BrasileirasPeloMundo.com
França

Dicas para trabalhar como Au Pair na França

Dicas para trabalhar como Au Pair na França.

Foi em 2006, através de uma amiga, que ouvi pela primeira vez sobre o Au Pair. Ela estava trancando a faculdade de Moda que havíamos acabado de iniciar para cuidar de crianças nos EUA, estudar e ganhar um dinheiro extra e nesse momento minha mente voou longe e pensei: porque não?

O Au Pair é um intercâmbio no qual a pessoa viaja até o país escolhido para cuidar das crianças de uma família específica e morar com ela, ganhando uma mesada no final do mês e tendo garantido um tempo livre para poder estudar. Cada país tem suas regras e deixarei aqui informações do Au Pair França.

Para a França o programa é autorizado para pessoas com idade entre 18 e 30 anos e além de mulheres, homens são bem-vindos. Você pode fazer por agência ou sozinho; tem que ter pelo menos prestado vestibular, ter o básico de francês e não é obrigatório a carteira de motorista. O visto solicitado é um visto específico para Au Pair dentro da modalidade estudante, e com ele a pessoa está autorizada a trabalhar 30 horas semanais e a ter 10 horas semanais de estudo, o que para o país é obrigatório que seja um curso de língua francesa. O Au Pair tem um contrato por um período pré-determinado com a família e mora com eles, cuida das crianças e ganha uma mesada.
Para muitos este trabalho se confunde com o de empregada doméstica, então vou explicar alguns direitos e deveres que se diferem ao de um trabalho como doméstica:

  • A pessoa se dedica exclusivamente ao cuidado da criança e os trabalhos são pré determinados entre o Au Pair e a família antes mesmo de assinar o contrato e com a pessoa ainda no seu país de origem. Alguns exemplos: levar/buscar na escola, ajudar na higiene pessoal, alimentar, levar nas atividades, ajudar no dever de casa, organizar o quarto, cuidar das roupas. Tudo isso é sempre voltado para a criança, nada relacionado aos pais e familiares;
  • O trabalho não deve ultrapassar as 30 horas semanais + 1 baby sitting na semana. podendo ser no final de semana;
  • O jovem tem direito a 1 dia de folga por semana, no mínimo;
  • A mesada deve ser de no mínimo 80 euros por semana;
  • Alimentação em pensão completa e moradia são de responsabilidade da família acolhedora (quarto individual e banheiro podendo ser compartilhado);
  • A família não é obrigada a pagar a passagem de avião e nem a pagar o curso de francês;
  • A família deve pagar seus impostos e o seguro social;
  • O contrato pode ser desfeito por ambas as partes cumprindo um aviso prévio de pelo menos 2 semanas;
  • É obrigação do jovem limpar seu quarto e banheiro, assim como manter a cozinha limpa após as refeições que ela fez com as crianças.

Leia também: custo de vida na França

O primeiro passo para ser um Au Pair é decidir se quer fazer o programa por intermédio de agência ou ir atrás de tudo sozinho. Algumas agências são: World Study e CI e elas que irão atrás de família acolhedora. Caso opte por fazer tudo sozinho o maior e melhor site é o Au Pair World: o site é confiável, com perfis controlados o tempo todo e uma série de regras. Também tem o Bebe-nounou e o Great Au Pair.

Sans titre
Assim que conseguir uma família o contrato (que é chamado de Accord de placement) deve ter 3 vias: uma para o jovem, uma para a familia e outra para a direção de trabalho da cidade francesa.

O jovem vai imprimir, assinar as 3 vias e enviar para o contratante e o contratante vai também assinar as 3 vias e levar para a direção do trabalho para ser aprovado e assinado.

O contratante vai enviar 2 cópias para o Brasil: uma para o Au Pair e outra para ele dar entrada no visto. Junto do contrato enviado ao Brasil a família deve enviar a inscrição do curso de francês contendo nome completo do estudante, data de início e fim do curso e horas por semana (3 fatores principais).

Com esses 2 documentos e o passaporte o Au Pair já pode dar entrada no visto, que no caso da França é sempre inicializado pelo site do Campus France. No site a pessoa terá um perfil para montar seu dossiê e etapas a serem concluídas, desde dados pessoais até envio desses documentos.

Campus France

No final das etapas será marcada uma entrevista com o Campus France no qual eles confirmam os documentos enviados e fazem perguntas simples sobre sua temporada como Au Pair e planos futuros, e se tudo estiver OK eles liberam seu dossiê para reservar uma data para levar os documentos consular e fazer a coleta dos dados biométricos no Consulado Francês. No Consulado o jovem deve levar todos os documentos juntados na fase do Campus France.
Para solicitar o visto os seguintes documentos são necessários:

  • Passaporte válido;
  • Contrato de trabalho ( Accord de placement);
  • Inscrição do curso de francês de no mínimo 10 horas semanais;
  • 3 fotos 3,5 cm x 4,5 cm recentes;
  • Número do dossiê Campus France;
  • Diploma de faculdade ou histórico escolar original traduzido para o francês. A tradução dos documentos deverá ser feita obrigatoriamente por um Tradutor Juramentado;
  • Uma carta de motivação explicando brevemente sua história de vida e motivo pelo qual quer fazer o intercâmbio;
  • Um atestado médico de menos de 3 meses dizendo que está em boas condições para deixar o Brasil traduzido para o francês ou pelo menos inglês (não precisa ser traduzido juridicamente).

Leia também: sistema de saúde francês

Durante o processo os documentos extras podem ser solicitados. Este processo é longo, indico fechar contrato com a família no mínimo 3 meses antes da data prevista para o embarque.

Dicas:

  • Fale muito por Skype com as famílias. Desconfie daquelas que não queiram fazer uma chamada via Skype, afinal você está indo para casa deles cuidar de seus filhos e como não aceitar uma conversa em vídeo?
  • Colocar tudo no contrato: dia de folga, se eles pagam o curso de francês, se pagam telefone e transporte também, gasolina do carro, hora extra paga, especificar tudo que deve ser feito com as crianças. Quanto mais completo o contrato menos problema o Au Pair terá no seu intercâmbio.
  • Assim que chegar na França o estudante deve entrar em contato com o OFII: Office français de l’immigration et de l’intégration, orgão responsável por validar o visto que foi feito primeiramente no Brasil. Eles marcarão uma data para levar novamente todos os documentos e também um médico para ver sua saúde ao chegar no país (raio x do pulmão). Você irá sair do OFII com o visto validado e pronto para aproveitar seu ano como intercambista Au Pair.

Para preencher o dossiê do Campus France sem dúvidas, deixo aqui um link com o passo a passo, basta clicar:

Passo a Passo Dossiê Campus France

Related posts

Diário do dia da mudança e chegada na França

Lisa Elkaim

Salon de Thé: o adorável charme francês

Rafaela Honorato

Festas infantis na França

Lilian Moritz

7 comentários

Aline Amaral Novembro 22, 2015 at 4:44 pm

Gostaria muito de conhecer a Cultura Francesa, admiro os Franceses e o modo como levam a vida, sou advogada e amo crianças, na verdade tenho quatro irmãos mais novos dos quais ajudei a criar e seria maravilhoso passar uma temporada no berço da civilização,no núcleo de uma família francesa.

Resposta
Jéssica Martins Novembro 23, 2015 at 9:22 am

Ola Aline,
Continue acompanhando meus textos, sempre que possível falarei sobre Au Pair e outros tipos de intercambios na França. Quem sabe vc não vem passar uns tempos por aqui? Grande abraço.

Resposta
Tainá Dezembro 2, 2015 at 4:12 pm

Bonjour Jessica,
estou interessada em ser au pair na França, já estou em contato com famílias.
O que você me diz sobre a familia estar localizada em cidade pequena? É um problema?
Estou meio perdida ainda em alguns detalhes que não posso deixar passar.
Agradeço se puder me ajudar com dicas.
Outra coisa…seu marido é Francês ou foi com você?
Merci

Resposta
Jéssica Martins Dezembro 3, 2015 at 9:31 am

Bonjour Tainá,
Sobre cidades pequenas vamos por partes: vc tem habilitação, a família pede isso e vc terá acesso ao carro mesmo em dias de folga? Se sim para todas as alternativas a cidade pequena não te trará problema algum. Veja com eles qual a cidade grande por perto.
Se vc não tem habilitação e nem é preciso para trabalhar com a família então a cidade passa onibus? Se sim, até qual horário? (minha segunda família o último onibus do centro pra voltar pra casa era 20h40 por exemplo) E se não tem onibus por perto quais alternativas? Questione isso, não economize nas perguntas.
Quando vc disse cidade pequena eles falaram quantos habitantes tem nessa cidade? Para nós brasileiros uma cidade de 20.000 habitantes é uma cidade pequena, mas para os padrões franceses uma cidade pequena é uma cidade de 500 habitantes por exemplo. Eu quando fechei contrato com minha primeira família eles moravam em uma cidade de 10.000 habitantes e achei que estava indo para um fim de mundo e depois de muita pesquisa vi que tinha uma linha de onibus que passava nos 5 pontos pela cidade, a prefeitura era responsável por varias cidadezinhas de 400 e 500 habitantes ao redor, eles tinham um centrinho com padaria, mercadinho, loja de roupas, Correios, lojas e até hotel. Todos se conheciam, em 20 min de viagem no onibus eu cruzava a fronteira da Suiça e chegava no centro de Genebra.
Fora isso, todos os assuntos abordados no texto acima vc tem respostas? Quarto só pra vc, horários corretos, escola na região… siga este passo a passo e coloque absolutamente tudo no contrato como já falei, principalmente se eles estão prometendo algo extra que normalmente não é comum para o programa, sua segurança é muito importante.
Meu marido é francês sim, o conheci aqui na França e só fomos morar juntos e oficializar a união depois que eu já tinha acabado o intercâmbio, para ser au pair vc tem que ser solteira e não ter filhos.
Bonne journée,
Jéssica

Resposta
Marina Polz Maio 4, 2017 at 11:39 pm

Olá.

Estou no processo para trabalhar na França como Au Pair, já tenho o meu accord de placement nas mãos carimbado pelo DIRECCTE e estou dando entrada no processo de preenchimento do dossie na plataforma do Campus France; Uma dúvida me surgiu – sabe me dizer se a entrevista do Campus France será realizada em português ou francês? Li no própio site que alunos de universidades fazem essa entrevista em francês, mas não diz nada sobre o Au Pair; Eu fiz um curso básico da língua e ainda não tenho conhecimentos suficientes para realizar essa entrevista. Isso seria um problema?

Resposta
Priscila Junho 14, 2018 at 12:38 am

Olá, Jéssica! Estou me organizando para ser au pair. na França Ando lendo vários textos e ligando para muitas agências para saber se elas podem me auxiliar no processo, mas não encontro nenhuma e fico com receio de fazer tudo sozinha e dar alguma coisa errada. Será que você pode me ajudar? Já me inscrevi no au pair world, mas tenho algumas dúvidas, como por exemplo: devemos pagar a taxa para ser premium ou não?
Abraço!

Resposta
Liliane Oliveira Junho 14, 2018 at 8:30 pm

Olá Priscila,
A Jéssica Martins parou de colaborar conosco, mas temos outras colunistas na França que talvez possam te ajudar.
Você pode entrar em contato com elas deixando um comentário em um dos textos publicados mais recentemente no site.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação