BrasileirasPeloMundo.com
Páscoa Pelo Mundo Suécia

Páscoa na Suécia

Páscoa na Suécia.

Como não poderia ser diferente, a Páscoa chega com comidas e bebidas típicas, tradições, muitos chocolates e galinhas. Galinhas? Isso mesmo, galinhas, pintinhos e penas para todos os lados. Quem acha que o coelho é a atração principal se engana. Coelho fofinho, de olhos vermelhos e pelo branquinho é uma tradição relativamente nova para os vikings. Na Suécia a área é totalmente dominada pelos galináceos.

A Páscoa é considerada um período de renovação, porque depois de ficar alguns meses com inverno rigoroso, pouca luz do dia e alguns quilos a mais, todo mundo quer mais é se renovar com a chegada da Primavera. O interessante é que o ovo e a galinha são tratados como assunto sério por essas bandas, tanto na decoração como na culinária. Casas, lojas, restaurantes, supermercados e livrarias entram no clima.

E para quem acha que a tradição são os famosos ovos de chocolate que conhecemos tanto em terras brasileiras… esqueça, pois não fazem tanto sucesso por aqui. O negócio é comprar embalagens de alumínio ou papelão em formato de ovo e recheá-los com muitas jujubas, bombons e barrinhas de chocolate. É possível encontrar os tradicionais ovos de chocolate, mas não tem aquela variedade que nós brasileiros tanto conhecemos.

Leia também: Páscoa em Portugal

Outra coisa que é bem diferente é que os suecos costumam enfeitar ambientes, janelas, jardins e vitrines com ovos, galinhas, pintinhos, penas e galhos desfolhados. Usar os galináceos na decoração eu até entendo, mas e por que os galhos desfolhados? Esses galhos de arbustos desfolhados são colocados em vasos com água, para que depois eles brotem ou floresçam.

IMG_1338

E como estes galhos lançarão novos brotinhos, justamente porque a Páscoa coincide com o final do inverno e início da primavera, se tem novamente toda aquela ideia do significado de renovação.

Além disso, há comidas e bebidas típicas, mas isso irá variar de acordo com a região. Porém, muitas vezes os suecos comem cordeiro, salmão, arenque em conserva, queijos, pães, ovos e bebem o Schnapps e o Påskmust (as mesmas bebidas do Natal).

IMG_1341

Comemorar a Páscoa também é sinônimo de feriado prolongado. O feriado que começa na sexta e termina somente na segunda. Os suecos aproveitam esse período para viajar para suas casas de campo, descansar e celebrar com a família. E para aqueles que se planejaram previamente, aproveitam para viajar para outros países. Afinal, tudo por aqui é tão pertinho.

São quatro dias maravilhosos de puro descanso e comilança.

As brincadeiras infantis não podem ficar de fora. Lembra-se de quando você era criança e procurava os ovos de chocolate escondidos pela casa? Pois é, na Suécia tem isso e muito mais.

IMG_1342

Criança viking, além de gostar das guloseimas, também gosta de se vestir de bruxa. Na quinta-feira as meninas usam saia longa ou vestido, avental, lenço colorido na cabeça e pintam a bochecha de vermelho com pintinhas pretas. Os meninos usam roupa contemporânea, chapéu e bigode (é meio que uma mistura de Halloween com Festa Junina). Daí as crianças saem às ruas e visitam os vizinhos deixando um cartão feito à mão, por elas mesmas, ou cantando uma música gritando Glad Påsk (Feliz Páscoa) para ganharem doces ou dinheiro.

Leia também: Páscoa na Espanha

Essa tradição de se vestir de bruxa é chamada de Påskkärringar, que significa velhas/megeras de Páscoa. Segundo o folclore sueco, na noite da Quinta-feira Santa as bruxas voaram em suas vassouras para um lugar chamado Blåkulla para se reunirem com o diabo e seu destino de blasfêmia e depravação. Os moradores com muito medo na época mantiveram suas casas fechadas, colocaram as vassouras para dentro e utilizaram fogueiras e tiros de rifles para assustar as danadas das bruxas. Tudo isso lá pelo século XVIII. Mas os anos passaram e a lenda se perpetuou. Tanto que até hoje os suecos continuam acendendo as fogueiras e jogando
bombinhas nela para que as bruxas continuem ficando bem longe.

Mas sabe de uma coisa?! Não importa se a comemoração tem coelhos e galinhas para divertir, chocolates e jujubas para deliciar ou fogueiras e bruxas para espantar. Esse é o momento para renovar a vida, renascer para dias melhores e se libertar de sentimentos de dor, aflição e angústia. Esse é o momento para se recomeçar!

Desejo a todos vocês um feliz renascimento e uma Glad Påsk.

Related posts

Páscoa na Dinamarca

Cristiane Leme

Páscoa na Grécia

Amanda Fontenele

Igualdade de gêneros na Suécia

Vânia Romão

25 comentários

Christine Marote Abril 9, 2014 at 1:32 pm

Vania,
Então vc explicou sobre as galinhas do meu post! hahaha… Muito bom.
E esses ovos de papelão tem para vender onede? Onde? No IKEA, claro… e eu aqui pensando para que eu iria comprar um ovo tão simplesinho desse (e vazio) se temos as embalagens maravilhosas e recheadas de delicias trufadas nas prateleiras dos mercados…hahaha.
Vivendo e aprendendo… sempre!
Beijo.

Resposta
Vânia Romão Abril 10, 2014 at 9:07 am

Chris!
Tudo que é vendido na IKEA tem explicação, até mesmo esses ovos vazios de papelão rs. Eu pensava como você, para que vou comprar essa embalagem vazia? Meio sem graça, né?! E aí que a gente vai lendo e aprendendo a cultura do país onde moramos e acabamos nos surpreendendo com as coisas mais simples. Os suecos piram nesse ovo e os recheiam tanto, que é difícil não gostar. Esse ano eu vi nos supermercados embalagens de ovos de acrílico totalmente recheadas. Estão vendendo que nem água!
Beijos.

Resposta
Cristiane Leme Abril 9, 2014 at 2:20 pm

Oi Vânia!
A páscoa daí é bem parecida com a páscoa dinamarquesa, com a diferença que incorporamos o coelho (que, na verdade, é uma tradição alemã), mas até as decorações são praticamente as mesmas. Aí também tem cerveja de páscoa? Porque aqui tem!
Beijos

Resposta
Vânia Romão Abril 10, 2014 at 9:12 am

Oi Cris!
O coelho está começando a aparecer por aqui, mas não é em todo lugar que a gente “topa” com ele. A decoração das galinhas e a comilança dos ovos cozidos ainda continuam sendo a grande sensação do pedaço. Você me perguntou sobre a cerveja e sabe que eu não sei. Aqui se vende muito o Schnapps, o Påskmust e as cidras para essa data. As cervejas continuam sendo as tradicionais mesmo. Agora, preciso dizer que fiquei com vontade de experimentar essa cerveja dinamarquesa especial de Páscoa. 😉
Beijos.

Resposta
inaudete Abril 9, 2014 at 6:12 pm

Muito bem explicado, como todos os outros.
Obrigada pela aula.

Resposta
Vânia Romão Abril 10, 2014 at 9:14 am

Obrigada pelo carinho Inaudete. E olha que nem compartilhei todos os detalhes dessa comemoração, pois daria mais uns quatro textos. 🙂
Beijos.

Resposta
Brasileiras pelo Mundo: a Páscoa na Suécia | Diário de uma Teimosa Abril 9, 2014 at 7:51 pm

[…] Ando meio sumidinha, não é mesmo? E apesar do blog estar temporariamente de férias, meus textos continuam a todo vapor no “Brasileiras Pelo Mundo”. E hoje eu trago algumas curiosidades sobre a Páscoa na Suécia. […]

Resposta
Aryadne Araújo Abril 9, 2014 at 9:11 pm

Vânia, ótimo post e bem explicadinho. Ai se eu tivesse essa explicação na minha primeira páscoa aqui na Suécia.
Primeiro, porque pensei que esses ovos de papelão não vinham vazios, comprei um bem feliz e quando abri no dia de Páscoa não tinha NADA. Maior decepção! Hahahaha Queria só ver minha cara na hora. Hahah
O segundo fail foi que eu não sabia que as criancinhas batiam na porta pra pedir doces e aí eu fiquei com cara de paisagem – o retorno! Hahaha

Resposta
Vânia Romão Abril 10, 2014 at 9:20 am

Quer dizer que você andou pagando mico na terra dos vikings? Hahaha. Super normal! Que atire a primeira pedra quem nunca deu mancada por aqui, ainda mais em se tratando de comemorações que tem um estilo bem diferente do nosso, não é mesmo. Eu quase caí em um desses “fail” quando as crianças apareceram nessa data em frente à porta. Para a minha sorte eu tinha barrinhas de chocolate e pacotinhos de marshmallow que me salvaram. Agora que aprendemos não damos mais essa bola fora. 😉
Beijos.

Resposta
SunLight Abril 9, 2014 at 9:16 pm

Oi Vânia!
Essa é mesmo nova para mim. Não imaginava q a tradição da Páscoa fosse com galináceos. E são tão lindinhos!
Grata por esta informação!
Bjs

Resposta
Vânia Romão Abril 10, 2014 at 9:22 am

Olá SunLight! 😉
Em meu primeiro ano de Suécia essa também foi uma novidade para mim. Esperava tanto pelo coelhinho para a entrega dos ovos e quem apareceu foi a galinha. Mas faz mais sentido, né?! Como disse a Chris Marote, vivendo e aprendendo.
Beijos.

Resposta
Emilia Hanashiro Abril 9, 2014 at 11:12 pm

Nossa! muito interessante em cada lugar deste mundão, uma pascoa bem diferente, mas no fundo um mesmo sentido de renovação, então…. Desde já Feliz Pascoa para todos, com coelhinhos com bruxas ou galinhas.

Resposta
Vânia Romão Abril 10, 2014 at 9:24 am

É verdade Emilia, cada país com sua cultura, tradições e porque não dizer manias também. E é essa troca que nos enriquece. Para você e sua família uma excelente Páscoa! 😉
Beijos.

Resposta
Olivia Alves Abril 9, 2014 at 11:43 pm

Vânia, sempre tão bacana conhecer as diferentes tradições!
Confesso que gostei bastante da coisa dos ovos pintadinhos, uma fofura!
Concordo com o que disse no final, o que importa, mais do que a festa toda, é cultivar o sentimento do renascer, é buscar um recomeço repleto de coisas boas!

Que assim seja pra vc e pra todos nós!
Beijo!

Resposta
Vânia Romão Abril 10, 2014 at 9:28 am

Super concordo contigo Olívia! Eu acho tão gostoso a gente poder ler e aprender sobre as diferentes culturas. Há tantas coisas que ainda não sabemos e essa troca através do BPM eu considero bastante enriquecedora.
Fiquei feliz em saber que você gostou de saber como é a comemoração por essas bandas. Uma excelente Páscoa para você e sua família! 😉
Beijos.

Resposta
Gi Abril 10, 2014 at 8:37 am

Adorei o texto, Vania. Mas essa coisa de colar penas (de verdade?!) nos bichinhos (de mentira)…hummm…me dá um misto de nojo e pena (dos bichinhos de verdade).
Esse ano descubro o que é a Páscoa aqui na Republica Tcheca, depois te conto.

Resposta
Vânia Romão Abril 16, 2014 at 12:08 pm

Que bom que gostou Gi.
Quer dizer que você tem nojo das peninhas Gi? Acredita que eu não! :-). Claro, desde que elas já tenham passado por todo o processo de higienização e coloração.
E conte mesmo, pois estou curiosíssima para saber como é a Páscoa por aí.
Beijos.

Resposta
Ana Cristina Kolb Abril 13, 2014 at 3:21 pm

Vania adorei o texto e saber dos significados dos simbolos e tradicoes! Muito legal mesmo, que bom que agora ja seiq ue se comprar o ovo, tem que encher! 🙂 BJus querida e que a sua Pascoa seja repleta de renovação da alegria e leveza que a primavera traz principalmente em países frios como a Suecia! Aproveite linda! Bjus no coração! 🙂

Resposta
Vânia Romão Abril 16, 2014 at 12:13 pm

Olá Ana!
Tentei trazer um resumo de como é a comemoração por aqui, mas é claro que há tantos detalhes sobre a Páscoa, que estou postando aos poucos lá no meu blog.
Fico feliz que você tenha gostado e aprendido o que se fazer com esses ovos vazios :D.
Que sua Páscoa seja maravilhosa também e que essa primavera chegue logo para nos alegrar.
Um grande beijo.

Resposta
Páscoa na Suécia: da casa de campo às comidinhas | Diário de uma Teimosa Abril 15, 2014 at 11:51 am

[…] mês passado quando estava preparando o artigo para o site Brasileiras pelo Mundo, com uma visão mais geral sobre a Páscoa na Suécia, descobri coisas novas. Vasculhei livros, […]

Resposta
Marlene Abril 24, 2014 at 12:28 pm

Vania, acompanho seu blog e aprendo muito com seus post´s, gosto de “viajar” sem sair do lugar! rss
Fora a conotação religiosa da Páscoa, aqui no Brasil o comércio investe mesmo é na criançada. Queria saber como é para as crianças por aí…
Bjo!

Resposta
Vânia Romão Abril 25, 2014 at 8:16 am

Olá Marlene!
Ai que delícia de comentário. Fico tão feliz, mas tão feliz que os meus textos contribuem para essa sua viagem :D. Pode ter certeza que isso dá aquele “up” para eu continuar escrevendo cada vez mais.

Agora, respondendo a sua pergunta. Durante a Páscoa sueca não há esse investimento nem em crianças e nem nos adultos. E também não há propaganda na televisão incentivando tal consumo. As coisas me parecem ser mais suaves por aqui. O comércio disponibiliza apenas algumas opções de ovos de chocolate, que nem fazem tanto sucesso assim, pois o que as crianças realmente esperam é receber os ovos papelão recheados com os “godis”. Ou seja, da forma mais simples possível. Agora, quanto maior for esse ovo de papelão melhor será, porque significa dizer que mais godis terá :-). Nessa Páscoa, por exemplo, os itens de decoração e alimentação só foram encontrados na semana que antecedia a Páscoa. Tive quase a impressão de que nem teríamos uma.

Espero que eu tenha respondido à sua curiosidade rs. Um grande beijo!

Resposta
Claudete Hammarstron Março 28, 2015 at 2:02 pm

Ola Vânia li tudo com muita curiosidade, pois faço parte de uma etnia sueca há mais de 20 anos em IJUÍ RS, onde teremos a primeira jornada Brasileira e a quarta Jornada Internacional de Folkdans, dos dias 02 a 05 vai ser quatro dias de muita festa e apresentações com pessoas dos nossos grupos, com danças suecas e muitas de fora como de Obera e da capital da Argentina. Ao entrar para pesquisar arranjos de mesa me deparei com teu depoimento onde me interessei de saber algo a mais, até porque sera bem nos dias que se antecedem a Páscoa. Um grande abraço!

Resposta
Vânia Romão Março 30, 2015 at 8:33 am

Olá Claudete, muito obrigada por compartilhar essas informações aqui no Brasileiras pelo Mundo.
Se você quer saber mais sobre a Páscoa na Suécia, essa semana irei publicar novos posts no meu blog sobre essa comemoração e os textos do ano passado serão divulgados na fanpage do blog no Facebook. Dá uma olhadinha, pois tenho certeza de que você irá gostar do conteúdo.
Uma excelente Páscoa pra ti. Abraços!

Resposta
O mês de Abril na Suécia | Diário de uma Teimosa Maio 23, 2014 at 12:03 pm

[…] Abril é o mês de ver muitos espanadores pelas ruas da cidade, mercados, lojas e afins. Peraí! Espanadores? Por acaso é a síndrome da limpeza pairando no ar só porque a Primavera está para começar? Nã nã ni nã não. São as penas coloridas que estão em todas as partes. Penas essas que são utilizadas para enfeitar os vasos de flores ou que simplesmente estão amarradas aos galhos secos de bétula. Galhos que colocados na água brotam pequenas folhas verdes indicando que a primavera está prestes a nos abençoar. O ambiente fica decorado, iluminado e cheio de charme. E aí todo o movimento pascoalino cai nas graças dos suecos e algumas tradições vêm à tona como…. […]

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação