BrasileirasPeloMundo.com
Chile

Dicas para fazer compras em Santiago no Chile

Dicas para fazer compras em Santiago no Chile.

Nesse texto comento alguns aspectos a respeito do contexto “compras” de forma geral no Chile, principalmente Santiago, cidade cuja rotina e hábitos conheço bem.

Não podia deixar de começar por um fato que faz com que compremos muito e com gosto, atendimento ao cliente. Afinal, quem não gosta de ser bem atendido, bem tratado, não é mesmo? Respire fundo e seja paciente em Santiago porque o atendimento (atención) costuma ser bem ruim. Você entra nas lojas e os vendedores não correm, como no Brasil, pra te atender. Eles geralmente estão batendo papo ou no celular e assim continuam mesmo que você, supostamente, esteja precisando de algum auxílio. Acho que na visão da maioria, eles estão fazendo quase um favor em te atender. Se você perguntar se eles têm a blusa da vitrine na cor vermelha e eles não tiverem, a resposta será simplesmente um “não”. Uma resposta completa com as cores que eles têm ou sugerindo um outro item seria um atendimento de excelência. Depois que o cliente agradece, ele ouvirá um simples “ya”, que em uma tradução bem prática, seria “Ok”, “tá”. Com o tempo, nos adaptamos a essa característica. Fazer o que, né?

Quando vamos pagar um produto, a pergunta feita pelo caixa é “¿Cómo cancela? “ , o que te leva o brasileiro a pensar qualquer outra coisa, menos que o que o atendente quer saber é a sua forma de pagamento, ou seja, se você vai pagar com dinheiro ou cartão. Então “cancelar” nesse contexto não significa o mesmo que “cancelar” em português. O lado bom é que a primeira vez de um desavisado nessa situação, acaba virando história engraçada pra contar depois.

Leia também: 10 dicas de compras baratas em Los Angeles

No Chile não há uma eterna forma de pagamento como no Brasil, estilo pagar a perder de vista como na nossa famosa Casas Bahia, em 24 vezes (as vezes até sem juros).

Fazer supermercado, de forma geral, é caro em Santiago. A comida é cara. Produtos de higiene, então! Tente dar uma boa regulada no seu sistema digestivo, porque papel higiênico é muito caro!

Quando a comida é vendida por peso no supermercado, é comum encontrar a divulgação do preço do produto por 250 gramas, não por quilo. Se vamos a seção dos frios, por exemplo, veremos o preço de ¼ (250 gramas) do queijo, presunto, azeitona, etc. No começo confunde um pouco porque temos a tendência de achar que aquela valor é do quilo e acabamos achando barato.

Nos supermercados temos empacotadores, mas eles não são funcionários com carteira assinada do estabelecimento, seus salários vêm das gorjetas (propinas) recebidas dos clientes. Ela varia de acordo coma a boa vontade do comprador que na maioria das vezes está de acordo com o volume de produtos colocados nas sacolas. Uma eterna discussão por aqui entre os brasileiros a esse respeito; dar ou não dar a gorjeta. O argumento utilizado para não dar é de que não é obrigação do cliente pagar o salário do funcionário. O que temos que ter claro é que é assim que funciona no Chile, sendo contra ou a favor. Eu sempre dou! Como vou ao supermercado quase todos os dias, e as vezes mais de uma vez porque ele está na esquina de casa, costumo dar entre 300 e 500 pesos porque compro pouca coisa cada vez.

Todas as grandes redes de supermercado normalmente tem seus dias de desconto. Um dia para desconto de 8% para todos os produtos, por exemplo. Outro para desconto das verdura e frutas e outro para as carnes. Para economizar, eu acabo indo em vários supermercados durante a semana. Por sorte, tenho 3 deles bem pertinho de casa; Unimarc, Jumbo e Lider.

Há muitos Shoppings (Mall) em Santiago e podemos chegar de metrô na grande maioria deles. Maravilha pra quem gosta de comprar ou simplesmente olhar vitrines.

Algumas lojas famosas são bem baratas por aqui, como H&M, Forever 21 e Zara. Isso sem falar em algumas excelentes lojas de jeans.

As siglas dos tamanhos das roupas são literalmente em inglês, não são traduzidas para o espanhol. O que seria tamanho PP – P – M – G – GG, no Brasil, no Chile é XS (extra small), S (small), M (medium) , L (large), XL (extra large).

As medidas dos sutiãs são de forma diferente. Temos que estar atentos a palavra “copa”,que é representada por uma letra e se refere ao tamanho/formato dos seios, o número se refere a largura das costas. Por exemplo, 36 A, 38 B, 42 A, 40 D.

Se pensamos em produtos que são maravilhosos de serem comprados no Chile, o que me vem à cabeça são os eletrônicos e os vinhos. No caso de computadores, celulares e TVs, claro, comparando com o Brasil. Tratando-se dos vinhos, porque os chilenos são maravilhosos e baratos. Vale a pena uns quilinhos a mais na mala do turista de volta ao Brasil. Não posso deixar de mencionar os produtos de beleza para a mulherada; maquiagem, cremes e perfumes.

Uma informação não muito bacana e não necessariamente ligada ao fato da compra, mas que é de extrema importância no contexto, é que há muitos roubos e furtos nos supermercados e lojas. Os seguranças estão sempre agarrando alguém ou um grupinho dentro de um supermercado ou loja de departamento,e pessoas sempre relatando que tiveram suas bolsas abertas e, consequentemente, carteiras levadas sem permissão. Esses pequenos crimes em ambientes de compra e venda são parte da rotina chilena. Temos que estar muito atentos.

Para um próximo texto, quem sabe não falo especificamente de valores! O que acham?

Related posts

Como é morar em Santiago no Chile

Joy Matta

A nova Lei de Inclusão e a gratuidade do Ensino Superior no Chile

Isabela Vargas

Onde degustar os melhores sabores do Brasil em Santiago?

Isabela Vargas

3 comentários

Agosto 14, 2018 at 12:29 am

Olá! Então nos outlets a forma de pagamento é somente a vista? Sem chance de usar o cartão de Crédito?

Resposta
Liliane Oliveira Agosto 14, 2018 at 5:11 pm

Olá Lê,
A Gislaine Morais parou de colaborar conosco, mas temos outras colunistas no Chile que talvez possam te ajudar.
Você pode entrar em contato com elas deixando um comentário em um dos textos publicados mais recentemente no site.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta
Sacolas descartáveis no Chile Setembro 5, 2018 at 3:56 pm

Muito legal o post!
É só não esquecer que, principalmente nos mercados, só é permitido dar 2 sacolas por compras porque o Chile foi o primeiro país da América Latina a diminuir o uso de sacolas descartáveis!
E é possível pagar com cartão de crédito internacional nos grandes mercados, só não é possível parcelar, assim como qualquer compra internacional!
Parabéns pelo post!

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação