BrasileirasPeloMundo.com
Grécia

Moradia em Atenas

Atenas não é uma cidade tão europeia quanto Paris, Madrid ou Londres, pelo menos na concepção de Europa que nós brasileiros temos em mente. Porém, isso certamente traz algumas vantagens para quem pensa em morar na cidade; como preços mais baixos e facilidades na hora de alugar ou até comprar um imóvel. A crise também ajuda a manter os valores em baixa, apesar de alguns aumentos em impostos não previstos (desde a Segunda Guerra Mundial os aumentos não eram tão marcantes como nos últimos 10 anos). Esses aumentos dificultaram muito a vida de quem já tinha imóveis, e o que antes era considerado um bom negócio, agora é uma pedra no sapato com a grande carga tributária.

Como vemos em filmes, na mídia e por comentários de pessoas que conhecem a Grécia ou vivem aqui, a família é uma das coisas mais valorizadas na cultura do país. Além da proximidade com os parentes durante toda a vida, semelhante com a cultura brasileira, muitos negócios, principalmente na área de alimentação, são mantidos por familiares que trabalham juntos, sejam pais e filhos, irmãos etc.

Assim como nos negócios, é muito comum que famílias sejam proprietárias de prédios inteiros ou de alguns apartamentos em um mesmo edifício. Isso acontece porque, normalmente, antes da construção do prédio, o terreno já pertencia a essas famílias. Assim, elas negociam com as construtoras, ocupam alguns desses apartamentos e alugam outros, fazendo o mercado imobiliário um dos negócios mais importantes da Grécia. Hoje em dia já não tão almejado por conta dos altos impostos para proprietários.

Outro caso comum é o de famílias que são originalmente de vilas, ilhas ou cidades menores que Atenas, muitas vezes nas redondezas da cidade. Quando os filhos vêm estudar e trabalhar na capital, alugam seu próprio apartamento. A maioria do prédios nas cidades costumam seguir um padrão de cinco ou seis andares. Pelo que ouvi dizer, não é comum a construção de edifícios mais altos por conta de terremotos (comuns por aqui, apesar de normalmente serem de pequena escala), e também pela importância histórica da cidade. Os edifícios são bem parecidos uns com os outros, principalmente no centro da cidade, e pouco atraentes em sua arquitetura.

Rua residencial típica do centro de Atenas
Rua residencial típica do centro de Atenas

Bem diferente do Brasil, os prédios residenciais não têm portarias ou sequer porteiros. Os muros são baixos ao seu redor e para visitar um amigo, basta interfonar que lá de cima alguém abre a porta principal. Apesar da confiança dos moradores é comum que se adote alguns padrões de segurança como: não deixar pessoas estranhas entrarem nos edifícios sem autorização; trancar as portas de entrada após um determinado horário; colocar fechaduras mais resistentes à tentativas de arrombamento. Mesmo não sendo comuns, existem casos de roubo e é bom não arriscar.

Grande parte dos imigrantes que moram em Atenas se espalham por bairros no centro da cidade que, por serem normalmente mais antigos, na maioria das vezes são mais baratos do que bairros localizados na costa ou em subúrbios. No bairro onde moro, por exemplo, me sinto às vezes na Ásia; muitas vezes nos pontos de ônibus há mais filipinos do que gregos, além de restaurantes e mercadinhos asiáticos por todos os lados. Já nos bairros considerados mais elegantes é bem comum a presença de casas. Em Kifissia, por exemplo, pode-se avistar grandes casarões, verdadeiras mansões envoltas por muros altos. Nunca estive em uma delas, mas tenho amigos que dizem serem um luxo só, dignas dos deuses gregos.

Bairro em subúrbio de Atenas, mais arborizadoCasa em subúrbio de Atenas

Indo agora para a parte prática, para quem estiver interessado em alugar apartamento em Atenas por uma temporada mais longa, o processo não é tão complicado. Existem algumas burocracias e obviamente é mais fácil com visto de trabalho, estudante ou cidadania europeia. Mas os gregos, ainda mais nesse momento de crise, são bem tranquilos para negociar e os contratos são pouco rígidos. Sempre há uma porta aberta para flexibilizar tempo de contrato e/ou valores na negociação. Se alguém que estiver lendo este texto precisar de orientação, entre em contato comigo que passo mais detalhes de sites de busca. Boa parte deles está em grego, mas normalmente os proprietários falam inglês e estão dispostos a ajudar quem é de fora.

Para um apartamento na região central, os valores variam de 200 euros (um quarto, sem mobília) a até 400 ou 500 euros (mobiliados, às vezes com dois quartos). Afastando-se do centro os valores sobem um pouco mais, porém sempre negociáveis. Vale a pena dar uma olhada nas condições do prédio, pois muitas vezes, por conta da crise, o aquecimento central, por exemplo, não é utilizado. Caso você queira usá-lo, isso poderá significar um considerável acréscimo à conta. Onde moro é bem tranquilo, pois em dias de sol usamos também aquecedor solar. É sempre bom procurar saber detalhes antes de fechar um contrato! Ah, e como curiosidade, em praticamente todos os apartamentos daqui temos que aquecer a água do banho por volta de 20 minutos antes, pois eles não têm o costume de usar gás ou eletricidade para o aquecimento. Mas nem por isso os gregos deixam de tomar banho!

Related posts

Primavera na Grécia

Amanda Fontenele

Turismo na região de Halkidiki na Grécia

Aimée Bardella Aihst

Páscoa na Grécia

Amanda Fontenele

7 comentários

eugenio LeLLo Junho 14, 2017 at 4:21 am

a descricao acima sobre a cidade e o custo foi muito importante. vou dar um giro por alguns lugares e a Grecia sendo um Pais do mediterraneo mas faz parte do EURO e a Moeda na Grecia esta mais acessivel. Obrigado voce por tamanha gentileza em nos mostrar o principal. FIQUE COM DEUS, Abracos eternos, Eugenio Luiz Fidelis LeLLo. Brasileiri do Estado de Minas Gerais,

Resposta
Clarissa Gaiarsa Junho 17, 2017 at 9:25 am

Que bom que gostou do texto e das dicas Eugenio! Espero que ajude na sua decisão e nos caminhos a tomar. Continue seguindo nosso blog! Abraços!

Resposta
Eduarda Cereta Janeiro 15, 2018 at 8:32 pm

Clarissa, se tu puderes, gostaria de indicação de sites para pesquisar apartamentos e casas em Atenas para moradia mesmo. Abraço

Resposta
Clarissa Gaiarsa Janeiro 16, 2018 at 8:34 pm

Olá Eduarda! Obrigada por acompanhar o blog. Seguem duas opções de sites: http://www.xe.gr/property/enoikiaseis%7Ckatoikies.html e https://www.spitogatos.gr/rent. Este segundo tem a opção em inglês, se preferir. Boa sorte na busca! 🙂

Resposta
PATRICIA ANDREA BORGES Abril 23, 2018 at 11:23 am

Olá, Clarissa.
Muito obrigada pelo seu post. Estou pensando em passar uma temporada longa em Atenas e precisava de ajuda para encontrar um local legal. Vou fazer um curso. Vc poderia me ajudar?
Obrigada!

Resposta
PATRICIA ANDREA BORGES Abril 23, 2018 at 11:31 am

O que eu chamo de temporada longa são só dois meses. Não é tão longa assim, não é?

Resposta
Clarissa Gaiarsa Abril 29, 2018 at 10:50 am

Oi Patricia, tudo bem? Que bom que gostou do texto! Pode entrar em contato comigo pelo Facebook se quiser e te passo umas dicas. Para dois meses acredito que o melhor esquema seja AirBnB, já que para aluguel normalmente tem um tempo mínimo. Fico no aguardo da sua mensagem. Abs, Clarissa

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação