o diretório do BPM para saber sobre as associações de apoio à mulher no exterior.

Falem um idioma em comum

O que mais aparece aqui no site são depoimentos de mulheres se correspondendo com homens estrangeiros, sobretudo da Índia e de países árabes, que se comunicam com os potenciais parceiros através de Google Translate. OK, no começo pode servir para quebrar um galho, mas para ter uma conversa mais profunda é preciso que ambos dominem um mesmo idioma. Sem isso, as chances de confusões e mal-entendidos serão bem grandes.

Poder se comunicar e entender o outro é vital para um relacionamento poder dar certo. Claro que existem exceções que deram certo, porém exceções fogem à regra, é bom lembrar. Se o seu interesse é por se relacionar com estrangeiros, aprenda pelo menos inglês, que é um idioma universalmente usado na maioria dos países ocidentais e até em orientais, como a Índia, que pra quem não sabe, foi colônia britânica.

Procure saber como as mulheres do país dele são tratadas

As diversas culturas no mundo tratam as mulheres de diferentes maneiras. Em algumas culturas as mulheres são colocadas num papel secundário e em alguns países a mulher pode sofrer violência apenas pelo fato de ser mulher.

Infelizmente vivemos num mundo onde o machismo e sexismo são comportamentos tão naturalizados que existem até mesmo mulheres que os defendam, embora sejam suas principais vítimas. Tome cuidado ao se relacionar com homens de culturas onde a mulher é maltratada. Na dúvida, pesquise no Google.

Fotos, só com roupa

É normal que em relacionamentos online em desenvolvimento haja uma troca intensa, e fotos fazem parte do pacote. Apesar disso, a Internet é terra de ninguém e suas fotos, mesmo as com roupa, podem ser editadas, indo parar em lugares que você nem imagina. Eu mesma já tive fotos (com roupa!) capturadas na rede, editadas (puseram minha cabeça no corpo de uma mulher nua) e enviadas para mim por um estranho. Evite mandar fotos sensuais ou nua para desconhecidos.

Fuja do amor romântico

Amor de verdade exige comprometimento de ambos os lados e por mais que a gente se derreta toda ao ouvir um ‘eu te amo’, mesmo de um desconhecido, para amar alguém é preciso de tempo e convivência. Qualquer pessoa pode dizer coisas bonitas e doces. No entanto, indianos e árabes são especialistas na arte de jogar com as palavras e dirão todas as coisas mais maravilhosas que você quer ouvir, só que nem sempre eles estão sendo sinceros. É parte do jogo da conquista.

Se você quer um relacionamento duradouro, dê tempo ao tempo e fuja da pressa do amor romântico idealizado. Converse bastante com a pessoa com quem está se correspondendo, fale de sua expectativa para o futuro, construa a relação e tenha foco. Se o seu objetivo é relacionamento fixo, deixe isso claro desde o primeiro contato.

Seja verdadeira, principalmente com você mesma

Recebemos comentários de leitoras que nos escrevem com dúvidas sobre a pessoa com quem estão se comunicando. Por isso, ligue o radar e ouça seus instintos. Analise a situação com calma e observe se aparecerem as seguintes situações:

  • O cara diz que ama você e tal, mas diante do menor problema ou da mínima coisa que o desagrada, ou fica colérico, ou some;
  • Você tem sempre que satisfazer a vontade dele, sempre tem que estar disponível, sempre tem que mandar fotos, porém os seus desejos e opiniões são ignorados, diminuídos ou desconsiderados;
  • Ele fala com você quando pode mas some por longos períodos sem justificativa e depois reaparece, como se nada tivesse acontecido, e você tem que aceitar;
  • Quando você fala sobre suas inseguranças, ele desconversa;
  • O humor dele muda constantemente;
  • Ele promete mundos e fundos mas sempre adia a visita que diz querer fazer a você no Brasil;
  • Ele só pode falar com você em dias e horários determinados.

Tudo nessa lista pode ser sinal de golpe. Fique esperta!

Fale sempre a verdade para o outro, porém o mais importante é ser verdadeira com você mesma. Se alguém exige que você deixe de ser quem é em nome de um pretenso amor, caia fora: é roubada. Quem lhe amar de verdade irá aceitá-la como você é.

Jamais mande dinheiro

Se um homem com quem você está se correspondendo lhe pedir para mandar dinheiro porque ele está passando por dificuldades ou precisa completar o valor da passagem de avião para vir lhe visitar, saiba que isso é um dos sinais mais evidentes de golpe. Não mande dinheiro para desconhecidos, ainda que eles inspirem confiança.

O Ministério das Relações Exteriores do Brasil lançou um comunicado a respeito dos golpes em relacionamentos online, que você pode ler clicando aqui.

Em vez de procurar um amor que a complete, seja completa na sua essência: goste de estar com você, se conheça e se respeite. Lembre-se de que a pessoa mais importante é você, portanto, ame-se a si mesma em primeiro lugar. Se você não se amar primeiro, como poderá amar outra pessoa, né?

Leia mais no BPM a respeito de relacionamentos online:

—-

Leia mais textos sobre Relacionamentos Online

Conheça a página de Psicólogas Pelo Mundo, do BPM!

Related posts

A felicidade de um amor estrangeiro

Lisa Marie Afonso

Dinamarqueses e o Amor

Cristiane Leme

Violência doméstica Pelo Mundo – Quando o sonho vira pesadelo

Maila-Kaarina Rantanen

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação