Estilo barcelonês de morar (Parte 1)

0
276
Estilo barcelonês de morar
Fonte: Pixabay.com
Advertisement

Estilo barcelonês de morar (Parte1).

Quem já veio passear nesta linda cidade, pode ter alguma breve ideia de como é morar em Barcelona. Mas para saber de verdade o que se enfrenta ao morar, só mesmo quando vem viver definitivamente por aqui. Muita gente já me perguntou: mas afinal, qual é o estilo barcelonês de morar? Sobre isso escrevo a seguir.

A cidade é tão bonita e agradável que tem uma aparência de “casa da gente”. É daqueles lugares de onde não queremos mais sair. Porém, existem sempre aqueles entraves, que claro, não devem ser impedimento para planejar um futuro bonito por aqui.

Uma das coisas que mais estranhei no início foi a escassez de casas. Aqui, a maioria absoluta de moradias é composta por apartamentos. E geralmente são pequenos, antigos, e pouco cômodos de maneira geral. Claro que se pode encontrar apartamentos modernos, equipados e com ótimo espaço para tudo. No entanto, se paga bastante por isso. Aqui esta  explicado o custo de morar em Barcelona.

Estilo barcelonês de morar: dificuldades iniciais

E algo que me deixou perplexa antes de vir definitivamente para esta cidade, foi a enorme dificuldade de encontrar um apartamento para morar. Na época, estávamos no auge da bolha imobiliária de Barcelona, preços inflados desmedidamente pelos valores dos aluguéis turísticos. Portanto, a disputa por alugar um apartamento, qualquer que fosse, era enorme, sempre haviam duas ou três pessoas antes na fila. No link a seguir explico com pormenores os motivos das dificuldades e o panorama atual da busca por moradia.

Leia também: O desafio de encontrar moradia em Barcelona

Entretanto, passado o susto inicial, e vencida a primeira batalha em prol do lar doce lar, vieram as necessidades seguintes: mobiliá-lo, decorá-lo e torná-lo funcional. E confesso que estas tarefas duram até o momento, não porque foram tão complicadas de cumprir, mas porque é delicioso fazê-las e refazê-las.

Nesse sentido, isso de querer sempre um canto bonito e funcional é algo brasileiro, porque aqui nao ligam tanto para isso. Por isso mesmo, se torna um tema que temos que ir com cuidado para fazer bem sem gastar horrores.

Como era de se esperar, não conhecia muitas lojas e costumes das pessoas da cidade, o que me confundia sobre o estilo barcelonês de morar.

Assim que, chegou o dia de conhecer a Ikea pessoalmente. E embora já a conhecesse por sua fama mundial, foi surpreendente!  Tem móveis, objetos de decoração e organização para toda a casa. Assim como possui linhas de móveis e decoraçoes para todos os bolsos.

Ikea, a favorita

As lojas Ikea nao possuem muitas filiais, porém todas elas são enormes. Em geral, são maiores que um shopping center padrão. E, geralmente têm dois ou três andares: um andar todo decorado, como se fossem casas já prontas para viver, outros com todos objetos e acessórios que estão a venda, e um terceiro espaço que é o gigantesco armazém.

Dessa forma, você mesmo pode ir ao armazém buscar os móveis que quer levar a casa. Mas a possibilidade de pagar a Ikea para que faça isso no seu lugar. Neste link há alguns exemplos de produtos interessantes ofertados por lá: Ikea

Certamente, o que faz com que Ikea tenha um preço muito camarada é esse, ser totalmente self service: você anota o código do produto desejado e a localização e é só ir buscá-lo, passá-lo pelo caixa e levá-lo a casa. É demasiado pesado ou grande para caber em um carro comum? Não tem problema! Ou seja, por taxas módicas que devem variar entre 20 e 40 euros, Ikea entrega em sua casa os produtos escolhidos por você.

Apesar de ser uma loja de móveis,  é  frequentada tanto durante a semana como no final de semana por pessoas que buscam apenas… comer. Afinal, em Ikea também há lojinha de conveniência, onde vendem petiscos, alimentos frescos e semi-preparados de tradição sueca.

Leia também: Tudo que você precisa saber para morar na Espanha

O restaurante de Ikea

Há ainda uma lanchonete com bom espaço para quem quer fazer um lanche rápido, e um mega restaurante, que serve do café da manha ao jantar. Já comi ali inúmeras vezes e saí cada uma delas bastante satisfeita. Os preços dos alimentos são modestos pela qualidade que possuem, da uma olhada neste link: Restaurante Ikea

Por consequência, comer um prato enorme de salmão com legumes ou um sofisticado cordeiro por menos de 10 euros é possível. Resumindo: Ikea é para mim uma das invenções do século, e sua fama é mais que justa.

Há ainda outras lojas de móveis e decoração que valem a pena visitar, sobretudo quando é época de promoção de temporada: Maisons du monde, Zara Home, e lojas de bairro.

Para detalhes interessantes para a casa tem a barateira Primark, a rede Natura e a dinamarquesa e caprichada Flying Tiger, que vende objetos pessoais e para a casa com design dinamarquês e baixo custo.

O estilo barcelonês de morar através das estações

Como as estações do ano são muito mais marcadas por aqui, os hábitos mudam de primavera-verão para outono-inverno. Geralmente no verão, as pessoas querem sair nas sacadas de seus apês, com sua bebidinha gelada em um clima descontraído. Contando com muitas flores e plantas, luzinhas coloridas, velas de todos os tipos e decoração primaveril.  Por serem pessoas que no geral dão menos importância à decoração, esta característica me trouxe surpresa. A foto a seguir mostra um exemplo de fachada primaveril, muito comum em Barcelona.

Fachada de apartamento em Barcelona
Fonte: Acervo Pessoal

Isto é, tudo o que se refere aos meses de sol e calor tem uma importância maior em Barcelona, talvez porque o período de férias também é bem mais delineado que no Brasil. E ocorre entre julho e agosto, sendo a maioria em agosto. Chegada esta época, os comércios pequenos fecham, e tiram suas merecidas férias, por um mês ou quase.

Outro ponto de que surpreendeu bastante no inicio, além das pausas obrigatórias no domingo, quando nada está aberto, foram os horários pouco convencionais que obedecem ao período de “siesta”, ou seja, o sagrado cochilinho da tarde.

Já no período outono-inverno, o tempo de abertura dos comércios diminui. Assim como nas empresas convencionais, onde a jornada de trabalho é a tradicional, durante o verão há algumas vezes a jornada reduzida, para que as pessoas possam aproveitar o bom tempo.

No próximo texto, teremos a continuação do estilo barcelonês de morar, parte 2. Contando mais detalhes sobre a casa, e praticidade com que os barceloneses tomam a vida. Até lá!

Gostou do texto? Conte-nos um pouquinho mais, deixe sua opinião, nós adoramos saber.

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.