BrasileirasPeloMundo.com
Croácia

Uma nova vida na Croácia

Uma nova vida na Croácia.

A parte mais difícil de qualquer coisa na vida é o início. O início de uma vida nova, um lugar novo, pessoas novas ao redor… E há pouco mais de dois anos decidi iniciar minha jornada aqui, em Split, a segunda
maior cidade da Croácia e a mais importante da região da Dalmácia. Com quase 200.000 habitantes, Split respira História Antiga, sendo o principal símbolo da cidade o Palácio de Diocleciano, imperador romano
que governou entre 284 e 305. Patrimônio Cultural da Unesco desde 1979, as áreas ao redor do palácio são ocupadas por comerciantes locais e suas lojas de artesanato, produtos típicos da Dalmácia, como o vinho, o azeite de oliva e enfeites de lavanda.

Mas por que Croácia, como tantos outros países na Europa para escolher, por que um país pouco falado no Brasil? Isso eu escutava demais, de amigos e familiares que mal sabiam pronunciar o nome do país, da cidade então.

Leia também: tipos de visto para morar na Croácia

Trabalhei em navios de cruzeiro por cinco anos e conheci meu marido no meu último contrato, quando já estava resolvendo trocar de emprego e voltar de vez para o Rio de Janeiro. Eu pensava: “Chega de navio, chega de passar horas trabalhando, sem dia de folga, sem descanso” ( mesmo eu tendo um ótimo cargo se comparado aos demais: trabalhava como Youth Staff, que era recreadora infantil).  Já havia passado muitos Natais, Páscoas e Carnavais  longe de casa.  Resolvemos então tentar a vida juntos aqui em Split, e honestamente, me apaixonei pela cidade.

Apesar de ser um país europeu, a Croácia tem lá suas particularidades que remetem a época de ouro para muitos aqui, a Iugoslávia, composta de países como a Sérvia, Macedônia e Montenegro. Muitos croatas são saudosistas e, como não vivi nessa época, não sei se foi bom ou não de fato, mas os mais idosos sempre dizem que o país, ou melhor, o Estado naquela época, era bem diferente do que é hoje. Havia boas condições de trabalho, se plantava quase tudo o que se consumia, e a corrupção era menor.

 

Desde a separaçào e independência, depois da Guerra dos anos 90, que terminou com a Iugoslávia e tornou independente a Croácia, os croatas procuram evoluir e se acostumar com a abertura para o novo, o moderno.  Nas grandes cidades como Split e Zagreb, as pessoas tem uma receptividade maior e uma mentalidade mais aberta, mas ainda há no interior do país, muita resistência quanto à mudança. Mais uma mudança vai começar a ser sentida por aqui, já que entramos na União Européia ano passado, ou seja, o que o futuro promete? Esperar pra ver…

No meu primeiro ano aqui, comecei a estudar a língua, que aqui na região da Dalmácia é um pouco diferente,  o dialeto dálmata, e o que se aprende nos cursos é o standard da língua, Fiz dois semestres do curso junto com outros estrangeiros, e preferi continuar por conta própria, porque acredito que a gente aprende melhor através do contato com o próximo do que somente em sala vendo todos os casos e declinações.

Leia também: custo de vida em Zagreb

Como trabalhei anos como professora de inglês no RJ ( quase 12 anos na verdade), consegui trabalho em uma escola de línguas aqui, mas ensinando português aos croatas. Sim! Eles gostam da nossa língua, querem aprender e falam bem, para ser sincera!

O inverno aqui não é tão rigoroso como no norte do país, já que estamos no litoral, mas para quem saiu do RJ, acostumado com praias até no inverno, ficar de outubro até maio sem poder pisar na água é demais!!  Mas tudo se encaixa, e hoje até gosto de estar em um lugar onde a temperatura no verão não chegue aos 40 graus quase todos os dias.

Essas são as minhas primeiras impressões e experiências sobre esse lugar maravilhoso de se viver!

Related posts

Universidade de Zagreb

Nathália Nascimento

A população croata

Renata Ferrari Pegoretti

Como se tornar um nômade digital na Croácia

Debora Pedroni

23 comentários

Carla Abril 29, 2014 at 8:08 pm

Oi Debora, adorei o seu texto, Parabéns!
Estive em Dubrovnik com um cruzeiro e gostei muito.
Fico feliz em saber que você se adaptou bem ai e já está aprendendo idioma.
Aguardo seus próximos textos.
Um abraço 🙂
Carla

Resposta
debora Abril 29, 2014 at 8:21 pm

PARABéNS AMEI SUA HISTòRIA,E OLHA QUE VC ESTà EM UM LUGAR LINDO E COM PRAIAS MARAVILHOSA…FELICIDADES 😉

Resposta
Carla Abril 30, 2014 at 6:28 am

Oi Debora, adorei o seu texto, Parabéns! Visitei Dubrovnik com um cruzeiro e fiquei encantada com o lugar. Fico feliz em saber que voce já se adaptou a cultura e ja esta ate aprendendo o idioma. Tudo de bom pra voces ai e espero mais textos sobre a Croacia 🙂 Um abraço, Carla

Resposta
Ana Cristina Kolb Abril 30, 2014 at 12:39 pm

Parabens Debora, me alegro de conhecer mais sobre a Coratia e sua cultura. Todas as pessoas que conheci e que emigraram devido a guerra dos anos 90, me foram muito simpáticas! Muito sucesso e me alegro de conhecer mais suas experiências por ai! Sucesso! Namasté 🙂

Resposta
claudius Maio 12, 2014 at 12:21 pm

Debora qual a religião na Croácia?Há ainda perseguições ao cristianismo?Já tão sangrento protestantes e católicos um local onde um Imperador era um sectário da religião romana adorador e Hércules Jupter e outros eu tenho curiosidade porque nosso Brasil é uma anarquia universal ,tem de tudo um pouco, tudo junto e misturado,mas um local destes deve ter muita rigides ainda ,quanto a isso, e eu tenho curiosidade.E gostaria de saber como é a alimentação ai, um prato do dia a dia, aqui o arroz com feijão e ai o que seria?Muito corajosa eu percebi que a maioria das Brasieleiras pelo mundo são todas bem jovens, algo nato nos jovens eu ja sou uma avó ,eu não teria coragem nem me pagando para viver em outro local que não fosse o meu Brasil,fiquei que nem um gato, dentro de casa.mas eu acho maravilhoso ver tanta coragem, e casar ainda com homens tão diferentes ,sei lá eu fico com um medo do diferente ,é demais para mim,seja feliz e espero que me responda.E o que eu acho lindo é que aqui, todos os povos se dão bem ,não ha mais restrições, nem religiosas, culturais , no Brasil tudo vira uma amálgama perfeita.

Resposta
Janaina Duarte Julho 8, 2014 at 4:33 pm

Oi Debora! Que maravilha deve ser viver aí. Apaixonei-me pelo país após assistir a uma reportagem, no Globo Repórter, sobre as belezas da Croácia, em 2012. Daí em diante, sinto uma vontade enorme de conhecê-lo e até de morar aí. A dificuldade está na língua, não falo nem o inglês, e acho o idioma croata muito complicado rsrsrs…Tenho uma amiga que está em Makarska, e que pretende ficar por aí em definitivo, já que o pai dela é croata. Quem sabe eu me arrisque, quem sabe minha vontade se torne maior que meus medos né?
Desejo td de bom pra vc, seja feliz! Bjo.

Resposta
Gisele Andressa do Nascimento Janeiro 24, 2015 at 12:24 pm

Oi Debora, tudo bem??? Amei seu texto. Eu e meu namorado estamos pensando seriamente em nos mudar para a Croácia. Meu namorado é chef de cozinha e um amigo (croata) disse que no ramo dele há muitas oportunidades de trabalho e que se ganha muito bem. Você por favor poderia me informar quanto custa o aluguel de um apartamento (simples e pequeno) em Split? Quanto é o custo de vida por aí?? Será que você poderia me ajudar???
Agradeço desde já pela atenção.
Beijos
Gisele

Resposta
Sidnei Monteiro Cavalheiro Janeiro 29, 2015 at 12:39 pm

Ola Debora , Goataria de saber mais sobre este Pais maravilhoso estou pensando muito em ir embora do Brasil para criar minha familia fora gostaria de alguma sugestão sua obrigado.
Sidnei Monteiro Cavalheiro.
e-mail : [email protected]

Resposta
Debora Pedroni Dezembro 3, 2018 at 1:26 pm

Olá Sidnei, tudo bom? Ainda pensando em vir morar na Croácia?

Resposta
Elen Setembro 24, 2015 at 10:11 am

Estive no início do mes de setembro 2015 em Split e fiquei maravilhada, porque vi muita gente jovem bonita e bem vistida…. Fui em outras cidades como Omis e Dubrovnik e amei. Fiz Raftling no rio Cetina, simplismente 10. Os croátas, que tive contato foram muito simpáticos e tem um temperamento parecido com o nosso. A vida lá é bem barata em relacao com a Alemanha. Vale muito a pena visitar, mas nao sei se vale a pena morar, porque todos com quem conversei reclamaram da política, corrupcao e da falta de emprego e perspectiva para os jovens. Elen

Resposta
Andrew Linsandrew Janeiro 3, 2016 at 10:17 pm

Muito esclarecedor esse post.
gostaria de saber se a croacia é país facil para emigrar. tentei morar na espanha mas é necessario ter cidadania e tal.
na croacia dá pra ir , conseguir emprego e ficar ???

Resposta
Ann Moeller Janeiro 4, 2016 at 12:48 pm

Ola Andrew, no momento o BPM não tem colunista na Croácia, as antigas colaboradoras não escrevem mais. Obrigada

Resposta
Debora Pedroni Dezembro 3, 2018 at 1:28 pm

Oi Andrew. De volta como colunista responsável por divulgar a Croácia, gostaria de saber se ainda tem intenção em mudar de vida e morar no exterior. Estou aqui pra te orientar!

Resposta
Mara Coelho Março 16, 2016 at 8:20 pm

Trabalho em navio de cruzeiros e já tive a oportunidade de conhecer a Croacia, mas agora estou apaixonada por um croata, agora nos separamos porque desembarquei e ele tem muito medo de sofrer novamente pela distância e não acreditar que sou capazde morar la. Gostaria de mais informaçoes a respeito de trabalho, meio de sustento de um estrangeiro na Croácia. Grata

Resposta
Alessandro Maio 10, 2016 at 7:38 pm

Sou filho de italiano e de croata. Croácia realmente é maravilhosa. Parabéns pela iniciativa

Resposta
Rafael AVILA Grisostenes Junho 17, 2016 at 12:40 pm

Ola, sou biólogo no Brasil, e trabalho com animais silvestres há 9 anos…. Gostaria de saber como funciona o esquema de vistos, e se conseguiria algo fora da minha área no início, para posteriormente dar entrada em algo na biologia. Estou na Dinamarca agora, por aqui está complicadas as coisas referente à vistos.
Mas sinceramente, não estou pensando em voltar para o Brasil nesses dois anos….. estão fei as coisas por lá.
Desde já, muito grato pela atenção.

Resposta
Lucia Fevereiro 25, 2017 at 7:25 pm

Ola Debora

Adorei seu texto. Muito esclarecedor. Precisava saber como posso falar contigo.

Resposta
Tainara Maio 9, 2017 at 10:02 pm

Olá Débora

Queria saber como ter contanto com você, sou brasileira do Rio de Janeiro e queria saber se você pode me dar aulas de inglês.

Resposta
Tainara Maio 9, 2017 at 10:03 pm

Estou morando em Split

Resposta
Debora Pedroni Novembro 21, 2018 at 9:38 pm

Olá, depois de um certo tempo voltei aqui e vi esse post seu. Ainda está por Split, e te interessa aprender inglês? Entre em contato, [email protected]

Resposta
Rennan Agosto 12, 2017 at 9:12 am

Realmente a Croácia é um país muito lindo e tem muito a ser explorado por nós brasileiros. Muito boas suas informaçoes Debora. Pra aqueles brasileiros que desejam conhecer Zagreb, a capital da Croácia.
Pra quem deseja conhecer a Capital da Croácia, Zagreb, Lá vai minha dica! É uma guia Croata que fala o portugues fluentemente, Chama-se Irena.Menina bastante profissional que realiza passeio desde a Capital Zagreb ate os Lindos Lagos Plitvice, vale muito a pena e eu recomendo.
Pra aqueles brasileiros que nao possuem tempo suficiente pra conhecer, eu indico de olhos fechados. O city tour é muito divertido.
Podem contactar:
web site http://www.irena-tours.hr
Instagram: crotours_irena
Facebook: Irena-tours
Whatsapp: 00 385 99 214 0012

Resposta
Liridiane Março 19, 2018 at 4:49 pm

Oi gostaria de informações, sou pedagoga aqui no Brasil e falo bem inglês, é muito difícil conseguir da aula na Croácia?

Resposta
Liliane Oliveira Março 19, 2018 at 10:40 pm

Olá Liridiane,
A Debora Petroni Katunaric parou de colaborar conosco, mas temos outra colunista na Croácia chamada Nathalia Nascimento que talvez possa te ajudar
Você pode entrar em contato com ela deixando um comentário em um dos textos publicados mais recentemente no site.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação