Por que conhecer as quatro províncias da Catalunha

0
162
Foto: Arquivo pessoal
Advertisement

Por que conhecer as quatro províncias da Catalunha.

A Catalunha é uma das mais famosas e mais visitadas comunidades autônomas da Espanha. A região está localizada na extremidade leste do país, fazendo fronteira com Andorra e França e sendo banhada pelo Mar Mediterrâneo.

Está dividida em quatro províncias: Barcelona, Girona (Gerona), Lérida (Lleida) e Tarragona. A capital é a cidade de Barcelona, que é a segunda maior cidade espanhola e está situada na província de mesmo nome.

Leia também: Tudo que você precisa saber para morar na Espanha

Muita gente que vem a Barcelona a turismo, costuma visitar somente a capital e não desfrutar dos arredores. Realmente, para nós brasileiros, as outras cidades da Catalunha não são muito divulgadas.

A não ser que você seja um viajante frequente ou bastante informado de geografia, provavelmente nunca ouviu falar de Tarragona e Girona.

Para quem veio morar aqui, conhecer cada cantinho da Catalunha acaba se tornando uma prioridade, pois a região é tão diversificada que acaba agradando a gregos e a troianos (te garanto que isso é possível).

Conforme eu for descrevendo cada província você vai compreender por que não vai se arrepender de conhecer cada uma delas.

Leia também: Como planejar uma viagem

Barcelona

Comecemos por Barcelona: é bastante óbvio que a capital não pode ficar de fora do roteiro. É possível escrever um livro inteiro somente sobre os atrativos da Cidade Condal, e para isso já existem milhares de guias de viagem (livros e sites). Por esse motivo vou descrever atrações que fazem parte da província e não da cidade.

A montanha de Montserrat é um ponto imperdível. Considerada a elevação mais significativa da Catalunha, está a 30 quilômetros de Barcelona e é acessível por trem. Suas formas são bastante peculiares e parecem um desenho de conto de fadas.

A dica é fazer o caminho até a cruz de Sant Miquel, de onde se é possível ver a paisagem com o monastério “incrustrado” na montanha. Se for verão, é possível aproveitar as praias da província, que não são tão lindas quanto as da Costa Brava ou da Costa Dorada, mas também não precisam ser descartadas.

Um bom exemplo de cidade praiana é Sitges. Pode-se chegar em trem e é uma cidadezinha agradável, com um clima de veraneio. Outras praias frequentadas pelos barceloneses são Castelldefels e Montgat (ambas acessíveis por trem).

Leia também: Por que me sinto poliglota em Barcelona

Girona

É também uma província especial. A capital é uma cidade muito charmosa, com ruelas medievais, pontes, ruínas, muralhas, museus, lojas supertransadas, bons cafés e restaurantes. É bastante divulgada e muita gente que visita Barcelona costuma fazer um bate-volta até lá.

Além do charme da capital, a província apresenta uma variedade geográfica bastante interessante! Ali está localizada a Costa Brava e também os Pirineus. Ou seja, é possível curtir belíssimas praias no verão e as estações de esqui no inverno. E isso em um trajeto de menos de duas horas.

Esta foi a província onde morou Salvador Dalí. Sua ex-casa, em Cadaqués, e seu museu, em Figueres, estão abertos à visitação e vale a pena visitá-las.

Tarragona

A província de Tarragona tem como capital a cidade de mesmo nome. Essa cidade também é muito charmosa, e de certa forma tem alguma semelhança com Girona. O grande atrativo, porém, está nas ruínas romanas.

O anfiteatro, localizado em frente ao Mar Mediterrâneo, forma uma paisagem de fazer cair o queixo de tão bonita. Só esta vista já vale a visita. A região tem também belíssimas praias de areia fina e água cristalina, e seu litoral é chamado de Costa Dorada. São diversas praias uma seguida da outra e fica difícil eleger a melhor.

Lérida

Dizem por aqui que esta é a região para os que gostam de esportes de aventura. Das quatro províncias essa é a que tem a capital mais “sem graça”. A cidade de Lérida não tem grandes coisas de especial e do ponto de vista turístico não vale a pena a visita. A província é a única das quatro que não tem acesso ao mar, mas tem parte dos Pirineus em seu território.

Uma das coisas incríveis que possui Lérida é o Congost de Mont Rebei. Um belíssimo parque composto por formações rochosas e um lago verdinho: uma paisagem deslumbrante! É um visual bastante diferente de tudo o que estamos acostumados, e com certeza é motivo suficiente para visitar a província. Fazer o passeio de caiaque e a trilha te possibilitará ver paisagens incríveis!

Busquei nesse texto citar os pontos fortes de cada região, baseando-me em minhas próprias experiências durante meus passeios pela Catalunha. É bem possível que existam diversas outras atrações tão bacanas ou ainda melhores do que as citadas acima. Quando eu tiver a oportunidade de conhecer ainda mais do que há por aqui, compartilharei.

Se um dia a Catalunha se tornar independente, coisa que é desejada por mais ou menos 50% dos catalães, seguramente será considerado um país cheio de belos atrativos!

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.