BrasileirasPeloMundo.com
Bélgica

Os feriados na Bélgica

Ano novo começando e com ele as promessas. Prometemos emagrecer, buscar um novo trabalho, parar de fumar, entrar em uma academia enfim, muitos serão cumpridos, outros ficarão no limbo dos planos inatingíveis para todo sempre. Independente dos anseios para o novo ano, planejamento (ao menos o mínimo) é necessário, assim para os viajantes e novos moradores é de suma importância conhecer os feridos e festividades do pais em que visitará/estará para evitar imprevistos. 

Aos que virão a Bélgica, a passeio ou mudança, aqui vai uma lista com os principais feriados que existem, lembrando que o país é praticamente a união de dois outros bem diferentes, a Valonia (sul) e as Flandres (norte), assim é importante também atentar-se a cidade onde estará.

Oficialmente existem 10 feriados no país. Na Flandres, por exemplo, no dia 11 de julho, celebra-se a festa da comunidade flamenga e, no dia 27 de setembro em Valonia, festa da comunidade francesa. Estes feriados, embora não sejam reconhecidos por lei, são legais e aplicados na região.

Feriados Nacionais:

O principal feriado belga é a Festa Nacional comemorado em 21 de julho, desde o ano de 1890. Neste dia, no ano de 1831, o rei  Leopold de Saxe-Coburg jurou fidelidade à Constituição do país e este juramento marcou o início da Bélgica independente, sob o regime de uma monarquia constitucional e parlamentar.

A maior parte das comemorações concentra-se na capital – Bruxelas. Enquanto a família real assiste a uma missa na catedral de Saint Michel, seus súditos começam a se divertir desde às 10 horas, quando começam as comemorações. Do tribunal ao Parlamento, shows gratuitos estão por toda parte na cidade.

Na parte da tarde, ocorre o tradicional desfile do exército, polícia e serviços públicos, além de um show aéreo em homenagem ao rei. Há também fogos de artificio e muita comilança de mexilhões e batatas fritas, claro.

Todo o comércio e indústria pelo país permanece fechado, com exceção de supermercados no centro da capital e bares e restaurantes nas cidades mais turísticas. Isto vale para os demais feriados nacionais.

A Páscoa por aqui, como em outros países europeus, se extende à segunda-feira, assim além do domingo, a segunda feira subseqüente também é feriado. Esta data não é fixa e é comemorada no primeiro domingo e segunda após a primeira lua cheia do ano.

A segunda-feira de Páscoa é, acima de tudo, uma celebração familiar que permite aos seus membros compartilharem um momento juntos em torno de refeições saborosas, além da celebração infantil de caça ao ovo.

Leia também: Como funciona o sistema de saúde na Bélgica

O feriado religioso do Dia da Ascensão é comemorado 40 dias depois da Páscoa, portanto, sempre acontece em uma quinta-feira, mas sua data varia a cada ano.

Ele marca a ascensão ao céu de Jesus Cristo, após sua morte na sexta-feira santa, e a ressurreição no domingo de Páscoa.

Para os não crentes, a Ascensão é principalmente uma maneira de aproveitar alguns dias extras de férias. Como o Dia da Ascensão acontece em uma quinta-feira, é comum preencher a lacuna considerando a sexta-feira como feriado, embora essa tradição não seja oficial.

A Festa de Pentecostes é um feriado religioso comemorado sete semanas depois do domingo de Páscoa, e celebrado por judeus e cristãos ao redor do mundo. Pentecostes também é uma época em que muitas famílias aproveitam para viajar e desfrutar do sol de verão.

A Festa de Assunção, comemorado em 15 de agosto, celebra o fim da vida terrena da Virgem Maria, mãe de Jesus Cristo. A palavra Assunção vem do latim “assumere”, que significa tomar, remover.

O último feriado religioso na lista dos feriados nacionais é o Dia de Todos os Santos, comemorado em 1 de novembro. O período do Dia de Todos os Santos é a felicidade dos estudantes, já que eles saem por vários dias.

Outro feriado nacional é o Dia do Trabalho, comemorado no dia 1º de maio. Esta data é uma homenagem a uma revolução lançada pelos sindicatos americanos para obter melhores condições de trabalho.

A última festa civil do calendário é celebrada em 11 de novembro e se refere ao Armistício de 1918, que marca o fim das batalhas da Primeira Guerra Mundial (1914-1918). Como a pequena Bélgica desempenhou um papel importante nesta guerra, há dezenas de cerimônias nacionais comemorativas, como desfiles, discurso do Rei, representações artísticas, entre outras.

Para finalizar os feriados nacionais, 25 de dezembro – Natal e 1º de janeiro, imersão de um novo ano.

Feriados Regionais:

A Bélgica oficialmente possui três comunidades distintas: francesa, flamenga e germânica. Portanto cada comunidade possui a sua festa regional que marca um evento importante para a região.

  • Dia da Comunidade Flamenga (Flandres): comemorado em 11 de julho, data em que a Batalha das Esporas de Ouro, em 1302, sob o comando do conde de Flandres e a ajuda de milícias comunais, derrotou as tropas do rei da França.
  • Dia da Comunidade Francesa (Valonia): comemorada em 27 de setembro em memória da vitória, em 1830, dos patriotas sobre as tropas holandesas no parque de Bruxelas.
  • Dia da Comunidade Germanófona: localizada na Bélgica Oriental, em um território com menos de 1000 km² e 75.000 habitantes, a comunidade germanófono comemora a sua festa em 15 de novembro, o mesmo dia da Festa do Rei, e dia de São Leopoldo.

Na página oficial de informações e serviços da Bélgica, disponível em 4 idiomas, você encontrará mais detalhes sobre o funcionamento do país, assim vale a pena consultá-la para desfrutar melhor  e evitar aborrecimentos. 

A bientôt!

Related posts

Porque tudo é belga – Dinant

Marcela Vitarelli

Cabelos, acessórios e penteados na Bélgica

Ana Laura Visentini

Cheirinho belga

Marcela Vitarelli

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação