Halloween na China

0
385
Advertisement

Comemorar o Halloween na China e em outros países tem-se tornando cada ano mais comum. A cada ano que passa, as pessoas se inspiram e criam fantasias mais interessantes – ou assustadoras, de tão reais que podem ser! Mas você sabe por que está comemorando o Halloween?

O que é o Halloween e como se originou?

Halloween é mais um costume de outros países que está cada vez mais presente na cultura brasileira. Apesar de, no Brasil, ser conhecido como “dia das Bruxas”, sua origem não tem nenhuma relação com bruxas.

O Halloween teve sua origem nas tradições dos povos celtas que, entre 600 a.C. e 800 d.C. comemoravam o fim do verão e a boa temporada de colheitas com um festival chamado “Samhain” – que significa literalmente “fim do verão”. O festival acontecia entre 30 de outubro e 2 de novembro. Acreditava-se que nessa época do ano, espíritos vagavam mais facilmente pela terra dos vivos. Com a conquista do povo romano sobre o povo celta, ano após ano, festividades celtas foram sendo fundidas com festividades cristãs.

Sendo instituído pela Igreja Católica o “Dia de Todos os Santos” no dia 1 de Novembro e Dia de Finados no dia 2 de Novembro, surge aí a origem do nome “Halloween”. Acredita-se ser uma variação de “All Hallow’s Eve” – “véspera de todos os Santos”, em português. Com o tempo, evoluiu para “Hallowe’eve”, ate chegar a grafia atual.

E como fica a China nessa história?

Muitas das grandes festividades e feriados mundo afora são cristãos. Todos esses costumes não são comemorados na China. Porém, com a vinda de muitos estrangeiros para a China na ultima década, algumas festividades estão se tornando conhecidas, e o seu valor comercial explorado. É o caso do Halloween.

Há alguns anos já ocorrem festividades por aqui, sempre organizadas por estrangeiros. Escolas internacionais organizam festas e comemorações onde a família é convidada a se juntar. Pais e crianças vestem suas criativas fantasias e se divertem em jogos de Halloween  organizados pelas professoras.

Nos últimos anos também tivemos a famosa caminhada de “trick or treat”, organizada pela brasileira Alane Marder, porém, não há muitas casas por aqui, e definitivamente diminuiu o número de estrangeiros morando em casas – grande maioria em apartamentos – o que consequentemente diminuiu as pessoas dispostas a ajudar na distribuição dos doces. E como o número de participantes só aumentava – chegando a 500 pessoas – decidiu-se não fazer mais essa caminhada – que além de tudo, necessita de autorização dos condomínios para que ocorra.

Leia também: Halloween na Alemanha

Porém, um pedido de um de seus filhos, fez com que Alane pensasse em organizar uma festa de Halloween para as crianças. Essa festa ocorreu no último sábado, 28 de outubro.
O que se esperava ser uma “pequena” comemoração, com, no máximo 100 pessoas, transformou-se numa bela festa para 300 – cerca de 150 crianças!

Alane conseguiu o espaço em um hotel da cidade, onde já realizamos várias festas. A comemoração contou com um belo buffet incluindo uma grande variedade de comidas locais e estrangeiras, além de um espaço para as crianças se divertirem e muitas brincadeiras dirigidas, como adivinhação do peso da abóbora, quantidade de doces na jarra, competição de dança, competição de grito, contagem de abóboras escondidas pela festa, competição de “vermes”, cinema temático, cartomante, competição da foto mais assustadora além de um divertido “doces ou travessuras”, onde havia 10 pessoas espalhadas pela festa, devidamente identificadas com um número. As crianças, com ajuda de seus pais, deveriam procurar essas pessoas, que lhes pediriam a resposta da pergunta mágica – todos receberam na entrada do evento a lista de 10 perguntas sobre o Halloween . Perguntas como: “como é chamada a abóbora depois que é esculpida para o Halloween?” Respota: Jack-o-lartern (ou em português: Jack lanterna).

Leia também: Halloween nos Estados Unidos

Posso dizer seguramente que, para os pequenos, foi a melhor festa organizada para que se divertissem sem medo e sem perigo (de carros nas ruas). Muitos elogiaram o evento e já pedem repeteco!

Já no domingo, durante o dia, comerciantes locais, dentro de um complexo, organizaram uma festa a céu aberto bem como uma caminhada. E, no fim da tarde de domingo, uma revista internacional local organizou, dentro de um shopping, atividades dirigidas de Halloween.

Diversão garantida durante todo o final de semana para a criançada!

Já para os mais grandinhos…

Todos os anos os bares da região fazem grandes festas em comemoração ao Halloween. Bares enchem com as fantasias mais criativas e assustadoras que se pode imaginar, sendo difícil para a comissão distinguir quem vencerá o prêmio de melhor fantasia!
O bar mais tradicional nessa comemoração, e onde se tornou ponto de encontro para todos os expatriados em festa é o pub inglês One for the Road. O espaço torna-se pequeno para tantas pessoas comemorando a ocasião!

Pequenos ou grandinhos, basta ter inspiração e aproveitar a festa!

CURIOSIDADES

DOCES: os antigos celtas tentavam apaziguar os espíritos maus com doces. A Igreja, mais tarde, incentivou seus membros a irem, de casa em casa, na véspera do Dia de Todos os Santos, pedindo alimentos em troca de uma oração pelos mortos. Esse costume passou a ser conhecido como “doces ou travessuras” do dia de Halloween.

FANTASIAS: acreditava-se que na véspera do dia de Todos os Santos, muitos espíritos vagavam pela terra dos vivos. Os celtas passaram a usar máscaras assustadoras para que os espíritos maus os confundissem com outros espíritos e não os incomodassem. Mais tarde, as pessoas passaram a ir de casa em casa fantasiadas de santos, anjos e demônios.

ABÓBORAS: algumas pessoas achavam que colocando velas acesas dentro de nabos esculpidos, afastariam os espíritos maus. Mais tarde, já nos Estados Unidos, os nabos foram substituídos por abóboras, por terem mais oferta de produto e preço acessível. Esse item serve como decoração e ficou conhecido como “Jack-lanterna”.

Leia – como é celebrado o Halloween pelo Mundo!

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.