BrasileirasPeloMundo.com
Dinamarca Turismo Pelo Mundo

Verão na Jutlândia – Parte 2

No texto anterior sobre férias eu dei dicas de praias e restaurantes na Jutlândia, mas a região tem muito mais a oferecer, principalmente para a galerinha que está descobrindo o mundo agora. Pra quem está planejando férias com os pequenos e quer fugir um pouco do conhecido circuito EUA-Disney-MGM, a região da Jutlândia oferece inúmeras opções.

Começando com parques, zoológicos e minifazendas onde as crianças têm oportunidade de ter contato com a natureza, passando pelos parques temáticos como Legoland e Djurs Sommerland, até ‘museus ao ar livre’ que reproduzem o modo de vida da época dos Vikings e Idade Média, há muita aventura e atividades para as crianças se divertirem pra valer! Então vamos conhecer o lado lúdico da Jutlândia? A seguir, dicas de passeios que podem ser legais pra você e para os seus filhos. Aproveite!

Legoland – Billund

A Legoland, ou ‘Legolândia’ na tradução, é a terra da Lego. Tudo ou praticamente tudo nesse parque é construído com os bloquinhos Lego, tão conhecidos da infância dos que já estão na casa dos 30-40 como eu. Há Legolands em outros países mas a da Dinamarca, por ser a sede, vale a visita.

O parque é dividido em seções temáticas: Miniland, logo na entrada, com atividades como a ‘auto-escola’, onde as crianças de 7 a 13 anos podem tirar uma ‘carteira de motorista’ de criança (é preciso agendar, agendamento feito no próprio parque); Duplo Land, para os pequeninos e bebês que ainda brincam com Lego Duplo; Imagination Zone, cuja principal atração é o aquário; Piratland, ou terra dos piratas, para crianças a partir de 5-6 anos; Legoredo Town, onde está a réplica de algumas cidades e construções famosas do mundo – nessa parte do parque foi inaugurado um castelo fantasma esse ano; Adventure Land, para crianças um pouco maiores – não perca o Falck Fire Brigade, é um brinquedo muito legal para a família toda; Knight’s Kingdom, onde as crianças podem se divertir no estilo dos cavaleiros medievais – o melhor restaurante do parque fica nesse setor; e Polar Land, cujo ponto alto é o viveiro de pinguins.

No parque há diversas atrações como cinema 3-D, aquário e shows, além de brinquedos e atividades para crianças de idade e de coração. Há uma exposição permanente de paisagens montadas com os blocos e é possível ver, entre outras, réplicas do templo de Luxor, no Egito; uma réplica fiel do bairro Nyhavn em Copenhague; uma réplica da Casa Branca, nos EUA, tudo construído com mais de 60 milhões de blocos Lego.

Para os fãs de Star Wars há uma exposição permanente de diversos cenários dos filmes, tudo feito com Lego. Junto com as atividades e brinquedos o parque conta com lojas de produtos da marca e  diversos restaurantes ao longo do parque, além de banheiros equipados para atender adultos, crianças e pessoas portadoras de necessidades especiais de qualquer idade e um confortável hotel.

No site do parque é possível encontrar informações em inglês, alemão e sueco, além do dinamarquês e por lá dá pra planejar a sua visita, comprar bilhetes e reservar o hotel. O bom para os viajantes é que o parque está situado muito próximo ao aeroporto internacional de Billund, e há vans fazendo o traslado aeroporto-parque diariamente.

Lalandia – Billund

Aquadome, o parque aquático em Lalandia (Foto: Divulgação)
Aquadome, o parque aquático em Lalandia (Foto: Divulgação)

Parque aquático ao lado da Legoland. Tem duas unidades no país: em Billund, na Jutlândia, e em Rødby, região da Lolland. É possível comprar ‘miniférias’ combinadas, visitando Lalandia e Legoland e se hospedando no Legoland Resort ou nas casas de veraneio do Lalandia, mesmo.

O parque oferece atrações como tobogã, piscina aquecida, praia artificial, pintura facial e tênis de mesa, por exemplo, e atividades para adultos, como minigolfe, academia e boliche. No site do parque é possível encontrar todas as informações nos mesmos idiomas do Legoland, incluindo norueguês.

Hjerl Hede – Vinderup

Réplica de uma mercearia antiga em Hjerl Hede, onde também se vendem produtos artesanais feitos como nos velhos tempos (Foto: Divulgação / Visit Holstebro)
Réplica de uma mercearia antiga em Hjerl Hede, onde também se vendem produtos artesanais feitos como nos velhos tempos (Foto: Divulgação / Visit Holstebro)

O conceito de frilandsmuseum ou ‘museu a céu aberto’  ou museu vivo é muito difundido na Dinamarca, apesar de ser pouco conhecido dos brasileiros em geral, por isso acho particularmente interessante. Nessa fazenda é possível vivenciar o modo de vida das pessoas desde a Idade da Pedra até os tempos modernos e acompanhar atividades do cotidiano das pessoas, tudo ao vivo. É como um teatro a céu aberto, uma verdadeira viagem num túnel do tempo!

Crianças e jovens até 18 anos não pagam entrada. O museu abre todos os anos em abril e fica aberto até dezembro, e o valor da entrada varia entre 55 e 150 coroas dinamarquesas, dependendo da época da visita. No Natal, os valores são mais altos. O site do museu oferece informações em inglês, alemão e dinamarquês. E quem vier visitar o Hjerl Hede e quiser, pode me mandar um recadinho e convidar pra um café, eu moro nas redondezas.  

Djurs Sommerland – Nimtofte

A montanha russa mais longa da Dinamarca (Foto: Divulgação / TripAdvisor.dk)
A montanha russa mais longa da Dinamarca (Foto: Divulgação / TripAdvisor.dk)

Com 7 áreas temáticas, o parque diz possuir a montanha russa mais longa da Dinamarca, chamada Juvelen, com 1 km de extensão. O parque é considerado a maior atração da região Midtjylland, tendo o mesmo prestígio que Legoland entre as crianças.

Assim como no Legoland aqui é possível encontrar atividades para crianças de todas as idades e o parque possui complexo turístico com parque aquático, hotel, restaurantes e lazer para os adultos. Informações no site podem ser encontradas em dinamarquês e inglês e há descontos para pacotes comprados para grupos ou para a temporada. Crianças de 0 a 2 anos entram de graça.

Festival Europeu da Idade Média – Horsens

Monitores acompanham as atividades infantis (Foto: Divulgação)
Monitores acompanham as atividades infantis (Foto: Divulgação)

Mercados ou feiras de época são algo muito comum nas terras dinamarquesas. Nessas feiras livres os vendedores se vestem com roupas de época e vendem artigos utilizados naquele período.

O Festival Europeu da Idade Média é uma das maiores feiras do gênero e artistas da Europa e do mundo inteiro participam. O festival é um misto de feira, espetáculos e museu vivo e acontece todos os anos numa antiga prisão em Horsens, sempre no último fim de semana de agosto.

Leia sobre motivos para não morar na Dinamarca

Dentre as atrações destacam-se os torneios de justa, aquele esporte onde os dois cavaleiros têm que se equilibrar sobre o cavalo e tentar derrubar o adversário com uma lança longa na mão; há também espetáculos musicais e teatrais. Pode-se comprar na feira roupas inspiradas na Idade Média, réplicas de utensílios da época e souvenires.

Para as crianças é uma aventura e tanto vivenciar o museu vivo e aprender a manejar os artefatos da época medieval: elas aprendem através do lúdico e com isso guardam a experiência para sempre na memória. Durante o festival há uma programação especial para crianças, com atividades guiadas por monitores e muita diversão.

E para os fãs de O Senhor dos Anéis, esse ano o festival de Horsens conta com programação especial baseada nas histórias de J.R.R. Tolkien. E ainda falando em Idade Média, outro lugar que merece uma visita é o castelo de Spøttrup, nos arredores de Skive, a 40 minutos de Holstebro.

Consulte o site para mais informações. Espero que vocês tenham gostado das dicas.

Até o verão do ano que vem!

Related posts

O templo de Borobudur na Indonésia

Fabi Mesquita

Tudo sobre ser Au Pair na Dinamarca

Cristiane Leme

10 motivos para conhecer Æroskøbing

Cristiane Leme

9 comentários

Felipe Levi Setembro 2, 2014 at 3:32 pm

Muito legal! Quando morei em Nakskov, bem perto de Rødby n pude visitar Lalandia, mas agora passo a considerar uma visita ao parque. E aqueels que n sao tao viciados em disney, como eu… realmente vale pensar em outras alternativas como Legoland.

Resposta
Cristiane Leme Setembro 2, 2014 at 7:47 pm

Felipe, vá mesmo, mas vá no verão que é a melhor época pros tobogãs gigantes do Lalandia! Se você for no inverno vai poder desfrutar da praia artificial, que também é bem bacana! Obrigada por comentar e continue acompanhando o blog! Beijos

Resposta
fernmoura Setembro 2, 2014 at 7:03 pm

Que legal, Cris! Já estou louca para levar o Alejandro. Nao sabia que havia tanto para fazer com os pequenos por aí. Beijos e parabéns pelo texto.

Resposta
Cristiane Leme Setembro 2, 2014 at 7:43 pm

Pois é, eu me sinto até prestando um serviço ao escritório de turismo da Dinamarca, hahaha! Mas é que realmente é tanta coisa legal pras crianças… e isso que ainda ficou muita coisa de fora, como Jesperhus, Givskud Zoo e tantos outros lugares. A Dinamarca é o país mais ‘family-friendly’ que eu já conheci. Obrigada pelo comentário e quando vier, avise! Beijos

Resposta
Juliana Setembro 2, 2014 at 7:26 pm

Uau! Se visitar os museus vikings de Compenhagen era o meu sonho, imagina agora depois de ler este post. Com certeza vamos tomar um café juntas. Beijos!

Resposta
Cristiane Leme Setembro 2, 2014 at 7:45 pm

Ju, uma das experiências mais legais pras crianças é o museu vivo ou a feira medieval – eles ficam malucos porque podem interagir com os atores-personagens! E como eu disse pra Fernanda, ainda ficou muita coisa de fora. Quando vier me avise, vamos tomar um café, sim! Beijos e obrigada por comentar 🙂

Resposta
Gisela Luiz Setembro 2, 2014 at 10:59 pm

Nossa… adorei a reportagem… meu sonho de infância sempre foi conhecer a Disney, mas a Dinamarca superou minhas expectativas… Penso seriamente em levar minhas duas filhas (3 e 4 anos) para conhecer…. Vamos amadurecer a ideia! Parabéns pela reportagem! Está perfeita e bastante convidativa!!!

Resposta
Cristiane Leme Setembro 2, 2014 at 11:07 pm

Eu também penso que as meninas vão curtir mais que a Disney, principalmente os museus vivos, onde as crianças podem interagir com os atores-personagens. Programem-se e me avisem! Bjo

Resposta
Cintia Setembro 11, 2014 at 7:28 am

Adorei Chris, assim q a Sofia estiver maiorzinha eu quero ir….bjs

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação