BrasileirasPeloMundo.com
Estações do Ano pelo Mundo Ilha de Man

Do inverno à primavera na Ilha de Man

Do inverno à primavera na Ilha de Man.

A chegada do inverno não costuma ser tão esperada. No final do outono o clima já começa a mudar. À medida que a estação avança, os dias diminuem aos poucos a duração e, consequentemente as noites tornam-se mais longas. Aumenta a incidência de ventos, a temperatura vai caindo gradativamente, aumenta a ocorrência de neblina e também a umidade do ar. O final do outono é uma previa do que esperar do inverno, a época mais sombria do ano.

O início do inverno é uma mistura de encanto e melancolia, preparamos para o momento frio do ano. É nessa época que retiramos do fundo do armário os casacos mais quentes, as luvas e o cachecol para novamente voltar a usá-los. Um ciclo recomeça.

Em virtude das baixas temperaturas e reclusão que essa época proporciona, passamos a pensar mais no Brasil e no calor do verão. Nessa época também é muito comum casos de depressão e o homesick pode aparecer. O homesick é a saudade forte de casa acompanhada de desânimo, tristeza, ansiedade, adoecimento físico, a pessoa pode ficar realmente deprimida.

A rotina definitivamente muda, os maravilhosos passeios de bicicleta já não acontecem por conta da chuva e do frio, a saidinhas para jantar fora tornam-se menos frequentes, a ida ao trabalho passa a ser muito importante, pois nos tira de casa e nos faz esquecer o inverno pelo menos por uma boa parte do dia.

Leia também: Governo, idioma e moeda na Ilha de Man

O dia a dia do país também altera consideravelmente na estação fria. Muitos pontos turísticos, como os castelos, ficam fechados de novembro a maio. Outros lugares de visitação também não funcionam nessa época, como o Cregneash e o Home of Rest for Old Horses. Os trens à vapor, elétrico e a cavalo, param completamente nessa época.

Até os locais que estão abertos o ano todo, podem ficar inviáveis para visitação, como por exemplos os glens, por causa da chuva é possível que haja lama nas trilhas. No inverno, além do que todo ano é esperado, costumam também passar fortes tempestades e furacões nos países vizinhos que afetam indiretamente a ilha. Então, além do frio que espanta, o inverno não é uma boa época para turistar pela Ilha de Man. Por conta disso, é realmente um momento bem parado e sossegado no qual as pessoas costumam estar realmente mais recolhidas.

Um outro agravante do inverno aqui é o vento. Muitas vezes ao olhar a temperatura vemos que não está tão frio, mas o vento forte muda tudo, é bem desconfortável. Estamos falando de uma ilha que tem apenas uma pequena montanha, dessa forma, não há nada que impeça o vento de atravessar a ilha com todo o seu potencial.

Entretanto, apesar de parecer, o inverno não dura para sempre. Esse ano, tivemos na ilha, assim como em vários países europeus, uma onda de frio que baixou as temperaturas de uma tal forma nunca vista antes por mim. Foram dias gelados, com neve, chuva e vento. Enfim, apesar de tudo, o inverno um dia termina e chega a maravilhosa primavera.

Primavera na Ilha de Man – fonte: arquivo pessoal

A estação das flores é realmente um encanto, como é prazeroso sentir as temperaturas aumentando, as flores e folhas surgindo aos poucos. As roupas usadas passam a ser mais coloridas, as expressões facial e corporal das pessoas também se tornam mais alegres. As camadas de roupas vão diminuindo, os casacos são trocados por outros mais leves e, por isso, até nossos movimentos tornam-se mais livres.

As lojas também se adaptam à nova estação, elas reabrem as sessões de artigos para jardinagem e as variedades de flores a venda aumenta nos supermercados.

Por aqui os jardins começam a ser preparados no final de fevereiro. Adubam, afofam a terra à espera das novas mudas. Pelas ruas observamos os moradores também voltando a cuidar dos seus próprios jardins esperando que em breve tudo volte a florir.

É nessa época que avistamos nas beiras das estradas os narcisos-amarelos (daffodil). São as primeiras flores que aparecem e só duram 20 dias, elas enfeitam não só a beiras de estradas, mas também bares e restaurantes, mas no auge da primavera essas flores não são mais vistas, elas são únicas e não querem concorrência.

A chegada da primavera é como se acordássemos de uma temporada de hibernação. Algumas árvores florescem antes mesmo das folhas aparecerem, assim fazem a cerejeiras, algumas outras arvores repõem suas folhas que se apresentam com um verde bonito e brilhante, é um tempo de renovação.

Na Ilha de Man as temperaturas da primavera são iguais ou até mais quentes que o próprio verão, então assim que o frio vai embora não podemos esperar pelo verão para aproveitar os dias de sol, se não o calor vai embora sem ser devidamente aproveitado.

Assim é a primavera manx, linda, colorida, menos fria que o inverno, as temperaturas não são tão altas, mas sem dúvida muito mais agradáveis que na estação anterior.

Related posts

Como se vestir no frio canadense?

Renata Melo

A corrida da morte na Ilha de Man

Priscila Valverde

Os espaços públicos na vida da capital argentina

Patricia Souza

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação