BrasileirasPeloMundo.com
França Turismo Pelo Mundo

Passeio por Lyon

Quem pensa que a França se resume em Paris se engana. Lyon, onde moro, é uma cidade encantadora. Quero ver não se apaixonar no final do meu texto!

Lyon foi fundada em 43 A.C. pelos romanos e é a segunda cidade com maior área urbana do país e terceiro maior município; ela também é a capital da região dos Alpes e onde nasceram os irmãos Lumière (os inventores do cinema), Saint-Exupéry (o autor do livro “O Pequeno Príncipe”, gente!) e Allan Kardec. Também é a capital gastronômica francesa.

Mas Jéssica, o que fazer em Lyon? Olhem… tem MUITA coisa legal pra fazer aqui!

Para começar, o centro da cidade, chamado Presqu’île (quase ilha), fica entre os dois rios que cortam a cidade: o Rhône e o Saône. O lado em que os dois rios se encontram (no outro lado eles não se encontram e por isso o nome quase ilha) é o bairro ultra moderno e todo renovado chamado de Confluence: lá tem o recém inaugurado Musée des Confluences, vários prédios modernos, a Sucrière (antiga fábrica de açúcar que agora é onde tem a Bienal de Artes, raves…) e um centro comercial.

Arquitetura no bairro Confluence
Arquitetura no bairro Confluence

Continuando no centro chegamos na Bellecour que é uma das maiores praças da Europa: lá encontramos o monumento de Louis XIV, bem no meio da praça; um monumento do Pequeno Príncipe (em um danado de um treco alto, demorei semanas pra encontrá-lo) e dessa praça podemos ver a Basílica Notre Dame de Fourvière lá no alto da colina. Aqui também é o marco zero da cidade.

Place Bellecour
Place Bellecour

Duas ruas principais no centro: a Rue de la République, toda no estilo Haussmannien (tem H&M, cinema, Zara, Etam, Yves Rocher, McDonalds, Sephora) – nessa rua está a praça da República; e a rua paralela, Rue du Président Edouard Herriot (marcas famosas, caras e chiques) – no meio dessa rua tem a Place des Jacobins, uma praça recém inaugurada e minha queridinha pra uma pausa rápida no almoço.

Place de la Republique
Place de la République

 

Place des Jacobins
Place des Jacobins

O final do centro é marcado pela Place des Terreaux. Era aqui que as pessoas eram decapitadas durante a Revolução Francesa. Nesta praça tem a fonte Bartholdi, o Hôtel de Ville, onde funciona o conselho municipal e importantes decisões são tomadas; o Musée des Beaux Arts (Museu de Belas Artes), com um jardim ótimo e silencioso no meio da agitação central; e também nas proximidades fica a ópera de Lyon.

Place des Terreaux e ao fundo Hotel de Ville
Place des Terreaux e ao fundo, Hôtel de Ville

Como toda boa cidade europeia que se preze, aqui também tem o bairro antigo. O Vieux Lyon tem ruas estreitas onde não passam carros, restaurantes diversos, lojinhas de souvenires  e apesar de ser uma área turística, vale a pena comprar as lembrancinhas; há também o Museu da Miniatura e do cinema e o Teatro Guignol – sabe o boneco de marionete? Bingo! É lionês também! E anotem aí o endereço do melhor sorvete da Vieux Lyon, na Terre Adelice: 1, place de la Baleine.

Vieux Lyon

Para chegar até a Basílica Notre Dame de Fourvière, lá em cima da colina, basta pegar o funicular (bondinho) dentro do metrô Vieux Lyon (linha D) e em 2 minutos você sai em frente da Basílica. Ela foi construída em 1872. Dessa colina conseguimos ver a cidade do alto, ver os 2 rios cruzando a cidade… Lindo. Próximo dali (5 minutos a pé), chegamos às ruínas do grande teatro romano. Foi nessa colina que a cidade começou a ser construída.

Para os amantes do cinema temos o Institut Lumière, museu do cinema: lá se pode ver o galpão onde foi gravada a primeira cena do primeiro filme do mundo; há um cinema com clássicos, conferências e o Festival de cinema. O instituto fica na linha D do metrô, parada Monplaisir Lumière.

Institut Lumiere,

E o Parc de la tête d’or é uma área verde muito gostosa de visitar. Tem atividades infantis, um mini Zoo, jardim botânico, jardim das rosas, trenzinho e mini golf.

Outra atração pela cidade são os muros pintados: eles estão espalhados pelas ruas. Mas porque citá-los neste texto? Simples: Eles são tão detalhados, tão reais, que se passando despercebido achamos que é de verdade. O mais famoso é a La Fresque des Lyonnais, onde há pinturas de várias pessoas famosas nascidas em Lyon.

Le fresque des lyonnais

Bom pessoal, espero que tenham gostado do passeio.

Um beijo, um queijo – morbier por favor – e um vinho Côtes du Rhône, claro!

Related posts

Como fazer empréstimos na França

Marcella Delfraro

O Natal no norte da França

Regiane Legras

O verão na Grécia além de Míkonos

Marina Lemgruber

16 comentários

Jaqueline Julho 3, 2015 at 2:05 pm

Adorei Jessica!
Lyon cidade linda, cheia de historia e arquitetura.
Beijos
.

Resposta
Jéssica Julho 5, 2015 at 12:45 pm

Obrigada Jaqueline, Lyon é realmente encantadora, vale a pena visitar. =)
Grande abraço

Resposta
Juraci Pike Julho 3, 2015 at 4:10 pm

Eu tb adorei seu texto Jessica. Um verdadeiro tour por Lyon. Vou compartilhar com a minha nora que frequentemente expressa vontade de conhecer a Franca. Eu acho que alem de um passeio rapidinho p/ Paris, pelo seu relato e pelo pouco que visitei quando la estive, mais vale a pena visitor Lyon. Obrigada!

Resposta
Jéssica Julho 5, 2015 at 12:46 pm

Obrigada Juraci, compartilhe com ela sim e aproveitem pra próxima visita na frança passarem por aqui. Ficarei honrada.
Abraços

Resposta
Lo Julho 4, 2015 at 6:22 pm

Wow, que aula de historia ! Numa proxima oportunidade vou prai correndo !

Resposta
Jéssica Julho 5, 2015 at 12:48 pm

hahaha, ta vendo Lo? Aprendi direitinho ne não? Deixa nossa princesinha pegar uma tamanho que aguardo vcs aqui com ctz! já tem 2 anos desde nosso encontro lá na fronteira, tempo!! beijos nessa familia linda

Resposta
Thays Julho 7, 2015 at 3:53 pm

Oii Jéssica tudo bom ? 🙂 muito bom o seu texto e estou cada dia mais encantada com a França *-* , tenho familia aí e atualmente moro em Dublin (intercambio) .. Vi que você chegou aí como au pair , e estou muuuito interessada em tentar ir como au pair também! Foi muito complicado? Você foi por agencia ? Teve que comprovar renda ? Desculpa tanta pergunta, é que to lotada de dúvidas e não consigo achar muitas respostas online 🙁
Agradeço desde de já a você , beeijo , e continue aproveitando tudo o que tem direito ^.^

Resposta
Jéssica Julho 8, 2015 at 8:20 pm

Oi Thays, tudo bem e vc? Obrigada pelo comentário. Eu adoraria conhecer Dublin, espero que em breve!!
Sobre au pair França não é complicado não, só é trabalhoso… vim sem agência pois não é obrigatório aqui e não precisa comprovar renda não. Meu blog pessoal contando um pouco sobre a saga au pair antes de embarcar é http://www.brasileiranafranca.fr (ja ja colocam aqui no meu perfil) e o instagram com fotos do meu dia a dia é http://www.instagram.com/jeh_rm em breve farei 2 posts aqui no BPM sobre o processo au pair, fique de olho! grande beijo

Resposta
Thays Julho 10, 2015 at 10:19 pm

Muito obrigada pela resposta flor! Venha para Dublin você vai amar! <3 vou olhar tudinho agora , muito obrigada , beeijo :*

Resposta
Jéssica Julho 12, 2015 at 7:27 am

de nada! Qualquer dúvida vai perguntando por lá ou por aqui. =)

Resposta
Thays Julho 15, 2015 at 11:51 pm

não consigo entrar no seu site 🙁 dá fora do ar ! 🙁

psicrodrigo Julho 7, 2015 at 11:50 pm

Oi minha linda adorei muito o que vc escreveu . Estamos orgulhosos de ter vc como nossa filha . Que Deus coloque muita luz no teu caminho,te protegendo e te abençoando ….te amamos muito bjs Soely/ Jose

Resposta
Jéssica Julho 8, 2015 at 8:22 pm

Mamis, Papis e Rodi, saudades de vcs!!! Semana que vem to chegando pra comer coxinha e pedir lanche do Saldanha. Amo vcs!

Resposta
psicrodrigo Julho 12, 2015 at 2:44 pm

Estamos esperando bj.

Resposta
Beatriz Morgado Julho 9, 2015 at 6:04 am

Jé, amei saber mais um pouquinho de Lyon pelas suas palavras e fotos!
Sei que ainda to te devendo uma visita (e um post card), mas qualquer dia apareço aí e você me leva pra passear. AMEI o muro pintado, parece muito de verdade!!!
Aproveite muito tudo aí!
Beijo!

Resposta
Jéssica Julho 9, 2015 at 4:39 pm

Bia!!!! Ta vendo? Tem que vir! Vem sozinha se Thominhas não quiser… e oh, esses dias mesmo Nico falou que queria voltar em Londres quem sabe no verão do próximo ano (se não for longe pra vcs a gente podia se ver tb ne?!).
Esse postcard ta encantado! um dia ele sai, tenho fé hahaha
bjs

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação