BrasileirasPeloMundo.com
Comemorações Pelo Mundo França

Feriados na França

Hoje vou falar dos feriados na França.

A palavra “feriado” vem do latim feriae, que significa dia de descanso. Ele é da mesma família que ferior (estar em comemoração) e feria (ocioso: quem não exerce atividade).

De acordo com o Wikipedia, a França tem 11 “jours féries” ou feriados (festas religiosas e civis) , legalmente definidas pelo código do trabalho à exceção de Moselle, do Bas-Rhin, do Haut-Rhin, de la , da Martinica,  de Wallis-et- Futuna, da Guyana,  Réunion e Polinésia Francesa. Desses 11 feriados temos apenas  três que coincidem exatamente com o Brasil: o dia do ano novo, o Natal e o dia do trabalho.

Leia também: tudo que você precisa saber para morar na França

O mês de maio geralmente  é o que tem mais feriados. Muitas pessoas, inclusive eu, planejam uma parte das férias  em maio para aproveitar as pontes e os feriados. Podemos dividir os feriados na França em 3 grupos:

  • Festas civis
  • Comemorações  de duas guerras mundiais (que também pode ser considerado festa civil)
  • Festas religiosas 

Festas civis

  • Ano Novo (1 de janeiro): Foi declarado feriado na França em 23 de março de 1810 . O dia de São Silvestre, como é conhecido por aqui, consiste em esperar a chegada do ano novo, esperando até dar meia noite.  Temos a mesma festa no Brasil, só não temos muito o hábito de dizer que vamos comemorar a São Silvestre e nem é comemorado da mesma forma.

Leia também: Réveillon na França

      • Festa do trabalho ou dia do trabalho: 1 de maio. No  Brasil, a data é comemorada desde 1895 e se tornou feriado nacional em setembro de 1925 por decreto do presidente Arthur Bernardes. Na França  01 de maio foi declarado como um dia não útil primeiramente em 23 de abril de 1919, ao mesmo tempo em que o dia de 8 horas é ratificado. Mas só em 1947 que é considerado feriado (dia de folga e pago).
      • Festa nacional: 14 de julho . Ainda de acordo com o Wikipedia, A festa nacional francesa, ou Dia da Bastilha, é um feriado nacional francês celebrado anualmente dia 14 de julho (14 Juillet) em memória ao episódio histórico da Tomada da Bastilha, em 1789, quando teve início o caráter popular da Revolução Francesa. As comemorações desse feriado consistem em grandes celebrações e paradas militares por todo o país, com destaque para o desfile militar da Champs-Elysée de Paris, prestigiado pelo  presidente da República.  Este feriado sempre cai no meio das férias escolares, às vezes é bom para organizar uma ponte ou uns dias de folga para aproveitar com as crianças.
  • fonte:pixabay.com

    Comemoração  de duas guerras mundiais

    • Dia da Vitória (8 de maio):  8 de maio de 1945 é a data da vitória dos aliados sobre a Alemanha nazista e marca o fim da Segunda Guerra Mundial. De acordo com o site coindusalarie, este dia é declarado feriado em 2 de março de 1953. Pelo decreto de 11 de abril de 1959, o presidente Charles de Gaulle suprime o caráter feriado e  depois o presidente Giscard D’Estaing suprime a comemoração da vitória de 1945. Somente em 1981 a comemoração é o feriado são restabelecidos a pedido do presidente Mitterand.
    • 11 de novembro: Comemora o aniversário da capitulação alemã em 11 de novembro de 1918, terminando a Primeira Guerra Mundial. Naquele dia, às 5:15, a assinatura do documento sela a derrota alemã contra os Aliados. Foi apenas quatro anos depois, em 24 de outubro de 1922, que 11 de novembro oficialmente se tornou “feriado nacional”, após uma decisão do Parlamento. A partir de então, cerimônias oficiais acontecem na maioria das comunas da França, em homenagem ao mortos. 

    Festas religiosas

    Das 6 festas religiosas, 3 têm datas variáveis. Esses feriados são ligados ao  cristianismo. São elas:

    • Segunda-feira de Páscoa ( entre 23 de março e 26 de abril): Na França o feriado é um dia após a Páscoa, que é uma festa comum aos católicos e protestantes  onde comemora-se a ressureição de Cristo três dias após a sua crucificação.
      A sexta-feira santa por aqui é um feriado regional é só acontece em algumas regiões da França, aonde eu moro não é feriado neste dia .
    • Quinta feira da ascensão – celebra a ascensão de Jesus Cristo aos céus e o fim da sua presença terrestre 40 dias após a festa da Páscoa. A quinta feira de ascensão é feriado na maior parte da Europa , exceto Espanha, Portugal, Grécia e Hungria.
    • Pentecostes: 50 dias após a Páscoa . Comemora a descida do Espírito Santo sobre os apóstolos. É festejado durante dois dias: o domingo de Pentecostes e a segunda de Pentecostes , que é o feriado. Na França , a lei de oito de março de 1886 declarou a segunda de Pentecostes oficialmente feriado.

     

Leia também: Tudo o que você precisa saber sobre o visto francês  

  • Além dessas, ainda temos com data fixa:
    • 15 de agosto: Assumption, festa cristã para celebrar Maria, santa padroeira da França do Antigo Regime, mas de acordo com o Wikipedia foi instituído dia de folga por Napoleão para festejar o seu aniversário.
    • 1 de novembro: la Toussaint (dia de todos os Santos), é uma festa cristã um dia antes da festa  dos Mortos, 2 de novembro, mas por aqui é no dia primeiro de novembro que os franceses visitam seus mortos. No Brasil o feriado é dia 2 de novembro. 
    • 25 de dezembro: dia de Natal. Assim como no Brasil, celebra o nascimento de Jesus Cristo. Nesta época  em várias cidades do país, tem os marches de Natal que são uma atração à parte. As tradições são um pouco diferentes, principalmente na culinária. A Marcella falou um pouco sobre isso aqui.

    Se você está pensando em visitar a França é bom saber dos feriados , pois geralmente algumas cidades ficam mais movimentadas.

Related posts

3 incríveis festivais para conhecer no Japão

Mitiko Ando

Estereótipos e seus perigos

Júlia Lainetti

Como solicitar a residência ou residência permanente na França?

Marcella Delfraro

2 comentários

Beliza Janeiro 27, 2019 at 11:48 pm

Lilian, muito útil teu artigo.
Notei que és engenheira química, estou terminando a graduação em engenharia química no Brasil.
Queria saber do mercado aí, como conseguiste teu emprego.
Minha intenção inicial seria fazer um mestrado, mas conseguir um emprego seria ainda melhor.

Resposta
Lilian Moritz Fevereiro 2, 2019 at 1:32 pm

Oi Beliza
Que bom que gostou do artigo.
Eu sou expatriada na França pela minha empresa no Brasil, ou seja trabalhava no Brasil e me propuseram a expatriação de 5 anos na França para especialização e aprimoramento. É um caso bem específico. Eu adoro trabalhar e morar aqui.
Acredito que com mestrado ou especialização na França fique mais fácil conseguir emprego por aqui. Pois o diploma tem a validação francesa. Acho que vai depender do seguimento.
Bjs

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação