BrasileirasPeloMundo.com
Espanha Natal Pelo Mundo

Natal nos povoados mais bonitos da Espanha

Natal nos povoados mais bonitos da Espanha.

Madri, Barcelona e algumas outras capitais como Sevilha, Málaga, Salamanca e Segóvia são destinos bastante conhecidos do Natal espanhol por seus mercados natalinos, muitas lojas e compras, decorações e shows de luzes de Natal. Mas para quem estiver por aqui e quiser aproveitar as festas de fim de ano de um jeito bem diferente e bastante tranquilo, uma ótima pedida é passar o Natal nos povoados mais bonitos da Espanha.

“Los pueblos más bonitos de España” é uma rede de, atualmente, 68 pequenos municípios que se uniram para promover o patrimônio e a tradição, com a finalidade de incentivar o turismo de qualidade desses povos com encanto e melhorar o turismo do interior do país durante todo o ano.

A organização dos “Pueblos más bonitos de España”, criada em 2011, faz parte de um grupo maior: a rede dos Povoados mais bonitos da Terra, nos quais participam Espanha, França, Itália, Japão, Valônia (província belga) e Quebec (província canadense). Todos os participantes possuem as mesmas características: são pequenos e com riqueza histórica, arquitetônica e cultural. Unidos através do mesmo modelo de rede e com a mesma finalidade de preservação e conservação através de um turismo de qualidade.

Existe um projeto de criação de uma rede dos povos mais bonitos dos países ibero-americanos, quem sabe não teremos algum município brasileiro participando em um futuro próximo…

Leia também:  Tudo que você precisa saber para morar na Espanha

Como já contei em textos passados, a Espanha vive há muitos anos em seu interior um fenômeno conhecido como “a Espanha vazia”, que são municípios que sofrem severo despovoamento chegando alguns a ponto de desaparecerem. Com essa iniciativa e rede de valorização desses povoados através da arquitetura, história, patrimônio e cultura, se estimula um turismo de excelência e qualidade.

Essa rede funciona como um selo turístico e conseguiu preservar e salvar alguns desses municípios de zonas rurais. Com a força dessa rede maior, um munícipio pequeno e muitas vezes esquecido ganha um maior alcance, visibilidade e projeção midiática. Dessa maneira, conseguiram gerar um impacto econômico e social muito positivo nos povoados participantes. O turismo durante todo o ano possibilitou em diversos casos diminuir o desemprego do local e manter o povoado vivo.

Para fazer parte dessa organização é preciso obedecer alguns critérios demográficos e de qualidade urbanística e turística, além disso, o prefeito de cada local precisa pedir formalmente a inclusão do mesmo. Após visita e avaliação de uma comissão, o povoado pode ou não receber o selo. E os participantes devem manter os padrões de qualidade ao longo dos anos, como: limpeza pública, paisagismo, manutenção e preservação de fachadas arquitetônicas e históricas, entre outros critérios exigidos para continuar fazendo parte do grupo e preservar tal selo.

Dos 68 municípios espanhóis participantes, tive a oportunidade de conhecer: Rubielos de Mora, Morella, Peñiscola, Hita e Puertomingalvo. Todos realmente com muita beleza, história viva e encanto! Com certeza, pelo menos dois desses povoados serão assunto para as minhas novas postagens. Morella e Peñiscola, que estão localizados na Província de Castellón, onde vivo, são locais que eu visito com bastante frequência. São povoados que possuem riqueza arquitetônica e histórica e uma gastronomia peculiar e deliciosa!

Mas como o assunto hoje é Natal, reservei algumas dicas de programação natalina. Na lista dos participantes da rede desses povoados espalhados por toda a Espanha existe os indicados para se visitar especialmente nesse período de festas. Começarei pelo que conheci pessoalmente nessa época de Natal:

Rubielos de Mora

Encontra-se na província de Teruel, a 52 quilômetros de sua capital de mesmo nome. A cidade murada está bastante preservada, mantendo grandes trechos do muro e ainda dois portais dos sete originais que existiam para a entrada na vila. O povoado ganhou o prêmio Europa Nuestra, de 1983, pela preservação de seus edifícios notáveis e pequenos palácios que formam seu conjunto histórico artístico.

Visitei Rubielos de Mora no Natal de 2016, ano em que estava completamente enfeitada, iluminada e em festa, pois o município havia sido o vencedor do concurso “Luce tu pueblo” da Ferrero Rocher naquele ano.

Todos os anos, durante o período de Natal, fazem esse concurso de nível nacional para promover pequenos povoados patrocinados por esta empresa de bombons. Participam vários municípios e todos com certas características em comum. O concurso movimenta toda população local das cidades concorrentes e vizinhanças a participar ativamente da votação por internet para ver seu povoado ganhar. E o prêmio do povoado vencedor é toda a iluminação natalina patrocinada pela empresa. A noite de acender a decoração do município mais votado é passada ao vivo na TV e repetida nos telejornais.

Outra programação recomendada em Rubielos de Mora é comer em seus restaurantes de caverna com suas lareiras e comidas caseiras de montanha.

Rubielos de Mora – Arquivo pessoal.

Fornalutx

Povoado localizado nas ilhas baleares. Sua Missa do Galo foi declarada Patrimônio Imaterial da Humanidade Unesco por manter as tradições do “Canto de La Sibila”, um drama litúrgico de estilo gregoriano. Tradição essa extinta no resto do mundo, mas que permanece viva em toda ilha de Maiorca.

Laguardia

Em sua vila arqueológica, Álava, é recriado um presépio de origem barroca com mais de 73 peças móveis e articuladas manobradas por seus artesãos por detrás do cenário. É um presépio muito original e por isso atrai cada vez mais centenas de visitantes todos os anos.

Valderrobres

Povoado localizado na província de Teruel, possui estilo típico daqueles Natais mágicos e de histórias infantis, com telhados nevados, casinhas com chaminés e cheiro de lenha. Em 31 de dezembro, se celebra a corrida de São Silvestre, como a nossa de São Paulo porém, com bem menos participantes e muita neve. Risos!

Leia também: Comidas típicas de Natal na Espanha 

Castell de Guadalest

Natal com gosto de turrón. Localizado em Alicante, a terra do turrón, o doce mais típico e característico do Natal espanhol! O turrón chega a ser chamado por aqui de “sinônimo de Natal”. Sério, eu mesma já ouvi várias vezes alguém dizendo: “Não existe Natal sem turrón!” Parece exagero mas, se você entrar em qualquer mercado espanhol na época de Natal, ficaria impressionado com a quantidade e variedades da iguaria espalhada pelas prateleiras e corredores reservados somente para ele. Eu, pessoalmente, não gosto muito do famoso turrón e prefiro o nosso panetone de toda a vida e que nenhum espanhol me escute falando isso!

Além de ser a terra do doce, a 30 quilômetros dessa localidade celebra-se no dia 6 de janeiro, dia de reis Magos e o fim oficial do Natal espanhol, a Cavalgada dos Reis mais antiga da Espanha, declarada festa de interesse turístico nacional.

Esses são somente alguns dos povoados indicados para se visitar especialmente nesse período, mas a cada ano novos povoados passam a fazer parte dessa lista e por isso a programação natalina sempre pode ter alterações e novidades.

E você, já decidiu onde vai curtir o seu Natal?

Leia mais sobre Natal Pelo Mundo

Related posts

Natal na Índia

Cátia Piccoli

Os mercados natalinos na Inglaterra

Juliana Brandão

Natal em Londres e as tradições inglesas

Nathália Braga Bannister

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação