BrasileirasPeloMundo.com
Holanda

Exames de Idioma na Holanda

No próximo mês fará um ano e três meses que me mudei para a Holanda, um país belo ( principalmente na Primavera ), mas com um vento tão constante que muitas vezes acho que ele espera eu pegar a bicicleta para começar a soprar….sempre no sentido contrário é claro !!!…. Mas, brincadeiras á parte, mudar para outro país exige muita flexibilidade mental e perseverança. Flexibilidade para absorver as diferenças culturais /comportamentais e perseverança para recomeçar e para encarar todos os desafios com os quais ira se deparar.

Para quem vem residir legalmente na Holanda os desafios já começam no próprio país de origem. Pois caso, este não tenha acordos específicos com os Países Baixos, você deve passar por um exame, chamado Exame Básico de Integração Civil (nível A1) , que é realizado na Embaixada holandesa em seu país. O teste é realizado oralmente, via computador, em neerlandês ( idioma falado na Holanda). Nesse teste verifica-se o seu conhecimento básico da língua e da sociedade neerlandesa.

Em outras palavras, antes mesmo de pensar em arrumar as malas, sua paciência e  perserverança já começam a ser testadas . O neerlandês não é uma língua simples de se aprender e possuindo uma estrutura gramatical e pronúncia totalmente diferentes do português, torna as coisas um pouquinho mais complicadas para nós.

Bom, caso seja aprovado(a) nesse primeiro exame e preencher os outros requisitos exigidos pelo governo holandês, o candidato (a) pode finalmente arrumar as malas e comprar as passagens. Mas, nao pense que o maior desafio com relação ao idioma acabou, não, não, na verdade ele ainda nem começou.

Na época em que cheguei aqui, o primeiro passo era se dirigir ao Serviço de Imigração ( IND) com todos os documentos solicitados para o primeiro visto de residência temporária e o próprio IND se encarregava de enviar a documentação para a Prefeitura de sua região de residência. Esta por sua vez era encarregada de encaminhar o novo residente para um curso de idiomas, assim como arcar com os custos do mesmo ( atualmente a prefeitura não encaminha , nao cobre mais o custo do curso e nem dos exames).

Nesse ponto chega-se á segunda exigência do governo holandês com relaçao ao idioma: é obrigatório fazer um outro exame de neerlandês dentro de um prazo específico. A não realização do exame ou um número X de reprovações ( dentro do prazo solicitado) acarretam consequências legais ao imigrante tais como , a impossibilidade de se requerer o passaporte holandês.

No período em que dei entrada na documentação a lei dizia que eu tinha o prazo de até tres anos e meio para fazer o tal exame que poderia ser o de nível básico (A2 ) ou outros níveis acima ( NT2B1 e NT2B2) , dependendo do resultado obtido no teste de nível realizado pela escola.

O NT2 ( B1 e B2) exige do candidato um grau de conhecimento maior do idioma, já que possilita aos aprovados seguirem um curso de nível médio (MBO) ou nível superior (HBO / universidade), respectivamente .

Após o exame, a paciência dos candidatos, ainda continua a ser testada, pois tem –se que esperar até 5 semanas para se obter o resultado. Ser reprovado em até duas partes do exame, significa que voce pode refaze-las, mas ser reprovado em tres partes incide em fazer todas as partes novamente.

Em outras palavras, aqui na Holanda, além de todos os desafios diários que o imigrante encontra, como integração cultural, saudades da família e dos amigos, adaptação ao clima, etc ainda tem que lidar com a tensão do exame obrigatório, seja ele de qual nível for , ainda que este faça parte da inserção do novo residente na sociedade neerlandesa .

No meu caso, optei por passar o mais rápido possível por esse desafio, e durante todo o ano me dediquei ao estudo do idioma ( não só na escola, como também abolindo o inglês do cotidiano, fazendo aulas extras com voluntários no “buurt centrum” da cidade e trabalhando como voluntária numa organização voltada para pessoas com dificuldades de locomoção). Em dezembro ultimo fiz o exame para o NT2 B1 e consegui ser aprovada em todas as partes. A sensação de alívio foi até maior do que a de alegria. Foi como se tivessem tirado um peso das minhas costas.

Meu tributo para o governo holandês está pago. Agora um outro ano se inicia e outros desafios se apresentam. Como escreveu Martha Medeiros em um lindo texto:

“Viver é uma caminhada e tanto, não tem uma colher de chá de selecionar onde descer. É preciso passar por tudo: pelo desânimo, pela desesperança, pela sensação de fracasso e fraqueza, até que a gente consiga chegar a uma praça arborizada onde iniciam outras dezenas de ruas, outras tantas passagens, e a gente segue caminhando, segue caminhando. “.

  • Informações sobre a lei de imigraçao, acesse o site do IND.
  • Informações detalhadas sobre os exames a serem realizados aqui e aqui.

 

Related posts

As leis holandesas

Roberta Veronezi Figueiredo

Festivais de verão na Holanda

Roberta Veronezi Figueiredo

Cinco Curiosidades do período de Natal na Holanda

Cintia Beatrice

23 comentários

Denise Scótolo Fevereiro 7, 2014 at 3:49 pm

Parabéns pelo relato Cintia. Com certeza seu texto ajudará diversas pessoas interessadas em se estabelecer legalmente na Holanda. Por aqui, fico torcendo para que você tenha sucesso em todos os seus futuros desafios. 🙂

Resposta
Cintia Fevereiro 10, 2014 at 2:13 pm

Obrigada Denise,

Acho importante sim as pessoas saberem como se dá essa parte do processo. Fica mais fácil quando se tem informação , né.

Abs
Cintia

Resposta
Thera Sap Fevereiro 7, 2014 at 6:45 pm

Een deel van je betoog begrijp ik, maar wil je het voor mij vertalen?
Jij bent een fijne cursiste voor mij. Veel geluk in ons Nederland.

Resposta
Ana Cristina Kolb Fevereiro 7, 2014 at 10:19 pm

Bem vinda ao BPM Cintia, muito importante seu texto e informacaoes, pois emigrar é um processo e eu de certa forma, acho muito bom o governo holandês ter estes protocolos, parece duro, mas se alguém quer realmente emigrar, deve se preparar, e este processo acabam protegendo as pessoas e as preparando pra este processo de emigração que realmente demanda muita persistência e empenho na mina opinião. Adorei o texto! Namasté e muito sucesso nas suas próximas etapas! 🙂

Resposta
Cintia Fevereiro 10, 2014 at 2:19 pm

Ola Ana Cristina,

Obrigada pelo seu comentário. Realmente um dos objetivos do exame é inserir o imigrante na sociedade holandesa, e evitar a formação de “guetos”, como ocorreu a décadas atrás. Além disso saber o idioma, facilita também na questão profissional.
Namastê !!!

Resposta
Ana Carina Fevereiro 9, 2014 at 5:38 pm

Oi Cintia,adorei o texto, parabéns!
Sabe, que já fui pra Bélgica 2 vezes, na primeira Ótimo, arrasei no francês, na segunda vez, fui pra Bruges e lá foi outra história!!Eles falam holandês OH my goood!!!!!A língua é muito difícil,praticamente impronunciável, sem contar pra ler os nomes das ruas, resultado: 2 horas até achar o hotel!!!
Beiijos e coragem no seu aprendizado com a língua holandesa!!!!

Resposta
Cintia Fevereiro 10, 2014 at 2:22 pm

Oi Ana Carina,

hehe também aconteceu comigo, no começo do ano passado, fiquei 3 horas perdida sem achar a ciclovia correta para voltar para casa.
Muito obrigada pelo comentário.
Abs

Resposta
Holanda –O Aniversário de 50 anos Chegou !!! Março 13, 2014 at 11:14 am

[…] Leia mais sobre a Holanda! […]

Resposta
Sara Lopes Maio 12, 2014 at 4:12 am

Olá Cintia,

Meu namorado é Holandês, o conheci em novembro do ano passado.
Estamos pensando em morar na Belgica caso o processo seja mais fácil.
Se não for possivel terei que estudar duro o neerlandês para fazer o teste.
Será que essa prova é muito difícil?
Em quanto tempo de estudo geralmente uma pessoa está apta para fazer esse teste?
Estou numa situação difícil.
Beijos
Sara

Resposta
Cintia Maio 15, 2014 at 12:19 pm

Oi Sara,

Obrigada por enviar sua pergunta. Sobre a prova que voce terá que fazer aí no Brasil caso decida morar na Holanda é de nível básico. Algumas pessoas acham difícil outras não, e é isso que vai determinar o tempo de estudo que você vai precisar. Eu estudei dois meses, vim de férias e aproveitei para fazer um curso intensivo de um mês, o segundo mês…estudei pelo material indicado pelo governo o “Naar Nederland” . Esse material é excelente e oferece a possibilidade de você fazer dois testes on line , iguaizinhos o que voce terá que fazer no Brasil. Eu acredito que voce estudando bem pelo Naar Nederland e talvez mais um livro de gramática básica, sejam suficientes para esse primeiro Exame. É importante também você se disciplinar para estudar um determinado número de horas por dia.
No que diz respeito a Bélgica leia esse texto http://www.brasileiraspelomundo.com/belgica-coabitacao-29092715 publicado aqui mesmo no blog….acho que pode te esclarecer melhor. Senão me engano, você tem que ter dois anos de relacionamento comprovado. Aqui na Holanda, na época que entrei com o processo, não era necessário ter um tempo de relacionamento específico, pelo menos não que estivesse oficialmente escrito em algum lugar, mas era necessário comprovar atráves de fotos de visitas, emails, cartas, etc.
Espero ter esclarecido suas dúvidas. Por favor sinta-se á vontade para mais perguntas. Abs.

Resposta
Valentine’s Day Pelo Mundo Junho 8, 2014 at 11:50 pm

[…] Valentine's Day não é ainda uma data super importante ou concorrida na Holanda. Não vejo aquele bombardeio de comerciais que instigam o consumo voraz e nem niguém correndo desesperadamente para comprar um super presente . Algumas lojas tem uma pequena seção que vende miudezas ( chocolates, cartões, etc) voltada para a data, mas nada apelativo. Para aqueles que aderiram á comemoração, ainda os presentes mais populares são flores, chocolates e cartões. Aos poucos, muito aos poucos a Holanda vai aderindo ao Valentine's Day. (Cíntia Beatrice) Leia mais sobre a Holanda! […]

Resposta
Rosa Agosto 16, 2014 at 2:25 pm

Oioi adorei seu blog, várias dicas td de bom. Vou fazer essa prova em novembro desse ano. Estou estudando muuuuuuiiiittttooooo finalmente o idioma entrou na minha mente. Hiper feliz haha.
TEnho uma pergunta……em relação a emprego. Como nao tenho o holandês fluente apenas com o inglês fluente conseguirei algum trabalho….sou professora de inglês e comissária de bordo aqui no Brasil…..estou preocupada com o nivel do trabalho…….. obrigadaaaa

Resposta
Cintia Setembro 4, 2014 at 2:15 pm

Oi Rosa, desculpe a demora em responder. Essa é uma pergunta difícil. O que posso te dizer é que sempre há chances nas empresas internacionais, algumas exigem só o inglês fluente. Entretanto nos últimos anos devido aos fatores econômicos – sociais as empresas passaram a solicitar um bom conhecimento de holandês. As chances de um cargo melhor serão maiores quanto mais fluente voce for em holandes e claro outros idiomas Dá uma lida no meu artigo aqui mesmo no blog sobre “como estudar holandês” sozinho…
a eu explico um pouco o porquê da importância do idioma. Abs e boa sorte

Resposta
Lays Augusta Caixeta Fevereiro 6, 2015 at 11:05 pm

Olá Cintia!

Adorei seu blog bem como a clareza e a maneira que você escreve. Estou em processo para retirar o MVV, no momento aguardo a resposta do DUO a cerca do resultado do exame. Gostaria de saber se você recomenda algum método (livros, sites, cursos) que você utilizou. Fiquei quase dois meses em novembro em Haia para me ‘integrar’ e sentir como será futuramente. Já li bastante e procurei bastante informações sobre cursos em Haia e mesmo sabendo que você mora em outra parte desta terra maravilhosa se você pudesse me ajudar, ficaria muito grata.

Obrigada desde já!

Lays Caixeta

Resposta
Cintia Beatrice Fevereiro 9, 2015 at 7:41 am

Oi Lays, obrigada por ler o blog, me sinto honrada em ser colunista dele, mas não sou a criadora não. :). Bom, eu escrevi aqui mesmo um artigo com dicas de livro, sites e aplicativos, basta acessar esse link http://www.brasileiraspelomundo.com/holanda-dicas-para-estudar-holandes-sozinho-38114605 . ( “Dicas para estudar holandês sozinho) Algo que recomendo também quando se mudar definitivamente é procurar um “buurt centrum” na região em que irá morar. “Buurt Centrum”é uma espécie de “centro cultural”, onde acontecem diversas atividades e em alguns voce acha cursos de holandês ministrados por voluntários, por um preço bem bacana. Aqui aonde moro por exemplo o valor é de 2,50 euros por aulas com duração de 2 horas. Acredito que em Haia talvez o valor seja mais alto, por ser uma cidade grande, mesmo assim vale a pena. Caso queira uma escola formal, a dica é procurar nas universidades da cidade ou de regiões próximas.Muitas bibliotecas também oferecem uma tarde de conversação para quem está aprendendo o idioma, vale a pena checar. Espero ter ajudado. Caso ainda tenha alguma dúvida, por favor não hesite em contatar novamente. Abraços e boa sorte no Exame !!!!

Resposta
Lays Augusta Caixeta Fevereiro 12, 2015 at 12:18 am

Olá Cintia! Adorei suas dicas e assim que me mudar vou procurar o buurt centram em Den Haag. Vou ler o seu outro post e tenho certeza que utilizarei essas dicas valiosas. Recebi o resultado do meu exame e passei, confesso que a ansiedade pelo resultado era grande, mas agora é só aguardar o IND e assim que tiver tudo certo, rumo a esta terra maravilhosa. Obrigada mais uma vez pelas dicas e muito sucesso para você !!

Abraços

Lays Caixeta

Resposta
Cintia Beatrice Fevereiro 12, 2015 at 8:24 am

OI Lays

Parabéns pelo resultado do Exame !!! Boa Sorte !!!Abs

Resposta
Priscila Abril 19, 2015 at 6:25 pm

Oi Cintia, voce tem o link desse material para se estudar pra essa prva de holandes a ser feito fora da Holanda, antes de ir? Estou muito chateada. Moramos 6 anos na Belgica, tenho 4 filhos com nacionalidade holandesa. Temos casa na Belgica, tenho visto permanente. No entanto, viemos para os EUA como expats. Estamos quatro anos aqui. Meu marido esta sendo transferido agora para a Holanda. Ele eh holandes, e a burocracia holandesa esta pedindo para eu fazer esse exame, mesmo tendo morado seis anos na Belgica e ter casa la. Estou indignada. Sei que passo no exame facilmente. Mas acho uma humilhacao, um desrespeito, nem tenho palavras. Acho xenofobico, racista e nao me sinto bem vinda nesse pais. Confesso que da vontade de chorar ter que me submeter a isso… O que aconteceria se eu nao passasse nesse exame estupido? Iam me separar da minha familia??? Temos um timeline restrito. Meu marido tem que ir trabalhar na Holanda em julho, vamos ter que devolver nossa casa aqui nos EUA no final de julho, e sei que depois de passar nesses exame o sistema abusivo holandes ainda pede seis meses pra sair o vito, isto eh, desespero total. Eu daria meu mundo pra poder ficar onde estou pra sempre! 🙁

Resposta
Cintia Beatrice Abril 23, 2015 at 8:43 pm

Ola Priscila,
Entendo a sua indignação, imagino como deve estar se sentindo.A Holanda de fato tornou-se um dos países mais restritos no que diz respeito a entrada de estrangeiros como nós. De acordo com as regras do governo holandês, você pode fazer os exame quantas vezes forem necessárias, mas realmente não pode se estabelecer no país e ter o visto de residência se não passar nessa prova, mesmo sendo casada com um cidadão holandês. Como voce disse que fala o idioma, então acredito que não terá dificuldade alguma na prova. Voce mencionou que está com seu timeline restrito, então aconselharia você a marcar o exame o mais rapidamente possível, porque ás vezes a espera por uma data pode ser longa, dependendo da demanda e do país em que você está. O material oficial para a prova voce encontra nesse site http://www.naarnederland.nl/ a qualidade é boa e ajuda muitíssimo , além disso voce pode fazer duas simulações por telefone e saber qual foi sua pontuação. Também estudei pelos seguintes sites http://oefenen.nl/
http://www.stationnederlands.nl/publicaties/stationnederlands/
http://taaladvies.net/
https://onzetaal.nl/
Ah a burocracia holandesa é famosa..mas o jeito é ter paciência, voce vai ver que dará tudo certo.

Espero ter ajudado e te desejo boa sorte.

Abraços

Resposta
Aldneia Araujo Fevereiro 12, 2016 at 9:01 pm

Oi Cintia, sempre bom ler mais, saber mais sobre esses processos. Gostei muito. E certamente suas dicas são valiosas. Abraços e boa sorte sempre.

Resposta
Cintia Beatrice Fevereiro 12, 2016 at 10:02 pm

Ola Aldneia,

Muito obrigada e continue nos acompanhando.

Abs

Resposta
Renata Setembro 8, 2016 at 5:37 pm

Muito bom o relato!
Você sabe onde posso encontrar um modelo do primeiro exame???

Resposta
Cintia Setembro 14, 2016 at 6:42 pm

Olá Renata,

Obrigada ! Se o exame que voce se refere é o de Integração Civil que fazemos ainda no Brasil, o melhor é comprar o curso Naar Nederland que é voltado especificamente para esse exame. Veja nesse link mais informações http://www.brasileiraspelomundo.com/holanda-dicas-para-estudar-holandes-sozinho-38114605

Abs e Boa Sorte

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação