BrasileirasPeloMundo.com
Escócia Turismo Pelo Mundo

Escócia – Visitando o país

Uma das perguntas que mais escuto quando falo que moro na Escócia é: “Quero muito ir, me passa dicas de viagem?” Claro! Inclua a Escócia nos seus planos de viagem e não se arrependerá. Como tem muita coisa pra falar sobre o país, vou dividir o tema em algumas postagens. Este tem algumas dicas para se preparar e o que fazer quando chegar.

Como chegar e se locomover pelo país

Se você vem do Brasil para o Reino Unido o único destino com voos diretos é o aeroporto de Heathrow, em Londres, na Inglaterra. Da cidade, dependendo do aeroporto (Londres tem 5 – se contar o de Southend são 6), há voos para os aeroportos de Glasgow, Edinburgh, Aberdeen, Dundee e Inverness, todos com duração entre 1h e 1h30.

Outra opção é voar para outros países europeus e, em seguida, embarcar para terras escocesas. Os aeroportos da Escócia têm muitas conexões com o continente europeu, sendo bem fácil se deslocar por aí.

Uma vez no Reino Unido também é possível aproveitar a extensa malha ferroviária e pegar um trem. Há várias rotas que ligam a Escócia com diversas cidades da Inglaterra. Pra quem viaja de Londres há um trem noturno, o Caledonian Sleeper, que sai da estação Euston tarde da noite e tem paradas espalhadas pela Escócia, chegando pela manhã.

Outra opção mais barata é viajar de ônibus. A National Express e a Megabus tem rotas ligando cidades escocesas e também o país com o restante do Reino Unido. Dependendo da antecedência dá pra achar passagens por £1!

Para os que possuem carteira de habilitação internacional (se for brasileira deve ser acompanhada de tradução juramentada), é possível alugar um carro. Ele é uma boa alternativa também para quem quer explorar lugares mais isolados da Escócia, ou não quer depender de horários de trem e ônibus pra programar a viagem. As rodovias são bem sinalizadas, facilitando a viagem. Só não se esqueça que a direção aqui é do outro lado!

Paisagem da rota Edinburgh-Inverness
Paisagem da rota Edinburgh-Inverness

Pra quem pensa em desbravar o país pedalando, a Escócia tem muitas rotas (lindíssimas), algumas sendo parte da National Cycle Network. Só fique atenta à previsão do tempo, não só temperatura e precipitação, mas também à velocidade do vento, que em alguns lugares e dependendo da estação pode chegar a 50 km/h.

Uma pausa na pedalada pelo Hazlehead Park, Aberdeen
Uma pausa na pedalada pelo Hazlehead Park, Aberdeen

Como a Escócia tem muitas ilhas, a balsa é outro meio de transporte comum por aqui, operando serviços diurnos e também durante a noite para lugares mais afastados.

Chegando

A Escócia faz parte do Reino Unido, portanto as regras de entrada no país são as mesmas da Inglaterra. Quem tem passaporte brasileiro não precisa de visto para turismo, basta apresentar o passaporte e documentação na imigração no aeroporto. O período máximo de permanência é de 6 meses. Mais informações no site do Itamaraty.

Quando vir

Se você quer aproveitar os parques e as paisagens naturais, o ideal é vir entre abril e setembro, quando a Escócia está no período de primavera e verão. Os dias são mais longos (aqui pro norte escurece às 22h no pico do verão), o clima está agradável e todos os serviços estão em pleno funcionamento.

Se você planeja vir fora dessa época, seja porque gosta do frio mesmo, ou quer festejar o famoso ano novo escocês, ou porque simplesmente tem vontade, só fique atento ao acesso a alguns lugares, que pode ficar restrito por conta das condições climáticas e os dias mais curtos.

Onde se hospedar

Além de hotéis é muito fácil encontrar Bed and Breakfasts (B&Bs) por aqui. Eu acho uma excelente opção pra quem está procurando um lugar bacana e confortável, com um jeito mais “família” e normalmente mais em conta que muitos hotéis.

Quem quer viajar em um esquema mais econômico pode procurar albergues (hostels) ou apartamentos e casas em sites de aluguel de temporada. No último caso, fica sempre a dica de usar um site confiável e procurar de preferência por propriedades com boas recomendações de outros usuários.

Dinheiro

A moeda oficial do país é a libra esterlina (£), também a mesma da Inglaterra. Na Escócia cada banco imprime as notas com ilustrações diferentes, o que costuma confundir visitantes. As notas de libra esterlina produzidas na Inglaterra valem normalmente aqui e vice-versa. E não despreze as moedinhas! Elas podem valer muito, principalmente considerando o câmbio atual em relação ao real.

Notas escocesas
Cada banco na Escócia imprime as notas de um jeito diferente

O que trazer

Boas roupas para frio – principalmente um casaco impermeável e corta-vento. Isso vale mesmo para o verão, às vezes o tempo escocês pega a gente de surpresa. Se você não tiver roupas deste tipo, pode comprar aqui quando chegar. Mesmo com a cotação alta, você consegue achar boas ofertas.

Faça um seguro viagem; é sempre importante, especialmente se você pensa em praticar esportes radicais por aqui, como esportes de neve e mountain bike, bem populares por esta parte do mundo.

E traga bom humor e mente aberta. Isso vale para qualquer viagem, para qualquer parte do mundo!

Related posts

10 características do Japão que impressionam os turistas

Mitiko Ando

Dicas de turismo na Bulgária

Aimée Bardella Aihst

Vistos para morar na Escócia

Narister Oliveira

26 comentários

Bárbara Hernandes Janeiro 27, 2015 at 1:00 pm

A Escócia é maravilhosa! Quero muito poder voltar!

Resposta
Daniela Madureira Janeiro 27, 2015 at 6:20 pm

Concordo Bárbara! Há tanto para conhecer aqui, muitos lugares lindíssimos!
Obrigada pela leitura.

Resposta
patricia azevedo Janeiro 27, 2015 at 3:51 pm

Gostei da informacao

Resposta
Daniela Madureira Janeiro 27, 2015 at 6:20 pm

Obrigada Patricia! 🙂

Resposta
Nayla Duarte Janeiro 27, 2015 at 11:07 pm

Amei as dicas! Com certeza minha próxima viagem será com parada em Aberdeen!!

Resposta
Daniela Madureira Janeiro 27, 2015 at 11:45 pm

Vem Nayla! Te levo pra darmos uma voltinha por esse país lindo! Beijo!

Resposta
Fran Junior Fevereiro 4, 2015 at 3:01 am

Estive uma vez na Escócia. Gostei tanto que devo retornar com minha mulher e filho no final de abril. Vou, se me permite, usar seu Blog para orientações e dicas com a idéia de visitar novos lugares.

Resposta
Daniela Madureira Fevereiro 4, 2015 at 9:25 pm

Olá Fran, que bom saber que meus textos estão ajudando na sua programação de viagem, fico super feliz de ler isso! Os textos estão aí para isso mesmo, mostrar mais sobre o país e a vida aqui. Se tiver alguma dúvida, fique à vontade para perguntar. Abraço.

Resposta
Katrin Maio 7, 2015 at 4:19 pm

Ola Daniela!

Estou me mudando para Escocia em julho com meu marido. Voce sabe se para dirigir preciso da carteira internacional PID?
Meu marido disse que por 12 meses eu poderia usar minha propria carteira aqui do Brasil.

Beijos!

Obrigada

Resposta
Daniela Madureira Maio 7, 2015 at 4:54 pm

Oi Katrin, seu marido está certo. Se você vem para residir no país, pode usar sua carteira do Brasil nos primeiros 12 meses. Depois tem que tirar a daqui do UK. Aqui tem até uma ferramenta online pra te dar mais informações – https://www.gov.uk/driving-nongb-licence.

Obrigada pela leitura e boa sorte com a mudança para a Escócia!

Resposta
Katrin Maio 7, 2015 at 8:09 pm

Ah que bom Daniela, ja ia pagar mais um DUDA para emitir a PID, obrigada você pelos textos! Apesar de ja conhecer bem a Escócia, adoro ler mais sobre o olhar de uma brasileira morando ai e os outros textos das meninas tb são demais!

PS, também sou vegetariana, vamos ver se marcamos um almocinho quando eu estiver por Aberdeen!

Beijos!!

Resposta
Daniela Madureira Maio 7, 2015 at 9:14 pm

Só te aconselho a trazer uma tradução juramentada da carteira.
E obrigada pelo carinho!
Oba, mais uma vegetariana! 🙂
Mantenha contato.

Resposta
Carolina Junho 1, 2015 at 2:46 am

Oi Daniela, tudo bem?
Vou passar uma semana em Aberdeen e estou planejando alugar um carro para ir até o lago Ness. Será que é preciso fazer uma PID ou só minha carteira daqui é válida?

Resposta
Daniela Madureira Junho 1, 2015 at 7:29 am

Oi Carolina, tudo bem e com você? Somente a sua brasileira vale, mas precisa ser acompanhada de uma tradução juramentada.
O cenário deste trajeto é lindo, boa viagem!
Obrigada pela leitura, Daniela

Resposta
Andresa Agosto 20, 2015 at 1:48 pm

Adorei as dicas. Conhecer a Escócia esta dentro do meu pacote de sonhos. Em especial Inverness. Espero um dia poder conhecer este lugar magnifico.

Resposta
Daniela Madureira Agosto 20, 2015 at 8:06 pm

Inverness é linda mesmo, Andresa, vale a visita!
Obrigada pela leitura!

Resposta
Elton Março 11, 2016 at 5:37 pm

Oi .queria saber oque e preciso pra nao ser deportado na imigracao? Mesmo indo como turista ja ouvi falar de gente que voltou

So a passagem de volta he o suficiente?

Resposta
Daniela Madureira Março 12, 2016 at 1:44 am

Oi Elton, não há uma fórmula, cada agente pode te perguntar e pedir coisas diferentes. Em comum: eles procuram a sua sinceridade. Se você vem de boa-fé e está sendo honesto sobre suas intenções no país (e pode provar isso), geralmente não há problemas. Eu falo para meus amigos trazerem a passagem de volta, comprovante de hospedagem, seguro saúde e mostrar que tem dinheiro pra bancar a estadia (cartão internacional por exemplo). Nenhum deles teve problemas.
Obrigada por acompanhar o blog!

Resposta
Luciene Setembro 18, 2016 at 2:01 pm

Oi Daniela! Eu pretendo ir para Edimburgo em Março 17 , ficar 5 dias lá. Gostaria de saber se realmente preciso levar cartão de crédito ou se posso apenas levar dinheiro em espécie (minha preferência)? Na imigração de lá, eles nos perguntam em inglês , e como as pessoas que não falam inglês fazem nessa situação? Apenas ‘jogam’ no balcão todos os documentos antes de qualquer pergunta em inglês? rs

Resposta
André Koester Dezembro 30, 2016 at 9:37 pm

Acabei de mandar minha filha para Aberdeen, para ela trabalhar ai por 1 ano no Camphill. Suas dicas foram muito valiosas. Obrigado.

Resposta
Luiz Faria Junho 28, 2019 at 1:59 pm

Bom dia André,
Minha filha também está indo para o Camphill de Aberdeen. Ela já foi aprovada na entrevista, você teria alguma dica para obtenção do visto?
Att.
Luiz

Resposta
Luciana Ramos Novembro 11, 2017 at 11:23 am

Olá Daniela ? tudo bem? Sou nova por aqui e te encontrei pelo São Google rsrs.
Bem tenho uma dúvida e ficarei grata se puder me ajudar. Estarei em Portugal de 22/11 a 06/12, onde ficarei hospedada na casa de uma amiga, onde já tenho em mãos a carta convite. Dentro deste período, eu pensei em esticar uns 2 dias na Escócia em Aberdeen, onde também tenho amigos e lugar para ficar caso eu realmente vá. As minhas dúvidas são: para eu ir de Portugal a Escócia, eu tenho que ter algum visto? Tenho de ter carta convite também para comprovar que fico apenas dois dias, mesmo comprovando que estou hospedada em Portugal? Para dois dias, quanto acha que tenho de levar em dinheiro, considerando que não vou ter de gastar com hospedagem? Preciso de vacinas, já que para Portugal não preciso comprovar? Para a imigração si, tenho meus documentos, passaporte válido até 2019, seguro viagem e comprovante de que estou em PT. Acha que é suficiente,? E por último, sou vegetariana e já estou preocupada em passar fome aí rsrs. Tem opções em Aberdeen? Muito obrigada desde já. Fico no aguardo de uma luz … Bjos ?

Resposta
Liliane Oliveira Novembro 11, 2017 at 4:19 pm

Olá Luciana,
A Daniela Madureira parou de colaborar conosco, mas temos outras colunistas na Escócia.
Você pode entrar em contato com elas deixando um comentário em um dos textos publicados mais recentemente no site.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta
Creuza Paiva Fevereiro 16, 2018 at 12:39 am

Gostei muito das informações. Pretendo ir à Escócia em setembro próximo e quero ir por pirtugal. Minha preocupação é que não falo inglês.

Resposta
Isabela Maio 27, 2019 at 10:08 pm

Eu vou viajar pela primeira vez para fora do país! E vou para Glasgow com conexão em Zurique e Frankfurt eu vou passar quantas vezes pela imigração?

Resposta
Liliane Oliveira Maio 28, 2019 at 2:16 pm

Olá Isabela,
A Daniela Madureira parou de colaborar conosco.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação