BrasileirasPeloMundo.com
Índia

Os perigos de uma mulher andar sozinha pelas ruas de Mumbai

A Índia ainda é vista como um país muito inseguro para mulheres. A primeira pergunta que muitas pessoas fazem quando conversam comigo normalmente é sobre a segurança de andar pelas ruas: se sofri algum tipo de violência, se saio sozinha, se não tenho medo. Infelizmente é triste ter que dizer isso, mas posso garantir que me sinto mais segura aqui em Mumbai do que no Brasil.

No tempo em que estive no Brasil visitando minha família, nas poucas vezes em que saí, me senti insegura e com medo, sem saber se voltaria para casa. A criminalidade banalizou a tal ponto que as pessoas estão perdendo suas vidas por um celular ou até menos.

De acordo com o Índice de Progresso Social feito ano passado, dentre os 132 países da pesquisa, o Brasil ficou em 11º lugar no ranking como o mais inseguro e a Índia em 38º. Claro que ambos países estão em uma posição ruim, mas mesmo assim a Índia ainda é mais segura. Viver aqui, quanto à segurança, é bem melhor do que no Brasil e mesmo como turista nunca me senti ameaçada. Durante todo o tempo em que moro aqui nunca vi nada acontecer nas ruas, nunca ouvi histórias de amigos relatando ter sofrido algo e, graças a Deus, nada aconteceu comigo. Diferente do Brasil onde todos os dias ouvia algum caso com amigos próximos e tanto eu quanto minha família já sofremos com a violência, desde pequenos furtos a ter a casa invadida e sermos feitos de reféns.

Como mulher me sinto mais segura para andar nas ruas na Índia. No entanto, você deve conhecer a cultura deles antes de vir; leia sobre alguns costumes e não saia por aí se aventurando sem ter nenhum conhecimento. Tomando os devidos cuidados, tais como evitar sair com roupas curtas, decote etc, você corre menos risco de sofrer uma abordagem, por assim dizer. Eles vão te olhar sim, curiosos, às vezes se você está em um shopping ou em algum lugar turístico eles pedem para tirar fotos com você, perguntam de onde você é. Eu me sinto à vontade para sair com meu celular, levo meu tablet para todos os lugares, gosto de tirar fotos e nunca me senti com medo. Apesar de tanta pobreza, nunca tomaram nada de mim, seja comida ou qualquer outra coisa que esteja em minhas mãos – até quando é comida eles sempre te pedem.

Claro que nem tudo são flores. Estamos falando de um país com altos índices de violência contra a mulher e que apesar de nunca ter vivenciado isso, não podemos ignorar os fatos que estão disponíveis para todos consultarem. A Índia é considerada um dos países mais perigosos para mulheres. Mulheres aqui já são vitoriosas só por terem nascido, visto que o número de abortos é imenso. É uma cultura machista e ainda tem o peso da religião e tradições que até hoje pensam que o homem é superior.

Para mulheres das castas mais baixas a situação é bem pior: são vítimas de agressões e discriminação a todo momento. Impera uma cultura de medo e vergonha onde elas sofrem caladas, pois as leis ainda são falhas e o número de agressões e condenações é muito desproporcional.

O vídeo abaixo mostra a tentativa de uma mulher sair nas ruas de Mumbai com uma blusa e uma saia. Na descrição do vídeo fala-se que ela não foi perturbada, mas durante o vídeo alguns homens falam algumas coisas- não entendo o que é exatamente mas provavelmente falaram alguma gracinha.

Este vídeo foi gravado em Mumbai em um grande centro. Por isso sempre fica o meu alerta quanto às roupas e a vestimenta adequada aqui na Índia. É uma sociedade muito patriarcal, sendo necessário evitar decotes, roupas muito curtas ou justas porque eles não estão acostumados a ver isso, não faz parte da cultura deles. Esse outro vídeo no Brasil infelizmente mostra a realidade que acontece quando saímos às ruas, recebendo cantadas e ouvindo gracinhas, o que é bem irritante de fato.

Enquanto estiver no país, jamais vá a lugares desconhecidos sozinha e/ou com vestimenta tida por aqui como inadequada. Em lugares muito cheios os vendedores vão ficar em cima de você, se quiserem te mostrar algo e falarem para você segui-los, não vá. Ao chegar na Índia, se possível compre um chip local e coloque Internet – Airtel é uma boa operadora, o chip custa umas 50 rúpias e há várias opções de recarga. Colocando 210 rúpias você usa por um mês.

Pesquise sempre os lugares que você quer visitar, conheça as rotas. Se for andar de tuctuc verifique pelo GPS se ele está indo pelo caminho certo. Ao pedir táxi peça para o seu hotel chamar ou você pode baixar o aplicativo “Meru Cabs”. Da mesma forma verifique sempre o trajeto e se em qualquer momento você se sentir ameaçada ou caso perceba que algo está errado, ligue para a polícia: em Mumbai o número é 100.

O lenço na Índia é mais que um acessório, em alguns templos a entrada só é permitida se você estiver com um na cabeça, coberta. As indianas sempre usam pois faz parte da cultura deles. Também gosto, acho bonito e uso no meu dia dia quando saio de casa pelas ruas, para pegar os tuctucs e em táxis. É fácil de usar, te protege do sol, poluição, e você não fica tão exposta. Deixo sempre na minha bolsa.Eles se preocupam muito com a segurança devido aos conflitos com alguns países vizinhos, como Paquistão, então, em todos os lugares para onde você vai, como shopping, cinema, hotel etc há fiscalização e detector de metais. Acho ótimo e sendo para segurança de todos não vejo nenhum problema nisso.

Se você está pensando em vir para a Índia, espero que faça uma ótima viagem. Tome todos os cuidados e qualquer problema procure o consulado brasileiro em Mumbai.

Que você tenha muitas histórias e aprendizados.

Namastê.

Related posts

Entendendo alguns costumes indianos

Bárbara Oliari

Como é morar no interior da Índia

Bárbara Oliari

Dez motivos para morar na Índia

Camila Pimenta

15 comentários

isapaim Dezembro 10, 2015 at 1:34 am

Ola Joice, adorei o artigo. Tambem moro em Mumbai e sou de Brasilia, temos um grupo de Brasileiras caso vc queira partcipar! Abraco

Resposta
Joice Santos Dezembro 15, 2015 at 9:27 am

Oi, obrigada, que bom que gostou! Olha sou de Goiânia, pertinho. Sim, quero, me envie msg no facebook, daí conversamos melhor, Bjos

Resposta
Hildemar Julho 14, 2016 at 5:57 pm

Como faço para participar do grupo ?

Resposta
Dheyse Barros Março 13, 2016 at 1:15 pm

Oi estou conhecendo um indiano à 4 meses ,e ele diz está apaixonado por mim, ele é novo tem apenas 21 anos,e está terminando engenharia no próximo ano, ele diz que quer muito uma oferta de trabalho no Brasil, quer vim para o Brasil para se casar comigo, ele só fala em casamento, me disse que tem medo de eu não consegui me adaptar lá , e claro pra falar a verdade não tenho coragem de ir, ele disse que já conversou com os pais deles, e quer muito que eu aprenda a falar inglês pra poder conversar com os seus pais, ele falou com minha mãe, e disse a suas intenções ao meu respeito, na verdade eu sinto que ele está falando a verdade, eu que não sei se estou pronta realmente, ele me respeita,não pede fotos coisas, disse que se apaixonou pelo meu sorriso, esses tinha falado que queiria dá um tempo, ele ficou desesperado,e disse que eu não podia deixar ló, pois todos seus amigos e familiares sabiam sobre mim e seria uma vergonha para ele,me pediu por favor que nao o deixasse, fiquei morrendo de dó, na verdade ele começou um relacionamento sério comigo no Facebook, rsrsrs , quando eu conheci ele através do Facebook, ele tinha um Facebook fake falso, então depois de um tempo ele me disse que era falso e me adicionou no verdadeiro, mais me pediu que não adicionasse ninguém, nem um amigo dele, assim também ele não iria adicionar nem uma Amiga minha! Ele exclui o outro face falso! Então eu sinto que ele está sendo verdadeiro comigo, mais tenho medo dele vim para o Brasil é não dá certo. Queria dividir com vocês!
Obrigado

Resposta
Joice Santos Março 16, 2016 at 5:47 pm

Oi Dheyse, posso apenas te alertar quanto aos perigos de conhecer alguém on line. No seu caso ele já iniciou com um perfil pessoal fake o que ao meu ver é bem estranho e suspeito. Cuidado! Eles mentem muito. Vocês não falam a mesma língua e ele quer vir para o Brasil.
Muitos relacionamentos dão certo sim, mas muitas vezes o sonho vira um grande pesadelo. E temos aí inúmeros casos e até o Itamaraty que cansa de alertar os casos de violência por relacionamentos com estrangeiros. Ele provavelmente ainda depende dos pais e caso ele realmente queira vir ao Brasil tudo bem desde que você queira conhece-lo melhor. Aqui no seu país e junto à sua família você estará mais segura. Apenas não se case com ele, (não, até ter certeza de que é isso que você quer) pois muitos dão esse golpe, querem apenas brasileiras para terem visto permanente. Não caia em chantagem emocional, ele viveu 21 anos sem você ele irá sobreviver, não se preocupe.
Se você quer realmente seguir adiante nessa relação procure aprender inglês, não vá para a Índia caso ele insista, pois há muitos casos de cárcere privado e violência.
Procure conhecê-lo melhor, converse pelo Skype e conheça também a família dele e a forma como pensam, porque muitos são bem tradicionais.
Vou deixar um link aqui para maiores informações, pesquise mais sobre a cultura indiana para saber se é realmente isso o que você quer para a sua vida e qualquer outra informação se puder ajudar estou a disposição.
Boa sorte e se cuide.

Resposta
Paula Cinira Abril 5, 2016 at 2:33 am

Ola, boa noite Srta Joyce
Pretendo ir a India (Nueva Deli e Mumbain) proximo mês, porem sozinha.
Li seu artigo assim como muitos outros sobre a India.
Com tanta informação acabei ficando insegura com o destino que escolhi.
Bom…mas o que preciso saber é:
Dá para chegar a India com segurança e me locomover idem?

Obrigada por sua atenção e parabens pelo blog, as informações sao otimas, p marinheiras de primeira viagem c eu rrss
Gd abç Paula

Resposta
Joice Santos Abril 5, 2016 at 6:49 pm

Oi Paula, muito obrigada. Mumbai é muito mais segura do que Delhi. Mas em todos os lugares é preciso tomar cuidado, como os que citei na postagem. Na Índia por sermos turistas e ainda mais por ser mulher e estar sozinha eles sempre estão querendo nos passar para trás. Então fique atenta e pesquise bastante antes de ir, faça seu roteiro e tente manter o controle emocional apesar dos imprevistos. Espero que faça uma boa viagem. Grande abraço, continue nos acompanhando.

Resposta
Djulie Ferreira Abril 25, 2016 at 6:06 pm

Oi Joice!

Estou procurando intercâmbio para fazer e a AIESEC me selecionou para o Talentos Globais, a maioria das vaga são para a Índia. Quero muuuuito ir, mas tenho algumas dúvidas de como é morar por ai. Sou designer e tenho meu estilo meio alternativo, existiria um certo preconceito por parte deles quanto a isso?

Resposta
Joice Santos Abril 28, 2016 at 1:28 am

Oi Djulie, todos os lugares da Índia você vai sentir a enorme diferença cultural. Não sei onde você irá morar mas considero Mumbai mais “moderna”. Mesmo assim não será fácil. Por você já ser turista já chama atenção, eles te olham muito e não sei como é seu estilo alternativo, mas de toda forma procure no dia a dia observar e entender como as coisas funcionam. Tenha sempre bom senso e procure não confrontar a cultura deles pois você pode se deparar no seu caminho com pessoas muito radicais e a situação pode se complicar. Mas acredito que você não terá problemas. Respeito sempre e você terá que ter muita paciência na Índia. Pense bem e decida com carinho, toda sorte para você, continue pesquisando sobre o lugar para onde vai e continue nos acompanhando, Bjos

Resposta
Cristiane Abril 26, 2016 at 7:53 am

Oi Joice gostaria de algumas informações é verdade que não se pode fazer transferência de dinheiro da Índia para o Brasil?

Resposta
Joice Santos Abril 28, 2016 at 1:00 am

Oi Cristiane, você conversou comigo lá no meu blog, mas vou responder aqui também pois pode ser a dúvida de outra pessoa. Envia normalmente, não precisa ser parente não. A pessoa precisa ter uma conta em um banco da Índia e ela só precisa dos seus dados bancários para a transferência (Banco, Agência e Conta do Destinatário) e o Código Swift (Swift Code) do seu banco. (Esse código é só você ligar na sua agência bancária que eles te informam). Bjos Continue nos acompanhando

Resposta
Faby Maio 1, 2016 at 1:02 pm

Parabéns pela dicas desse post.
Roupas adequadas e inapropriadas
Advertência quanto a lugares e vendedores “espertinhos”
Detalhes de compra de chip ( adorei de dizer até o preço, pq já vamos preparadas)
E número da polícia ????????????????????????
#superlike

Resposta
Joice Santos Maio 2, 2016 at 12:19 pm

Oi Faby, muito obrigada, fico feliz que gostou da publicação. 😀 até o próximo post, Namastê

Resposta
Rhanny Larissa Maio 10, 2016 at 10:48 pm

Joice você pode me dizer mais sobre a Índia como a religião, costumes entre outros? Me disseram que aí tem muitas religiões.

Resposta
Joice Santos Maio 15, 2016 at 12:50 am

Oi Rhanny a Índia é um país Muito diverso, onde costumes e tradições mudam de Estado para Estado. Há várias religiões, porém o Hinduísmo é a religião atualmente predominante na Índia (pouco mais de 80% da população).
Porcentagens: hinduísmo 80,3%, islamismo 11% (sunitas 8,2%, xiitas 2,8%), cristianismo 3,8% (católicos 1,7%, protestantes 1,9%, ortodoxos 0,2%), sikhismo 2%, budismo 0,7%, jainismo 0,5%, outras 1,7%)
Tenho os textos aqui publicados e também o meu blog pessoal que você pode saber mais sobre a Índia. Continue nos acompanhando. Bjos, Namastê

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação