BrasileirasPeloMundo.com
Estações do Ano pelo Mundo Suíça

Festival de Outono em Genebra

Festiival de Outono em Genebra.

O cheiro da raclette inundava o ar com um perfume de aconchego. O aroma misturava-se com os do mel e das flores. As folhas avermelhadas caídas pelo caminho coloriam as ruas com tons de fogo e marrom.

Crianças correndo por todo lado, brincando de arco e flecha, peteca, amarelinha e bola. Como voltar a um tempo onde não se tinha medo de deixar os filhos na rua? Aqui esse tempo ainda é presente.

Meninos lambuzados de doces, degustando seus enormes “barbapapas” (como são chamados os algodões doces por aqui) gargalham gostosamente ao som de música ambiente.

É como uma grande festa do interior. Em menos de meia hora eu já havia encontrado quase todos os vizinhos na festividade de outono do nosso cantão. As festas são superfamiliares e normalmente quase todos os moradores da região as prestigiam, o que as torna grandes momentos de celebração e comunhão entre amigos e conhecidos.

Leia também: Dicas para quem vai visitar a Suíça

As festividades nos bairros por aqui são sempre cheias de gente animada, que colabora na organização de cada detalhe. Embora geralmente sejam realizadas pelas “prefeituras” de cada localidade, a população sempre se envolve, enchendo o evento de calor humano e simpatia.

Nornalmente quem atende nas barraquinhas de comidas e bebidas, animação para crianças e até nas apresentações musicais são os moradores da própria comunidade. As famílias se juntam para apresentar guloseimas ou artesanatos nas barraquinhas e para atender o público nas atividades diversas que por ventura aconteçam.

Delícias da vida em comunidade

As barraquinhas do nosso festival de outono estavam apaixonantes! Legumes orgânicos cultivados na região, mel e derivados, incluindo pirulitos com própolis e loções para inúmeros fins.

Bijouterias, artes manuais, artigos para bebês com muito bordado e coisas “de antigamente”. Num canto do parque, uma das artesãs produzia peças de cristal de murano na hora. Derretia e coloria o vidro ali mesmo em frente a um mundaréu de crianças encantadas com a cena. No entanto a barraquinha que mais me encantou foi a das flores.

Meu Deus! Ô terra para produzir tantas flores lindas assim! E nem primavera é!  As flores suíças, mesmo as de outono são absolutamente encantadoras e possuem mil cores e odores.

A cada braçada do floricultor, um encanto. Um arranjo mais lindo que o outro. Muitos deles misturavam uma composição de flores e frutas ou flores e abóboras, canela e outras especiarias comuns à estação.

Corujinhas, hedgehogs (uma espécie de porco espinho típico da Suíça) e passarinhos ajudavam a enfeitar cada buquê. Aliás, esses temas eram recorrentes em toda a decoração da festa, que misturava grandes abóboras, folhas alaranjadas e artigos decorativos em madeira.

Leia também: Visto de ingresso e autorização de residência na Suíça

Entre as iguarias oferecidas, muito raclette (uma espécie de queijo derretido que normalmente se come acompanhado de picles de pepino, batatinhas cozidas e cebolinha) e batata gratinada com linguiça alemã.

E ainda cogumelos silvestres salteados na manteiga, pães e bolos caseiros e, claro, muito queijo e vinho (cuja taça, custa por sinal, o mesmo preço ou até menos do que uma latinha de refrigerante).

As mesas eram enormes e coletivas, o que acaba “obrigando” as pessoas a confraternizarem umas com as outras. O espírito da festa é de muita simplicidade e singeleza. Em Chambésy, a localidade onde moro em Genebra, os ambientes públicos parecem verdadeiras extensões dos lares das pessoas. É como se a gente saísse até o quintal para encontrar com os vizinhos.

Nisso, Genebra me lembra muito Brasília. Assim como na capital federal do Brasil, os espaços públicos na Suíça também são super aproveitados pelos moradores. No artigo Uma caiçara no planalto central eu mencionei isso no que diz respeito à capital do Brasil e no post  Genebra no verão eu falo um pouco sobre essa apropriação pública dos espaços em Genebra.

Essa é uma das características que tem me encantado cada vez mais em minha estadia por aqui. As ruas são do povo, por isso mesmo o povo zela pelas ruas. É como uma extensão das casas, onde cabe mais gente e mais diversão.

Vale ressaltar que por aqui, isso não vale no inverno… haha! Não porque as ruas não estejam disponíveis, mas porque quem é que aguenta ficar na rua no severo inverno da Suíça? Como diz o jargão televisivo: ninguém merece!

O outono suíço ja é bem friozinho. Aqui em Genebra, a temperatura vai de amena à fresca. Fica entre 25 e 15 graus, podendo em algumas madrugadas chegar a 7 ou 8 graus. Frio sim, mas nada que se compare a zero grau ou menos que enfrentamos no auge do inverno.

Tiramos os moletons e casacos do guarda-roupa, mas ainda temos ânimo e sol suficiente para curtir a vida o ar livre. Com certa tristeza nos despedimos do verão e suas delícias, mas com alegria celebramos a proximidade do inverno e sua beleza. Nos livramos do calor causticante e nos deparamos com o frescor outonal, apropriado para o vinho, os queijos e os bate-papos com os amigos.

Os dias já não são tão longos como no verão, mas tampouco são curtos como no inverno. Pelas ruas as folhas douradas e alaranjadas enfeitam nosso caminhar. Não é à toa que os suíços fazem festa para celebrar essa estação. Ela é cheia de magia e beleza.

Related posts

Verão na Holanda

Fernanda Campestrini

Como transferir a carteira de motorista na Suíça

Mel Barbieri

O perigo dos carrapatos na Suíça

Mel Barbieri

1 comentário

Myla Fonseca Novembro 16, 2018 at 5:59 pm

Oi Fabi, tudo joia?!
Já morei em Praga um tempo atrás, poxa, há quase 10 anos já, e quero voltar a morar na Europa. Li alguns dos seus artigos aqui no site e me interessei pela Suíça. Gostaria de algum contato seu para a gente conversar um pouco sobre isso, se vc tiver disponibilidade. O meu é [email protected] — Super obrigada, abraços, Myla!!!!

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação