BrasileirasPeloMundo.com
África do Sul Turismo Pelo Mundo

Pontos turísticos na Cidade do Cabo

Pontos turísticos na Cidade do Cabo.

A Revista Americana Forbes elegeu em 2014 as 12 cidades consideradas mais bonitas no mundo e a Cidade do Cabo,  na África do Sul, foi considerada a sexta do ranking.

Para chegar a este resultado, a Forbes contou com uma equipe formada por especialistas em planejamento urbano, arquitetura e desenvolvimento sustentável. Confesso que se tivesse tido alguma chance de participar desta eleição certamente consideraria a Cidade do Cabo por realmente achar que é uma das cidades mais bonitas que já visitei.

Se pudesse comparar a Cidade do Cabo com alguma cidade brasileira, compararia ao Rio de Janeiro que também continua lindo. Aliás, acho que as duas cidades se assemelham exatamente por terem montanhas, praias, paisagens paradisíacas e é exatamente este tipo de contraste que na minha opinião faz com que sejam belas.

Optimized-3e119414-81ca-45a4-a0a0-0a080e7459ff

Pontos turísticos na Cidade do Cabo

Falando sobre os pontos turísticos de Cape Town, um dos passeios obrigatórios para quem pensar em visitar a cidade é a Table Mountain (Montanha da Mesa). Impressionante sua imponência e exuberância, impossível não avistá-la de qualquer ponto da cidade, um presente da natureza! Para subir a montanha com mais de mil metros de altitude, há duas opções: a primeira, mais fácil e a que fiz, é pegar um cable car para depois de 5 minutos estar no topo. O cable car é como se fosse o bondinho do Pão de Açúcar, só que redondo. Enquanto você está subindo, ele vai girando, achei o máximo!

Leia também: onde mora na Cidade do Cabo

A segunda opção demanda tempo, disposição e algum preparo físico para subir caminhando por uma das trilhas que rodeiam a montanha. Como não tinha muito tempo, nem pude pensar nesta alternativa, mas conversei com algumas pessoas que embarcaram nesta aventura e levaram aproximadamente 3 horas para chegar ao topo.

Quando se chega no alto da montanha, que é plana, pode-se caminhar com tranquilidade, apreciar a vista de toda a cidade, visitar um restaurante instalado por lá e quem quiser pode até comprar uma garrafa de vinho para comemorar.

Outro ponto que acho impossível deixar de fora é Robben Island (Ilha de Robben), local onde Mandela e outros líderes políticos estiveram presos por mais de 20 anos durante o período do Apartheid. A prisão foi considerada Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO em 1999, 9 anos depois de Mandela ter sido liberado, e hoje abriga o Robben Island Museum. Para mim, visitar este lugar era uma oportunidade de conhecer um dos locais historicamente mais importantes do planeta.

Robben Island

Para chegar até a ilha é preciso ir de ferry boat (balsa), que leva aproximadamente 30 minutos. Achei o passeio de ferry super legal, porque foi possível observar a cidade de outro ângulo sem deixar de avistar a Table Mountain. A caminho da na ilha, pude sentir que aquela região era mais fria, pois além da ventania e de águas mais geladas até consegui fotografar parte de uma baleia quase chegando ao museu, sinal de que àquela área era mais fria, mesmo.

Quando se chega na ilha, todos os visitantes descem do ferry e entram em um ônibus para fazer um passeio guiado para conhecer o ambiente fora do ex-presídio. Neste tour de 1h30 é possível observar uma igreja, uma mesquita, um hospital, um cemitério e a pedreira onde Mandela trabalhava. Na segunda parte da visita, guiada por um ex-presidiário, é possível conhecer o pátio onde os presos também trabalhavam, alguns dormitórios e a cela onde Mandela esteve preso.

cela do Mandela

Fiquei impressionada com o pouco espaço da cela e com o fato de não ter banheiro. A segunda parte do tour foi sem dúvida a mais difícil pelo fato de ser impossível desconectar da palavra presídio, que por si só é triste e fria. De qualquer maneira, é um local que merece ser visitado, não me arrependo por ter incluído em meu roteiro.

Cape of Good Hope (Cabo da Boa Esperança) em Cape Point também não pode ser deixado de lado. Esta é a região conhecida por Cabo das Tormentas, nomeada por Bartolomeu Dias, onde há o encontro dos oceanos Atlântico e Índico (que estudamos nas aulas de história).

O português batizou a região com este nome por ter tomado conhecimento através de marinheiros das fortes tempestades que precisaram enfrentar para conseguir chegar ao outro lado do continente. Cape Point fica a 50 km ao sul da Cidade do Cabo e as paisagens para chegar até lá são incríveis. A caminho de Cape Point é possível observar praias paradisíacas e muitas placas na estrada comunicando a presença de babuínos. O farol de Cape Point também merece ser visitado e para chegar até o topo, pode-se ir de funicular ou andando. Fui andando por uns 20 minutos e encarei a subida aproveitando a linda paisagem e tirando muitas fotos.

Leia também: a rota dos vinhos na África do Sul

Procurei elencar alguns dos principais pontos turísticos que sem dúvida merecem ser considerados pelos visitantes da Cidade do Cabo, mas é claro que há muitos outros. A cidade conta com praias maravilhosas, vinícolas, museus, estádio que foi palco da Copa de 2010, jardins, safáris, além de diversos destinos de aventura, como mergulho com tubarões e a possibilidade de saltar de um dos mais altos bungee jump do mundo.

É impressionante a quantidade de passeios que se pode fazer pela cidade e região sempre estando conectado com a natureza. Imagino que estes motivos podem ter contribuído para que a cidade fosse considerada BONITA, mas vou um pouco além, é LINDA!

Related posts

Presidente Jacob Zuma da África do Sul

Thaís Helena

Dicas para conhecer Portugal? Comece pelo Minho

Giselle Costa

6 lugares para passar o dia perto de Praga

Isadora Costa

12 comentários

Cíntia Nascimento Fevereiro 7, 2016 at 1:54 am

Excelente texto. Um ótimo roteiro capaz de nos inspirar a conhecer a Cidade do Cabo 🙂 gostaria de saber mais sobre a viagem, como facilidades e dificuldades. Beijos.

Resposta
Liliane Oliveira Fevereiro 8, 2016 at 2:58 pm

Olá Cintia!
Obrigada pela mensagem. Estou à disposição para tirar todas as dúvidas que você precisar.
Bjs,
Liliane

Resposta
Alex Andrade Fevereiro 11, 2016 at 12:29 pm

Olá Liliane, adorei seu texto, sem dúvidas é inspirador ler o ponto de vista de uma pessoa como você, mesmo de longe dá pra sentir a emoção de fazer parte desta história.
Escreva mais, estamos ansiosos!
Alex Andrade

Resposta
Liliane Oliveira Fevereiro 16, 2016 at 9:56 pm

Alex,

Que legal saber que você leu e gostou do meu texto. Você não sabe como fico feliz 🙂

Muito obrigada pela sua mensagem. Mês que vem tem mais 😛

Bjs,

Lili

Resposta
SArah Dezembro 11, 2018 at 12:31 pm

Vou pra lá em março próximo, e pesquisando sobre a cidade, descobri seu blog, AMEI!!! Queria uma indicação de bairro pra se hospedar, que tenha fácil acesso ao metrô. Pode me indicar? Obg!!

Resposta
Liliane Oliveira Dezembro 13, 2018 at 4:04 pm

Olá Sarah,
Como minha experiência foi como estudante de intercâmbio por um curto período de tempo, infelizmente não tenho como te ajudar.
Sugiro que vc verifique todas as informações publicadas sobre a África do Sul no link abaixo, talvez te ajude.
https://www.brasileiraspelomundo.com/category/africadosul
Obrigada pela mensagem.
Boa sorte!
Liliane

Resposta
Cecilia Abril 28, 2016 at 7:13 am

Texto otimo, obrigada. Algo que notei eh que nao houve na Cidade do Cabo a especulacao imobiliaria que se ve no Rio, onde predios altos predominam e bem proximos da orla (alguns fazendo sombra sobre a faixa de areia). A maioria dos residentes na Cidade donCabo mora em casas e os predios nao tem mais do que uns poucos andares ao longo da costa. Talvez em parte por isso a natureza seja tao presente. Onde ha muitos predios, ha um volume grande de redes de esgoto desembocando no mar, como no caso do Rio, sem falar na competicao por outras necessidades q tornam a vida em uma metropole mais dificil.

Resposta
Liliane Oliveira Abril 28, 2016 at 1:23 pm

Olá Cecília,
Tudo bem?
Fico feliz em saber que gostou do meu texto, muito obrigada!
Quanto aos pontos que você levantou, penso que deve sim haver um limite relacionado ao potencial construtivo na cidade e talvez, por isso, a Cidade do Cabo tenha uma quantidade menor de torres se comparadas a cidade do Rio de Janeiro, por exemplo. Esta é apenas uma opinião pessoal, mas realmente não tenho nenhuma informação que comprove isso. Nas regiões mais badaladas como Waterfront e Camps Bay, por exemplo, há muitos prédios e nota-se que as construções nestas áreas são mais modernas e sofisticadas. Tudo bem que estes pontos são bem turísticos, mas imagino que tenha sido muito bem planejada. Realmente, não se vê arranha-céus por lá e concordamos que este pode ser um dos fatores para que seja possível apreciar a natureza para qualquer lado que se olhe.
Abraços,
Liliane

Resposta
Rafael Janeiro 31, 2017 at 8:00 pm

Liliane,

Adorei seu texto, muito bem escrito e pontuou lugares importantes que pretendo visitar.
Estou indo para cape town em fevereiro próximo, e gostaria de saber se além dos pontos citados o que mais considera como sendo imperdível para se fazer, visto que estarei na cidade por 3 dias completos.

Agradeço e parabéns pelo texto.

Resposta
Liliane Oliveira Janeiro 31, 2017 at 11:25 pm

Olá Rafael!

Tudo bem?

Antes de mais nada, obrigada pela mensagem.

Então, respondendo sua pergunta, como você terá somente 3 dias em Cape Town, sugiro vc fazer exatamente os passeios que comentei em meu texto que são imperdíveis:

1) Table Montain: É importante dizer que se estiver ventando muito, o acesso não é liberado, por isso, se vc perceber logo no primeiro dia que o tempo está bom e claro, vá na mesma hora. Outra dica, tem o site da Table Mountain caso queira comprar seu ingresso com antecedência: http://www.tablemountain.net/

2) Robben Island: Se você gosta de História, penso que seja outro passeio imperdível. Pelo que me lembre, há 3 horários diários para visita. O passeio é guiado e leva 3 horas. Eu acho que para aproveitar melhor o dia você poderia ir na parte da manhã, porque quando vc voltar chegará a um local bonito chamado de Victoria & Waterfront que é um complexo com shoppings, lojas, restaurantes, etc onde vc poderá almoçar, tirar fotos e curtir. Se vc quiser, também poderá comprar ingressos com antecedência: http://www.robben-island.org.za/

3) Cape Point é lindo, demanda um dia de viagem e vale muito a visita. Se vc puder comprar um passeio que teve leve a Cape Point que pare na Boulders Beach (praia dos pinguins) acho que vc não irá se arrepender.

4) O Mama África Restaurant também merece ser visitado. Em algum outro texto que publiquei, falei sobre a culinária e tal. Como gosto de experimentar coisas diferentes, comi carnes exóticas e adorei.

Espero ter ajudado.

Boa viagem!

Um abraço,

Liliane

Resposta
Rafael Fevereiro 2, 2017 at 4:52 pm

*-*

Obrigado pelas dicas… visitar esses lugares mesmo então!…

Resposta
Liliane Oliveira Fevereiro 4, 2017 at 10:04 am

Por nada.

Boa viagem 🙂

Liliane

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação