BrasileirasPeloMundo.com
Croácia Turismo Pelo Mundo

Turismo em Zagreb

Turismo em Zagreb.

Zagreb é a capital da Croácia e possui em torno de 700 mil habitantes. É uma cidade que ao mesmo tempo que oferece serviços e experiências iguais aos de muitas capitais mundiais, ainda mantém uma atmosfera de tranquilidade e segurança.

Em 2016, Zagreb foi escolhida como a melhor capital da Europa para turismo, o que é muito significante para todos que trabalham nessa área por aqui. Porém, um ponto que pode e deve ser melhorado é a conexão de Zagreb com outras cidades europeias. Infelizmente o governo croata e as companhias aéreas low cost, tão comuns na Europa, ainda não conseguiram chegar a um acordo para facilitar a vinda de tais empresas para Zagreb, o que aumentaria bastante o fluxo de turistas na cidade.

Nos últimos anos, Zagreb deixou de ser uma cidade de passagem para aqueles que vêm de carro da Alemanha, Áustria, Hungria, Polônia e Eslovênia, por exemplo, para se tornar um ponto obrigatório de parada aos turistas que vão para o famoso litoral croata, além de um lugar de escapada durante o fim de semana, devido principalmente aos preços acessíveis. Por isso, falarei sobre alguns pontos turísticos interessantes para aqueles que desejam aproveitar o máximo que Zagreb tem a oferecer!

Comece a sua visita na praça principal de Zagreb, a Trg Bana Josipa Jelacica. A estátua no centro da praça representa Josip Jelacic, que foi o governador da Croácia durante o Império Austro-Húngaro e lutou por uma maior autonomia dos croatas dentro do império. Por esse motivo, ele é considerado um herói nacional do povo croata, tanto é que durante o regime comunista a sua estátua foi removida da praça e só retornada em 1991, depois da proclamação da independência da Croácia.

Olhando de frente para a estátua, siga à direita em direção à Catedral de Zagreb (Kaptol), que é o prédio mais alto da Croácia e pode ser visto de toda a cidade. A entrada é gratuita, mas deve-se cobrir ombros e pernas para entrar. Lá dentro pode-se ver escrituras com alfabeto glagolítico nas enormes paredes da catedral, que é um dos primeiros alfabetos usado pelos povos eslavos e foi criado pelos santos Cirilo e Metódio por volta dos anos 862-863 para traduzir a Bíblia e outros textos para as línguas eslavas, inclusive o croata.

Leia também: dicas de passeios perto de Zagreb

Siga em direção à feira ao ar livre Dolac, com seus simpáticos guarda-sóis de cores vermelhas e amarelas. Não se esqueça de comprar algumas frutas “típicas” da Croácia, como ameixas, cerejas e damascos. Depois, desça as escadas ao lado do Dolac e caia na rua Tkalciceva, que é a principal rua de barzinhos e restaurantes em Zagreb. Apesar de não ser uma rua muito grande, é muito charmosa e é onde as pessoas geralmente se reúnem com os amigos para tomar um café (ou quem sabe, uma cerveja).

Se a fome já estiver batendo e o orçamento estiver meio apertado, vá ao restaurante Nokturno, que oferece um menu variado com preços acessíveis. Se a temperatura permitir, pegue uma das mesinhas no terraço e observe os locais e turistas passeando pela rua.

Após o almoço, e se o corpo permitir, siga em direção à Cidade Alta (Gornji Grad). Passe pelos Portões de Pedra (Kamenita Vrata), que são uns dos únicos portões da muralha que circundava a cidade alta e guarda uma pintura de Nossa Senhora, que segundo a lenda foi o único objeto que não queimou durante um grande incêndio numa igreja em 1731.

Igreja de São Marcos. Fonte: Pixabay

Suba mais um pouco e você sairá na Praça de São Marcos, que guarda um dos maiores símbolos de Zagreb, a igreja de São Marcos. Isso mesmo, aquela igreja com o telhado super simpático com quadradinhos xadrez e com o brasão da cidade. Infelizmente essa igreja está quase sempre fechada, mas não deixe de observar o lindo telhado e seus detalhes. Ao lado direito da igreja está localizado o Parlamento Croata (Hrvatski Sabor) e do lado esquerdo está o Palácio Presidencial, onde a atual presidente da Croácia Kolinda Grabar-Kitarovic tem o seu escritório.

Leia também: tipos de visto para morar na Croácia

Siga em frente com as costas em direção à Igreja de São Marcos e você passará pelo Museu das Relações Quebradas, que é um museu muito interessante e único no mundo! Se você quiser visitar o museu, reserve pelo menos 2 horas para isso. Mais em frente, você verá a torre Lotrščak, que é do ano de 1646 e todos os dias, exatamente às 12 horas, guarda uma surpresa a todos os turistas que passam pela região da Cidade Alta.

Depois da surpresa, pegue o bondinho até a Cidade Baixa e vá até a doceria Vincek, que é uma das mais tradicionais da cidade e prove os deliciosos doces croatas. Aproveite e olhe as vitrinas da Ilica, a rua mais longa da Croácia! É uma ótima opção para aqueles que desejam fazer uma comprinhas.

Para finalizar o passeio pelo centro de Zagreb, siga até o parque Zrinjevac e se você tiver sorte, haverá uma feirinha com produtos típicos croatas para você levar de lembrancinha ao Brasil!

No próximo post falarei um pouco mais sobre outras atividades interessantes para se fazer em Zagreb!

Pozdrav!

Related posts

Dicas de turismo na Suíça

Ana Cristina Kolb

Opções gratuitas e baratas para ver Londres de cima

Giovana Bulgaron

Mercados medievais alemães

Karina Finke

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação