BrasileirasPeloMundo.com
Malta

Malta – Seja bem-vinda à agitada Paceville

Saint Julians é pitoresca. Famosa por abrigar a singular Spinola Bay, nunca para. Durante o dia, podemos encontrar estudantes das mais variadas nacionalidades caminhando pelas aconchegantes ruas que a pequena cidade possui. Contudo, é à noite que é possível sentir a vida que transborda do local. Welcome to Paceville, mates!

Rodeada por casas de strip-tease (isso é assunto para um próximo texto) e bares, a vida noturna no pequeno bairro de Paceville efervesce de segunda-feira a domingo. Praticamente, todas as baladas são free entrance, o que significa que vocês podem conhecer todos os clubes em uma mesma noite, se assim quiserem, sem gastar com entrada. Os drinks, sejam destilados, sejam coquetéis, são baratos – entre 2,50 EUR e 7 EUR, respectivamente – e, dependendo do local, muito saborosos.

Chegou há pouco em Malta – ou está planejando vir – e quer saber quais são alguns dos nightclubs mais legais da cidade? Confere aí:

Hugo’s Passion – o favorito

Sempre lotado, é a balada pop mais divertida! O DJ fica no meio da casa entre dois pole dances, os quais nunca estão vazios, e, de sua mesa, interage com o público. Lá, você escuta de tudo: remixes de Ed Sheeran, Justin Bieber, Sia, Sean Paul e Chris Brown são alguns dos sons mais tocados na noite. Mas… Espera! Já deu saudade do Brasil? Não se preocupe, tem sertanejo também. Antigas de Gustavo Lima e Michel Teló – e a atual “Deu Onda”, do MC G15 – também estão no reportório. Ponto negativo? É permitido fumar dentro da casa. De resto, é só diversão. Se jogue!

Havana – o lugar certo para quem curte hip hop

Dividido em dois andares, a balada é o ponto de encontro dos amantes de soul, de hip hop e RnB. Os remixes tocados pelos DJs são exemplares e de extrema qualidade. Uma das maiores casas noturnas – senão a maior – de Paceville recebe muitos jovens durante os dias da semana e promove festas em parceria com as escolas de idiomas que os estudantes da Ilha frequentam. Jeremiah, Ty Dolla Sign e Chris Brown são alguns dos artistas que mais bombam por lá. Não custa dar uma passadinha, não é?!

Native – o sexy latino bar

Ah, o Native. Extremamente famoso entre os jovens, a casa tenta ao máximo reproduzir o ambiente de sedução e diversão das festas latino-americanas. Lá dentro, o calor é quase absoluto e tiro certeiro para criar a atmosfera de paquera. Ao som de Ginza, Maluma, Daddy Yankee, Luis Fonsi e Anitta (sim, ela também está por aqui!), o público se joga no reggaeton até as portas se fecharem. Impossível ir embora sem visitar!

Atenção: mulher, cuidado. Não é porque você está na Europa que não existam perigos. Nunca deixe sua bolsa no bar sem supervisão. Muitas pessoas são furtadas sem perceber, e o pessoal que trabalha nesses locais geralmente não são muito receptivos quando esse é o assunto da conversa. Agora, existe um conselho que deve ser sempre apreciado: jamais largue sua bebida, vá dançar ou ao banheiro e depois pegue o copo de volta! Aqui, ouvem-se histórias de meninas que foram drogadas sem saber e, no dia posterior, não se lembravam de nada do que tinha acontecido. Então, não custa ter cautela e se manter alerta. Não precisa entrar em pânico, mas não pense que, por estar em um país seguro, certas situações não aconteçam. Afinal, onde existem humanos, existem problemas. Infelizmente.

Contudo, a regra é clara: se divirta! Aproveite que as entradas são gratuitas e conheça muitos – ou alguns – desses lugares. Garanto que terá bons momentos, recheados por risadas e pessoas de todos os cantinhos do mundo. Deixe o som tocar e a alma dançar. Aproveite!

Related posts

10 pontos negativos e 10 pontos positivos de Malta

Thaís Cardoso

A influência da religião em Malta

Marcela Bueno

Irlanda e Malta – uma comparação entre os países

Thaís Cardoso

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação