BrasileirasPeloMundo.com
Culinária Pelo Mundo França

O que os franceses comem no inverno?

O inverno por aqui é a época dos excessos. Não somente temos as festas de final de ano, como um frio que nos convida a comer e comer muito bem por sinal. Temos para todos os gostos.

Afinal, o que os franceses comem no inverno?

No período de festas, o forte são os frutos do mar, ostras, o fois gras, o salmão defumado.  Isso em restaurantes e nas casas também. Para os franceses, final de ano é sinônimo de pratos refinados.

Vamos focar fora das festas e sim no dia- a-dia do francês.

Vale tudo no inverno, é a estação dos bons vivants: pot au feu (nada mais é do que um  cozido de batata, cenouras,cebola, alho poró, repolho , e carne), gratin duphinois (batata com queijo),  boeuf bourguignon (ensopado de carne com vinho, cenouras e batata).

Leia também: Tudo que você precisa saber para morar na França

Tanto nos restaurantes quanto em casa o forte são as frutas e legumes da estação.Os legumes por sinal combinam perfeitamente com o inverno: batata, cenoura, abóbora, espinafre , repolho. Alguns restaurantes tem o hábito de fazer cardápios sazonais com os ingredientes da estação. Eu acho a ideia ótima,  pois privilegia os produtos frescos e temos pelo menos 4 tipos de cardápio durante o ano. 

As saladas de inverno também fazem sucesso: podemos fazer várias combinações com folhas tipo mache e espinafre, maçã, pêra, cenouras, nozes, castanhas cozidas, magré de canard (carne de pato), queijos fortes, beterraba. Neste site aqui, tem algumas receitas bem legais.

Leia também: Dez pratos típicos franceses

Mas a grande estrela do inverno francês são os queijos. Podemos encontrar o queijo em quase todos os pratos, variando o tipo de região para região. Os queridinhos são:

  • A raclete: acho que é unanimidade em todas as regiões. Começou a esfriar, já pensamos em convidar amigos em casa  para uma raclete no final de semana, mas tem restaurantes em especializados nisso também.  Raclete nada mais é do que queijo raclete derretido ,que  comemos com batata cozida e frios. A raclete pode ser feita em máquinas de porções individuais onde colocamos o queijo cortado em fatias ou derretemos a metade da peça e a medida que for derretendo colocamos nos pratos. Para ficar menos pesado comemos com salada verde.
  • Tartiflete: típica da região do Savoie é um prato a base de batatas, bacon, cebolas, queijo reblochon (típico da região). Existem versões sem o bacon e algumas com um pouco de vinho branco. Eu adoro, é muito bom, mas geralmente como em restaurantes, não faço em casa.
  • Trufade: prato típico  da região aonde eu moro, o Auvergne. Assim como a tartiflete é um prato a base de queijo e batatas, mas o queijo é o Cantal ou Salers que são típicos daqui. É servido com salada verde e presunto. Na minha cidade (Clermont Ferrand), você pode comer trufade em qualquer época do ano, tem restaurantes especializados nisso. Como é um prato pesado é melhor comer no inverno.   
  • Alligot: é uma especialidade da culinária rural tradicional da região de Aubrac (Ayveron, Cantal e Lozere). A base de purê de batata, creme de leite, manteiga , alho e queijo chamado tome fresco ou tome aligot. É um purê tipo tipo puxa que quando bem feito é muito bom. Eu já comi com trufas e ficou delicioso. Na maioria das vezes vem acompanhado de linguiça ou carne, mas pode-se comer puro. Você pode encontrar o Alligot praticamente em toda a França .
  • Fondue: o fondue de queijo pode ser feito com uma infinidade de queijos diferentes. Geralmente variam de acordo com a região, cada região privilegia o seu queijo para fazer o fondue. Eu gosto muito da versão da minha região – o Auvergne:  com Cantal, Saint- nectaire e às vezes um pouco de Bleue d’Auvergne.

O inverno é a estação das comidas pesadas? Na sua maioria sim, mas também é a estação das sopas, caldos, cremes, consomés, veloutés.

Fonte: pixabay.com

A maioria dos franceses comem coisas leves à noite e as sopas funcionam perfeitamente. Aqui em casa casa, a  sopa domina o cardápio da noite. É leve, nutritiva e esquenta bem. E os legumes da estação ajudam.  

Os veloutés ou cremes são os queridinhos, eu coloco sempre um pouco de cream cheese para  dar cremosidade . O preferido daqui de casa é o creme de abóbora com castanha portuguesa.  Você pode encontrar a castanha portuguesa já cozida , é super prático.

Nesta época do ano, aumentam as vendas das sopeiras. Virei fã. Você coloca os legumes picados, a água, o sal, os temperos , programa a sopeira e vai organizar outras coisas e depois de em média 35 minutos, o programa te avisa que  a sua sopa ou creme já está pronto. É só colocar o cream cheese ou creme de leite para quem gosta, acertar o sal e servir. Só o fato de não precisar tirar a sopa da panela, colocar no liquidificador e voltar para a panela, já me ajuda muito.

E onde você mora? O que se come no inverno?

Related posts

Hábitos que adquirimos na França – parte 1

Lilian Moritz

Amizades na vida dos expatriados

Stela d'Escragnolle Klein

10 coisas que não gosto na França – Parte 2

Amy-Carole Diene

2 comentários

Alfredo Borges Pinto Nunes Fevereiro 3, 2019 at 8:18 am

Realmente Marcella, a França me fascina, pelas comidas, pela arquitetura conservada e pelo povo. Agora a comida é realmente fantastica, principalmente a base de queijos, os vinhos, me parece que na França nao tem vinho ruim, claro, nao sou enologo, aaaah!!!, os paes, você come pao puro, agora desta relaçao de pratos de inverno que você apresentou gosto muito da raclet e alligot…valeu.

Resposta
Lilian Moritz Fevereiro 5, 2019 at 8:28 pm

Oi Alfredo ,
Que bom que gostou do texto. Eu também adoro raclete e aligot.
Vou falar com a Marcella para marcarmos uma comidinha de inverno .
Bjs e aproveitem a temporada por aqui.
Lilian

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação