BrasileirasPeloMundo.com
Dubai Transporte de animais pelo mundo

Dubai – Trazendo um gato catari para Dubai

Meu primeiro ano de expatriada foi muito solitário. Passava a maior parte do dia sozinha, não falava inglês e nem conhecia muitas pessoas. Estava carente de atenção, precisava trocar afeto, não me julguem mal mas acabei me apaixonando por um catari.

Foi amor a primeira vista, ele com aqueles olhos verdes, piscou pra mim e me derreti inteira. Conversando com meu marido ele entendeu as minhas necessidades e deixou que eu o levasse para nossa casa. Com o tempo Thiago também se apaixonou por ele e a nossa cama agora era ocupada por nós três.

Ele conquista qualquer um com o seu charme, afinal ele é um GATO! O meu gato, no sentido literal da palavra mesmo. Achou que ia ler um conto erótico? Tenho até alguns, mas deixa pra uma outra oportunidade. Quero falar do amor da minha vida:@anguselgato.

O que mais me preocupou em todo processo de mudança nunca foi os bens materiais que eu teria que vender ou trazer, ou se eu ia me adaptar ou não. A minha maior preocupação era com Angus, se ele ia ficar bem com a mudança, se ia ficar com medo do avião, se a viagem seria tranquila, se ele ia conseguir entrar no país sem nenhum problema. Eu tive vários pesadelos de que eu o perdia no aeroporto, graças a Deus nenhum se concretizou. Ainda bem!

Trazer um animal de estimação para os Emirados Árabes não é tarefa fácil, isso porque os bichinhos não podem chegar pelo mesmo aeroporto que as pessoas chegam e não podem trafegar em voos comerciais, eles têm que ser despachados em aviões de carga, ou seja, o processo que poderia ser bem simples  – entregar a gaiolinha no setor de embarque – acaba se complicando.

Disse que o processo é complicado, mas não impossível! Eu decidi fazer tudo sozinha, desde a preparação da gaiola, os documentos, até receber ele na parte de carga do aeroporto daqui. Por uma empresa, custaria algo entre R$ 9.000,00 e R$ 12.000,00 reais, sozinha e quebrando muito a cabeça gastei menos de R$ 3.000,00.

Meu maior estresse foi com a falta de informações claras por parte das empresas aéreas e do governo também. Informações desconexas… bem vindos ao mundo árabe, lugar onde as pessoas se recusam a dizer que não sabem.

Bom, as únicas empresas que faziam o trecho Doha – Dubai  para animais era a Qatar Airways e a Emirates, sendo que a segunda só fazia se o processo fosse por agentes. Sobrou-me a Qatar Airways então. Depois de ir ao setor do Cargo de lá, debaixo de um toró, com o gato miando enlouquecido dentro da gaiola, eu entendi o motivo da Emirates não aceitar pessoas sem agentes. O setor não está preparado para os clientes inexperientes. É longe, o acesso não é claro, ninguém te explica muita coisa.

O primeiro passo para viajar com seu pet é o animal ter microchip de acordo com ISO 11784/11785 e estar com as vacinas em dia. Com isso em mãos você pode ir a qualquer clínica veterinária – eles vão te cobrar entre QR150,00 e QR200,00 – ou ao veterinário do governo – é de graça – para fazer um certificado de saúde. Esse certificado só dura 15 dias, então não adianta fazer muito tempo antes. O bichinho também deve tomar um vermífugo interno e externo, com comprovação na carteirinha, dentro desse prazo.

Com a carteirinha de vacinação mais o certificado é só ir ao Ministry of Municipality and Environment (Ministério da Cidade e Meio Ambiente) e pedir uma permissão de exportação que custa QR10,00. Para vir para os Emirados Árabes também é preciso que o governo emita um documento chamado Anexo 3, eles fazem de graça.

A parte do Qatar foi mamão com açúcar. Partimos para a parte dos EAU. O processo de importação é feito todo pela internet, inclusive o pagamento. Porém se você preencher algo errado, será por sua conta e risco a deportação do seu bichinho, medo.

Para importar um animal você precisa ou ser residente ou fazer por uma empresa – isso eu só descobri no final do processo do site. Recorri, então, a amigos queridos que fizeram o pedido de importação do Angus sob o visto de residência deles.

Caso você não conheça ninguém, a melhor maneira é esperar para que seu visto de residente saia antes de trazer seu pet.

O site do governo é auto explicativo, se você fala inglês, e o pedido de importação custa AED 500,00. Se não fala, segue esses passos aqui: Our services > services for individuals > pets package > import permit for pets > start the service. Antes de começar isso, você tem que se registrar. O registro está no topo da página do site, ao lado da escolha de linguagem.

Chegou a hora de preparar o transporte do seu bichinho. Quando comprar a gaiola verifique se ela tem o símbolo e se obedece as especificações da IATA. Ela deve ser grande o suficiente para o animal ficar de pé e mudar de posição. Deve ser forrada com algo absorvente – eu usei aquelas fraldas de colocar no chão de cachorro, pode usar toalha – e ter um meio do animal receber água por fora da gaiola. Eu usei um funil e um pote, prendi com aqueles lacres que se usa para organizar fio. Usei o lacre também para assegurar que a gaiola não abriria ao meio e também na portinha para ficar mais seguro.

Cole em cima da gaiola uma foto do seu pet e um papel com todos os dados que você julgue necessário. Nome dele, número do microchip, nome e telefone de quem o está enviando e de quem vai receber, endereço para onde ele está indo.

Até agora já temos meio caminho andado. Microchip, documento de vacinação e vermifugação, certificado de saúde, permissão de exportação, anexo 3, permissão de importação e gaiola. Falta comprar a passagem. A cargo da Qatar Airways me cobrou QR 845,00, eu tive que levar o Angus na hora da compra para ele ser pesado e medido com a gaiola. No dia do embarque tive que deixa-lo na Cargo 6 horas antes do voo dele e pagar mais QR160,00 para um despachante do governo atestar que não era carga perigosa.

Os animais chegam em Dubai pela Dnata, uma das empresa que administra o aeroporto localizada na Free Zone.

Lá paguei AED 502,00 de taxas de aeroporto para a Dnata ( que só descobri que tinha que pagar isso quando me cobraram, ninguém me avisou antes), e mais AED 500,00 para o veterinário do governo daqui verificar toda a documentação dele e liberar a entrada do bichinho no país que deve ser paga obrigatoriamente com cartão.

Passar por isso com uma empresa contratada é muito mais fácil. Eles pegam o animal num país e te devolvem no outro, sem dor de cabeça. Só que uma vida de facilidades tem um preço, e ele é salgado. Eu me garanti, fiz o processo por conta própria e economizei uns trocados que comprei tudo em atum pro meu bebê (brincadeira!).

Minha dica é: não se assuste com os lugares que você vai, principalmente os terminais de carga, é estranho mesmo, parece filme de terror ou repartição pública velha, mas é só impressão. Todo mundo tá de boa trabalhando. Parece que vai dar errado, mas se você fez tudo direitinho as chances de dar certo são de 99%, para aquele 1% deixa uma pessoa de sobreaviso para receber seu animal deportado (risos).

Esse site aqui, Pequenos Monstros, explica a parte do processo se você está saindo com o seu bichinho do Brasil.

Ter um animal de estimação é ter um amigo pra sempre, eu não poderia começar a minha vida nova sem ele aqui comigo para me fazer companhia. Muita gente abandona seus bichinhos por achar o processo de levá-los caro ou complicado demais. Não é. Só é preciso uma pitada de amor e um pouco de dedicação.

Related posts

Como levar animais de estimação para o Quênia

Daniela Milani

Quando ir a Dubai?

Juliana Perim

Como levar pets para a China

Héllen Moreira

3 comentários

Andrea Junho 1, 2017 at 12:09 pm

Linda história! Lindo conselho para as pessoas que abandonam seus animais sem metade deste trabalho que vc teve. Eu tb mudei com o meu cãozinho e agora tenho uma gata e onde eu for eles irão! Férias, pago um amigo para cuidar da minha gata em casa e quero receber fotos e vídeos diários kkkkk. Toda mãe de gato é louca né ❤️❤️???

Resposta
Thais Cunha Junho 5, 2017 at 11:12 pm

Simmm! Gosto mais do meu Gato do que de muita gente! Não tem carinho melhor no mundo do que o de gratidão pelo amor recebido. Num largo Anguitos por nada!

Resposta
Katia Adamczewska de Viveiros Julho 23, 2018 at 2:52 pm

Linda história!! Estou me preparando para passar por isso! Vou levar minhas duas filhas gatas…para AbuDabi… Deus me ajude com tudo isso!! Katia

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação