BrasileirasPeloMundo.com
Romênia Turismo Pelo Mundo

O que fazer durante o inverno em Bucareste

Com neve e temperaturas bem abaixo de zero por toda a temporada, o inverno em Bucareste oferece algumas opções para se esconder do frio e aproveitar a cidade. Vejamos quatro delas e algumas dicas do que pode ser feito na área, para complementar o roteiro.

1 – Museus e sítios históricos 

Não tem melhor época para visitá-los! Enquanto neva lá fora, você se abriga em palácios quentinhos, aproveitando para conhecer um pouco da arte e da história local.

Muzeul National de Arta al Romaniei

O Museu Nacional de Arte Romena, situado na Calea Victoriei, ocupa os salões e escadarias do outrora Palácio Real, até ser parcialmente destruído durante a Segunda Guerra Mundial e posteriormente nacionalizado pelo Governo Comunista.

Composto por duas imensas galerias, uma de arte europeia e outra de arte romena, também abriga exposições temporárias, como a atual, que revela em quadros e esculturas o chamado realismo socialista, contando como a propaganda política se travestia de arte.

Dica

Nas proximidades, almoce no Caju e aproveite para passear pela charmosa Strada Nicolae Golescu. Caso tenha disposição, faça uma vista ao belo Ateneul Roman, casa de ópera e espetáculos, situada no meio do caminho entre restautante e museu.

Muzeul National de Arta Contemporana

O Museu Nacional de Arte Contemporânea abriga-se no famoso Palatul Parlamentului, ou Palácio do Parlamento, também conhecido como o segundo maior prédio do mundo, perdendo, em tamanho, apenas para o Pentágono.

Esse programa pode ser feito em duas etapas: visita ao museu, com suas salas extremamente fotogênicas, bem iluminadas e de pé direito alto, onde parte do acervo é apresentado de forma original, como se as peças estivessem guardadas e catalogadas nos porões do museu; e visita ao próprio Palácio do Parlamento, onde se tem a oportunidade de conhecer por dentro, a última obra megalomaníaca de Ceausescu. O Museu está aberto para visitação em horário regular, já o Palácio do Parlamento, apesar de localizado na mesma construção, precisa de agendamento prévio.

Dica

Passeie pelas longas calçadas do Bulevardul Unirri e observe os ricos prédios com acabamento em mármore que serviam de morada para os altos funcionários comunistas. Não muito longe dali, nas ruas em seu entorno, eles fazem grosso contraste com construções bem mais simples, à época destinadas à população, muitas vezes com pequenos apartamentos ocupadas por mais de uma família. Aproveite o passeio para almoçar no Social 1, com ótimas opções de coquetéis quentes, feitos especialmente para o inverno.

2 – Parques

O termômetro pode até continuar abaixo de zero, mas, nos dias em que o sol sai, os muitos parques da cidade voltam a ser uma boa opção de visita. Aproveite o passeio para apreciar as belas paisagens cobertas por neve e lagos congelados, explorando seus muitos jardins e nichos. Como os parques são sempre frequentados por romenos, a visita se torna uma boa oportunidade para observar a vida local.

Vista do Lago Floreasca – Foto: arquivo pessoal

Parcul Herastrau

Parque imenso, no coração norte da cidade, o Herastrau é bonito o ano inteiro. Durante o inverno, ele oferece um ring de patinação no gelo.

Dica

O parque possui opções de almoço para todos os bolsos e gostos, de barraquinhas de cachorro quente a alguns dos melhores restaurantes da cidade.

3 – Cozinha romena

E falando em comida, o inverno se torna uma boa época para experimentar as receitas mais pesados da cozinha romena. Com muitos cozidos, linguiças e cortes de porco, a culinária local parece mesmo feita para essa estação do ano.

Zexe Zahana

O Zexe está localizado em um bonito casarão antigo, no número 1 da Strada Sofia, rua sofisticada da cidade, cercada por embaixadas. O serviço, com garçons falando inglês, é impecável, e os preços, bons. Dedicado à chamada cozinha tradicional romena, por lá você encontra pratos mais leves, como o sarmale, ou mais exóticos, como a mandíbula de porco.

Caru’ cu Bere

Mais turístico do que o primeiro, o Caru’ cu Bere fica no Centro Histórico de Bucareste, em um casa de madeira pintada ao estilo campestre que, por si só, já merece a visita. Vez ou outra, bandas locais fazem apresentações folclóricas, com músicos vestindo roupas tradicionais. Uma vez passeando pelo Centro, vale a parada!

4 – Livrarias e seus Cafés

Programa bom para quem aprecia uma boa leitura é flanar pelas livrarias da cidade, acompanhado por um bom café, chá ou chocolate quente servidos no local.

Calea Victoriei – Foto: arquivo pessoal

Anthony Frost English Bookshop

Escondida em uma discreta passagem, na Calea Victoriei, não muito longe do Museu de Arte Romena, encontra-se esta livraria especializada em títulos em inglês, inclusive, traduções para o inglês de originais em romeno. A coleção é bem curada, sem dar espaço para os best sellers do momento, mas com prateleiras cheias de muito dos melhores livros já escritos em todas as épocas.

Carturesti Carusel

Também conhecida como “carrossel de luz”, a Carturesti, cadeia de livrarias espalhadas por toda a cidade, fez de um antigo sobrado no Centro Histórico, a livraria mais bonita que os meus olhos já puseram vista. O hall de entrada, branco e iluminado, sobe longamente por pilastras instaladas em cada um de seus três andares, até chegar ao teto de vidro, onde abriga o bistrot. Nele você pode se sentar tranquilamente, degustando sua nova leitura.

Para completar, lembre-se de usar sapatos apropriados para andar na neve e no gelo e prefira táxis ou transportes coletivos a dirigir o próprio carro. Bom passeio e aproveite Bucareste!

Related posts

Sardenha: um sonho a ser realizado

Ana Patricia da Silva

5 praias em Virgínia, costa leste dos EUA

Caroline Rebouças

Dicas de turismo perto de Toulouse

Fernanda Libardi

4 comentários

Carlos Alberto Gonçalves da Silva Novembro 16, 2017 at 4:58 am

Cristina eu pretendo fazer o trecho BELGRADO a BUCARESTE entre 7/01 a 16/01, meu medo é as estradas, elas são transitáveis ? Como é ai neste período para turismo ? (não existe outra época possível para nós)

Resposta
Cristina Hélcias Novembro 16, 2017 at 7:55 am

Olá, Carlos Alberto, eu não conheço especificamente esse trecho, mas sei que algumas rodovias romenas, como a Transfagarasan, por exemplo, fecham do final do outono ao começo da primavera, justamente em razão da neve. É recomendável checar se o caminho que pretende fazer estará aberto durante essa época do ano, para que possa encontrar uma rota alternativa. Aproveite a visita e obrigada pela leitura!

Resposta
thiago Fevereiro 3, 2019 at 3:08 pm

cristina
estou indo pra romenia no final de marco
estou querendo esquiar, voce acha que essa epoca ainda tem neve e as estacoes de ski estao abertas ???

Resposta
Cristina Hélcias Fevereiro 3, 2019 at 6:07 pm

Olá, Tiago, a temporada vai até abril, agora se o ski será possível em março depende sempre se haverá neve nessa época. Deixo aqui alg7ns links que podem ser úteis:

Ski Romania

Skiing and snowboarding in Romania

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação