BrasileirasPeloMundo.com
Irlanda

A beleza do interior da Irlanda

A beleza do interior da Irlanda.

A República da Irlanda é um país que, oficialmente, contém apenas 6 cidades (city). No entanto, apesar de existirem outras cidades menores (chamadas de town) ou até mesmo vilarejos (villages), a verdade é que a população vê o país dividido em dois: a capital, Dublin, e o interior.

O número de habitantes em 2013 era de 4.595 milhões, sendo que na capital moram pouco mais de 500 mil (e se levarmos em conta a grande área, que também engloba áreas urbanas ao redor, a população sobe para 1.800.000!). Isso significa que, no leste do país está concentrada quase 40% dos moradores desse país.

Um país que, em sua extensão não é muito populoso traz algumas consequências, como uma natureza exuberante, vilarejos e pequenas cidades tranquilas com muito espaço, verde, parques, etc. A Irlanda é também conhecida como Ilha Esmeralda e não à toa: o verde do interior é, de fato, maravilhoso.

A vantagem de morar num país pequeno em extensão é que, em poucas horas, você consegue atravessá-lo de carro. Isso significa, que, em pouco mais de três anos morando aqui, já consegui visitar 27 dos 32 condados do país – vi muitos castelos, parques, montanhas e muitas outras preciosidades escondidas pela Irlanda.

Leia também: dez motivos para morar na Irlanda

Saindo da capital, Dublin, você já consegue avistar paisagens maravilhosas com 30 minutos na estrada. O condado abaixo, Wicklow, é um dos mais visitados – também pudera, os parques e lagos dessa região são lindíssimos e já viraram cenário de filmes famosos, como “P.S. Eu te amo” e “Coração Valente”. Vale a pena conhecer o parque nacional da região, Wicklow Mountains – dá pra passar um dia todo explorando esse lugar!

wicklow, glendalough, irlanda
Glendalough, em Wicklow. Fonte: arquivo pessoal.

Seguindo em direção ao sul, você se depara com lugares como Wexford, Kilkenny e Waterford. Wexford é um condado interessantíssimo, que possui atrações como o Hook Lighthouse (um dos mais antigos faróis em funcionamento do mundo!) e a cidadezinha de New Ross, de onde os navios saíam para a América, na época em que a Irlanda passou pela Grande Fome, em torno de 1845. Já Kilkenny é uma cidade super animada e famosa por ser boa de pub: muita gente vai pra lá pra comemorar sua despedida de solteiro(a). Além disso, há um castelo lindíssimo bem no centro da cidade, simplesmente imperdível!

Leia também: dicas para aprender inglês em Dublin

Waterford é conhecida pela fábrica de cristais, que possui um tour interessantíssimo. Além disso, Waterford city é a mais antiga da Irlanda – um oferecimento dos vikings que “descobriram” a região.

hook lighthouse, wexford, irlanda
Hook Lightouse, Wexford. Fonte: arquivo pessoal.

Do lado oeste você encontrará as mais belas paisagens e preciosidades da Irlanda: os condados de Cork, Kerry, Limerick, Clare e Galway trazem praias, penhascos, montanhas e cavernas – um lugar mais lindo que o outro! Kerry, por exemplo, recebe uma enxurrada de turistas na época do verão e quando você vê fotos do circuito conhecido como Ring of Kerry, fica fácil entender o porquê. Por outro lado, Limerick tem diversos museus bacanas e um dos castelos mais legais que conheci por aqui, o King John. No condado acima, Clare, podemos encontrar uma das atrações mais visitadas da Irlanda toda, o Bunratty Castle, além é claro, dos famosos e consagrados Cliffs of Moher.

Galway é uma cidade pequena, porém extremamente vivaz – suas ruas medievais estão repletas de pubs, restaurantes e cafés charmosos, além de museus, aquários e etc. Todo mundo que vai parar nesses lados do país fica encantado não só com a beleza, mas também receptividade e animação dos irlandeses de lá.

Leia também: dez motivos para morar na Irlanda

Já no noroeste do país podemos encontrar os condados de Mayo, Sligo e, lá em cima, no topo, Donegal. Mayo, por ser um pouco mais isolado, possui uma natureza mais intocada, enquanto Sligo se transforma num ponto de encontro de quem mora na região. As praias desse condado são maravilhosas e muito procuradas por surfistas – apesar de a água ser sempre gelada, aparentemente, as ondas são ótimas para a prática desse esporte.

 

donegal, irlanda
Parque nacional de Donegal. Fonte: arquivo pessoal.

Donegal é um pouco longe pra quem sai de Dublin, mas a viagem vale a pena. Uma rápida pesquisa por esse nome, numa página de buscas, lhe deixará de queixo caído com o litoral, montanhas, castelos, faróis, lagos e muitos outros presentes da natureza.

Voltando para a região nordeste da Irlanda, é possível ter contato com os mais belos vilarejos e cidadezinhas: no condado de Meath, por exemplo, é possível visitar um incrível castelo normando em Trim, além de um dos lugares mais misteriosos e interessantes do país: Newgrange, um monumento pre-histórico mais antigo que as pirâmides do Egito.

newgrange, meath, irlanda
Newgrange. Fonte: arquivo pessoal.

A verdade é que a Irlanda é um país de uma geografia e natureza encantadoras e muito ricas – a variedade de rios, montanhas, penhascos, praias e muitas outras coisas sempre me deixa apaixonada. Se você pensa em conhecer esse país, não fique somente na capital. Se você mora por aqui, não fique só na capital. Há muito o que se explorar na Ilha Esmeralda – tenho certeza que o interior também vai te impressionar!

Related posts

Quem são os Irlandeses?

Andréa Soares

Cidade ideal para morar na Irlanda

Ludmilla de Paula

As consequências do Brexit na Irlanda

Karina Macmullan

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação