BrasileirasPeloMundo.com
10 Motivos Bulgária

Dez motivos para morar na Bulgária

A primeira vez que visitei a Bulgária foi no ano de 2010. Embora o idioma seja complicado, muitas outras razões positivas fizeram eu me apaixonar e me mudar para esse país rico em cultura, história e cheio de lugares que me tiram o fôlego de tão maravilhosos. A Bulgária é um lugar com uma beleza natural, linda e única.

Listei abaixo, as 10 razões, pelas quais, me fizeram trocar, o Brasil, terra que tanto amo, para me aventurar aqui, onde tudo é tão novo e diferente para mim.

1 – Custo de vida baixo

Uma das melhores coisas de se morar na Bulgária é o custo de vida baixo. Em comparação com outros países da Europa e mesmo com o Brasil (morei quase minha vida inteira na cidade de São Paulo), o valor que se gasta com o básico (como por exemplo, a alimentação), e com o lazer (restaurantes, hotéis, viagens) são inferiores aqui.

2 – Montanhas e natureza

A Bulgária é um país abençoado quando olhamos para a natureza. É um lugar cheio de montanhas, florestas, rios, e realmente um prato cheio para os amantes da natureza como eu. Uma das montanhas mais belas é a montanha Rila, que possui em seu topo uma trilha que leva a 7 lagos, e uma vista deslumbrante entre muitas outras atrações como pista de esqui no inverno e o Mosteiro de Rila.

Lago Montanha Rila
Lago Montanha Rila

3 – Praias

Com várias das mais belas praias do mar negro, a Bulgária se destaca não só pelas lindas paisagens e água cristalina como também possui cidades históricas praianas fundadas antes de Cristo, como Sozopol e Nessebar, que inclusive tem seu centro histórico presente na lista de patrimônio mundial divulgada pela Unesco.

4 – Lazer por um preço justo (restaurante e hotéis)

Uma das coisas que eu mais gosto daqui é poder usufruir de restaurantes, cafés e hotéis, pagando um preço super camarada. Aqui, você vê mesmo idosos e aposentados tomando um café em um lugar bacana ou comendo fora, pois os preços para esse tipo de serviço são baixos. Por exemplo, o preço em média do prato principal em um restaurante bom em Sofia (capital), ou na praia, de frente para o mar é de 10 euros, e pra quem vem com um orçamento apertado pode pagar bem menos que isso. E o mesmo acontece com os hotéis, que em média você vai pagar 25 euros por pessoa (em alta temporada).

Montanha Pirin

5- Segurança

Embora a Bulgária não seja um local tão seguro comparado com outros países da União Europeia, em comparação com o Brasil a Bulgária é um país mais seguro de se viver.

6- Cidades Históricas

Você sabia que Sofia,  capital da Bulgária, é a segunda capital mais antiga da Europa (atrás apenas de Atenas), aqui tem várias outras cidades históricas também, como Plovdiv, que possui em média 6.000 anos, e é uma das cidades mais antigas da Europa.

Sozopol
Sozopol

7- Cultura

A Cultura búlgara é uma das culturas mais ricas e antigas da Europa. Adoro as danças e músicas folclóricas e as roupas típicas. Os búlgaros levam mesmo as mais antigas tradições super a sério.Uma curiosidade é que o tesouro em ouro mais antigo do mundo (5.000 a.C.) foi encontrado em Varna, na Bulgária.

8- Cultura Gastronômica

A gastronomia é bem diversificada com bastante influência da culinária turca e grega e possui vários ingredientes de primeira qualidade, como o iogurte búlgaro (várias fontes indicam que o iogurte foi inventado na Bulgária), o queijo Cireni (tipo um queijo branco, parecido com o feta, porém, produzido apenas com leite de vaca), e é acrescentado em saladas  do tipo Shopska, Ovcharska e o Katuk,  e no tradicional Banitza (um pão feito com massa filo, bem tradicional aqui também). Os vinhos da região, embora, não muito conhecidos, são excelentes e com um ótimo preço. A produção de vinho na Bulgária é bem antiga e tradicional e teve início em datas que antecedem os Trácios (Século V a.C.). A Bulgária também era o segundo país com a maior produção de vinho, nos anos 80. A Rakia, que é o destilado oficial búlgaro, pode ser fabricado com diversas frutas, como damascos, uva, e pêssego, e é um dos destilados mais aromáticos que eu já experimentei.

9 – Clima

Aqui, as quatro estações do ano são bem definidas. No verão é muito quente e ir para a praia é a melhor opção (as temperaturas podem chegar a 40 graus Celsius), já no outono, as folhas das árvores mudam de cor maravilhosamente,  no inverno tem muita neve, e é uma ótima época para ir para as montanhas praticar esportes de inverno, e a primavera é linda, e super florida.

10- Povo Receptivo

A não ser por algumas raras exceções o povo búlgaro é bem receptivo. E diferente de outros países da Europa (como Alemanha, Inglaterra, entre outros) onde, eu já ouvi relatos de amigos que dizem que as pessoas são mais “frias”, o povo búlgaro, é aberto para novas amizades, e é mais próximo do perfil do povo brasileiro e latino.

Leia sobre a culinária búlgara!

Related posts

O que fazer em Plovdiv na Bulgária

Aimée Bardella Aihst

Dez motivos para se apaixonar pelo Havaí

Cleide Klock

Os 7 lagos da Montanha Rila na Bulgária

Aimée Bardella Aihst

53 comentários

Regina Junho 5, 2016 at 1:15 am

Aimée
Muito obrigada por compartilhar suas experiências aqui . Você escreve muito bem , e lendo seu post , da pra aprender e conhecer mais sobre a Bulgária e sobre a história. Não sabia que era uma cultura tão antiga … vivendo e aprendendo….
Um abraço e parabéns por seu texto … muito gostoso de ler .

Regina

Resposta
Aimée Aihst Junho 7, 2016 at 8:16 am

Obrigada!

Resposta
Enid Fernandes Costa Junho 5, 2016 at 6:52 pm

Aimee, amo os seu comentários, leio todos. Que Deus continue te abençoando e sua família.

Resposta
Aimée Aihst Junho 7, 2016 at 8:15 am

Obrigada Enid!

Resposta
Elias Junho 7, 2016 at 2:06 am

Olá Aimée! Toda vez que eu leio algum post falando sobre um país do leste europeu, eu me surpreendo positivamente, e a Bulgária não é diferente. Muito obrigado pelo post, e aguardo novidades sobre esse país que eu gostei muito (só de ler seu post).

Resposta
Aimée Aihst Junho 7, 2016 at 8:15 am

Obrigada pelo seu comentário Elias! Que bom que gostou.

Resposta
Aline Junho 9, 2016 at 2:48 am

Amei o texto Aimée da até vontade de ir 🙂 Parabéns!!

Resposta
BERNADETE REZENDE DE SOUZA RIBEIRO Junho 9, 2016 at 3:25 pm

A sua visão panorâmica contribuiu com a riqueza do texto, muito lindo e de estimulo para os que amam a natureza. Fico feliz que tenha se adaptado bem as pessoas e a cultura do lugar. Parabéns!

Resposta
Junior Brasilio Agosto 17, 2016 at 8:08 pm

Boa tarde, é bom para trabalhar na Bulgária?
Obrigado, bjos.
Junior Brasilio

Resposta
Aimée Aihst Agosto 25, 2016 at 8:25 am

Olá Junior,
depende muito, para brasileiros eu sei que sempre tem vaga de emprego para
trabalhos em call centers, pois não tem muitas pessoas que falam português, eles também
requerem fluência em outro idioma como o inglês. O salário nesse tipo de emprego é de mais ou
menos 2.000 levas. Porém, o custo de vida na Bulgária é mais baixo comparado a outros países Europa.
Para outros tipos de emprego, é necessário falar búlgaro.
Espero ter ajudado.

Resposta
Mauro César Agosto 21, 2016 at 7:03 pm

Olá Aimée! Adorei esse artigo que tu publicou sobre a Bulgária, muito legal mesmo.
Eu sou de Curitiba/PR e quero aproveitar para lhe perguntar:
1) O que tu achas, e, se tem pontos negativos, ou, não tão legais assim na Bulgária em relação ao Brasil?
2) O que tu achas curioso nesse país que é diferente do Brasil?
3) Se tu tens amigas búlgaras, o que elas sabem sobre o Brasil e os brasileiros (qual a opinião delas sobre os homens brasileiros)?

Resposta
Aimée Aihst Agosto 25, 2016 at 8:34 am

Olá Mauro,
Os pontos negativos aqui na minha opinião, seria o inverno rigoroso e longo.
Sobre alguma curiosidade, eu escrevi um artigo sobre isso, o link é esse 10 Curiosidades sobre a Bulgária
E sobre a opinião de alguma búlgara, elas acham o Brasil e o povo brasileiro muito bonito devido a miscigenação.

Resposta
Mauro Setembro 17, 2016 at 2:44 am

Obrigado Aimée !!! 🙂

Resposta
Mauro Setembro 18, 2016 at 4:14 am

Saudações, Aimée. Tudo bem?

Há outra coisa que quero lhe perguntar também,
Tu sabes ou conheces qual é a rede social que os búlgaros mais utilizam no país?
De fato, existe alguma rede social que eles costumam utilizar para fazer amizades ou relacionamentos?

Resposta
Bruna Beatriz Outubro 21, 2018 at 4:07 pm

Facebook e Instagram

Resposta
Maria da Conceição Setembro 3, 2016 at 9:06 am

Ola Aimée, Prazer em conhecê-la! Obrigada pelas dicas sobre a Bulgária, Gosto de saber! Beijão

Resposta
Aimée Aihst Setembro 5, 2016 at 8:57 am

Olá Maria! Obrigada pelo seu comentário. Que bom que gostou.

Resposta
José Fialho Setembro 4, 2016 at 2:47 am

Olá Aimée, vi as suas informações sobre a Bulgária , e deu para ficar com uma ideia do País .
Meu filho está indo para lá no próximo
ano para estudar na faculdade de economia.
O que recomendaria e que conselhos
me dá ? Pode Ajudar ?
Obrigado

José Fialho
PORTUGAL, região ALENTEJO
cidade de ÉVORA

Resposta
Aimée Aihst Setembro 5, 2016 at 9:02 am

Olá José.
A única recomendação que eu daria para seu filho é
aprender pelo menos o básico do idioma Búlgaro, pois embora os jovens falem inglês aqui,
as pessoas mais velhas falam apenas búlgaro e russo.
Qualquer pergunta mais específica, pode ficar a vontade de me mandar um email ([email protected])
Tenha uma boa semana!

Resposta
Wesley Setembro 25, 2016 at 8:54 pm

Aproveitando o assunto, poderia me dizer saber sobre escolas internacionais, tenho dois filhos 6 e 13 anos, pelo preço que encontrei ( de 500 euros na british school a 1500 euros na Anglo American school) não parece ser valores que refletem a realidade do país que o salário mínimo fica abaixo dos 200 euros. Mil euros (pra dois filhos) somente pra educação já foi quase meu salário inteiro. Então a pergunta é : ondem estudam as crianças de brasileiro na Bulgária? Seria em escola pública mesmo sem falar búlgaro?

Resposta
Aimée Aihst Outubro 4, 2016 at 4:16 pm

Olá Wesley, as escolas particulares na Bulgária são caras mesmo,
gosto muito da pedagogia Waldorf, mas acho que o preço deve ser de em media 400 euros.
Algumas escolas publicas são boas, e as crianças aqui geralmente falam um pouco de inglês.
Eu acho que não custa nada também você enviar um e-mail para as escolas americanas e perguntar
como funciona para conseguir bolsa de estudos parcial e completa. Ou até se há algum desconto.
Eu tenho um filho pequeno que vai começar a estudar em escola publica.
Espero ter ajudado.

Resposta
Evandro Luis Osorio Camargos Setembro 24, 2016 at 5:42 pm

Aimée, boa tarde ou boa noite!..gostei da publicação! estive na Espanha e Itália, nesta, falando em “tupi-guarani”, dirigi de Roma até Pisa. E com intenção de voltar a “Bela Pátria”…mudei de idéia…quero conhecer a Bulgária…gostei demais das publicações…se tiver mais alguma “dica’ , gentileza enviar, Obrigado

Resposta
Aimée Aihst Outubro 4, 2016 at 4:11 pm

Olá Evandro! Para que cidade você vai?
Escrevi alguns artigos turísticos com várias dicas aqui no blog.
Pesquise com a palavra chave BULGÁRIA que você
irá encontrar!
Espero ter ajudado.

Resposta
Eliozeas V. Almeida Outubro 3, 2016 at 11:30 pm

Boa noite! Gostei muitíssimo de sua publicação. Eu leio muito sobre os países do Leste Europeu, visto que planejo viajar por eles, especialmente conhecer a Bulgária e Varna, cuja história me encanta. Programo-me para começar minha viagem mundial em 2018, quando estarei aposentado e farei essa viagem em motorhome.. O planejamento é viajar 7 anos entre Europa e Ásia e Oceania. Não quero trabalhar, minha renda será o suficiente para manter-me sem luxos. No entanto, sou engenheiro com doutorado em solos, mas tenho como passa tempo aqui no Brasil o fabrico de joias e fico muito curioso para saber como é essa profissão aí. Pode contar-me algo sobre isso? Abraços

Resposta
Aimée Aihst Outubro 4, 2016 at 4:21 pm

Olá Eliozeas, muito obrigada pelo seu comentário.
Moro em uma cidade pequena perto de Sofia, e
aqui possui várias pequenas lojas de jóias que trabalham com ouro e prata aqui.
Geralmente gerenciadas pelo próprio designer.
Aqui o preço do ouro é mais barato que no Brasil.
Espero ter ajudado.
Abraços

Resposta
Ben Popov Outubro 10, 2016 at 3:42 am

Gratidão, não tenho palavras! Obrigado pelo carinho e a dedicação de promover o nosso pais! <3

Resposta
Aimée Aihst Novembro 23, 2016 at 1:25 pm

Obrigada Ben 🙂

Resposta
filomena Sousa Outubro 29, 2016 at 5:30 pm

Ola Aimee, tenho um filho que vai no proximo ano fazer erasmus em Sofia. E facil alugar apartamento ai? Há alguma agencia que trate disso?
Mui obrigada. Gostei mt do seu post.

Resposta
Aimée Aihst Novembro 23, 2016 at 1:28 pm

Oi Filomena.
O site que eu uso: http://www.homes.bg/
Mas não sei se tem em outro idioma ou apenas em búlgaro.
Espero ter ajudado.
🙂

Resposta
Geovany Novembro 13, 2016 at 5:23 pm

Boa tarde, sou de São Luís MA, minha esposa e eu já viajamos em boa parte da Europa, porém agora estamos procurando um País pra passar uma temporada. Um local fora do eixo tradicional e com um custo de vida mais baixa. Estamos nos aposentando e não necessitamos e não queremos trabalhar, apenas aproveitar. Gostaríamos de saber sobre visto para moradia, aluguéis e uma cidade próxima a Capital. Não pretendemos morar em cidade muito grande. Obrigado

Resposta
Aimée Aihst Novembro 23, 2016 at 1:39 pm

Oi Geovany,
A cidade onde eu moro (Dupnitsa) fica a 40 minutos da capital, e mesmo sendo
uma cidade bem pequena, tem de tudo aqui,
a cidade de Pernik acho que também se encaixa no que você procura.
O problema aqui e o visto, se você não possui cidadania de algum pais da união européia
acho muito difícil você conseguir um visto, a não ser que você faça algum curso e tenha um visto de
estudante. Não sei como isso funciona, mas os cursos aqui são bem baratos.
Acho melhor você entrar em contato com a Embaixada da Bulgária que fica em Brasília.

Resposta
Nara Vasconcelos Barreto Janeiro 1, 2017 at 11:16 am

Olá, Aimee, eu moro em Sófia há 10 anos e assino embaixo de tudo o que você escreveu e descreveu tão bem a respeito da Bulgária. Também sou apaixonada por isso aqui, Obrigada pelo seu post.
Peço licença pra incentivar o Geovany, que gostaria de passar uma temporada fora do Brasil após se aposentar. Esse detalhe – a condição de aposentado, junto com a comprovação de sua renda de aposentadoria – dará a você o status necessário para conseguir o visto de residência na Bulgária. Nossa situação é idêntica. abraços

Resposta
Sergio Fevereiro 27, 2017 at 3:02 pm

Oi Nara tanto vc como a Aimée são sensacionais como orientadoras e facilitadoras para quem quer passar uma longa temporada neste país, agradecemos e nos orgulhamos muito de ter brasileiros como vcs.
Minha situação é a mesma do Geovany, tenho renda, estou perto de me aposentar, mais minha esposa ja é aposentada e desejamos muito passar alguns anos fora do Brasil e a Bulgária esta dentro dos nossos planos.
Ja registrei o e-mail de nossa amiga Aimée, mas seria possível vc nos passar o seu tbm para que possamos tratar sobre mais algumas duvidas à este respeito?

Resposta
Aimée Aihst Março 2, 2017 at 11:15 am

Obrigada Sergio!
Qualquer coisa me mande um e-mail.

Aimée Aihst Março 2, 2017 at 11:13 am

Olá Nara,
Muito obrigada por essa informação, eu realmente não sabia!
Obrigada pelo seu comentário.
Abraços

Resposta
adson luiz espirito santo leal Maio 28, 2018 at 4:20 am

Oi Nara, sou aposentado e tenho imoveis alugados no RJ, se eu qiser morar na Bulgária preciso comprovar renda de quanto no Brasil?

Resposta
Aimée Aihst Março 2, 2017 at 11:18 am

Oi Geovany, uma leitora do blog a Nara, escreveu que é possivel essa temporada aqui. Se informe no consulado.
(a condição de aposentado, junto com a comprovação de sua renda de aposentadoria – dará a você o status necessário para conseguir o visto de residência na Bulgária).

Resposta
Anita Puntel Junho 28, 2017 at 9:58 am

Suuuuuuuuper bacana tua contribuição Aimée! Estou em processo de seleção para ocupar uma vaga em Sofia. Se for aprovada faço questão de conhecer teu café e trocar uma idéia. Adoro gente descolada!
Beijos e muito,muito sucesso!

Resposta
Aimée Bardella Aihst Julho 31, 2017 at 2:47 pm

Oi Anita, obrigada querida!
Eu e meu marido vendemos o café em abril desse ano,
mas fique a vontade para me mandar um email : [email protected]
podemos marcar um café em outro lugar, rs.
Beijos

Resposta
eduarda Julho 18, 2017 at 8:13 pm

ola, falta pouco tempo para eu sair do brasil para morar fora, andei lendo muito para onde ir, um dos lugares que mais me chamou atenção foi a Bulgária porem acabei de ler em um artigo que la tem muita violência domestica e machismo, gostaria de saber se tu acha que isso realmente é verdade?!

Resposta
Aimée Bardella Aihst Julho 31, 2017 at 2:36 pm

Oi Eduarda, infelizmente é verdade,
mas acho que a situação no Brasil é bem parecida,
eu sofro machismo as vezes, mas eu lido com isso na boa.
Espero ter ajudado.

Resposta
Eduardo Leal Julho 20, 2017 at 12:30 pm

Olá Aimmée Aihst, tudo bem?
Recebi uma proposta de emprego para trabalhar no Business Park Sofia. O nome da empresa é Concentrix e o trabalho é para a Xerox no mercado Português.
O salário oferecido pela empresa é de 2000 Lewa menos a taixa de 23%.
Se possível, gostaria da opinião de vocês sobre: o salário é suficiente para o estilo de vida ai na Bulgaria (moradia, comida, lazer)? No geral: como é o clima, comida, lazer, receptividade, comunidade brasileira, segurança, língua (é fácil se comunicar em inglês, toda a população fala ou só uma parte)?
Estou a 4 meses em Dublin e estou estudando esta proposta.
Obrigado.

Resposta
Aimée Bardella Aihst Julho 31, 2017 at 2:44 pm

Oi Eduardo,
é possível viver bem aqui com esse salario.
O clima aqui é bem extremo, muito calor no verão,
e muito frio no inverno. Sobre o inglês, não e toda a população que fala,
geralmente apenas os mais jovens.
Apesar de aqui ser considerado não tão seguro como outros países europeus, comparando
com o Brasil aqui é tranqüilo

Resposta
Henrique Andrade Setembro 8, 2017 at 1:05 am

Oi Aimée tenho uma esposa e filha e estamos planejando sair do Brasil pode me da alguma dica, pois a Bulgária é um pais que me indicaram

Desde já agradeço

Resposta
Aimée Bardella Aihst Setembro 15, 2017 at 7:09 am

Oi Henrique,
Aqui é mais seguro comparado com o Brasil, e o custo de vida é baixo,
porém a parte negativa na minha opinião é o idioma
búlgaro que e bem complicado de aprender.
Não sei a área que você trabalha, aqui tem algumas empresas que procuram brasileiros,
e também algumas empresas que contratam se você fala inglês.

Resposta
Jorge Pedro Rodrigues Soares Maio 7, 2018 at 3:10 am

Olá Aimée, poderia dizer quais áreas de trabalho os brasileiros são mais requisitados?
Sou Médico Veterinário, trabalho na área de saúde pública

Resposta
Felipe Outubro 2, 2017 at 2:02 am

Oi, Aimée.

Sou casado com uma búlgara há 14 anos, morando no Brasil. Vamos mudar para a Bulgária final desse ano/início do próximo. Temos um filho de 8 anos, ele já tem passaporte búlgaro. Você pode me indicar o caminho para me regularizar, validar o casamento, ter documentos para trabalhar?

Aproveito para perguntar: você, ou o seu entrevistado César Pimentel da Evoé Cerveja Artesanal, conhecem algo sobre o mercado de publicidade por aí? Vi que ele é publicitário.

Desde já, muito obrigado.

Resposta
Aimée Bardella Aihst Outubro 11, 2017 at 4:44 am

Olá Felipe
O primeiro passo é o Sr. ” Apostilar ” sua certidão de casamento. O Sr. tem que entrar em contato com a Embaixada da Bulgária que fica em Brasília, contar seu caso, e pedir um visto temporário ( acho que é o visto “D” mas não tenho certeza). Quando chegar na Bulgária você tem que regularizar sua situação no departamento de imigração. Sobre o mercado de publicidade, eu não sei muito, o que eu sei é que várias Empresas Multinacionais tem aberto escritórios na Bulgária ( maioria em Sofia ) e tem empregos para todas as áreas, mas é necessário que o Sr. fale inglês.

Resposta
Felipe Outubro 31, 2017 at 12:13 am

Muito obrigado pela atenção, Aimée.
Desculpa a demora em responder, é muita coisa pra fazer, rsrs.
Eu queria fazer uma pergunta mais específica sobre regularização de casamento/visto de permanência:
Posso entrar na Bulgária com visto de turista e, com todos os documentos, traduzir e ter a certidão de casamento (daqui) reconhecida pela Bulgária? E, assim, reconhecido como esposo dela oficialmente, pedir minha permanência no país?
Imagina que eu já estou aí com minha família, e resolvemos ficar. Temos os documentos, podemos legalizar tudo aí mesmo?

Resposta
Gabriela Outubro 25, 2017 at 11:44 pm

Oi, Aimée

Tenho muito interesse pela Bulgária, acho o lugar maravilhoso em diversos aspectos, tenho curiosidade sobre a educação de lá, em relação ao ensino Universitário?
Desde já agradeço.
Amei seu texto, muito explicativo.

Resposta
Adriana Felipov Novembro 18, 2017 at 10:33 pm

Oi Aimée

Muito bom o artigo, embora, eu tenha ascendência não sabia muito da Bulgária. Na verdade meus avós vieram de uma província da antiga Russia czarista chamada Bessarábia, eram refugiados devido a invasão turca à Bulgária , os russos na época acolheram muitos povos principalmente eslavos, dentre eles os Búlgaros, meus parentes viveram 200 anos na Rússia. A Bessarabia foi ocupada pelos Romenos e ai muitas famílias Bessarabicas fugiram para América latina . Por isso o meu povo,pelo lado paterno, carrega as duas culturas Búlgara e Russa, mas a origem dos Filipov é de fato a bela Bulgária. Achei o país interessante , para quem gosta de lugares góticos, medievais deve ser um deslumbre mesmo. Quem sabe um dia me animo a conhecer a cultura dos meus ancestrais paternos. Meus cumprimentos pelo seu espirito cosmopolita e pioneiro, deve ser desafiador viver em uma cultura tão exótica, falo isso porque eu achava muito diferente os costumes da família do meu pai, agora compreendo mais………. parabéns novamente, um abraço

Resposta
celso grecov Março 21, 2019 at 12:21 am

Muito bom ! Parabéns Aimeé ! Pelos comentários e circunstâncias , presume-se que em breve a colônia brasileira será numerosa , aí na Bulgária. Eu que falo búlgaro e sou professor de joalheria/ourivesaria , estou começando a me inclinar a ir para aí…será que eu tenho chance ?

Resposta
Liliane Oliveira Março 21, 2019 at 1:48 pm

Olá Celso,
A Aimée Bardella Aihst parou de colaborar conosco e, infelizmente, não temos outra colunista morando no país.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação