Vistos para entrar na Itália

54
11306
Crédito imagem: jackmac34. Licença: CC0 Public Domain
Advertisement

Vistos para entrar na Itália.

“Os CIDADÃOS BRASILEIROS são isentos de visto de ingresso na ITÁLIA para viagens a turismo, negócios, competição esportiva, convite, missão e estudo, DESDE QUE A ESTADIA NÃO SUPERE OS 90 DIAS.”  [Consulado Geral da Itália no Brasil]

Por um período de três meses você pode vir para Itália como turista. Para isso, basta apenas ter um passaporte válido (a data de vencimento do seu passaporte tem que superar em mais de três meses o período da sua viagem) e uma passagem de volta já marcada para, no máximo, 90 dias após a data da sua passagem de ida. Essas duas coisas são conferidas na saída do Brasil e na entrada da União Europeia.

Daí em diante, todos aqueles brasileiros que pretendem passar mais de três meses na Itália precisam de visto. Isso vale mesmo que você só queira ficar comendo, rezando e amando por mais um tempo. Passou de 90 dias, é obrigatório, você precisa ter um visto. E neste caso, em específico, você precisaria solicitar um visto especial de turista. Do contrário, você precisaria sair do país e só retornar após três meses. Vale ressaltar que, com um visto de turista, você não pode trabalhar e também não pode frequentar muitos dos cursos acadêmicos das universidades italianas. Entanto, você pode, por exemplo, fazer um curso de língua ou de culinária, ou continuar apenas comendo, rezando e amando…

Contudo, se você quiser vir para estudar, mesmo que seja um curso de idiomas, o mais aconselhável é que você venha com um visto de estudante. As escolas de italiano para estrangeiros normalmente ajudam, fornecendo a documentação necessária. Ressalto: elas ajudam com a documentação necessária. O processo é sempre feito por você e deve ser iniciado aí no Brasil, antes da sua partida, junto ao Consulado Geral da Itália. E atenção, mesmo que você venha para estudar o idioma, é necessário apresentar ao Consulado um certificado de que você cursou italiano e tem conhecimento mínimo – do contrário, eles podem não te conceder o visto.

Leia também: a cidadania italiana saiu e agora?

Além do visto de estudo, logo após o encerramento do seu curso superior (que tenha, no mínimo, a duração de um ano) você pode, caso ainda não tenha conseguido uma colocação de trabalho e caso tenha feito, antes de vencer o seu visto de estudante, um cadastro em um dos Centri per l’impiego (uma espécie de central de empregos do governo) da sua cidade de residência, solicitar junto a Questura (Polícia Federal Italiana) um novo Permesso Di Soggiorno Per Attesa Occupazione (um visto de “em espera de colocação”, ou seja, um visto de desempregado. É, este não é muito chique, não.). Com este visto você pode permanecer no país por mais um ano. Desde que não arrume um emprego neste período. Caso encontre um trabalho, para que você não fique em situação irregular é preciso solicitar um novo visto, agora de trabalho. E, para este, a empresa deverá fornecer uma documentação que garanta a sua regular contratação e remuneração.

Você pode ainda adquirir um visto por motivo de família, que é quando você faz o seu visto subordinado ao visto do seu/sua companheiro/a italiano/a ou estrangeiro/a regularmente residente no país.

Cada tipo de visto pede uma relação específica de documentos. O que você pode precisar em um processo não será, necessariamente, o que você precisará em outro. O mesmo vale para a taxa governativa que para alguns tipos de visto é necessário pagá-la, enquanto para outros como, por exemplo, o visto de estudante, não é preciso. E se você ainda estiver no Brasil, todos esses procedimentos deverão ser feitos junto ao Consulado Geral da Itália. Caso, você já more na Itália e precise renovar ou mudar a categoria do seu visto você deverá fazê-lo junto a Questura.

Em ambos os casos, tenha sempre em mente que a Itália é um país altamente burocrático e que todos esses processos levam tempo e que, muitas vezes, eles são complicados e com prazos intrincados, isto é, você pode precisar de um documento antes para então conseguir o outro, mas o documento que você precisa ter, antes, só sai depois que você já tiver o outro… sim, parece loucura, mas, às vezes, é bem complicado mesmo.

Outra coisa, mesmo que você tenha solicitado o visto junto ao Consulado Italiano no Brasil, assim que você chegar às terras italianas você precisará validar o seu visto aqui na Itália. Para isso, você tem um prazo de uma semana para ir até a Questura e dar entrada ao seu Permesso Di Soggiorno que passa então a ser o seu documento oficial na Itália.

O legal é que, possuindo qualquer um destes vistos e com o seu Permesso Di Soggiorno em mãos, você tem direito a livre circulação entre os países signatários do Acordo de Schengen. Bem, ao menos por enquanto, pois o Acordo de Schengen – que é uma convenção entre países europeus sobre uma política de abertura das fronteiras – vem sendo muito discutido após os ataques terroristas, onde se evidenciou uma livre circulação de pessoas, digamos de uma maneira bem banal, “perigosas”.

Leia também: custo de vida em Roma

Antes do fim, aconselho veementemente que você consulte o site do Consulado Geral da Itália no Brasil antes de dar entrada a qualquer pedido de visto, tanto para conferir toda a documentação necessária, quanto para dar entrada ao pedido de expedição de visto que só pode ser efetuado através de agendamento on-line. E, por experiência própria, digo que a melhor coisa a fazer quando se está renovando visto é comprar aquelas passagens flexíveis, ou seja, aquelas em que você paga um pouquinho mais caro, mas que não precisa pagar multas ou taxas para alterá-las depois. Pois, como mencionei anteriormente, o processo é muito burocrático e muitas vezes os tempos necessários atropelam as datas das passagens, o que pode acarretar despesas, significativas, de última hora. Ah! Mais uma coisa, durante o período de renovação de visto, o aconselhável é que você não saia do país. Visto que nestes casos a livre circulação permitida pelo Acordo de Schengen nem sempre é válida. Isto quer dizer que você pode vir a ter problemas de entrada no outro país ou mesmo de reentrar na Itália depois. Saiba que, estando irregular em um dos países Schengen, não adianta ir aos demais países signatários do acordo para se tornar regular.

Outra coisa legal de se saber é que se você trabalha regularmente no Brasil e contribui com o FGTS, ao invés de fazer o Seguro Saúde Internacional (que normalmente deve ter uma cobertura mínima de 30.000 Euros) você pode solicitar o Certificado de Direito à Assistência Médica – CDAM através do modelo IB2/CDAM emitido pelo INSS da sua região. É só clicar aqui para saber mais sobre o Modelo IB2/CDAM.

E por último, mas não menos importante, tenha muito cuidado com aquelas pessoas que oferecem “assistências e serviços” na entrada do Consulado. Fale e providencie tudo somente junto ao Consulado e nunca forneça dados pessoais e documentos originais a pessoas desconhecidas. Na dúvida, desconfie e agradeça. O processo é burocrático e pede toda a sua atenção, mas é super possível de se fazer. Se eu consegui, você também consegue.

Allora, in bocca al lupo e alla prossima!

54 Comentários

  1. Bom dia.
    Adorei a postagem pois sanou muitas dúvidas que eu tinha (principalmente quanto ao tempo com visto de estudante e tudo mais).
    Grazie

  2. Olá, Farah! Estou adorando seus textos sobre a Itália e gostei particularmente daquele sobre os “falsos amigos”, haha. Estou aprendendo italiano e esse tipo de dica é sempre muito útil!
    Vim aqui te perguntar sobre essa questão da passagem de volta ser requisito para entrar no país. Minha irmã está indo à Itália ter sua cidadania reconhecida e, de lá, vai direto para Dublin estudar. Você saberia me informar se a passagem para Dublin e uma carta da escola de lá seriam o suficiente para ela entrar na Itália sem problemas? Ou a passagem deve ser necessariamente de volta ao Brasil?
    Muito obrigada desde já! 🙂

    • Oi Paula! Que legal que você está gostando dos textos, fico feliz com isso! Quanto a passagem, desculpe, mas eu não sei te responder. Sugiro que você consulte o Consulado Italiano diretamente. Abraços! ????

  3. Boa tarde,
    estou com uma duvida em relação ao visto italiano. Estou indo fazer um curso de apenas três semanas em Milão, gostaria de saber se posso estar sem visto (uma vez que sou brasileira e poderia transitar sem visto enquanto turista).

    Muito obrigada!!! 🙂

    • Oi Paula,
      Como turista você pode ficar sem visto até três meses. Se o seu curso dura só três semanas, não vejo problemas.
      Porém, como não sou especialista no assunto, sugiro que você procure pelo Consulado ou mesmo consulte a escola onde fará o curso para maiores informações.
      Abraços e bons estudos!
      Farah Serra

  4. Olá.
    Meu Marido tem visto de estudo por 1 ano, eu estou tirando minha cidadania e ambos demos entrada no permesso de soggiorno, porém, estamos só com o protocolo. Minha cidadania sai antes da minha visita na questura (acredito), que está agendada apenas para maio. A do meu marido estamos esperando uma confirmação de 30 dias. Porém, sei que o cartão do permesso está demorando muito para sair. Como funciona a nossa circulação dentro da europa em países do espaço schengen? Temos que esperar o cartão do permesso chegar, ou pelo fato de ele ter o visto de um ano ele pode circulcar normalmente? E, eu, que não terei o passaporte, mas talvez a carteira de identidade italiana, também posso circular livremente ou devo esperar chegar meu passaporte?
    Obrigada!

    • Olá Livia,

      Não sou especialista no assunto, por isso antes de dizer qualquer coisa, te aconselho que consulte as autoridades a respeito. Porém, de acordo com a minha experiência, o seu marido pode viajar tranquilamente – durante a validade do visto. Já no teu caso existem algumas limitações. Com a carteira de identidade italiana e o protocolo do correio você só pode circular dentro da Itália, isso porque na tua carteira de identidade consta a sua nacionalidade como brasileira (se você a tirou antes da cidadania). E neste caso, por força, você deve apresentar junto a ela o teu permesso di soggiorno. Somente quando sair a tua cidadania e você tirar uma nova carteira de identidade é que você pode viajar entre os países signatários do Schengen apresentando apenas a carta de identidade italiana, com a tua nova nacionalidade – sem a necessidade de levar o passaporte. A partir daí também não te serve mais o permesso.

      Entanto, dentro do seu período como turista (3 meses) você pode viajar normalmente apresentando apenas o seu passaporte brasileiro.

      Espero ter sido clara e te ajudado, mas repito, não sou profissional no assunto e posso estar errada.

      Qualquer dúvida é só falar.

      Abraços,
      Farah Serra

  5. Ola!!! Tenho uma duvida que gostaria tanto que vc me ajudasse a esclarece-la! Estou gravida e para o periodo pos parto quero trazer aqui (Italia) uma minha irma, mas quero que ela permaneça por mais de 6 meses, sera que existe algum tipo de visto que possa sanar essa minha necessidade? Obg espero sua resposta!!!

    • Olá Josenilda!
      Poxa, com isso não tenho como te ajudar. Como disse no texto ela pode solicitar um visto especial como turista, para ficar mais de 90 dias, porém desconheço o procedimento para a sua aplicação. O meu conselho é que você retire em um Correio da sua cidade uma busta para aplicação do permesso – ali deve constar algo a respeito, ou ir diretamente a Questura e se informar no setor responsável. Talvez uma consulta ao Consulado Brasileiro, em Roma ou Milão, também seja válida. Espero ter te ajudado de alguma forma. Abraços e auguri!!!

  6. Olá Farah! Tudo bem?
    Obrigada pelo post, bem útil para mim!

    Eu e meu namorado estamos planejando cuidadosamente nossa ida para Itália ano que vem, com o intuito de construir uma vida lá.

    Dúvida: estarei lá para a solicitação de permesso di soggiorno. Devo comprar a passagem de ida E VOLTA também?

    Obrigada.

    • Olá Jéssica!
      Bom saber que o meu texto foi útil para você. 🙂
      Sim, será preciso ter a passagem de ida e de volta. pois você entrará no país como turista e a tua solicitação de permesso poderá ser aprovada ou não.Pela minha experiência te aconselho a comprar aqueles bilhetes flexíveis – a burocracia italiana é lenta, e também que entre e saia diretamente pela Itália.
      Abraços

      • É possível pedir o permisso di soggiorno como turista sem fazer um visto no Brasil ? Ou entendi errado . Meu namorado é Italiano estamos procurando a melhor solução para eu ir .
        Obrigada

        • Olá Eduarda,
          Para vir como turista você não precisa de visto nem do permesso di soggiorno. E para conseguir um permesso você precisa ter um motivo maior, como por exemplo: estudo, trabalho, etc.
          Existe a possibilidade de estender a tua permanência (para além dos 90 dias) como turista, porém, para isso, você precisaria solicitar um visto especial.
          Lembrando que como turista, você não pode trabalhar e, dependendo da instituição de ensino e do tipo de curso, você tb não pode estudar.
          Espero ter te ajudado. 🙂

  7. OI Boa Noite Parabens pelo blog
    para o visto de estudante italiano, é preciso levar ticket aereo para o consulado? se sim, o de volta pode ser para um pais fora da area schengen?
    obrigado

    • Olá Breno.
      Sim, para conseguir o visto de estudante você precisa apresentar ao Consulado tanto a sua passagem de ida quanto a de volta. Já em relação ao país de saída, eu acho que não tem nenhuma regra que obrigue ser de um país integrante ao Schengen, porém, como não tenho certeza te aconselho que consulte diretamente o Consulado em relação a isso.
      Ciao!

    • Oi Bruna,
      Eu fiz isso há alguns anos e não sei como está o processo agora, mas quando precisei o meu visto de estudante saiu logo. Para ter um visto de trabalho você já precisa ter acertado uma colocação com a empresa que irá te empregar, pois ela terá que te fornecer toda a documentação necessária para isso.
      In bocca al lupo, boa sorte! 🙂

  8. olá, gostaria de saber qual visto pedir para quem vai revalidar o diploma e se durante esse tramite posso agregar comigo meu marido por exemplo. Mais uma coisa se eu conseguir trabalho fico renovando meu visto todo tempo?

    • Olá Juliana,
      Pelo que eu saiba não existe um visto que você possa pedir para a revalidação de diplomas. E com a Convenção de Haia esse processo de validação mudou ficou muito mais simples, eu não sei os detalhes, mas parece que agora você só precisa fazer o apostilamento. Procure algo a respeito.
      Em relação a renovação do visto de trabalho…ele terá a exata duração do seu contrato de trabalho. Assim se o seu contrato for temporário e renovado continuamente, o mesmo terá que acontecer com o seu visto.
      Espero ter te ajudado.
      Abraços,
      Farah

  9. Olá Juliana.
    Minha filha está atualmente em Portugal de férias. Na última sexta-feira ela recebeu a notícia de que foi aceita como estudante de doutorado na Universidade de Padova com bolsa Italiana. A dúvida é: para pegar o visto ela precisa retornar ao Brasil ou pode ser na Embaixada Italiana em Lisboa?
    Aguardo sua resposta.
    Obrigada.

  10. Oi eu já estou a quase três meses na italia e gostarias de estudar italiano , eu tenho que sair da italia e resolver no Brasil . Mas tenho que esperar 3 meses para poder entrar novamente na italia mesmo tendo meu visto de estudo .

    • Oi Fabiana, desculpe, mas não sei pq não recebi o seu comentário e só o vi agora. Se ainda em tempo, eu acredito que você, tendo o visto de estudo, pode voltar quando quiser. Você só precisaria esperar os três meses se quisesse voltar novamente como turista.

  11. Oi Farah, gostei muito do blog. Parabéns pelo trabalho.
    Gostaria de tirar uma dúvida, se puder me ajudar. Tenho um visto de estudante por 2 anos e cheguei na Italia dia 25 de agosto de 2017, mas até hoje 3 de setembro de 2017, ainda não pedi meu permesso, pois achei que precisaria esperar a universidade para isso.
    Vou entrar com o pedido amanhã, agora que vi que é necessário fazer o pedido com até uma semana estando aqui.
    Você sabe se esse atraso pode me dar alguma complicação?
    Agradeço desde já
    Laura

    • Olá Laura, desculpe, mas não sei pq não recebi o seu comentário e só o vi agora.
      Acho que você já descobriu a resposta, né? De toda forma, eu não sei o que acontece nesses casos. Caso queira e tenha interesse nos conte aqui o que houve, assim eu aprendo a respeito e outras leitoras, que por ventura estejam na mesma situação, conseguem se informar.
      Mais uma vez me desculpe pela bola que comi. Espero poder ser útil em uma próxima vez.
      Abraços,
      Farah

  12. Olá?! Me tira umas dúvidas por favor! Estive recentemente na Itália na casa do meu namorado. Fiquei 2 meses como turista. Voltei ao Brasil. Agora pretendo voltar e ficar mais tempo. O que tenho q fazer? Qual tipo de visto posso pedir p ficar legalmente na casa do meu namorado?? Ficaria muito grata se puder me ajudar.

    • Olá Suzy,
      Infelizmente não existe um visto namoro. Para voltar legalmente você tem algumas possibilidades. Ficar mais um mês no Brasil e voltar por mais três meses como turista; arrumar um ‘motivo plausível’ para voltar com visto, isto é: para estudar (vc precisaria se matricular em alguma escola/universidade aqui – vale escola de idioma. Por exemplo, você pode conseguir um visto para estudar italiano) ou para trabalhar (neste caso seria preciso arrumar um emprego registrado e que a empresa aceitasse te fornecer toda a documentação necessária para a solicitação do visto). Até existe um visto família, mas para isso você precisaria ser casada e o seu marido teria que ter todas as condições para comprovar que seria capaz de te ‘sustentar financeiramente’.
      Infelizmente é assim.
      Espero ter ajudado de algumas forma.
      Abraços,
      Farah

  13. Oi Farrah!
    Eu e meu esposo estamos planejando nos mudar para a Itália, e estou com algumas dúvidas.
    Ele tem cidadania italiana. Para que eu possa morar na Itália, eu precisaria de visto, mesmo sendo casada e tendo o permesso de soggiorno?
    E vc saberia se é possível pedir o permisso de soggiorno ainda no Brasil, ou só pode ser feito na Itália?

    Adorei seu blog! Obrigada!

    • Oi Layla,

      Ótima pergunta! Porém, infelizmente, eu não sei te responder precisamente. Precisaria pesquisar um pouco, mas agora estou na correria e não consigo. De toda forma, algumas coisas posso te falar. Sim, se você não tem a cidadania e pretende morar por um longo período na Itália você precisa pedir um visto/permesso di soggiorno. O mesmo precisa ter um motivo e no seu caso acho que seria o de “motivi familiari” ou um “visto per ricongiungimento familiare”, mas é melhor que você se informe na Questura da cidade onde irá morar. Pela a tua pergunta eu entendo que você já tem um permesso, certo? Neste caso você não precisa de visto consular, pq o permesso é o visto. Quanto a segunda pergunta o permesso só pode ser solicitado na Itália diretamente na Questura da cidade onde você mora, não tem como solicitá-lo do Brasil.

      Digo ainda, se o seu marido tem a cidadania você também pode tê-la. Para tal, o processo é bem mais simples e você pode fazer no Comune da cidade onde vocês tiverem a residência. Não conheço o passo a passo certinho, mas sei que dá para fazer.

      Fico feliz que você tenha gostado do blog. E espero que de alguma forma eu tenha te ajudado.

      Boa sorte com tudo!

  14. Bom dia! Espero mesmo que me responda, apesar do post ser antigo.
    Estou com visto de turista em londres(ficarei só 4 semanas fazendo inglês) e gostaria de pedir o visto de estudante de curso profissionalizante(de sommelier) a Roma. Eu posso fazer este pedido daqui de Londres ou preciso estar no Brasil?
    O curso demora 6 meses

    • Oi Ingrid, espero que ainda seja em tempo…
      Eu acredito que você pode fazer esse pedido direto do Consulado Italiano em Londres, mas sugiro que você pesquise no site, pois não tenho 100% de certeza. De qualquer forma, independente se em Londres ou no Brasil, você precisa ter toda a documentação da escola para aplicar para o visto.
      Boa sorte!

  15. Olá. Tenho dúvida ainda se posso pedir um visto para trabalhar na Itália, mesmo nao tendo emprego la ainda, e se quando conseguisse em menos de 3 meses poderia pedir a empresa para mandar a carta, pra que possa comecar trabalhar com eles

    • Oi Taize,
      Vamos lá, é impossível pedir um visto de trabalho sem ter um trabalho. Só existe a possibilidade de conseguir um visto “di atessa di occupazione” (a espera de emprego), se você se formou no país, isto é, se você fez uma faculdade ou um master, PHD, aqui na Itália.
      Ressalto ainda que a Itália é um dos países europeus com as piores taxas de empregabilidade, ela e a Espanha brigam pelo primeiro lugar neste ranking. O que significa que achar emprego aqui não está fácil para italiano e muito menos para estrangeiro.
      Digo também que os estrangeiros que aqui conseguem subempregos, tipo garçons, vendedores, etc., dificilmente conseguem que as empresas os contratem legalmente com registros e contratos que possibilitem a aplicação para um visto por trabalho.
      Espero ter esclarecido um pouquinho a sua dúvida.

    • Olá Jociane!
      Quanto a escala não tem problema algum, porém a passagem só de ida depende do tipo de permesso que você possui. Até onde eu sei somente quem tem o permesso sem validade é que pode vir apenas com a passagem de ida, porém, como não tenho certeza é melhor que vc se informe junto ao consulado ou a Questura. Boa viagem!

  16. sou casado na Italia a 12 anos e a 8 retornei para o Brasil com minha esposa.
    Meu permesso passou da validade, sera que posso chegar em Milao com minha certidao de casamento e pedir um outro permesso sem a presença da minha esposa.
    Ela vai mais para o fim do ano, mais ela asina qualquer documento que for necessario!

    • Oi Ademar,

      Para ter um permesso é preciso ter um motivo e até onde eu sei o fato de ter se casado na Itália não te da o direito a um permesso di soggiorno. O motivo teria que ser de trabalho, estudo, asilo político, familiar, etc..

  17. Boa tarde Farah, a um mês viajei a Itália com minha namorada, viemos como turista, porém ela tem direito a cidadania, e já fez todo processo, a pergunta é sendo ela legal e eu como turista se casarmos, mesmo esperando o doc eu tenho permissão de estar aqui com ela mais de 3 meses, após o vencimento do visto de turista?

    • Oi Paulo,
      Poxa não tenho certeza, mas acredito que você não pode ficar legalmente sem que ela e você tenham todos os documentos ainda. Acho que após ela conseguir você precisará dar entrada ao pedido de permesso di soggiorno in attesa di cittadinanza, ou per motivi di famiglia, ou de ricongiungimento familiare, enquanto espera que saia a tua cidadania – já que você precisará dar entrada a um novo pedido de cidadania depois que sair a dela. É melhor que você se informe diretamente na Questura.

  18. Boa tarde estou pretendendo viajar pra Itália em maio como turista 3 meses no caso não preciso de visto né , mais é possível eu ser negada lá e me mandarem de volta ao Brasil ? Se sim oque você me indicaria fazer para que eu não seja deportada

    • Oi Daiane,
      Você precisa vir com a passagem área de volta já comprada e também com um comprovante de que tem dinheiro suficiente para se sustentar neste período. E se é a primeira vez que vem para cá e se nunca foi deportada ou tenha tido problemas em qualquer um dos países pertencentes ao Tratado de Schengen, não há porque temer.

  19. Ola,
    Quanto tempo demora para sair o visto de ingresso por motivo familiar?
    Sou casada com brasileiro com permesso di sogiorno ,vim na Itália e me informaram que preciso voltar ao Brasil e fazer junto ao consulado la.

    • Olá Debora,
      O tempo dos vistos sempre varia muito, via de regra existe um prazo máximo, mas não conheço qual seja para esse tipo de permesso. Também não sei qual é o procedimento correto, se você consegue pedir diretamente aqui da Itália ou se deve mesmo retornar ao Brasil. A melhor coisa é ir até a Questura da cidade onde você está ou contatar o Consulado Brasileiro (Milão ou Roma) e se informar diretamente com eles.

  20. Bom dia!
    Farah, tudo bem?

    Estou pretendendo viajar pra Itália em maio como turista 3 meses no caso não preciso de visto né , mais é possível eu ser negada lá e me mandarem de volta ao Brasil ?
    Também sei que preciso comprovar que tenho como me sustentar durante esse período, quanto seria esse valor em reais?
    Agradeço desde já a atenção.

    • Oi Dalvana, bom dia!
      Apresentando todos os documentos que podem ser solicitados na imigração e se você nunca teve problemas de extradição em nenhum dos países signatários de Schengen não tem porque ser negada. Este site aqui dá umas dicas sobre os documentos necessários.
      Para saber quando dinheiro levar você deve calcular o quanto pretende gastar por dia. Procure no site oficial da Itália para ver qual valor o país recomenda por dia de hospedagem, alimentação e transporte. Acho que é tem torno de setenta euros por dia, por pessoa, mas não tenho certeza. Não tenho como te falar em reais porque isso dependerá do valor do cambio naquele período.
      Espero ter ajudado.
      Buon viaggio, boa viagem!

  21. Otimo post. Meu caso é o seguinte, infelizmente fiquei 1,5 irregular na italia. entrei e sai por portugal e quero voltar com o visto de estudante. o agente da imigração nao me penalizou em nada, so disse que tenho que esperar 6 meses pra poder voltar e tudo bem… sera que isso me causaria problemas na hora de pedir o visto? alguem tem historia de visto de estudante negado?? obrigada desde ja.

    • Oi Ana,
      Legalmente se esperar os seis meses, não tendo sido expulsa do país, você pode aplicar para o visto sem problemas. A aprovação ou negação do visto dependerá dos documentos que você precisará entregar no momento do pedido – comprovando tudo o que é solicitado não há motivos para negá-lo. Lembro apenas que a entrada do visto de estudante deve ser feita no Brasil, junto ao Consulado Italiano. Se quiser dê uma olhada neste meu outro texto onde dou algumas dicas para quem quer estudar na Itália: https://www.brasileiraspelomundo.com/dicas-para-estudar-na-italia-262028143. Boa sorte!

  22. oi,
    viajo para a italia com bolsa de pos-doc cnpq – 6 meses, quero saber se consigo visto para meu companheiro, temos união estavel?

    • Oi Eduardo, poxa, não sei te responder precisamente porque se vocês fossem casados certamente ele teria o visto, porém, até onde sei a Itália não reconhece a união estável. O melhor é consultar diretamente o Consulado Italiano aí no Brasil. Boa sorte!

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.