BrasileirasPeloMundo.com
Bélgica

O melhor de Bruxelas

Apesar de achar Bruxelas uma cidade legal de se visitar em toda época do ano, no verão as chances de se encontrar cores além dos usuais tons de cinza e pegar um tempo não-molhado, é bem maior, porem este guia pode ser seguido mesmo agora que o Outono esta chegando.

Quem vem visitar e não quer perder os essenciais, aconselho uma passada no site do BIP ,Brussels Information Point. Porém aqui eu resolvi dar dicas dos meus lugares preferidos, para mostrar um lado da cidade um pouco além da Grand Place, Mannekin Piss e Atomium.

Começando pelos parques, Bruxelas tem inúmeros destes, alguns enormes, outros pequeninos. Os mais famosos são o Parque Real e o Cinquantenaire, ambos muito legais, porém o meu preferido é o pequeno Parque Leopoldo. Situado no quarteirão Europeu, próximo do parlamento. Acho o contraste de prédios antigos com as arvores bem bonito e tanto os banquinhos quanto a grama, são ótimos para um pic-nic, uma pausa de leitura ou simplesmente para ficar vendo os transeuntes e as aves. O entorno do parque é também interessante, seja a parte das instituições europeias com seus enormes prédios, ou o lado mais residencial, como a praça Jourdan e seu famoso quiosque de batatas-fritas, o Maison Antoine.

Quem estiver afim de uma pausa café e quiser fugir das franquias Starbucks, Paul e Exki, as minhas opções preferidas são:

Au Vatel, uma padaria na Place Joudan. O preço não é dos mais baratos, mas os doces são uma delícia. ( Endereço: Place Jourdan 27, 1040 Etterbeek )

O Garcia é uma padaria portuguesa,  tem a fama dos melhores pastéis de nata de Bruxelas, e realmente são deliciosos.  Fica em Ixelles, no quarteirão português.  Um passeio depois pela praça Flagey e seu entorno é algo indispensável.

O Coffee Company, no centro da cidade, tem muitas variações de cafés, chás e sucos. O ambiente é despojado e as combinações que eles fazem são deliciosas. (Endereço: Rue du Midi 45 – 1000 Bruxelas)

Falando de restaurantes, Bruxelas tem inúmeras opções, nos meus três anos e meio aqui devo dizer que minha lista de lugares para ir na verdade só aumenta, mas alguns dos meus preferidos são:

Le Chat Noir: Restaurante no centro com boas opções de comida belga, perfeito para experimentar a Carbonade Flamand, prato típico daqui de carne cozida na cerveja e o “Moule et frites”, o mexilhão com batatas fritas.

Bombay Inn: Restaurante de comida indiana situado no centro a cidade. Descobri a pouco tempo, graças indicação de uma amiga, tem um clima bem bolywood. A comida é gostosa e tem opções até pra quem não curte muita pimenta. Boa pedida para quem não come carne.

Maison des Crèpes: Restaurante de crepes; salgados e doces. Comida simples, mas bem gostosa, no centro, bem próximo a Grand Place. Com preços justos e também tendo várias opções vegetarianas deliciosas. ( Rue du Midi 13, 1000 Bruxelles )

Vietnam Express: Este restaurante Vietnamita, situado em Ixelles, fica em torno do quarteirão africano, numa parte bem legal da cidade, em Matongue. Lugar bom para passeios durante o dia e fim de tarde, quando as lojas estão abertas. A comida do restaurante é bem gostosa a preços abordáveis.

Se a ideia é achar algo rápido e fácil, a franquia belga Mamma Roma é uma boa pedida, com suas pizzas vendidas a quilo você acha esses restaurantes em diversas partes da cidade.

Se o assunto são as famosas cervejas  e os bons lugares para prova-las, além do já famoso e turístico Delirium Café existem outros lugares que adoro:

O Moeder Lambic é um deles, com uma loja no centro, mas a casa original no agradável bairro de Saint-Gilles, é que vale a visita. Esse bar é especialista em cervejas artesanais e para passar o tempo alguns jogos de tabuleiro e histórias em quadrinho estão disponíveis. (Endereço: 68 rue de Savoie, 1060 Bruxelles )

Outro lugar ótimo para se descobrir as cervejas daqui é o Beer Mania. Ele fica dentro de uma loja de cervejas. O dono, um apaixonado por cervejas, desenvolveu até a sua própria, que só pode ser provada lá, a Mea Culpa.

Quem está afim escutar boa música, existem várias opções, eu recomendo:

Café Bizon, que todas as segundas- feiras tem jams de blues e constantemente outros shows do tipo na sua agenda. Com uma decoração legal e um menu de bebidas bem completo vale a pena dar uma passada.

Sounds Jazz Club: Para ouvir um bom jazz à Bruxelas. Espaço dedicado ao ritmo, com boas bebidas e ambiente aconchegante.

Se a pedida é dançar, meu lugar preferido na cidade é o Madame Moustache , onde o rock e musicas alternativas ganham espaço, num ambiente retrô. Dias de semana a entrada normalmente é grátis.

Porém, pra mim, o bônus de Bruxelas são suas feiras. Várias feiras sempre acontecem pela cidade, domingo perto da estação de trem Midi tem a mais famosa, porém a feira da Praça Jourdan, nas manhãs de domingo, me encanta. Sempre muito variada, adoro caminhar por ela e aproveitar para comprar meu almoço numa das barraquinhas de comida de todos lugares do mundo. Já nas segundas-feiras, uma ótima pedida é fazer o happy-hour na feira de Saint-Gilles, em frente ao belíssimo prédio da prefeitura, na praça Van Meenen.

No mais, acho que andar pela cidade é sempre legal. Quase sempre surgem surpresas interessantes: seja pela arquitetura perdida, a diversidade cultural ou as intervenções artísticas aleatórias. Espero que o guia ajude a quem vier pra esses lados a desvendar um pouco mais a cidade com outros olhos.

Related posts

Nem tudo são flores, na Bélgica tem lixo

Bruna Cely Silva

Festivais de verão: minha experiência no Rock Werchter

Marcela Vitarelli

Bélgica tem o melhor sistema de reciclagem de lixo da Europa

Elisa Penna

12 comentários

Fernanda Franco Setembro 24, 2013 at 2:29 pm

Tanta dica bacana, deu vontade de fazer uma visita!!! Valeu, e a padaria GArcia com certeza vai entrar na minha lista. Rs Bjs Fernanda

Resposta
Beatriz Noronha Setembro 28, 2013 at 11:54 am

Só cuidado Fernanda, os pasteizinhos são viciantes hehehe

Resposta
Christine Marote Setembro 25, 2013 at 12:40 pm

Que lindo! Outro lugar que preciso conhecer. E com dicas de quem mora, será melhor ainda! =]

Resposta
Beatriz Noronha Setembro 28, 2013 at 11:55 am

Venha sim Christine e use abuse do guia! 🙂

Resposta
Tati Sato Setembro 25, 2013 at 10:43 pm

Oi Bia,

Eu adorei as dicas – off-circuit – de Bruxelas! Esta capital é definitivamente uma das que ainda me faltam por visitar na Europa (ocidental… Porque não conheço quase nada da Europa Oriental! Hehe!)!!! Vou seguir suas dicas quando puder voltar a viver nesse continente que amo tanto!!!

Um beijo!

Resposta
Beatriz Noronha Setembro 28, 2013 at 11:58 am

Oi Tati!
Que bom que gostaste! Espero que venha logo e aproveite bastante 😉

bjks

Resposta
Beatriz Noronha Setembro 28, 2013 at 11:54 am

Que bom que vocês gostaram, eu adoro pegar dicas assim quando posso, acho que dá nos dá um olhar diferente da cidade, uma paisagem que muitas vezes não é a do turista, por isso achei a oportunidade de passar a minha paisagem de Bruxelas muito legal!
Espero que curtam bastante a cidade quando vierem!
bjks

Resposta
Bélgica – O Outro Lado do Casamento Outubro 24, 2013 at 1:10 pm

[…] Mais sobre a Bélgica. […]

Resposta
Gloria MAchado Março 26, 2014 at 1:09 am

Preciso de um guia que fale português ou espanhol. Você pode me indicar algum?

Resposta
Júlio César Abril 13, 2014 at 11:33 pm

Beatriz
Estou indo para Bruxelas em maio/14 e gostaria de saber se você acha necessário um guia, pois já li bastante sobre a cidade e caso a resposta seja sim, você conhece algum guia em português?

Abs

Júlio

Resposta
Candice Julho 12, 2017 at 4:49 pm

Olá, Bia
Tudo bem?
Por favor, você conhece algum guia turistico que fale portugues e faça um walking tour comigo e com uns amigos em Bruxelas?
Viajamos em 02 meses e estamos em busca.
Desde já, agradeço.

Abraço.
Candice

Resposta
ALVARO FARIA Julho 29, 2017 at 2:06 pm

Estou programando para ir para Bruxelas/Bruges/Antuerpia vc. tem alguma dica de Guia que fale Portugues para fazer City Tour e ou Transfer?

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação