BrasileirasPeloMundo.com
Singapura Transporte de animais pelo mundo

Dicas para levar seu animal de estimação para Cingapura

Dicas para levar seu animal de estimação para Cingapura.

Quando preparamos uma mudança, levamos todos os nossos pertences e familiares, e isso inclui nossos amados animais de estimação; sejam eles gatos, cães ou qualquer que seja a espécie.

O que muitos não sabem, é que assim como existem regras para levarmos nossos bem materiais, também precisamos nos preparar para levarmos conosco nossos bichinhos. Cada país possui exigências diferentes quanto à importação de animais, desde documentos, exames, quarentena ao chegar, vacinas e tratamentos. Por isso, antes de pensar em embarcar com seu animal, pesquise as regras do seu país de destino e de origem para garantir que sua mudança seja mais fácil e tranquila.

Irei comentar sobre as regras para sair do Brasil e chegar em Cingapura, mas lembre-se: outros países possuem regras diferentes.

É recomendado procurar um serviço especializado de relocação de animais. Essas empresas ajudam na emissão dos documentos, na escolha da melhor caixa de transporte, além do contato com o país de destino e pesquisa das legislações que garantem que seu animal não terá nenhum problema ao desembarcar.

Trazer seu bichinho do Brasil para Cingapura demanda pelo menos três meses de preparação, além de ter em mente que ele será submetido a um período de quarentena de no mínimo 30 dias ao chegar no país. “Quarentena” é o termo usado para se referir a um período de isolamento que não necessariamente dura 40 dias. Isso acontece porque Cingapura divide os países em categorias que os classificam em termos do grau de risco e em relação à doenças infectocontagiosas, especialmente a raiva. Como o Brasil  ainda é considerado um país de alto risco de contaminação pela raiva , ele é incluído na categoria D. Todas as regras para essa categoria serão as mesmas.

A segunda coisa a fazer é pesquisar se a raça do seu animal é permitida em Cingapura. Algumas raças como Pit Bull e similares, Akita, Fila Brasileiro, Mastiff, entre outras, são proibidas. Para saber mais sobre as raças clique aqui.

Estando tudo certo o que fazer?

Microchip

Cingapura e outros países exigem que seu animal possua um microchip de identificação. Esse microchip deve estar de acordo com a ISO11784 ou ISO11785. Ele é aplicado subcutâneo por um veterinário certificado.

IMG_9313

Vacinação

A vacinação contra doenças infectocontagiosas, especialmente a anti-rábica, precisa estar em dia. A última vacina de raiva precisa ter sido aplicada ao menos 6 meses antes do embarque.

Leia também: Bairros mais procurados pelos estrangeiros em Cingapura

Exame de Sangue

Cingapura exige que seja apresentado o resultado do exame de contagens de anticorpos para raiva. Esse exame deve ser realizado dentro de 6 meses antes do embarque e 1 mes após a vacina anti-rábica.
Reserva da Quarentena: É necessário reservar um espaçao na quarentena. Isso pode ser feito com até 3 meses de antecedência no site da AVA (Agri-Food and Veterinary Authority of Singapore)

Tratamento contra parasitas internos e externos

Entre 2 e 7 dias antes do embarque o animal deverá ser submetido a um tratamento contra vermes, pulgas e carrapatos, com produtos aprovados pelo ministério da agricultura.

Exame Clínico 

Deverá ser feito um exame clínico por um médico veterinário certificado no Brasil, atestando que este foi examinado não mais que 7 dias antes da exportação, e que se encontra saudável. No documento deverá constar toda a descrição do animal. Para mais detalhes clique aqui.

Atestados e Licenças

Serão necessárias licenças emitidas por Cingapura e pelo Brasil. Ou seja, para entrada em Cingapura e para saída no Brasil.
As licenças emitidas no site do governo de Cingapura podem ser feitas 30 dias antes do embarque e possuem diversos requisitos. Por isso, o ideal é contratar uma empresa para ajudar até mesmo com o idioma, pois tudo é em inglês.
No Brasil será necessário a emissão de um Certificado Veterinário Internacional (CVI). Veja no site do MAPA como emitir esse certificado.

Leia também: tipos de visto para morar em Cingapura

A viagem

Os animais deverão ir de avião como bagagem despachada ou cargo. Para animais na cabine do avião é preciso checar com as companhias aéreas. O peso máximo com a caixa de transporte na cabine não pode passar de 8kg (variando conforme cia aérea). A Singapore Airlines não permite animais na cabine.
Pesquise muito e não economize na caixa de transporte do seu animal. Ele precisara estar confortável e de acordo com as normas exigidas pela transportadora.
E lembre-se que a viagem ate Cingapura dura no mínimo 24h . Não é recomendado dar sedativo aos animais.

Seu animal de estimação será levado imediatamente para o setor de quarentena de Cingapura. As instalações são seguras e limpas e é permitido visitas.
Após os 30 dias de quarentena, seu bichinho estará novamente com sua família.

Para maiores informações, contactar empresa especializada e o site do governo de Cingapura, assim como o MAPA (Ministério de Agricultura )no Brasil.

Boa mudança.

Related posts

Como trazer o seu Pet pelo Eurotúnel

Amanda Meneguetti

Dubai – Trazendo um gato catari para Dubai

Thais Cunha

Dicas para levar seu cachorro para o Peru

Rafaela Queirós

1 comentário

Dieta pra Cachorro Junho 7, 2018 at 1:57 am

Caramba! Não sabia que precisava de tanta coisa para levar meu cachorro para fora.
Sei que as dicas foram para Cingapura, mas são muito úteis para se preparar para uma viajem em qualquer país. É sempre bom cuidar de todos os detalhes como as vacinas, identificação e até mesmo a alimentação para cachorros para viajar.

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação