BrasileirasPeloMundo.com
Grécia

Música grega

Quem nunca ouviu a música grega tradicional tocada no musical Zorba, o Grego? Quando cheguei em Atenas, há mais de quatro anos, me surpreendi com muitas coisas. Algumas já mencionei em textos anteriores, mas nunca falei sobre esse tema em detalhes: a música grega! Ao escrever sobre as baladas em Atenas, mencionei que a música grega comercial é sempre tocada em festas, e isso sem exceção. Mesmo que você escute sucessos internacionais, a partir de um dado momento os DJs assumem suas raízes e não param mais de tocar os hits de artistas locais.

Nas rádios a mesma coisa. Claro que há rádios tocando músicas internacionais, mas boa parte delas é voltada para o repertório grego. Mas, qual é afinal o estilo da música grega? Bom, na verdade são vários os estilos. Mesmo sendo um país não muito vasto e com uma população um pouco menor do que a da cidade de São Paulo, é incrível a variedade musical existente na Grécia e como a música está tão inserida na cultura do país, tanto no dia a dia dos gregos como nos momentos de celebração. As influências também são de vários lados, dos balcãs, dos turcos, dos árabes.

Rebetiko

O estilo mais conhecido fora do país é provavelmente o Rebetiko, considerado o blues grego. Com origem no fim do século XIX e tornando-se mais popular nos anos 20, foi trazido pelos gregos que fugiram da Turquia, quando os turcos atacaram a região de Smyrna, que possuía boa parte da população de origem grega. As letras falam normalmente das dificuldades enfrentadas por essas pessoas na mudança e das condições em que viviam, de assuntos como pobreza, fome e opressão da polícia. Se quiserem conhecer e ouvir mais do Rebetiko, alguns artistas populares na época eram: Vassilis Tsitsanis, Markos Vamvakaris, Marika Ninou e Sotiria Bellou.

Mais tarde, na década de 80, o Rebetiko se modernizou com influências do rock e letras mais ligadas à atualidade. Desse período, destacaram-se nomes como: Dionyssis Savopoulos, Georgios Ntalaras, Nikos Papazoglou, Stavros Xarhakos e Pavlos Sidiropoulos. Independente da época, o famoso instrumento grego de seis cordas, bouzouki, está sempre presente nessas músicas e foi se modernizando. Hoje é muito comum em restaurantes, ou até nas esquinas de Atenas, encontrar músicos tocando o bouzouki.

Laiko

Atualmente, o estilo de música grega moderno é conhecido como Laiko. E é uma mistura da música folclórica mais tradicional com elementos modernos de influências da cultura pop dos Estados Unidos e Europa. Apesar de considerado inferior por críticos, é o estilo que mais toca nas baladas gregas e os jovens não cansam de escutá-lo. Alguns nomes que se destacam na cena atual para que vocês tenham uma ideia: Despina Vandi, Sakis Rouvas, Elena Paparizou, Pshalis Terzis, Eleftheria Arvanitaki, Lefteris Pantazis, Padelis Padelidis, Giorgos Tsalikis, Panos Kiamos.

Como falei, ao chegar em Atenas não fazia ideia de como era a música local. E me surpreendi muito ao perceber a semelhança com a música árabe, um estilo meio “dança do ventre”, até mesmo na maneira de dançar. Outro motivo para caracterizar a Grécia culturalmente mais próxima aos países árabes e do Oriente Médio do que aos países europeus.

Esses artistas normalmente se reúnem em casas noturnas para eventos chamados Bouzoukia, em que cantam e dançam junto com a plateia. É bem divertido! Apesar de eu não ser grande fã do estilo musical, recomendo, pois vale a pena participar de uma dessas noitadas caso esteja visitando o país. As pessoas bebem, dançam e sobem nas mesas para cantar junto com os artistas as músicas e os maiores sucessos.

Pop Rock

E, claro, há também os grupos e artistas que não são tão influenciados pela música tradicional grega e são famosos por um estilo mais “internacional”, dos gêneros pop e rock, por exemplo. A cantora Demy é um grande ícone nacional, provavelmente a cantora pop mais famosa do país. O grupo Vegas é também um representante do pop rock grego e do hip hop (sim, os gregos também cantam rap e hip hop), o artista Stavento é provavelmente o mais famoso. Ele também é jurado de um dos reality shows musicais transmitidos pela TV grega, aliás muito populares no país.

Vale a pena escutar!

Fora todos os nomes que mencionei que vocês podem escutar para conhecer mais um pouco da música e cultura local, gostaria de destacar alguns outros que não entram em nenhuma das categorias mencionadas, mas que vale muito a pena conhecer. Um deles é a banda de jazz grega Gadjo Dilo, que possui influências do jazz e versões de músicas gregas da cena dos anos 50 e 60. Outra banda para conferir é Imam Baildi, com versões mais modernas também de músicas gregas antigas e composições próprias que valem muito a pena escutar! Outras duas bandas que recomendo são mais rock, porém num estilo alternativo: The Burger Project e Locomondo, essa última com influências também do reggae.

Um outro grande nome da música grega, que devemos destacar por ter ficado mundialmente famosa e por seu grande talento, é a cantora de ópera Maria Callas. Apesar de ter nascido em Nova Iorque, seus pais eram gregos e ela mudou-se para Atenas adolescente, onde estudou e passou parte de sua vida. É considerada a maior celebridade da ópera no século XX e uma das maiores cantoras de todos os tempos. Se não conhecia, vale a pena escutar a moça cantando.

Fora esses estilos mais espalhados pelo país, cada ilha ou região na Grécia tem seu estilo musical tradicional. O musical Zorba, por exemplo, foi filmado na ilha de Creta com seu estilo musical característico e dança local. Já a Kantada, um gênero musical romântico, tem sua origem na ilha de Kefalonia. As famosas danças gregas também variam bastante de uma região para outra e valem um novo texto apenas sobre isso. Vai ficar para a próxima!

Para finalizar, aqui nesse link vocês podem escutar uma playlist que fui juntando ao longo dos meus anos de Grécia e que tem um pouquinho de tudo o que mencionei no texto. Divirtam-se!

Related posts

Culinária grega

Amanda Fontenele

Transporte público em Atenas

Clarissa Gaiarsa

Feriados na Grécia

Marina Lemgruber

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação